Car.blog.br

Pesquisar este blog

Novo VW Golf GTI 2018 chega às autorizadas com 230 cv

Categorias: , , , , , 32 Comentários

A nova geração do Golf GTI acaba de chegar às concessionárias Volkswagen com novidades e ainda mais potente: agora são 230 cv. Produzido em São José dos Pinhais (PR), o Golf é feito sobre a Estratégia Modular MQB, a mais moderna do Grupo Volkswagen.

VW Golf GTI chega as autorizadas com 230 cv

O motor 350 TSI que equipa o Golf GTI está mais potente. Agora são 230 cv, ganho de 10 cv sobre a versão anterior. O acréscimo de potência foi obtido por meio de nova calibração do motor.

VW Golf GTI chega as autorizadas com 230 cv

A potência máxima ocorre agora a 4.700 rpm, mantendo-se até 6.200 rpm. O torque máximo permaneceu em 35,7 kgfm (350 Nm), na faixa de 1.500 rpm a 4.600 rpm.
Resultado: o Golf GTI acelera de 0 a 100 km/h em 7 segundos e a velocidade máxima é de 238 km/h.

Ícone em design

O desenho do Golf é um ícone para a Volkswagen. Para 2018, a atualização das linhas trouxe ao hatchback ainda mais modernidade. Foram adotadas várias soluções em detalhes. Os para-choques foram redesenhados, assim como os faróis – que ganham luzes de uso diurno de LED. Além disso, o Golf GTI passa a contar com oferta de faróis de LED, em substituição aos de xenônio.

A traseira do Golf traz nova linguagem e as rodas de 18 polegadas têm visual inédito. Na dianteira, a ligação da grade do radiador com os faróis ganhou uma nova faixa dupla, cromada e vermelha. As entradas de ar na parte inferior do para-choque colaboram para enfatizar a largura do Golf.

VW Golf GTI chega as autorizadas com 230 cv

Outro detalhe estético: o sensor do Controlador Adaptativo de Distância e Velocidade (ACC) foi realocado e está agora atrás do logotipo Volkswagen, saindo da parte inferior do para-choque.

O Golf GTI conta com a função de animação para os indicadores de direção (os piscas “fluem” no sentido indicado). O Golf GTI também pode ser reconhecido, na traseira, pela mudança de posição dos LEDs quando se aciona os freios do carro. Semelhante ao que ocorre no Volkswagen Passat, os LEDs passam da horizontal para a vertical quando os freios são acionados.

Interior com mais itens de tecnologia

O Golf GTI conta também com novidades em seu interior. O sistema de infotainment Discover Media, que integra navegador, agora tem tela colorida sensível ao toque de 8 polegadas, com desenho “envidraçado”, mais limpo (há apenas dois botões “físicos”) e com aparência de um tablet.

O recurso é equipado com o App-Connect, que permite espelhamento de smartphones por meio das plataformas Android Auto, Apple CarPlay e Mirrorlink, além de entradas para cartão SD, AUX-in e USB e conexão Bluetooth.

VW Golf GTI chega as autorizadas com 230 cv

O Golf GTI também traz, de série, o Active Info Display, quadro de instrumentos totalmente digital e programável em uma tela colorida de 12,3 polegadas. Nela, as informações de navegação podem ser implementadas em 2D ou 3D. A resolução de 1.440 x 540 pixels garante representação precisa e sofisticada de todos os detalhes.

Há cinco perfis diferentes de informação no Active Info Display, alterando os dados apresentados. O motorista pode escolher entre os modos “Clássico”, “Consumo e Autonomia”, “Eficiência”, “Performance e Assistentes de Condução” ou “Navegação”. Dados como imagens dos contatos do telefone e capas de álbuns do sistema de infotainment podem ser exibidos no painel.

Mais equipamentos de série

O Golf GTI agora vem de série equipado com o Painel Digital Programável (Active Info Display); sistema de infotainment Discover Media com navegação integrada; lanternas traseiras em LED 3D; câmera traseira para estacionamento e sistema Kessy para abertura/travamento das portas e partida do motor sem uso direto da chave (chave presencial). Além dos bancos esportivos com exclusivo revestimento de tecido xadrez.

VW Golf GTI chega as autorizadas com 230 cv

Como opcionais o Golf GTI passa a oferecer teto solar panorâmico e dois pacotes: Premium, com Controle Adaptativo de Velocidade e Distância (ACC); sistema Park Assist 2.0; faróis de LED; lanternas traseiras com LED sequencial; sistema de proteção ativa dos ocupantes (Pro-Active); sistema de controle do farol alto (FLA) e sensor de fadiga do motorista; e pacote Sport, com rodas de 18 polegadas e bancos de couro com regulagem elétrica para o banco do motorista.

Dirigibilidade única

Direção progressiva. O Golf GTI é equipado de série com direção progressiva, sistema permite aos condutores fazer curvas com menor movimentação do volante. Com a direção progressiva, é preciso girar o volante apenas 360° de batente a batente. No sistema tradicional (versões Comfortline e Highline), é necessário movimentar o volante 540°.
Explicação: os sistemas de direção convencionais trabalham com uma relação de redução constante. A nova direção do Golf GTI opera com relação de redução progressiva. Isso diminui o trabalho do volante perceptivelmente em manobras e ao estacionar. Em estradas secundárias, com muitas curvas fechadas, ou ao fazer curvas rápidas, o motorista sente uma melhoria no comportamento do carro, graças às respostas mais diretas.

VW Golf GTI chega as autorizadas com 230 cv

Tecnicamente, a direção progressiva difere do sistema de direção comum pelo espaçamento variável dos dentes da cremalheira e do pinhão e por ter um motor elétrico mais potente. Em termos de funcionamento, diferentemente da relação de direção constante, que necessariamente representa um compromisso entre o desempenho e o conforto, os dentes da cremalheira são modificados pela ação do volante. Isso resulta em uma condução mais precisa e tranquila no intervalo entre velocidades médias e altas. Graças aos menores ângulos de esterçamento necessários, o sistema proporciona maior agilidade e maior diversão ao volante em estradas com muitas curvas. Em velocidades menores, na cidade ou ao estacionar, o Golf GTI é muito mais fácil de guiar graças aos ângulos menores de esterçamento do volante, proporcionando um sensível ganho no conforto.

32 comentários:

  1. Obra prima da VW. Carro de perfil comercial com tudo que precisa num automóvel. Qualidade, espaço, acabamento e principalmente muita potencia e tecnologia.

    ResponderExcluir
  2. Meu sonho esse carro! Infelizmente, vai demorar pra conseguir comprar um desse.

    ResponderExcluir
  3. Porque será que a VW do Brasil não disponibilizou este painel digital na versão 1.4TSI pelo menos como opcional? Polo e Virtus tem, e o Golf está num nível superior. Acho que isso ainda pode acontecer. No restante, ficou fantástico. Pobre do Civic Si perto desse Golf GTI.

    ResponderExcluir
  4. Claro que tudo em detrimento do a3 hatch... vw nao faz nada e só rouba td da audi e lança como sua e exige que os audi sejam menos ousados para promover a dona da marca... onde ja se viu, o a3 era o sonho de consumo e nao o golf, mas a marca destruiu o hatch premium pra valorizar o popular. A3sedan amargará a mesma coisa daqui pra frente com o virtus e o jetta... será sempre a raspa do tacho de td que a audi produzirá depois que a vw exigir e roubar td a tecnologia e design

    ResponderExcluir
  5. Respostas
    1. Pergunta sem noção. O RS3 custa o dobro do Golf. Pensar não dói.

      Excluir
    2. Não precisa ficar bravo. Prefiro perguntar do que sair falando besteiras.

      Excluir
  6. O texto diz que os piscas fluen na direcao indicada... pura mentira: os piscas copiam os audi que fluem na direcao indicada...

    Os proximos a sofrer serao os SUV's... como a vw esta comecando com os suvs, em cinco anos veremos q3 e cia ficarem ultra sem graça como os carros normais por terem de dar td o que tem pra os vw...
    O q1 ja goi garfado pelo t-roc e certamente o novo e lindo a1 nao terá vida longa por ousar enfrentar o polo mostrando q a audi é a mantenedora de todo conteúdo intelectual do grupo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na minha opinião, o Golf, a Tiguan, o Passat e o novo Jeta já são carros premium. Acredito que a Audi vai partir para carros mais de nicho, tipo A8 e cia. Por isto a VW está elevando o nível de seus carros. E acho uma boa estratégia.

      Excluir
  7. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  8. "O sistema de infotainment Discover Media, que integra navegador, agora tem tela colorida sensível ao toque de 8 polegadas, com desenho “envidraçado”, mais limpo (há apenas dois botões “físicos”) e com aparência de um tablet."

    É, mas o discover pro é maior e não tem nenhum botão físico. Erro absurdo da VW oferecer só no Passat e deixar Tiguan e Golf sem essa opção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, 8 polegadas você ainda acha pouco?

      Excluir
    2. Isso porque é a mutimidea mais rápida e intuitiva nos dias de hoje.

      Excluir
    3. É pouco porque a VW tem uma versão maior, mais completa, com HD interno e que toca DVD/vídeo. Antes tinha Discover Pro como opcional, agora não tem mais.

      Excluir
  9. Senhor carro,agora vende os 6000 fácil,fácil.

    ResponderExcluir
  10. Para quem quiser o modelo anterior, as concessionárias VW estão vendendo por 110 mil, já com teto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em BH o desconto anunciado é de 27 mil e financiamento com taxa zero. Na loja, pessoalmente, o desconto aumenta. Não sei se é interessante, sempre consegui desconto sobre o preço da tabela de referência. O GTI, com certeza, não será uma exceção.

      Excluir
  11. Cadê o freio de mão eletrônico c/ autohold ????

    ResponderExcluir
  12. Aquela máquina que todo mundo quer ter, menos os hondeiros.

    ResponderExcluir
  13. Não entendi a perda do som Fender... Mantiveram o dispensável park assist e removeram o som premium, um item de uso diário. Faróis de led também deveriam ser de série, não fica legal o visual com halógenos. São umas decisões da VW difíceis de compreender.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, todos que tem park assist em seus carros nunca usam. Se fosse para cortar custos, mantivesse o Fender e tirasse o park assist. Só que no Brasil, dá status dizer que seu carro manobra sozinho (igual a GM no Cruze copiou da VW). Subwoofer e som de alta qualidade é coisa de boy, pensam assim...

      Excluir
    2. Simples....park assist vc mostra pro vizinho.... O som é a mesma coisa
      Infelizmente é o perfil do Brasileiro

      Excluir
  14. prefiro que tivessem trazido da Europa que fabricado aqui. é caro mesmo. 10, 20, 30k a mais não vai fazer diferença pra esse carro de nicho. vai continuar vendendo uma ninharia.

    ResponderExcluir
  15. Faltou o DSG novo de 7 marchas banhado a óleo

    ResponderExcluir
  16. Lindo D+. Mas entre ele o Passat que é o mesmo valor quase fico com o Passat é mais completo e atende melhor uma família. Como li outro dia o Passat é GTI em traje de gala kkkk

    ResponderExcluir
  17. Só esperando as 6mil unidades vendidas por mês, segundo previu o Carlota Vittar...

    ResponderExcluir
  18. Quero ver o carlos vittar dizer que é um motor ultrapassado por usar corrente de comando

    ResponderExcluir
  19. Chega ser engraçado quando eles falam da velocidade máxima, mal sabem que os caras tão dando 299km/h....kkkkkk

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.