Car.blog.br

Pesquisar este blog

VW registra recorde histórico de vendas em novembro

Categorias: , , 22 Comentários

A Volkswagen registrou recorde histórico de vendas em novembro de 2017, com um total de 594.300 unidades em âmbito global. No acumulado de janeiro e novembro, a marca alemã já vendeu 5,64 milhões de veículos.

Novo VW Polo 2018

Na América do Sul a montadora vendeu 38 mil veículos - aumento de 31,4%. Os principais impulsionadores por trás deste desenvolvimento positivo foram o Brasil com um aumento de 34%, bem como a Argentina com um aumento de 29,8%. Crescimento no segmento de carros pequenos.

VW Golf GTI 2018

Com 142.100 veículos novos vendidos na Europa, as vendas cresceram 5% sobre 2016, com forte forte crescimento na Itália (+6,6%) e no Reino Unido (+7%), França (+10.2%) e Áustria (+20.3%). O principal motor de crescimento são o Golf e Tiguan, juntamente com o novo Polo.

Volkswagen Atlas 2018

Na América do Norte, a marca Volkswagen vendeu 50.700 veículos - ligeira queda de 1,4 sobre 2016. Nos EUA, há uma ligeira diminuição de 500 unidades. O Canadá reportou um aumento de 31,8 por cento em novembro para 6.000 veículos. Essa tendência foi impulsionada pelo Golf Alltrack e o pelo Atlas, bem como o Tiguan, que foi lançado em agosto.

Volkswagen Atlas 2018

Na China, a Volkswagen vendeu 331.100 veículos em novembro - aumento de 16,2%. Isso levou a outro mês recorde para as entregas da marca Volkswagen na China. Houve forte demanda pelo Jetta (31.600; + 22.2%) e pelo Magotan (19.400; + 21.3%). A popularidade dos SUVs continuou. As entregas do novo Teramont totalizaram 9.200, e 33.000 unidades vendidas do família Tiguan.

As vendas nas regiões e mercados em novembro desenvolveram-se da seguinte forma

Deliveries to customers by marketsNovember 2016November 2017Δ from 2016Jan.- Nov. 2016Jan.- Nov. 2017Δ from 2016
Europe135300142.1005,0%15559001551700-0,3%
Western Europe114.300118.1003,3%1.352.0001.317.800-2,5%
Germany44.30047.8007,9%519.100489.600-5,7%
Central and Eastern Europe21.10024.10014,2%204.000234.00014,7%
Russia7.0009.00028,6%66.60079.10018,8%
North America51.40050.700-1,4%521.700540.0003,5%
USA29.70029.200-1,7%285.700309.4008,3%
South America28.90038.00031,5%305.400389.10027,4%
Brazil19.70026.30033,5%196.700240.10022,1%
Asia-Pacific297.600344.80015,9%2.854.4002.986.6004,6%
China285.000331.10016,2%2.696.3002.835.3005,2%
Worldwide531.600594.30011,8%5.417.9005.636.1004,0%

22 comentários:

  1. Onde vamos parar 6 milhões de veiculos no ano.... só da VW.....

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. O dieselgate tirou milhares de consumidores da VW, mesmo assim, a VW se redimiu com novos motores, mais eficientes e econômicos, por isso o aumento nas vendas. Um diretor foi condenado a 7 anos, enquanto, no Brasil, políticos condenados andam soltos nas ruas, desafiando a justiça, querendo retornar ao poder.

      Excluir
  3. Vendeu 2 vezes e meia na China em relação ao que vende na Europa.

    ResponderExcluir
  4. Se a economia chinesa der um soluço, VW, GM e Toyota vão estar em maus lençóis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo o mundo he China ,europa e eua .. vw Manda em dois.

      Excluir
  5. Agora só falta estratégia pra aumentar nos eua

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já está em curso. Começou com o Atltas, Novo Tiguan, tem novo Jetta...e outro SUV... E está dando resultado, já que a VW está crescendo muito nos EUA, enquanto Hyundai, toyota e outras estão caind.

      Excluir
  6. O mercado brasileiro é insignificante para o grupo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem para o Grupo. Para a marca mesmo o Brasil representa pouco.
      Mas mesmo assim, é 4,3% do resultado global.
      Não é nada, não é nada, é mais que Russia, e mais que o Leste Europeu inteiro.

      E tem o detalhe que o Brasil é polo exportador para toda a América Latina, e ainda o Brasil está em processo de crescimento acelerado, desde que o Temer assumiu e o PT foi defenestrado.

      Excluir
    2. Evitemos o PT. Impediu uma fábrica da Ford ser instalada no RS. Menos emprego, renda e impostos para os gaúchos. isso é a esquerdopatia.

      Excluir
    3. Crescimento acelerado com Temerário?! É piada, só pode! E de mau gosto! Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Idiotice tem limite também, não?!

      Excluir
  7. 6 milhões só da marca VW!? Puts. Quando sair o resultado do grupo, vai ser outro recorde.

    ResponderExcluir
  8. Aumento expressivo na Itália. Até lá, a Fiat está com dificuldades de segurar a avalanche tecnológica do grupo alemão.

    ResponderExcluir
  9. Que importante para nós brasileiros saber que a VW está vendendo bem!

    Matéria importantíssima!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade. Pois não somos diretores de vendas da VW, então isso não interessa a ninguém aqui.

      Excluir
    2. Essa matéria me empolgo que amanhã mesmo vou na concessionária aqui perto de casa comprar uma Spacefox Highline 16/17 por 77 mil reais e fazer o grupo VW ter mais uma venda.

      Excluir
  10. Metade das vendas da VW estão na China. É o que fez a diferença.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo. Deve-se ter competência para entrar em diferentes mercados e ser bem sucedido. Não falarei de uma montadora que tentou produzir e vender na China, maior mercado global, e se deu mal. Apenas uma dica: vendia bem no Brasil, mas "até por estas bandas" está perdendo mercado, pois seus produtos são bem fraquinhos.

      Excluir
  11. Esse vermelho metálico dos GTi's é lindo demais.

    ResponderExcluir
  12. Falam em fraude do diesel gate, mas e fraude do aquecimento global e toda essa mentira desses comunistas que mudaram de nome e hoje se denominam "ambientalistas" ?! quem vai punir esses mistificadores que enganam toda sociedade do planeta ? PARABÉNS a VW !!! justiça está sendo feita ! maior montadora da história ! melhores carros do mundo ! só troco meu apaixonante Golf por um Porsche, nada mais me seduz !

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.