Car.blog.br

Pesquisar este blog

VW Brasil: não há plano de interromper produção do Golf

Categorias: , , , 53 Comentários

No dia 22/07 publicamos um artigo com o título "Volkswagen pode interromper produção do Golf no Brasil", referenciando uma frase dita pelo CEO para a América do Sul da Volkswagen, David Powels, em entrevista ao portal Automotive Business na matéria "Volkswagen quer voltar ao segundo lugar no Brasil em 2018". Entretanto, a frase foi tirada de contexto e a VW Brasil confirmou hoje (24/7) que o Golf continuará a ser produzido no Brasil.

VW Brasil: não há plano de interromper produção do Golf

A referida frase do executivo poderia sugerir que a montadora alemã cogitava interromper a produção do Golf no Brasil, entretanto, em contato com a Assessoria de Imprensa da Volkswagen do Brasil, nos foi informado que não há qualquer plano de interrupção da produção do Golf no Brasil, e que a frase que sustenta a matéria foi retirada de contexto.

VW Brasil: não há plano de interromper produção do Golf

Segundo a Assessoria de Imprensa da Volkswagen do Brasil, a frase de Powels foi dita em outro contexto, que seria a hipótese de, caso o segmento inteiro de hatchs médios não reagisse no longo prazo, isso poderia levar, também no longo prazo, a avaliações sobre a produção nacional do Golf.

VW Brasil: não há plano de interromper produção do Golf

Entretanto, nos foi ressaltado que não há qualquer estudo nesse sentido, e nem planos, e que, portanto, não há qualquer planejamento para interrupção da produção do Golf no Brasil, e que o modelo continuará a ser produzido em São José dos Pinhais.



De fato, a Volkswagen do Brasil prepara o lançamento da linha 2018 do Golf nacional com uma série de novidades, e, evidentemente, isso não combina com a possibilidade de fim de produção.

53 comentários:

  1. Se o segmento dos hatch médios ficar com vendas baixíssimas, a tendência é que as montadoras deixem de oferece-los no nosso mercado.
    O I30, ao que me parece, não está sendo mais oferecido é o mesmo pode acontecer com outros médios.
    Tomara que esse segmento reaja.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Li em algum lugar que a Hyundai vai trazer o novo I 30, com motor 1.4.

      Excluir
    2. Quem tem um pouquinho de noção como funciona o mercado e tendências, sabe muito bem que o Polo em suas versões mais caras, com certeza, canibalizará o Golf...Querem apostar?

      Excluir
    3. Quem tem um pouquinho de noção como funciona o mercado e tendências,

      Coisa que vc está muito longe de ter, afinal não se aproveita nada do que sai da sua pena. É só bobagem.

      O Polo e o Golf convivem há 40 anos na Europa, e não houve canibalização alguma. Em 40 anos não houve.

      Mais ainda. Polo e Golf conviveram por 10 anos no Brasil, e não houve canibalização. Zero. E no fim, o Polo saiu, e o Golf ficou.

      Por favor. Pare de falar. Não fale nada. Que vc só fala besteira.

      Excluir
    4. Você vive mercado e realidades diferentes, ainda é anacrônico nos seus comentários!!!
      Espera camarada!

      Excluir
    5. O mercado da Europa é totalmente diferente. Aqui tbm aposto qie o Polo vai canibalizar o Golf. Não sou hater, sou um feliz proprietário de Golf mas o preço tá absurdo

      Excluir
    6. ^^ Quanta bobagem. O Polo e o Golf conviveram por mais de 10 anos no Brasil.

      Golf é Golf. Polo é Polo. Golf é 30 cm maior, mais refinado e mais caro.

      Golf 1.0 TSI AT. É isso que precisa para bombar de vender.

      Excluir
    7. ...o mercado dos hatchs médios(carros com preços nos níveis dos sedans médios) no Brasil está em plena queda e, essa tendência não há como mudar, enquanto a febre de SUVs,Sedans,Pick-up médios não aplacar.

      Excluir
    8. Acho interessante esse povo que repete obviedades. Como se precisássemos que o sujeito repetisse o batidíssimo clichê..."mimimi os hatchs médios estão em decadência"...

      So para lembrar q esse sujeito aí ficou uns 6 meses de mimimi neste blog com a nacionalização do golf..com mimimi e dsg e multilink.
      Até que outro dia ele se revelou, e disse:

      "tenho um Ford Ka"...kkkkkkkk

      e para completar disse que "o carro é show"

      Me explica, o que o sujeito que tem um lixo de um ka, e ainda acha que é bom, vem falar de Golf. Se toca, fio. Vá procurar o clube do Ka e discuta sobre essa bosxta lá..aqui é assunto de carro. E o "Golf" é um dos únicos "carros" em produção no Brasil.

      Excluir
    9. Respeito o cara que tem o Up!
      Porque não tem grana para o Golf
      Respeito quem anda de busão
      Quem consegue dizer não

      Tem o meu respeito quem anda de Up! ou de QQ
      Quem ganha a sua mesada
      Mas não tem grana para pegar um Golf

      Só não há perdão para quem compra o Ka
      Não há perdão

      Excluir
    10. Quanta arrogância! Só lembrando ao carlos4carros que fanatismo é doença! Tu pode defender suas idéias, porém sem ofender o outro. Gentileza gera gentileza. Fica a dica! Obrigado! De nada! ;)

      Excluir
    11. Eu nem rebato mais esse moleque...deixo a criança espernear!!!

      Excluir
    12. A presença de um "Fanboy" comentando em um blog, é a pior coisa pra se lidar.Mas enfim!

      Excluir
    13. Achei interessante a colocação de que respeita qm anda de onibus e de up, pq ambos não são carros kkkkk, e de fato toda a classe menos favorecida no brasil merece o nosso respeito. O ka, bom, não é um golf, muito menos um FOCUS, mas pelo menos é carro...

      Excluir
  2. Fato que todos já sabem: é só lançar o câmbio AT no golf 1.0 e manter os preços que as vendas irão aumentar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os preços, exceto da versão 1.0 TSI, estão altos, e vão continuar assim porque as vendas estão fracas (a VW precisa amortizar os custos fixos em um número pequeno de carros). O 1.0 TSI automático a 83k seria um bom preço, o que poderia alavancar as vendas, diluindo os custos fixos e abrindo espaço para uma redução ou, ao menos, não reajuste por um tempo maior.

      Excluir
    2. Se a GM quisesse reviver a categoria dos hatchs médios, poderia muito bem trabalhar um opção 1.0T, MT e AT, com preços de 77k o MT e 83k o AT, pois mesmo com a categoria quase morta o Cruze tem boas vendas, em comparação com os concorrentes, onde vende cerca de 400 a 500 unidades/mês, e com uma opção mais em conta poderia chegar às 1.000 unidades/mês

      Excluir
    3. É só fazer o mesmo com o Up! que as vendas dele vão crescer.

      E se o Up! GTI virá mesmo com DSG-7, fica a pergunta: por que só no GTI? Se dá pra colocar no GTI, por que não colocar no TSI normal (Move, High)?

      Excluir
    4. O Brasileiro tem é que parar com essa frescura de automático. Manual é mais econômico, tem manutenção e robustez infinitamente melhores que qualquer automático ou automatizado, além de trazer a sensação de maior controle do carro e esportividade. O golf tsi e o civic Sport são as opções mais divertidas dos segmentos.

      Excluir
    5. Parar com essa mania?
      Não viaja, você ser um menino de 14 anos, e nunca pegou um transito de 3 horas.
      É cada uma.

      Excluir
    6. Concordo plenamente. Em um engarrafamento o câmbio automático diminui o cansaço. E na estrada o piloto automático idem.

      Excluir
    7. Liga lá para a VW e da essa sugestão, pois parece que eles ainda não se tocaram ainda.

      Excluir
    8. Pena que a vw nao fica lendo blog... aqui é cheio de especialistas presidentes e ceo consagrados.

      Excluir
  3. A vantagem de ter um Golf brasileiro seria o preço menor. Estamos num ponto que, depois de tantos erros estratégicos da VW, já nem importa mais onde é feito. Em tempo, melhor carro que já dirigi, melhor cambio que já tive. Sdd do meu alemãozinho.

    ResponderExcluir
  4. Muita gente também já sabendo que o Golf terá mudanças na linha 2018 quer esperar para comprá-lo.
    Dependendo do valor, o Polo pode ou não atrapalhar as vendas futuras do Golf, mas, por exemplo o Cruze Hatch está melhorando suas vendas e provavelmente com a nova atualização na linha 2018, o Golf também aumentará.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E há muita gente também esperando o 1.0 TSI Automático, que deve chegar logo.

      Excluir
    2. Sobre a questão dos preços do Polo, ele virá entre 50 mil e 80 Mil. O Golf fica entre R$ 77 mil e R$ 130 mil. Então são carros diferentes.
      O Golf é maior, tem mais status, é mais refinado. Não há canibalização entre eles.
      Golf e Polo conviverão em harmonia no Brasil como convivem há mais de 40 anos na Europpa.

      Excluir
    3. Esse polo de 50 mil virá pelado e com ar condicionado como opcional?

      Excluir
    4. Xará 4 autos..... eu estou esperando o 1.0 TSI Automático......no Polo.

      Excluir
  5. Eu sabia que tinha algum ruído naquela notícia. Agora está esclarecido. Ainda bem.

    A VW sabe mais do que ninguém que a única coisa que falta para o Golf vender bem no Brasil é o câmbio automático no motor 1.0 TSI. Mais nada. Nem de facelift não precisava.

    Então, os haters vão ter que aguentar o melhor carro do mundo sendo produzido no Brasil! E caso a VW coloque o câmbio AT, e tiver um preço razoável (algo muito factível, já que o desenvolvimento do Golf 7 já deve ter sido pago), o segmento de hatchs médios e o Golf voltará a reinar.

    São carros muito racionais. E claro que entre um Golf comfortline TSI 125 cv automático por 85/90k e um suv compacto 1.6 boqueta desses aí, tipo creta ou kicks, o Golf humilha legal.

    Então, parabéns VW Brasil. Faz no Brasil o melhor carro do mundo: Golf.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com quase tudo, mais a vw colocar preço razoável e impossível. Ele com o câmbio AT se realmente vier, vai custar bem mais que o Cruze, pode anotar. Que o produto é o melhor nós todos sabemos, mais ele tem que custar pelo menos a mesma coisa que o Cruze já que tem motor de cilindrada menor e por esse motivo paga menos imposto.

      Excluir
    2. golf ta encalhado nas css por causa das besteira da vw, o nivel de carro e preço do golf hj, o consumidor brasileiro nao compra ele com cambio manual, deveriam ter lançado o golf 1.0 direto com o AT, estaria vendendo que nem agua hj, a vw faz umas besteira as vezes que nao da pra entender, no golf nacional, primeiro com o 1.6 que foi tiro no pé, ai corrigiram o motor mas nao colocaram o AT, colocando o AT com esse 1.0, vai vender muito bem, mas a vw dorme no ponto nestes quesitos as vezes

      Excluir
  6. Sou obrigado a concordar com o Carlos, com o 1.0 TSI e câmbio A/T na casa de 85/90K, fica muito interessante e é justamente essa combinação que eu, e acredito que muitos outros estão aguardando.

    ResponderExcluir
  7. Acho que a Volks deveria somente trazer o GOLF 1.4 e 2.0 importado, manter o Polo abaixo. Golf com motor de UP e FOX não combina com o mito...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ^^ Que besteira. O 1.0 TSI é oferecido no mundo inteiro, inclusive na Alemanha. E até mesmo o fato de ser um motor 1.0 TSI com alta potência (mais torque que o motor 2.0 do Jeep Compass, por exemplo), combina totalmente com a aura mítica do Golf, pois é um produto de alta tecnologia.

      E tem mais. O Golf 1.0 TSI é disparado o mais vendido da gama e o que dá mais lucro, pois paga imposto abaixo dos demais concorrentes, de 7%.

      Aí o sujeito me vem e sugere à VW abrir mão de um dos seus principais diferenciais competitivos, sua tecnologia, e de vendas!

      Como pode ser tão mané. Na boa, se vc estiver procurando emprego, jamais repita uma bobagem dessas, pois vc será chutado para fora da empresa, de tão idiota que é essa ideia.

      O certo mesmo para a VW Brasil é simplificar a oferta do Golf, mantendo o 1.0 TSI com MT e AT, o 1.4 TSI com AT só eo GTI. E centrar a produção no 1.0 TSI, que responderá por mais de 90% dos Golf vendidos no Brasil.

      Excluir
    2. Carlota me desculpa, mas se tirarem o cambio mt do 1.4 vou mudar de segmento... tenho um com pacote premium e não troco por nada....

      Excluir
    3. Samuel, você é um cara de muita sorte. Quem me dera tee encontrado um manual com pacote premium, ainda mais se for alemão ou mexicano. Tenho um dsg mexicano, mas queria mesmo ter encontrado um bom manual.

      Excluir
    4. 2md...o Golf com dsg7 é uma maravilha pra guiar e muito economico. Vc fez compra certa.

      Excluir
    5. 2md o meu é nacional 16/16. Se o nacional fosse DSG não pensaria 2 vezes em pegar um. Só fui atrás do manual pq o tiptronic é sem graça... Abs....

      Excluir
  8. Ainda bem. Seria triste ver esse extraordinário produto tecnológico deixando de ser montado em solo brasileiro. Mas ainda sugeriria a volta da versão Comfortline 1.4T para a faixa de preço do Cruze LT, versões somente automáticas para os motores 1.4T e o câmbio automático na versão 1.0T. Daria ainda pra deixar a versão 1.6 somente manual a partir de R$70k.

    ResponderExcluir
  9. Tomara que não. Mas ainda que seja verdade - a parada da fabricação do Golf no Brasil - a resposta da montadora seria protocolar de que não é verdade. Isto até durar os estoques. É praxe isto acontecer. Mas o Golf 2018 tem sido bastante fotografado em flagras, o que é um indicativo que será lançado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas aqui não é o caso. Uma frase foi tirada de contexto para dizer que parariam a produção do golf no Brasil. A vw jamais sugeriu isso. O que eles fizeram foi esclarecer a frase.

      De mais a mais há dezenas de golf 2018 sendo testados . E isso indica que a vw prepara o 1.0 tsi at.

      Excluir
  10. eu tenho interesse no golf 1.0 automático. Vou aguardar

    ResponderExcluir
  11. Carro bom, especialmente na versão MT 1.0 tsi mas o pessoal que o crossover da moda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hoje na maioria das familias com poder aquisitivo quem decide a compra são mulheres e elas nao pensam 2x querem SUVs. Felizmente ainda existe um pequeno grupo de "machistas" que conhecem automóveis e nao abrem mão do desempenho dirigibilidade economia e segurança do hatch médio.

      Excluir
  12. VW acorda coloca um at6 no golf 1.0 tsi e veja as vendas decolarem. Depois disso traga um suv com preço competitivo e superior a categoria e assuma o segundo lugar ou continue nessa maresia sem suv com preço competitivo sem at em carros acima de 70k e caia para quarta posição

    ResponderExcluir
  13. Coerente seria Golf TSI com o pacote dos controles no volante de série. Manual por 75 estaria bem posicionado. E versão AT por 80 ou pouco acima. Faria os SUVs capados que custam a partir de 85 passarem vergonha, tanto em recursos quanto em vendas. E depois de retomado o mercado, os consumidores entenderiam que SUV e Toro são compram pontuais, para fins específicos, não para uso geral.

    Pra mim, a partir de 80 mil apenas carros absolutamente completos, com bom acabamento (nada de plástico pra todo lado), 7 airbags, controles de tração, estabilidade, de diferencial, espelhamento de celular, controles no volante, piloto automático, suporte de braço, bom espaço, boa dinâmica, sensores frente e trás de estacionamento, enfim, um carro sem faltas bestas que denotam claro desrespeito ao consumidor. O Golf tem essa chance... Vamos esperar.

    ResponderExcluir
  14. O Golf é um mito, mesmo no Brasil. Já estamos cansados de saber que o que está faltando é um 1.0 TSI AT.

    Se alguém duvida do potencial desse carro, de uma olhada na página do facebook da quatro rodas.

    os caras postaram lá a noticia (antiga e errada) do fim de produção do Golf. Na hora que eu vi, tinha mais de 7.000 reações ao post, mais de 2.000 comentários e milhares de compartilhamentos.

    Tudo que se refere a Golf dá um ibope enorme. Há muito interesse nesse carro. ele é sempre um dos mais procurados na Webmotors e no Google. Mesmo 4 anos depois de lançado.

    O problema é que essa Mk7 ficou cara demais para o Brasil, e a VW teve que lançar mão do 1.0 TSI e não tinha o AT6 pronto, pois na Europa eles usam o DSG-7 (que não deu certo no Brasil).

    Então é só isso. o Golf 1.0 TSI At por até 90k é sucesso garantido. Há um enorme séquito de fãs dos carro querendo-o. mas tem que ser preço razoável...

    ResponderExcluir
  15. Marcus Vinicius A versão GT do Golf poderia voltar a ser comercializada abaixo GTI baseado nas versões confortline, Highline para levantar suas vendas e ultrapassra o Cruze Sport 6 a geração anterior tinha essa versão com apelo esportivo a 7° geração feita no paraná precisa dessa versão para disputar mercado com cruze sport 6 !

    ResponderExcluir
  16. Chega quando esse golf? Antes do polo ou depois?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também tenho esta duvida.. Alguém sabe dizer?

      Excluir
  17. hatch médio esta perdendo espaço pro mercado de SUVS pq o brasileiro prefere andar mais "alto" e deixa de usar excelentes veiculos hatch ou as peruas. 1.000 x andar com 1 golf variant por exemplo do que andar com 1 creta ou qq suv de preço aproximado! espaço pra bagagens tem a mesma coisa a diferença é somente uma a altura que o veiculo fica do solo. pq meter 1 suv 4x2 que é a maioria vendida no país ou 1 hatch numa estrada de barro ou atoleiro o resultado será praticamente o mesmo, tirando a calibração da suspensão que muda apenas a absorção da imperfeições do solo.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.