Car.blog.br

Pesquisar este blog

Audi registra novo recorde de vendas globais - novembro

Categorias: , 28 Comentários

A montadora alemã de carros premium Audi anuncia seus resultados comerciais globais relativos ao mês de novembro de 2017 pronunciando um novo recorde de vendas. Em novembro foram vendidos cerca de 160 mil modelos com o emblema dos quatro anéis mundialmente - alta de 4,5% se comparada ao mesmo período do ano passado.

Novo Audi Q5 2018

Os destaques ficam para a América do Norte, com avanço de +13,6%, e China crescendo +6,5% - resultados que compensaram a estabilidade na Europa, que apresentou queda marginal de -0,1%. No acumulado do ano, a Audi já comercializou 1.699.550 unidades - retração de 0,8% relativamente a 2016.



Em face do crescimento ao longo do ano, a montadora prevê que ao final de 2017 suas vendas totais acumuladas fiquem ligeiramente superiores ao volume observado em 2016.


O crescimento em novembro foi impulsionado em novembro particularmente devido à alta demanda para o Q2 e para os modelos da família A5.

Novo Audi A8 2018

Entre as três principais regiões de vendas da Audi, a América do Norte obteve o maior crescimento no mês passado. Os 23.650 automóveis vendidos representaram uma alta de 13,6% na região. Os Estados Unidos registraram um aumento de dois dígitos (12,1%, com 19.195 carros), tornando novembro o 83º mês consecutivo de quebra de recorde para a marca.

Novo Audi Q5 2018

A tendência de SUVs continua forte. A demanda por modelos da linha Q cresceu 23,2% comparado a novembro de 2016. A família A5 teve o maior crescimento, com vendas de mais de 1.100 unidades do A5 Sportback a norte-americanos. Da mesma forma no Canadá, a Audi alcançou um crescimento de dois dígitos em novembro (+19,3%, com 2.928 automóveis).

Novo Audi A4 L 2018

Na China, a A4 representou a maior parcela do crescimento da Audi em novembro. Em todos os modelos, as entregas aumentaram 6,5%, para 56,208 unidades. Como tal, a China foi mais uma vez o mercado único com o maior crescimento absoluto da Audi em novembro. Desde o acordo com seus parceiros locais sobre a futura colaboração no final de maio, a marca alcançou recorde atrás de recorde no país. Isso reduziu o declínio acumulado nas vendas para 2,1% no decorrer do mês passado – com 528.706 entregas de janeiro a novembro.


Novo Audi R8 2018
A Europa foi marcada nas últimas semanas pela chegada do novo A8 ao mercado. O carro-chefe da marca foi colocado à venda nas concessionárias na segunda quinzena de novembro. Entre os mercados europeus, a Itália (+4,2%, com 5.806 carros) e a Espanha (+ 1,6%, com 4,242 automóveis) mais uma vez apresentaram desempenho positivo. No entanto, a desaceleração no mercado no Reino Unido teve um efeito negativo sobre a empresa na Europa: as 12.173 unidades vendidas representam uma queda de 6,1% se comparado ao mesmo período do ano passado. Na França, as vendas também caíram em relação a 2016 (-1,4%, com 5.473 automóveis). Já no mercado alemão as vendas se mantiveram praticamente estáveis se comparadas ao último ano (-0,6%, com 21.529 unidades). No total, cerca de 797.150 clientes receberam seus novos Audi na Europa desde o início do ano, 0,4% a mais que no mesmo período do ano passado.

Novo Audi A3 Sedan 2018

Finalmente, no Brasil, as 990 unidades vendidas em novembro representam um crescimento de 88,6% sobre o mesmo período de 2016.

Vendas Globais - Audi - Novembro de 2017


Vendas Globais - Audi
NovembroAcumulado
20172.016Δ from 201620172016Δ from 2016
World160.000153.0474,5%1.699.5501.712.587-0,8%
Europe67.15067.191-0,1%797.150793.7410,4%
- Germany21.52921.654-0,6%275.729275.6530,0%
- UK12.17312.970-6,1%164.586166.346-1,1%
- France5.4735.549-1,4%57.60158.647-1,8%
- Italy5.8065.5704,2%63.56457.35610,8%
- Spain4.2424.1761,6%51.05748.0756,2%
USA19.19517.11812,1%199.534187.0186,7%
Mexico1.5401.25522,7%12.98513.630-4,7%
Brazil99052588,6%9.03411.457-21,1%
China
(incl. Hong Kong)
56.20852.7766,5%528.706540.040-2,1%

28 comentários:

  1. Audi em vias de superar a BMW nos EUA!
    Lembrando que BMW e Mercedes vêm caindo, e Audi subindo.
    Então a tendência é a de que a Audi supere BMW e Mercedes e se torne a maior do mundo em 2018.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dei ate print pra rir de vc em mais uma de suas previsoes furadas.

      Excluir
    2. Kkkkk.Tem dar umais print mesmo.
      Ano passado, falou que a Audi seria líder em 2017. Mas....A estrela de três pontas, continua firme e forte em primeiro.

      Porque nesse nível, o primeiro não é o mais barato...É o melhor mesmo!!!

      Excluir
    3. Eita, baixou a mãe Dinah chucrute.

      Excluir
  2. Precisava vender logo o Q2 aqui no Brasil. O A3 sedan definha cada dia mais em vendas e precisava de um novo modelo na faixa dos R$ 120.000,00 pra chegar em um público maior.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O A3 sedan completo é mais caro que o A4 em algumas versões então complica.

      Excluir
    2. Não adianta ficar falando mal de audi a matéria ta ai registrou mais um novo recorde quanto mais você fala mal mais recorde ela registra.

      Excluir
  3. Achei muito bonito esse Polo amarelo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seu comentário foi tão pífio, sem a menor noção desprovido de qualquer raciocínio lógico que não serviu nem para receber críticas KKKK

      Excluir
  4. Nem mencionaram a Q5?

    Q5 no Brasil miou como a Q7. Muito cara. Depois da XC60, que tem melhor custo-benefício, agora tem a E-Pace, que ser pode montada do jeito que o comprador quiser, e que pelo preço de uma Q5 ambition sem opcionais se leva e-pace em versão com 300cvs/41kg/f e uma infinidade de opcionais que a Q5 nem como opcional oferece.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Q5 veio muito cara e o design não empolgou. Mas Jaguar e Volvo tem que ter grana pra manter, pois as revisões ou uma eventual manutenção de item de desgaste, fazem muitas pessoas desistirem, fora a desvalorização monstra.

      Excluir
    2. Eu ainda não vi foi o novo Audi A4 nas ruas.
      Já estão entregando?
      Pois queria observar se o modelo realmente é maior que o Fusion.

      Excluir
    3. Fora que Jaguar e Volvo tem personalidade, coisa que a Audi tem deixado a desejar.
      Modelo mais interessante dela é o Q2.

      Excluir
    4. Kkkk. JF eu tenho um A4, é pouca coisa menor que o Fusion. Eu vi o Fusion quando fui comprar, mas não tem comparação. No modo efficiency chego a fazer 20 km/l na estrada. A tecnologia de injeção direta e indireta junto com o Audi Drive Select transforma de mansinho a demônio muito rápido. Fora o design que nem se compara na minha opinião.

      Excluir
    5. Tamanho do Fusion é o do A5, também tenho o A4 e já tive Fusion. Que Audi é melhor aí não tem dúvidas.

      Excluir
    6. Boa noite, Denis.
      Como proprietário de um A4, gostaria de sua opinião sobre a manutenção do carro.
      Estou pesquisando bastante as 3 premium, para troca de meu velho de guerra BMW 325 1994 que, com 400.000km, jamais me deu problemas, mas que já apresenta um certo cansaço, digamos assim.
      Meu interesse recaiu pelo A4, ano 2015, no máximo, pois o 0km está com preço fora do que estou disposto á pagar.
      Vc já precisou de concessionária para reparos no seu?
      A rede tem bom atendimento?
      Há dificuldade de fornecimento peças, se vc precisou algum dia?
      Obrigado, desde já, pela sua opinião.

      Excluir
    7. Paulo, o meu é 2017 então ainda não tenho parâmetros de quebra de peça pois acabei de fazer a primeira revisão agora. Se for o A4 antigo, antes desta mudança eu não pegaria, pois tem um problema crônico de queima de óleo do motor. Este novo ficou somente o nome, dentre C200 e BMW 320 ele é o melhor pois estar mais atualizado. O antigo está com um bom preço, pois despencou depois que chegou o Novo A4, mas o câmbio é CVT, assim eu optaria pela 320, pois é um carro bonito, consagrado e não tem nenhum problema crônico e as peças você já tem experiência da marca para encontrar em um preço mais acessível.

      Excluir
    8. MadRacer o A5 é a versão Sportback do A4, ambos tem 4,73 de comprimento contra 4,87 do Fusion. Isso estou falando dos modelos 2017/2018. Ambos são pouco menores.

      Excluir
    9. Tem razão, Denis.
      Valeu pela opinião.
      Abs

      Excluir
    10. Paulo Ferraz, posso te dar uma opinião embasada pra você porque tive um A4 Ambiente 14-15, comprado na época por 123 mil, se não me engano. O veículo é fenomenal, tem bom acabamento, bebe pouco, anda razoavelmente bem, é espaçoso e lindo, chamava mais a atenção do que eu gostaria. Sobre manutenção, eu sempre faço a dos meus carros na concessionária e eu me assustei com os valores: lembro de cabeça o da quinta ou sexta revisão: Queriam me cobrar 3200 reais, um total absurdo. Pechinchei e caiu pra 2200. Como as revisões sao semestrais, eu gastava cerca de 4 mil por ano só com isso.
      Nunca precisei trocar nada dele, mas talvez porque o usava muito pouco por conta da altura ruim do solo, o que fazia raspar praticamente em toda lombada e isso doía na alma.
      Usei o veículo cerca de 3 anos e meio, rodei 12 mil km e perdi 40 mil reais em desvalorização, mesmo meu carro estando literalmente como novo - o vendi há 6 meses.
      Hoje em dia eu pagaria no máximo 75-78 mil num A4 Ambiente 15, com até 25, 30 mil km e que já tenha mmi, porque a desvalorização é enorme, pra você vender por 65 daqui a 2 anos.
      Como esse motor 1.8 T é bem conhecido, indico fazer as revisões em oficinas especializadas que com certeza devem existir se você morar em cidade grande. Aqui em Belém eu não tive escolha a não ser dar grana pros safados da css.
      Sobre o atendimento na Audi, digo que e um lixo. Tu precisas entrar muito bem vestido, com camisa pólo e tênis de marca, senão nem olham na tua cara. Imagina só, os vendedores que ganham por mês o valor de uma revisão do carro te tratando com desdém porque tu estás usando uma bermuda com chinelo.
      Sinceramente, eu não volto mais pra marcas premium porque elas se revestem de uma pompa desnecessária e cobram valores absurdos na manutenções.
      Tive uma 320i 12-13 e fui tratado pior na BMW, um funcionário me chamou de "pobre" por eu estar pechinchando uma da 4 revisões que fiz em 14 meses. Sim, você entendeu certo, 4 revisões em 14 meses, sendo que o carro chegou a pedir revisão com 4 mil km! - todas na faixa de 1200-1500 reais.
      Compra um lixo de um Corolla que é bem ruinzinho, mas tu não vais ter dor de cabeça. No máximo um Fusion.

      Excluir
    11. Engenheiro:
      Agradeço imensamente suas considerações, e é minha opinião tbm.
      Os premium tem manutenção caríssima mesmo, até pq são peças importadas e a mão-de-obra especializada.
      O problema da BMW e Mercedes é que o tempo entre as revisões são calculadas pelo conputador de bordo, de acordo com a falha ou fadiga de algum componente.
      O meu velho de guerra, apesar da idade, já dispunha dessa tecnologia, e cansei de fazer revisões de 4000 em 4000km ou de 8000 em 8000km rodados, normal para países de 1o mundo, onde neve/frio com calor/altas temperaturas são constantes, mas complicado para nós, tupiniquins.
      Sou do Rio e sempre fui muito bem tratado nas concessionárias da marca. De 0 até acabar a garantia, levei meu "velhinho" em oficinas da BMW e, após somente em oficinas particulares e especializadas na marca.
      Como estou trocando os carros da minha mulher e meu, acabei trocando o dela por um 0km (Pólo Comfortline) e estou pesquisando as premium, até 2015, no máximo.
      Me ofereceram um Passat 0km, quando da compra do Pólo, achei o carro espetacular (me chamou atenção o ano/modelo do carro 0km : 2016), o preço razoável, mas gostei mesmo do A4, que já tive oportunidade de dirigi-lo na Europa.
      Vou levar em consideração suas experiências, que me foram muito úteis.
      Gostaria de saber sua opinião do Passat. O que acha?.
      Obrigado

      Excluir
    12. Engenheiro:
      Agradeço imensamente suas considerações, e é minha opinião tbm.
      Os premium tem manutenção caríssima mesmo, até pq são peças importadas e a mão-de-obra especializada.
      O problema da BMW e Mercedes é que o tempo entre as revisões são calculadas pelo conputador de bordo, de acordo com a falha ou fadiga de algum componente.
      O meu velho de guerra, apesar da idade, já dispunha dessa tecnologia, e cansei de fazer revisões de 4000 em 4000km ou de 8000 em 8000km rodados, normal para países de 1o mundo, onde neve/frio com calor/altas temperaturas são constantes, mas complicado para nós, tupiniquins.
      Sou do Rio e sempre fui muito bem tratado nas concessionárias da marca. De 0 até acabar a garantia, levei meu "velhinho" em oficinas da BMW e, após somente em oficinas particulares e especializadas na marca.
      Como estou trocando os carros da minha mulher e meu, acabei trocando o dela por um 0km (Pólo Comfortline) e estou pesquisando as premium, até 2015, no máximo.
      Me ofereceram um Passat 0km, quando da compra do Pólo, achei o carro espetacular (me chamou atenção o ano/modelo do carro 0km : 2016), o preço razoável, mas gostei mesmo do A4, que já tive oportunidade de dirigi-lo na Europa.
      Vou levar em consideração suas experiências, que me foram muito úteis.
      Gostaria de saber sua opinião do Passat. O que acha?.
      Obrigado

      Excluir
    13. Paulo, o Passat é o melhor custo x benefício desta categoria. Tem muito mais equipamentos e as revisões bem mais baratas. Só não comprei o Passat pois achei o visual do A4 mais interessante e por querer ter um carro das marcas consideradas premium. Se quer um ótimo carro sem chamar a atenção será uma excelente escolha.

      Excluir
    14. Sim, Denis, tbm achei o Passat show de bola, principalmente o acabamento primoroso.
      Achei meio esquisito comprar um 0km fabricado em 2016, mas prefiro mesmo o A4.
      Fiquei muito tempo sem comprar carro e estou meio por fora do mercado, eheheh.
      Vou de A4, mesmo!

      Excluir
  5. "Audi em vias de superar a BMW nos EUA!
    Lembrando que BMW e Mercedes vêm caindo, e Audi subindo.
    Então a tendência é a de que a Audi supere BMW e Mercedes e se torne a maior do mundo em 2018."

    Mas gente, é muita vontade de ter uma BMW ou Mercedes, em plena reportagem sobre AUDI, ela vem comentar de outra marca...

    ResponderExcluir
  6. As três marcas tem carros muito bons, vai do estilo da pessoa para a escolha. Nos carros de entrada o A3 é a melhor opção ao meu ver, mesmo estando muito caro. Ele tem o tamanho certo para a cidade e o Ambition com Virtual Cookpit custa menos que uma 320 e C180 peladas. Anda muito mais, além de mais econômico.

    ResponderExcluir
  7. PESSOAL...QUANDO TEREMOS O Q2 POR AQUI??? Obrigado

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.