Car.blog.br

Pesquisar este blog

Chinesa Geely compra 10% da Daimler, dona da Mercedes

Categorias: , , 29 Comentários

A montadora de automóveis chinesa Geely Motors, proprietária da Volvo, agora também é a maior acionista da Mercedes-Benz depois de adquirir, por US$ 9 bilhões, 9,7% da ações da empresa-mãe da Mercedes-Benz, a Daimler. Como resultado, a Geely é agora o maior acionista da Daimler.


As intenções de Geely foram sinalizadas por relatos da comunidade financeira de que a empresa estava construindo sua participação na Daimler. Agora, o movimento foi confirmado em um relatório aos mercados pela própria Daimler, no qual afirma que recebe outro importante investidor.

A empresa chinesa, de propriedade do bilionário Li Shufu, já possui, além da Volvo, a Lotus e a Polestar - marca de carros de desempenho que recentemente se separou da Volvo. Possui também Lynk & Co - uma marca de veículos elétricos que visa compradores mais jovens -, bem como a empresa de automóveis voadores Terrafugia e a London Electric Vehicle Company, fabricante do novo London Taxi.

A participação de 9,7% na Daimler, tomada pela Geely, sinaliza o desejo de cooperação tecnológica, particularmente no campo dos veículos elétricos, bem como o tipo de economia de escala das marcas do Grupo VW.

Mercedes-Benz EQ

A Mercedes-Benz já declarou seu objetivo de lançar 10 veículos elétricos diferentes até 2022 sob sua nova marca EQ, e é considerada uma líder em termos de tecnologia de bateria e projeto de carros elétricos. Por outro lado, esse movimento também poderia abrir um novo caminho para o mercado chinês para a Daimler e Mercedes-Benz.

Fonte: Bloomberg

29 comentários:

  1. Mercedes agora é oficialmente uma marca chinesa.

    Jagua/Land já são indianas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem te Falou? Entendeu a notícia?

      Excluir
    2. A qualidade não estava acompanhando a concorrência. Em muitos comparativos, para não dizer todos, os modelos da Mercedes perderam para Audi e mesmo VW. A falta de capital impedia maiores investimentos. As vendas ainda não estavam sendo afetadas pela fama adquirida no passado, mas os consumidores estavam atentos, pois o crescimento das vendas era menor do que BMW e Audi.

      Excluir
    3. "mas os consumidores estavam atentos, pois o crescimento das vendas era menor do que BMW e Audi."

      Em 2017, a Mercedes foi quem mais cresceu entre as alemãs e ainda abriu enorme vantagem nas vendas globais. Onde está esta evolução inferior que você alega?

      Excluir
  2. Isso... por essa lógica, a partir de hoje Mercedes caiu pra 3a linha de qualidade de automóveis...

    ResponderExcluir
  3. Mercedes agora é xing-ling....

    ResponderExcluir
  4. Mais uma fusao "chino-alema" de muito sucesso.
    Daimler e Volvo rompendo barreiras.
    Mas os parabéns vai ao grupo VW, o maior conglomerado de parceria chinesa que você respeita.

    ResponderExcluir
  5. As adoradoras de xing-ling podem ficar tranquilas que o Grupo VW tem apenas 12% de seu capital em Bolsa. 88% está com a família Porsche e uma parte menor com o governo alemão.

    A chance de a VW virar xing-ling como a Mercedes ou a Volvo é zero. Quando menos porque ela não precisa, já que é líder de vendas na China. Quando mais porque está vendendo e lucrando como nunca.

    https://www.car.blog.br/2018/02/grupo-volkswagen-registra-lucro-recorde.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você é tão bem informado que nem conta sabe fazer 12% na bolsa 88% na família porsche. 88+12=100 e a porcentagem que segundo você está na mão do governo alemão fica aonde? Você não tem curso primário imagina saber dados técnico sobre carros

      Excluir
    2. E vc toda orgulhosa. Com a roupa íntima nadando em umidade.

      Excluir
    3. Vc é super mal informada, apenas 52% e da família nem uma simples pesquisa faz.

      Excluir
    4. A Daimer já era 3% nipo-francesa, pois a Renault Nissan já detinha essa fatia.
      Agora é nipo-sino-francesa-germânica.

      Excluir
    5. Ou melhor NIPO-SINO-FRANCO-GERMÂNICA.
      Uma empresa Global.

      Excluir
    6. Olha que, dependendo da oferta, a Família Porsche vende o grupo.
      Tudo tem seu preço, e os chineses tem dinheiro e ambição.

      Excluir
    7. A estrutura acionária da VW tem 12% do capital em bolsa, e os 88% restantes são privados. E da estrutura acionária, uma parte tem direito a voto, e outra não. A estrutura de capital não é igual a estrutura de comando.
      Dos 88% privados, há uma parte da família Porsche, uma parte do Estado da Baixa Saxônia e uma parte da Qatar Holding. Só que todos os entes privados votam com conjunto (88% do capital votante) com a família Porsche, ou Porsche SE, para a indicação dos 10 membros Vorstand do Aufsichsrat, que são 20 no total, mas apenas 50% tem direito a voto.

      Excluir
    8. Esperando a oferta da gigante SAIC por uma boa fatia da VW.

      Excluir
  6. Quatar Holding tem 17% de participação no capital do Grupo Volkswagen

    ResponderExcluir
  7. Interessante como a matéria é da Mercedes-Benz. E existem 140 marcas automotivas no planeta.
    Mas, nos comentários, se fala mais da Volkswagen, que da Mercedes. E além dessas duas, não se fala em mais nenhuma outra marca.
    Então logo se vê o prestígio das marcas. Marcas mais lembradas, são mais prestigiadas.
    Como vemos aqui, a VW tem muito mais prestígio que a Mercedes, pois até no post da Mercedes, só se fala de VW. Querem saber tudo de VW, estrutura acionária, quem manda, quem não manda, finanças, vendas...etc. Tudo.

    É inacreditável o interesse que os comentaristas deste blog tem pela VW!

    Impressionante, não?

    ResponderExcluir
  8. A Volvo é administrada pelos chineses e a qualidade dos carros nunca caiu,e os carros da Gelle melhoraram

    ResponderExcluir
  9. Será que vão transferir a produção para china igual a volvo?

    ResponderExcluir
  10. A indústria automotiva chinesa, surgiu em 1996. No início, eles faziam apenas cópias de outros veículos. Mas agora eles criam carros com design próprios e estão adquirindo outras montadoras e indústrias fornecedoras de peças(eles já adquiriram a maior fabricante de câmbio automático do mundo).
    Carlota, muitos carros da sua querida VW, devem estar utilizando peças chinesas se não mecânicas, eletrônicas com certeza!!
    Os chineses, aprenderam a ouvir e aplicam isto nos seus produtos, procurando atender o que pedem os consumidores.
    Meu Chery Celer sedã ACT 16/16, adquirido em agosto de 2016, chegou aos 31.000Km e apenas manutenção normal. Sem nada que o desabone é paguei pelo carro o preço justo, não a exorbitância cobrada por modelos da mesma categoria de outras montadoras.
    Não se iluda quanto a sua querida VW, não ser engolida por outra indústria. Isto faz parte do mercado e um dia certamente ocorrerá.

    ResponderExcluir
  11. O câmbio automático que a VW usa é o mesmo que a Fiat, BMW e outras montadoras usam, é uma empresa japonesa que fabrica câmbio automático, e 30% dela é da Toyota

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A programação do câmbio depende do motor. O escalonamento das marchas depende de algumas variáveis, inclusive marketing. Alguns modelos privilegiam a potência, outros o torque. Por incrível que pareça, o escalonamento pode ser programado para trechos curtos para passar alguma impressão ao consumidor na hora do test drive em pequenas distâncias. não falarei de qual montadora, mas é aquela conhecida como câmbio molenga...

      Excluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.