Car.blog.br

Pesquisar este blog

Jeep Renegade 1.3 Turbo DCT-7: dados de desempenho

Categorias: , , , 29 Comentários

O novo Jeep Renegade 2019 já está sendo testado e avaliado na Europa. O modelo ganhou um facelift, mas a principal novidade está na mecânica, com o novo motor 1.3 Turbo e transmissão automática de dupla embreagem.

Novo Jeep Renegade 1.3 Turbo 2019

O motor 1.3 Turbo oferece 150 cavalos e 270 Nm de torque. Associado à transmissão DCT-7, acelerou o Renegade Limited 2019 de 0 a 100 Km/h em 9,4 segundos, para atingir uma velocidade máxima de 201 Km/h. O consumo não foi divulgado ainda, mas a FCA aponta um ganho de 20% sobre o 1.4 Multiair turbo usado até então. Além desse motor, haverá na versão de entrada um motor 1.0 tricilíndrico turbo com 120 cv.

Novo Jeep Renegade 1.3 Turbo 2019

O interior do Renagade 2019 ganhou refinamento e ajustes estéticos. O espaço de bagagem manteve-se em 351 litros - o que é pouco frente a seus principais concorrentes. O modelo Limited traz 'Cluster de Instrumento Premium' inteligente e liso como padrão, encravando uma tela colorida de sete polegadas entre o conta-giros e o velocímetro . No entanto, o principal sistema de infoentretenimento central de 8,4 polegadas, agora com Apple CarPlay e o Android Auto, é opcional.

Novo Jeep Renegade 1.3 Turbo 2019

Outras novidades são os novos recursos de assistência, como reconhecimento do sinal de trânsito e alerta de partida de faixa.

Fonte: Auto Express

29 comentários:

  1. E agora, o que eu vou falar pra ela, GENTIIIIIII.....KKKKKKKKK
    Essa jeep, parece que acompanha esse blog, e faz de tudo para nos contrariar, não é mesmo?

    ResponderExcluir
  2. O duro é que parece que o mais substantivo nesta reestilização, que é a nova motorização, não veremos antes de 2.020. Ou seja, vamos ficar com o "espelhinho para índio", que é o visual com modificações, mas o que interessa, que é o motor novo, NECAS.

    ResponderExcluir
  3. Bacana a adoção do cambio DCT! muito melhor que os At's convencionais.

    ResponderExcluir
  4. "a FCA aponta um ganho de 20% sobre o 1.4 Multiair turbo usado até então".

    Ouch!

    ResponderExcluir
  5. Esse Renegade 1.3 turbo com DCT de 7 marchas, teria no Brasil, o mesmo preço do Renegade 2.0 turbo diesel com tração 4x4 e câmbio automático ZF de 9 marchas, ou seja, ninguém seria louco de fazer essa troca, portanto é inviável comercialmente trazer está configuração para o Brasil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O diesel paga mais imposto e tem a tração 4x4

      Excluir
    2. Eu acho que não teria o msm preço pois o motor 1.3 é nacional enquanto o 2.0 diesel vem de fora.

      Excluir
    3. Imagino algo como 10 mil a mais sobre os preçoS atuais.Acho que seria usado apenas em uma ou 2 versões.
      A questão é saber se os puristas vão aceitar um motor turbo de baixa cilindrada num JEEP.

      Excluir
    4. Renegade diesel paga 25% de IPI e tem motor importado. Além disso têm cambio e transmissão (4x4) muito mais caros. Um modelo 1.3 turbo com motor nacional seria muitíssimo mais barato.

      Excluir
  6. O que era bom (com ressalva para o E-torq questionável) ficou ainda melhor. Que venha, mas que mantenha os preços.. (difícil).

    ResponderExcluir
  7. FCA querendo beber da água do Tsi, só que não FCA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. FCA bebendo água dos Multijet, TwinAir etc...

      Excluir
    2. Chorar pra quê?tem o tsi 1.5

      Excluir
    3. Não entendo essa hipocrisia toda. O TSI ACT é um excelente motor 1.5 turbo e o Multiair2 é um excelente 1.3 turbo.

      Excluir
  8. Esses motores precisam chegar logo na linha Argo/Cronos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esses motores são muito caros, eles não tem espaço em carros populares como Argo e Cronos.

      Excluir
    2. Dá uma olhada nisso aqui, https://revistaautoesporte.globo.com/Noticias/noticia/2017/11/segredo-fiat-ja-comeca-testes-de-motores-10-e-13-turbo.html

      Argo e Cronos 1.8 ja nasceram micados. A Fiat vai na atual onda da Volks turbinando motores pequenos, sendo esses muito mais eficientes que grandões 1.8 e 2.0 aspirado.

      Excluir
    3. Não sei não mas acho que esses motores por aqui antes de 2020 vai ser bem difícil.

      Excluir
  9. Renegade tem uma coisa que muitos não tem, identidade própria, não tem como confundir com outro carro.

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O fato é que todo mundo tem inveja do TSI. Agora fica tudo aí, querendo fazer algo parecido.
      Vai ser fácil não.
      VW já tem história com TSI e aperfeiçoando cada vez mais.
      A FCA está começando a caminhada, outras ainda não...

      Excluir
    2. O "tempestade" a Fiat se não me engano já trabalha a mais tempo com motores turbo de pequena cilindrada do que a VW, porém os mesmos não eram tão eficientes para a época, agora com novas tecnologias e essa onda de dowsize, você vai ouvir falar mais de motores turbo, e pelas características deste 1.3, aparenta estar melhor do que o 1.4 TSI, e que venham as concorrências, pois quem ganha é o consumidor. Antes de julgar marca, torça por avanços que possam contribuir com a população, imagina se existisse só veículos da amada VW, essa poderia parar no tempo, pois não haveria necessidade de investimentos em novas tecnologias, uma vez que não teria concorrentes. Esse fanatismo pela VW, chega a ser ignorância.

      Excluir
    3. Tratam a Fiat como se fosse uma marca novata mas esquecem das grandes invenções como o Common Rail, Multiair etc...

      Excluir
  11. Fonte segura, esse motor turbo não vem no Renegade 2019

    ResponderExcluir
  12. Eu comprava facil! Mas em 2019 ou 2020, só de nova geração. Esse já está chegando ao fim do ciclo.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.