Car.blog.br

Pesquisar este blog

VW Golf deixará de ser produzido no México a partir de 2019

Categorias: , 19 Comentários

A Volkswagen deixará de produzir o hatch médio Golf em sua planta de Puebla, no México, a partir de 2019. Dessa forma, a partir desse ano o mercado americano será abastecido pela fábrica de Wolfsburg, na Alemanha.


O movimento também faz parte uma estratégia abrangente da marca de concentrar esforços em SUV´s em Crossovers no continente americano.


A unidade de Puebla, que fabrica o Golf, Jetta e Beetle e Tiguan, deixará de produzir também o Fusca, abrindo espaço para a produção do T-ROC.


Segundo informações da imprensa mexicana, o Golf será produzido no México até o ano modelo 2019, e já a partir do 2020, que já será o Golf MK8, sua produção será concentrada na Alemanha.

VW Golf  continua a ser fabricado no Brasil - Paraná

Em entrevista ao Jornal Massa News (que reproduzimos abaixo), do Paraná, o CEO da VW América do Sul, David Powels, confirmou que o Golf continua a ser fabricado no Brasil.



Fonte: Al Volante

19 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo isso é recalque de não conseguir comprar um Golf? Trabalha mais, e fica tranquila que a VW prepara altas novidades para o Golf brasileiro, inclusive a versão 200 TSI AT, que tem potencial de vendas de até 6.000 carros por mês.

      Excluir
    2. KKKKK, potencial de vendas de 6 mil carros por mês?Você quis dizer 600 né?

      Excluir
    3. Vc não sabe fazer conta? É simples.

      O Golf atualmente atua no mercado de hatchs médios com transmissão manual, e vende 300 unidades. Esse mercado responde por 5% do total.

      Se 5% = 300, então o mercado total é 300 / 5% = 300 / 0,05 = 6000.

      Matemática. Apenas matemática.

      Excluir
    4. Carlos, potencial pode até ter, mas se a VWB espera que 200 TSI concretizará este número está completamente enganada.

      Para concretizar estes números, as versões 1.0 MPI precisam oferecer muito mais e descer do salto de valores, porque está muito caro para pouco que oferece.
      A 1.6 MSI MT é outro que oferece muito pouco e pede muito caro.

      Definitivamente, Polo não tem versões para brigar pelo Top5 ...

      Excluir
  2. Poderia levar o modelo brasileiro para lá. Deixaria ele sendo fabricado por aqui e ainda aumentaria a produção para exportação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Provavelmente será isso que irá acontecer.
      E o Golf brasileiro poderia ser exportado para os EUA, onde as vendas do Golf estão disparando!

      Acho que seria uma excelente estratégia para colocar todas as fábricas da VW nas Américas a todo vapor.

      México produzindo SUVs à rodo para os EUA, e para as demais Américas.

      VW Brasil produzindo o Golf no Paraná para atender todas as Américas. E o Polo e o Virtus em SBC para vender na América Latina inteira.


      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    4. Nunca vi Argo em auto-escola

      Excluir
    5. Segundo algumas matérias, a intenção é concentrar a produção na Almemanha.

      Excluir
  3. Essa é uma ótima notícia para o Golf brasileiro. Começando pelo fato de que o Golf vendido na Argentina passará então a ser o modelo brasileiro.
    E, claro, com o aumento de produção e vendas com a chegada da versão 200 TSI AT, aumenta-se também a escala e reduz-se os custos.
    Com isso, o Golf terá ainda preços muito competitivos.

    E para os argentinos eles ainda se beneficiarão do Golf brasileiro que é superior ao mexicano em tudo, pois tem câmbio mais sofisticado, caro e robusto, e suspensão traseira superior.

    Boa notícia para os brasileiros (que fabricarão mais Golf) e para os argentinos, que terão um carro melhor.

    VW SAM cada vez mais mostrando que está com estratégias corretas e lógicas.

    ResponderExcluir
  4. Hum, já entendi...o 1.5 tsi não virá, nem o Golph 8...saquei...haberemus Golph 7,5?

    ResponderExcluir
  5. Bom dia. Alguém sabe a previsão do lançamento do Golf facelift? Existe a possibilidade de uma versão 200tsi Highline? Estou perguntando porque apareceu uma oportunidade de adquirir um Golf Highline (0-km, mas 2016) com pacote premium, por 100k e estou muito tentado. Mas um 200tsi atenderia perfeitamente, por experiência própria com o carro atual, um Comfortline manual.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitos sites dizendo que será no início do ano que vem. Mais é tudo especulação, só resta esperar mesmo

      Excluir
    2. Peguei um 2016 zero, Highline Tiptronic com pacote elegance por menos de 100k. Oferta bastante atrativa pois estava tbm aguardando o golf 1.0 com Tiptronic. Com quase uma semana de uso, pelo carro em si, vi q a escolha atendeu minhas expectativas. Aconselho vc considerar essa oferta, pois a experiência de guiar um 1.4TSI é algo extremamente prazeroso.

      Excluir
  6. Acreditarei no CEO da VWB somente, se o Brasil tornar-se exportador de GOlf pro Mexico e AL em 2019, caso contrario acabou Golf 0km aqui no Brasil também. Voltaremos a idade da pedra, porque carro é Golf. Menos mal que terei a opção de comprar um Polo 200TSI 0km, mas longe de ser um Golf.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se o Golf 1.0 AT não emplacar, provavelmente a VW termina de produzir aqui e passa a trazer os Golfs 1.4 e GTI da Alemanha. Os órfãos do Golf 1.0 que fiquem com o Polo.

      Excluir
  7. Golf MK7.5 a caminho? Vai ficar defasado duas gerações novamente?

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.