Car.blog.br

Pesquisar este blog

Sergio Marchionne, ex-CEO da Fiat, morre aos 66 anos

Categorias: , 30 Comentários

Sergio Marchionne, o ex-CEO da Fiat Chrysler, morreu, de acordo com uma declaração do presidente da Fiat Chrysler, John Elkann. Ele tinha 66 anos. "Infelizmente, o que temíamos aconteceu. Sergio Marchionne, homem e amigo, se foi", disse Elkann, da família controladora Agnelli, em um comunicado.

Sergio Marchionne, ex-CEO da Fiat, morre aos 66 anos

Marchionne ficou gravemente doente depois de cirurgia no ombro, forçando-o a ser substituído como CEO da Fiat Chrysler Automobiles em 21 de julho. A empresa nomeou Mike Manley, 54 anos, chefe das marcas Jeep e Ram, como sucessor de Marchionne.
Sergio Marchionne, ex-CEO da Fiat, morre aos 66 anos

Marchionne foi um jovem imigrante italiano no Canadá, onde se tornou contador e, anos depois, chegou ao topo dos círculos corporativos europeus para salvar o Grupo Fiat e depois usar os pontos fortes da Chrysler em picapes e SUV´s para forjar a empresa italiana-americana em uma verdadeira montadora global.

Marchionne, um workaholic que freqüentemente dormia em um sofá a bordo de um avião enquanto viajava regularmente, era fumante inveterado e bebedor de café. Ele chegou a parar de fumar há cerca de um ano. Em sua última aparição pública, em 26 de junho, Marchionne, apareceu sem fôlego ao apresentar um Jeep Wrangler à polícia paramilitar italiana, os Carabinieri, em uma cerimônia em Roma.

Raízes profissionais em contabilidade

Marchionne nasceu na Itália do pós-guerra, onde seu avô e tio foram mortos nos combates. Ele morou na Itália até emigrar com sua família para Toronto aos 14 anos. Ele estudou filosofia e outras disciplinas em faculdades canadenses e recebeu mestrado em administração de empresas e diplomas de direito antes de se tornar um contador e crescer em várias empresas canadenses. Ele foi reconhecido como contador, especialista em impostos, advogado e estrategista de negócios.

30 comentários:

  1. Triste notícia.

    Ele fez grande feito para a indústria automobilística.

    Conforto a família.

    Essa é a única certeze plena da vida.

    ResponderExcluir
  2. Quem imaginaria! Colhemos o que plantamos, fumante inveterado e viciado em trabalho, o resultado não poderia ser outro. Que sirva de lição a todos nós.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara, não sei se vc sabe mas todos morremos.

      Excluir
    2. Trabalho nunca matou ninguém, muito pelo contrário. Que o diga minha vó, com 86 anos de idade trabalha até hoje. Diferentemente de cigarro, alcóol, drogas sintéticas e outras substâncias, estas sim, são extremamente nocivas ao organismo, e cedo ou tarde cobrarão a conta.

      Excluir
    3. Todos morremos, mas muitos abreviam o fim seguindo pelo caminho do vício, do cigarro, do álcool, falo porque tenho experiência na família. Meu cunhado morreu com 52 anos com cirrose. Meu sogro fumou a vida toda, morreu aos 78 anos de enfisema; minha sogra tá viva com 93 anos.

      Excluir
    4. acho que ele quis dizer do excesso de trabalho.

      Excluir
  3. Sabe o que é uma pessoa workaholic? É pessoa viciada em trabalho, não tem tempo para lazer, para a família; o próprio estresse causado pelo excesso de trabalho leva a doenças como câncer e outras, fora que o cara fumou a vida toda.

    ResponderExcluir
  4. Realmente,temos que admitir,ele deixou de fato, a Fiat em melhor posição com fusão FCA. O cara era muito estrategista!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ô,empurrando tranqueiras como uno e Mobi pro terceiro mundo,na Itália ficar dependendo do 500 e do Panda,lançar o 500 elétrico nos EUA quando devia lançar na Europa,lançar o Tipo com motores velhos,deixar o Punto sem um sucessor,a Jeep foi pra frente mas a Fiat não

      Excluir
  5. O cara morreu de embolia cerebral sendo que a embolia cerebral surge quando um coágulo (formado num coração doente por arritmia, problema de válvula, etc.) ou uma placa de gordura (ateroma), que se desprende ou se quebra geralmente da artéria carótida, correm através de uma artéria até encontrar um ponto mais estreito, não conseguindo passar e obstruindo a passagem do sangue. Relacionado com AVC. e colocam a culpa no cigarro, simplesmente ridículo. Respiramos CHUMBO e outros gazes muito mais tóxicos e cancerígenos 24 horas por dia e a culpa sempre é do Cigarro. Nos alimentamos com todo tipo de pesticidas altamente tóxicos e cancerígenos todos os dias e a culpa é do cigarro. Está na hora de acordarmos para a realidade e pararmos de acreditar que o único vilão para a nossa saúde é o coitado do cigarro que leva a culpa de todo câncer que aparece. Não que o cigarro faça bem a saúde, muito pelo contrário, mas canso de ver gente que nunca chegou perto de um cigarro morrer com câncer no pulmão. A industria automobilística está entre as principais agressoras da natureza, mas o culpado é o cigarro! Me engana que eu gosto! É muita ignorância para o meu cérebro suportar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aí é a Causa Mortis. Mas o cara tava com câncer na boca, e a cirurgia no ombro foi porque tinha metástase no ombro. E provavelmente estava com problema no pulmão, pois há relatos que ele estava muito ofegante nos últimos meses.
      Ele morreu para o cigarro sim! Não adianta ficar de mimimi.
      Se querem fumar, melhor optar pelo eletrônico. Não é exatamente saudável, mas não tem 4.700 substâncias cancerígenas. Faz fumaça do mesmo jeito e entra apenas a nicotina.

      Excluir
    2. Ninguém tem que fumar. A indústria do tabaco está milionária e causando desgraça na vida das pessoas.

      Excluir
    3. Meu pai só tá vivo pq parou de fumar

      Excluir
  6. Que descanse em paz.
    O trabalho dele será reconhecido sempre!

    ResponderExcluir
  7. Graças a ele a FCA é líder com folga no Brasil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. So no Brasil mesmo...resultados finaciarios no mundo estao baxaindo medmo no 1° semestre e na Bolsa o titulo Caiu de 15%...FCA esta em perigo agora.

      Excluir
    2. Lá fora é diferente daqui

      Excluir
    3. FCA tá em situação folgada nos EUA também.

      Excluir
    4. Lógico,A maioria das marcas dela são de lá,ainda assim vende menos que Ford e GM

      Excluir
  8. Esse Mustang é um idiota. 95 % dos canceres de pulmão são associados ao cigarro. que retardado.

    ResponderExcluir
  9. "Trabalho nunca matou ninguém". Dependendo do trabalho, mata sim!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Trabalho em Minas,Siderúrgica,Frigoríficos,manutenção de rede elétrica,grandes obras

      Excluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. primeira vez que vejo o carlos quatro patas falando alguma coisa que preste

    ResponderExcluir
  12. primeira vez que vejo ele nao falando nada da vw

    ResponderExcluir
  13. A empresa agradece os seus feitos. Já o acumulo de direção de varias empresas foi um acordo mutuo (recompen$a x responsabilidades). Quando sair uma biografia talvez seja respondida a questão de suas motivações: desafio pessoal? realização financeira? Fuga/dificuldade com relacionamentos fora do trabalho? Ou...?

    Empresas são de e para pessoas, que assim devem lembrar de cuidar de si mesmas bem como, em sua responsabilidade social, da sociedade. Em todo o caso, é muito difícil conseguir o equilíbrio entre nossas ações e pensamentos em conjunto com as reações de nosso organismo (onde o inconsciente busca sempre sua satisfação).

    As vitorias financeiras mantiveram empregadas muitas pessoas embora em caso de falência, os seus empregados seriam em boa parte contratados em outras empresas de mesma atividade ou não. E no caso de fabricas de automóveis existe uma boa chance de outras montadoras assumirem as plantas industriais.

    Seja como for vamos todos partir daqui, o que fica pra quem nos ama ou amamos é a lembrança dos bons momentos, a alegria de ter feito algo para melhorar a qualidade de vida de quem pudermos.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.