Car.blog.br

Pesquisar este blog

Novo Jetta 2019 redefine o design de sedãs Volkswagen

Categorias: , , 46 Comentários

O Volkswagen Jetta 2019, revelado no mês passado no North American International Auto Show em Detroit, marca um passo importante na história do modelo mais vendido da Volkswagen dos EUA. O carro da sétima geração move-se para a plataforma MQB, que permitiu à equipe de design redefinir o Jetta com proporções mais dinâmicas, um design mais moderno e um espaço interior melhorado em relação à geração anterior.

Novo VW Jetta 2019

Trabalhar com a plataforma MQB permitiu que os designers remodelassem a carroceria, criando uma distância entre eixos mais longa, maiores bitolas e rodas maiores. Enquanto as proporções maiores permitem mais espaço interior, um saliência frontal mais curta e uma linha de teto traseira de inclinação rápida se traduzem em um perfil parecido a um cupê. As linhas dinâmicas e as superfícies esticadas se combinam com a nova silhueta para dar um visual elegante e atlético ao Jetta.

Novo VW Jetta 2019

O design frontal, com a ênfase em linhas horizontais, identifica de uma vez o novo Jetta como Volkswagen. Especificamente para o modelo é a unidade distintiva formada pela grade do radiador e os faróis LED que são de série. A grade trapezoidal é composta por quatro barras cromadas, duas das quais fluem para as caixas dos faróis onde os LEDs retomam as linhas e as conectam para um efeito envolvente.

Novo VW Jetta 2019

A silhueta do carro é marcada por suas superfícies esticadas e uma janela lateral longa e prolongada. A impressão parecida ao cupê do Jetta é reforçada por um teto compensado conhecido como uma "fase" - uma tira estreita que corre paralela à linha real do teto até a coluna C - que reduz visualmente a altura do carro. Sob o ombro, no nível das maçanetas das portas, há uma linha de caracteres precisamente esculpida em corte profundo. Sua superfície de sombra se estreita em direção à parte traseira, ligeiramente em forma de flecha. As caixas de rodas e os peitoris laterais também formam uma unidade poderosa com seu design muscular. Os peitoris laterais aqui são marcados por uma linha de luz integrada, que continua na parte traseira da carroceria.

Novo VW Jetta 2019

"O que vai chamar a atenção desde o primeiro olhar é o lado do corpo esculpido e a linha do ombro forte que vem da lanterna traseira para a porta do motorista", diz Marco Pavone, Chefe de Design Exterior da Volkswagen. "O tratamento de superfície é muito mais masculino e esportivo neste carro".

Novo VW Jetta 2019

O estilo da seção traseira é definido pela borda de fuga em forma de arco que se estende na seção de ombro e forma a terminação aerodinâmica da tampa do porta-malas. O spoiler, que é integrado ao design do corpo, enfatiza a largura do sedan. Esta largura também é destacada pelas linhas afiadas dos clusters de luzes traseiras com LED concisos. Outra característica do projeto é o seu baixo coeficiente de arrasto de apenas 0,27.

Novo VW Jetta 2019

No interior, a arquitetura do cockpit da Jetta é nova, com os instrumentos e o sistema de infotainment dispostos ao longo de um eixo de controle visual e de controle orientado. Os elementos de design trapezoidais do exterior são repetidos na cabine para um toque de esportividade, enquanto os materiais premium trazem uma sensação decididamente sofisticada.

Novo VW Jetta 2019

Os designers da VW observam que design do interior é funcional. A filosofia adotada é de simplicidade - você deve entender tudo desde o primeiro olhar. Um layout de cockpit precisa ser perfeito em ergonomia, todo alinhado e tudo auto-explicativo.

Novo VW Jetta 2019

A seção superior do painel de instrumentos da Jetta integra instrumentação, incluindo o Volkswagen Digital Cockpit opcional e a infotainment em uma unidade trapezoidal. O agrupamento de unidades funcionais de todas as classes ajuda a concentrar a atenção do motorista em uma área, ao mesmo tempo em que cria uma estética de design limpa. Somente a interface de controle do ar-condicionado está localizada como um módulo separado no console central.

Novo VW Jetta 2019

A parte inferior do painel de instrumentos tem um design estritamente horizontal com uma tira de corte decorativa fina que corre por baixo do cockpit, em todo o painel de instrumentos e nas portas. Logo abaixo, fica a linha principal do sistema de iluminação ambiente de 10 cores disponível. Juntamente com o recurso de seleção do perfil de condução, no perfil normal, a luz é branca, vermelho do perfil esporte e no azul no perfil ecológico. O piloto pode definir qualquer uma das dez cores para o modo Individual.

46 comentários:

  1. Top demais! Só não gostei dessas rodas com desenho espiral (xuning), mas de restou ficou muito bonito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só comenta sobre desing..."é bonito"..."é feio"...mimimi. Não sabe nem porque. É puramente visual. O rabo aquece...ele solta: "é bonito". se não aqueceu, ele diz que é "feio". bem técnico mesmo.
      Mulher que comenta de carro desse jeito bem fútil..

      Excluir
    2. Carlota, um carro é feito para o comprador achar bonito e atender o apelo emocional em primeiro lugar.
      Diversas matérias apontam que o design de um carro é o primeiro fator de compra, depois vem os outros quesitos como desempenho, consumo,ergonomia, equipamentos e por aí vai.
      O blog e os sites de notícias automotivas são feitos para entusiastas e não para especialistas em design.
      Aqui basta achar bonito ou feio, pontuar o que gosta e o que não gosta do design e pronto. Se vc acha perfeito que bom, mas se outro não acha então tem que respeitar.
      Menos mimimi Carlota.

      Excluir
  2. A primeira impressão é boa. O interior completamente refeito manteve a funcionalidade da marca e agregou muita tecnologia. Todo o desenho da coluna B pra trás foi muito bem pensado, harmônico e arrojado na medida certa. Só essa frente com a grade americanizada e capô com excesso de vincos ficou exagerada e carregada. Aquela essência "germerican" (german-american) ficou pra trás. Era um carro alemão para os americanos, agora ficou completamente americano.

    ResponderExcluir
  3. VW os lançamentos mas sem cara de lançamento

    ResponderExcluir
  4. Eu, particularmente, gostei bastante desse novo Jetta, pois é um modelo inovador em vários sentidos. Ele agora é um sedã grande, concorrente de Fusion, Camry e Accord. Porém é o menor dos sedãs grandes por fora, e tem mais espaço internamente que todos. Isso é inovação na veia, e vem da plataforma MQB.

    Outra coisa bem inovadora é o design. Imponente, e bem melhor resolvido que o Fusion, por exemplo, especialmente na traseira.

    A lateral tem um formato ligeiramente fastback, ao mesmo tempo esportivo e requintado. ISso é o que a Honda tentou fazer no CIvic e não conseguiu.

    O interior é outro ponto de muita inovação, com a VW criando uma nova forma de disposiçaõ de cluster e multimídia, sem apelar para gambiarras como a tela "Multilaser" pendurada no meio do painel, como o do Classe C.

    E mecânica vem com motor 1.4 tsi e 2.0 tsi, transmissão automática...motores modernos e eficientes.

    Em conforto, é outra inovação. Carro alemão, com comportamento dinãmico de carro alemão, mas com conforto de americano. Suave e macio. A engenharia da VW mostrou toda sua competência.

    O design interno e externo está um espetáculo. A VW é a maior montadora do planeta, e a que mais vende veículos no mundo. O seu design é uma obra de arte, funcional, sóbrio e elegante, e esse Jetta é a mesma coisa. Porém com a imponência que os americanos gostam, mas sem ficar ostensivo.

    Então, o carro ficou muito bom. De cara transforma o Fusion, Camry e Accord em peças de museu.

    E esse Jetta é tb uma inovação de mercado, pois como ele tem dimensões intermediárias entre médios e grandes, ele roubará vendas dos medios e dos grandes. Não só pelas dimensões, mas pelas qualidades que é superior a todos.

    Então, além de Fusion que sofrerá, o Corolla e Civic tb, especialmente nas versões topo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Velho, vc viu os Accord e Camry 2017?

      E vc acha que a ideia de tornar o Jetta um sedã igual aos top de linha no Brasil, dessas marcas, cola? A única coisa clara é a opinião tendenciosa e claramente equivocada sua

      Excluir
    2. Matador de Passat, maior requinte, espaço e tecnologia por um preço bem mais acessível.

      Excluir
    3. KKKKKKKKKK
      Para de fumar essa erva que tu tá usando porque ela estragou teu cérebro...

      Excluir
  5. À parte os comentários exagerados e "graciosos" de um certo sujeito, o novo Jetta é uma grande evolução em relação à atual geração vendida por aqui. Se acertar no preço, certamente vai melhorar bastante a sua situação comercial.

    ResponderExcluir
  6. o virtus define o novo design de sedans né......

    ResponderExcluir
  7. A frente e uma mistura de fusion com o Santana chinês. De resto é um belo carro.

    ResponderExcluir
  8. Conjecturas e mais conjecturas...
    As informações disponíveis, visuais e técnicas são as divulgadas pelo fabricante que, obviamente, realçará o produto para um eventual consumidor.
    Em princípio me parece haver evoluído, principalmente em conforto de rodagem ( segundo testes preliminares já divulgados), sem perder o comportamento dinâmico elogiável da geração atual.
    Mas, nada é tão bom que não possa ser melhorado...
    Particularmente não gostei das saídas de escapamento trapezoidais. Acho mais bonitas e tradicionais as atuais e também não vejo qualquer requinte na oferta de iluminação interna em 10 cores, cambiáveis ao gosto do freguês... Las Vegas School?

    ResponderExcluir
  9. Outro carro que sofrerá bastante com o Jetta 2019 será o Mercedes Classe C.

    O Jetta transforma o Classe C em um carro de mané. Senão vejamos:

    O Jetta é maior, mais espaçoso e confortável que o Classe C.
    O Jetta tem motor 1.4 tsi tão potente quanto o 1.6 turbo do c180.
    Mas o Jetta tem câmbio de 8 marchas, contra 7 do Classe C. Pior: o classe C é automatizado, enquatno o Jetta tem conversor de torque (mais caro).

    O Jetta tem painel digital, e o classe C? Tela multilaser no meio do painel.
    O Jetta tem ACC, o Classe C nem sabe que existe.
    O jetta tem front assit, o Classe C não.

    O jetta tem pos colision brake, o classe c nem sonha.

    O jetta tem central multimídia com reconhecimento de gestos, o classe c não.

    Então, quem vai ser mané de comprar classe C, se o jetta é superior em tudo e mais acessível?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. um tem o logo de uma estrela... já o outro é um vw qualquer sem destaque visual...
      Dirija uma mercedes e depois dirija um vw..... Só assim voce poderá fazer uma analise desapaixonada pela vw.....

      Excluir
    2. Quando você vai colocar nessa sua cabeça de vento que VW não concorre com Mercedes? Nem o Passat é páreo para a Classe C, por que o Jetta seria?

      Excluir
    3. Engraçado é que o sujeito só fala de Mercedes ao citar as marcas premium. Por que não falar da Audi, por exemplo? Ah, já sei: é porque aqui no Brasil ela é tão irrelevante nas vendas que não dá audiência falar dela, não é mesmo?

      Só um lunático como esse pra pensar que alguém vai deixar de cogitar um MB para trocar por um VW. Já não dá mais pra rir, é caso de loucura mesmo.

      Excluir
    4. Dei meu exemplo em outro post e vc não muda essa ladainha. Vamos lá de novo.
      Jetta é um ótimo carro, mas é competidor da faixa de cruze, Corolla e Civic.
      Quem procura Mercedes Benz, olha audi, BMW, volvo, Jaguar e etc.
      VÊ SE APRENDE!

      Excluir
    5. Acho interessante esse mimimi de simbolo de três pontas, mimimi.

      Então o Mercedes Classe C é premium, mas não tem ACC que o Jetta tem.
      O Mercedes Classe C é premium, mas tem câmbio automatizado, enquanto o Jetta tem automático.
      O mercedes Classe C é premium, mas quem tem painel digital com navegação integrado é o Jetta. E o Classe C nem sonha?
      Aliás, o multimidia do classe C nem sequer tem espelhamento de tela, e que é de série no Jetta.
      O Classe C é premium, mas o Jetta que tem frenagem autônoma de emergência.
      O Classe C é premium, mas o Jetta que tem post colision brake.
      O Classe C é premium, mas usa ainda o obsoleto sistema de tração traseira, enquanto o Jetta usa o moderno FWD.

      O Classe C é premium, mas usa um sistema de suspensão menos rubusto e menos adequado ao Brasil, multilink, enquanto o jetta usa o eixo de torção, bem superior ao multilink para uso no brasil e abaixo de 200 km/h.

      Então, concluo que esse Classe C é o "premium dos tolos". Pagam muito mais por um produto inferior ao Jetta em TODOS os sentidos.


      O que define um carro "premium" é sua tecnologia de ponta, segurança, conforto e engenharia. E em todos esses itens o Jetta é superior. O Jetta é, de fato, o carro premium nessa comparação.


      Excluir
    6. carlos4carros, pode continuar com o seu blá blá blá. Não vai mudar o fato de que VW não é premium nem aqui nem em lugar algum do planeta. O que define um carro premium é a sua qualidade construtiva e a imagem de marca construída ao longo dos anos que faz com que os consumidores se disponham a pagar mais por um modelo do que por um produzido por marca generalista.

      Compare um Jetta com um A3, por exemplo - aliás, por que não o faz? O Jetta será mais completo e provavelmente custará mais barato, mas ainda assim não será um modelo premium. As diferenças aparecem nos detalhes.

      Excluir
    7. E o mais genial: comparar um carro que foi lançado no mês passado com um que chegou ao mercado no fim de 2014 e que está prestes a sofrer sua primeira reestilização. O alucinógeno é poderoso mesmo!

      Excluir
    8. O c180 2018 já vem com o automático de 9 marchas, para de dar orelhada. Só sabe relinchar.

      Excluir
    9. Cerato, discutir com ele é o mesmo que dar socos em ponta de faca, o fanatismo dele é algo muito fora da realidade.

      Excluir
    10. E tem mais Carlos, o que torna um carro "Premium" não é o que ele trás embarcado, mas o nome da marca. Esqueça que o classe C vem "menos" completo que o Jetta, Passat... Mercedes é Premium!
      Quer comparar carros? Compare audi com Mercedes, audi com BMW, com volvo, com Jaguar, com infinit.... Entre outras.
      Volkswagen é e sempre foi o carro do povo, como o próprio nome sujere então sai da casinha "yogui" e aceite que dói menos.

      Excluir
    11. Quer outra comparação sobre marca Premium e pseudo Premium? Chega numa balada em Floripa, com um bmw série 3 2013, Mercedes classe C ano idem é um Audi A4 de mesmo ano e outro parça chega com o jetta 2019. Te pergunto: Qual dos dois vai chamar mais a atenção? Os verdadeiros premiuns ou o jetta 2019? Pensa aí e depois vc relincha.

      Excluir
    12. mercedes = Premium
      jetta = vw... e vw nunca terá a imagem de premium
      Das auto... Carro do Povo!
      sem mais....

      Excluir
    13. E tem mais Carlos, o que torna um carro "Premium" não é o que ele trás embarcado, mas o nome da marca.

      Errado. Pegue um carro verdadeiramente premium, como o Audi A4. Não deve nada para o Jetta. Nada. O A4 tem ACC, tem front assist, é mais seguro, construção mais sofisticada, painel digital, etc.

      Então, quer um carro premium, vai de Audi.

      Esse Classe C atual e o BMW Série 3 são os chamados "premium de tolos". Eles são piores em tudo que o novo jetta. Então, quem os compra é um tolo.

      Excluir
    14. "Então, quer um carro premium, vai de Audi."

      Oh, que surpresa! Citou a Audi!

      Excluir
    15. Por essas teorias brilhantes do sujeito, um Jetta é mais premium do que um Rolls-Royce...

      Excluir
    16. Carlos chega na porta da posh club em Jurerê de jetta e veja se vc vai chamar a atenção...
      Jetta pode ter câmbio feito de ouro, continuará sendo VOLKSWAGEN! (carro do povo).

      Excluir
    17. Falando merda como sempre. Tenho uma C250 2017, cambio gtronic de 9 marchas. Jetta×Mercedes classe C. Piada...

      Excluir
    18. "O Mercedes Classe C é premium, mas tem câmbio automatizado, enquanto o Jetta tem automático."

      Mercedes usa o 9G Tronic, que é uma caixa automática de 9 marchas.

      Excluir
  10. Pelas informações disponibilizadas até agora, parece ser uma boa evolução.
    Gostei particularmente da informação que o carro está mais macio, sem perder a qualidade dinâmica de rodagem. O atual transmite vibrações em piso degradado e pancadas secas quando enfrenta a buraqueira lunar das nossas ruas.
    Não gostei das saídas de escapamento trapezoidais, Pode ser modismo, mas acho o duplo escapamento redondo mais harmônico e clássico.
    Quanto à iluminação com 10 cores cambiáveis ao gosto do freguês é muito "Las Vegas" e, para mim, não agrega nada.
    Vamos esperar para ver e testar. Por enquanto apenas conjecturas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Podendo escolher a cor, não há problemas. Basta selecionar o branco.

      Excluir
    2. "Podendo escolher a cor, não há problemas. Basta selecionar o branco."

      Quando são outros carros e outras marcas com esse tipo de iluminação, é breguice. Quando é VW, é tudo de bom. Hipocrisia, a gente vê por aqui.

      Excluir
  11. Ficou maravilhoso, sem comentários. E a semelhança com o Virtus é bem forte, o sedão do Polo pode ser chamado de "mini Jetta" mesmo.

    Eu acho que a Volks deveria mudar esse volante para os novos modelos que estão chegando(Jetta, Arteon...), porque ele já foi tão utilizado que destoa das novidades dos painéis destes lançamentos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Devem ter um estoque muito alto desse modelo de volante rs

      Excluir
  12. Iluminação em excesso cansa os olhos independente da cor, imagina uma viagem a noite com essa iluminação, mas se têm a opção de desligar ou diminuir a intensidade ta de boa. No mais o interior é belo, o carro é um espetáculo.

    ResponderExcluir
  13. Tem um ciclista que acha essa iluminação interna é igual penteadeira de Put&, rsrs

    ResponderExcluir
  14. O carro ficou bonito. Moderno.

    Particularmente, espero que no Brasil tenha também uma versão com a dupla motor 2.0 (211 cv) e câmbio DSG.

    ResponderExcluir
  15. Já tem alguma informação se o câmbio do 2.0 será DSG ou epicíclico com conversor de torque?

    ResponderExcluir
  16. E a versão 2.0tsi ?
    Possuo um 2.0tsi e não tenho a mínima vontade de 'descer degrau' para um 1.4, mesmo achando esse novo design bonito.
    Se não vier um 2.0tsi esse carro não entrará em minha garagem, vou para outra marca

    ResponderExcluir
  17. Espero que seja mais bonito ao vivo pois essa frente....horrível....traseira bonita....outro ponto, pq a vw nao consegur fabricar outra manopla de cambio nao?

    ResponderExcluir
  18. Só sei duma coisa; Em 2018, adoraria ter um "Carro do Povo" chamado Jetta em meu nome! :)

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.