Car.blog.br

Pesquisar este blog

Focus State 2019 ST Line peca por oferecer câmbio manual

Categorias: , , , , 22 Comentários

As stations wagon estão em baixa no Brasil, substituídas nos corações e mentes dos brasileiros por SUV's - uma moda norte-americana. Entretanto, na Europa esse tipo de carroceria ainda vende muito bem, pois os europeus gostam do comportamento dinâmico de um hatch esportivo associado à praticidade e espaço de um carro familiar. O mais recente lançamento nesse segmento é o Focus State, agora na versão ST Line, com roupagem esportiva.

Focus State 2019 ST Line

Se o que qualifica uma state é sua capacidade de carga, a versão anterior do Focus State decepcionava com sua crônica falta de espaço. Agora a Ford corrigiu esse que era o principal problema do Focus State anterior, e o novo modelo passa a oferecer um porta-malas de 608 litros (apenas 2 litros a menos que o campeão do segmento, o Skoda Octavia). Dobre os assentos traseiros e você descobrirá um enorme compartimento de carga de 1.653 litros, não tão grande quanto o espaço de 1.740 litros no Skoda , mas supera a maioria dos outros carros neste segmento (incluindo o Volkswagen Golf Variant).

Focus State 2019 ST Line

Além disso, o novo Focus State trocou a suspensão multilink pelo eixo de torção - seguindo o que a VW Brasil fez no Golf, e também substituiu o problemático câmbio Powershift por uma transmissão automática de conversor de torque de 8 marchas.

Focus State 2019 ST Line

Na Europa o novo Focus, incluindo o State, é ofertado em duas versões de motor a gasolina: 1.0 EcoBoost e 1.5 EcoBoost, ambos podendo estar associados com a anacrônica transmissão manual de seis marchas, e a automática de 8 velocidades - algo que não conseguimos entender é por que ainda se oferece carro com câmbio manual em pleno século XXI? Esse tipo de transmissão deveria estar presente apenas em museus.

Focus State 2019 ST Line

Caso os fabricantes eliminassem esse tipo de transmissão manual de seus portfólios, haveria uma racionalização na produção e consequentemente menores custos - o que seria benéfico a todos. De qualquer forma, com a emergência dos motores híbridos, as transmissões manuais não terão outro caminho a não ser a extinção mesmo.

Novo Focus 2019 ST Line

O Focus ST Line das imagens traz esse anacronismo: uma vistosa e obsoleta alavanca de transmissão manual no centro do console central, de seis marchas, associada com um motor diesel EcoBlue de 1,5 litros - um tipo de combustível também em vias de extinção - em função de elevados números de emissão de poluentes.

Focus State 2019 ST Line
Alavanca de transmissão manual - uma peça de museu
Para tentar deixar o motor menos sujo, os fabricantes são obrigados a incorporar catalisadores e outros filtros, além de adotar estratégias conservadoras na calibragem. O resultado é isso: 0 a 100 km/h em letárgicos 10,3 segundos.

Focus State 2019 ST Line

O ponto positivo é que, segundo testes da imprensa européia, o Focus State ST Line é tão divertida de conduzir quanto o Focus Hatch, com direção nítida e o chassi parece tão ágil mesmo com o comprimento adicional.

Focus State 2019 ST Line

O Ford Focus Linha ST Estate 1.5 TDCi EcoBlue é vendida a £ 23.950 na Inglaterra, e EUR 26.400 Euros na Europa continental (R$ 118 mil). Seu motor tem 120 cv e 300 Nm de torque. A tração é dianteira, a transmissão manual de seis marchas, e, além de fazer de 0 a 100 km/h em 10,3 segundos, atinge 192 Km/h.

Conclusão

Focus State 2019 ST Line

O novo Focus State ST Line chega modernizada e mais espaçosa, e com importantes aperfeiçoamentos na suspensão traseira e na transmissão automática de 8 marchas. O único senão é oferecer, ainda, entre as opções, uma obsoleta transmissão manual.

22 comentários:

  1. Sou fã de peruas e essa Focus ficou linda, mais ainda perde para a V60 da Volvo, que é a mais linda das peruas! Pena que não tem mercado no Brasil, onde nem a ótima Golf Variant consegue vender...

    ResponderExcluir
  2. Que eu saiba o ST na ford é igual ao GTI na VW (digo em questão de simbologia) ent não há problema algum o carro vir com câmbio manual visto que ele é uma versão "sport".

    ResponderExcluir
  3. A Ford fez o q ela e a Vw (e as outras) deveriam fazer no Brasil: dar opções ao consumidor.

    ResponderExcluir
  4. Pra mim é o contrario, cambio manual é uma qualidade dessa perua....é cambeando marcha que se separaram os homens dos meninos.

    ResponderExcluir
  5. Nunca li uma matéria tão ignorante e arrogante!!! Se existe este tipo de transmissão é por que ainda existe demanda de mercado. Como é "possível em pleno século XXI" existir pessoas com uma mente tão fechada, a ponto de achar que sua opinião e preferência se sobressaí sobre as das demais pessoas! Deixo aqui minha indignação com esta matéria!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não estressa, meu caro. Se fosse um veículo VW o câmbio manual seria digno de louvor. Ainda não percebeu a "imparcialidade" desse blog?

      Excluir
    2. Falou tudo. Aqui no Brasil, mesmo tendo demanda as montadoras ignoram isso e nos carros médio ou não oferecem essa opção, tvz para pagarmos o preço do automático, ou só oferecem em versões capadas de entrada. É o tipo de reportagem que só contribui para tornar nosso mercado pobre de opções.

      Excluir
  6. Car.blog sendo Car.blog nenhuma novidade.

    ResponderExcluir
  7. Em baixa? SW praticamente ñ existem mais no Brasil em baixa estão os sedãs médios salvo dois ou três casos.

    ResponderExcluir
  8. Ué... mas a reclamação deste blog e os fã boys daqui num é isso genti?! Os golf e derivados terem apenas versões automáticas?

    ResponderExcluir
  9. Se tem demanda por manual, vai ter carro manual... o consumidor é quem manda...

    ResponderExcluir
  10. O que dizer daquele porsche 911 com câmbio manual?

    ResponderExcluir
  11. Carro esportivo e ainda tem opção dos 2 câmbios. Respeito às opiniões e gostos dos consumidores. Coisa que esse blog nunca soube o que é.

    ResponderExcluir
  12. Pensei que não ia viver o suficiente para ouvir tamanha bobagem como essa, ter a opção do cambio manual é correto, pois quanto mais opção melhor, quem não gosta que compre o Automático, eu aprecio a tocada de um cambio manual, eu compraria sem dúvida, esse comentarista deveria rever seus conceitos e parar de falar bobagem, pois viajo para fora e lá eles dão muitas opções de carro manual

    ResponderExcluir
  13. Melhor que passar raiva com dsg e Power shifts!!!

    ResponderExcluir
  14. Nunca vi uma matéria tão bosta como essa. Câmbio manual é justamente a virtude do carro. Importante é o consumidor ter opção, o que não acontece nesse país de pobre metido a besta. Odeio câmbio automático e tenho um carro com um simplesmente porque o manual está cada vez mais restrito aos carros de entrada, pelados. Hoje não tenho prazer algum me dirigir.

    ResponderExcluir
  15. Eu prefiro carro de motor potente com cambio manual, se a Ford colocasse câmbio manual no Focus 2.0 venderia mais que o 1.6

    ResponderExcluir
  16. O problema é não deixar o consumidor escolher o tipo de transmissão. Para mim quem errou é a VW ao impedir que o consumidor compre o Golf GTi ou o Polo GTS com câmbio manual. A pessoa compra um carro esportivo mas não pode optar por trocar as marchas manualmente. Viva a diversidade. Quem não gosta que não compre. Pena a Ford não trazer essa bela perua para o Brasil.

    ResponderExcluir
  17. Compra manual quem quiser. Que mania de discurso pra tirar opções de quem gosta?
    Este blog peca em achar que todo mundo precisa dirigir um automático. Que ladainha!

    ResponderExcluir
  18. hahahaha.. aiai, chorando porque um carro tem câmbio manual, chamando recall de "manutenção extraordinária".. belo "jornalista"..

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.