Car.blog.br

Pesquisar este blog

Condução autônoma: questão de conforto e de segurança

Categorias: , , , 11 Comentários

Os recursos de condução autônoma estão progressivamente sendo introduzidos em modelos não premium, como o VW Golf, na Europa. Sistemas como assistente de condução em engarrafamento traz conforto e evita acidentes.


O "Traffic Jam Assist", que já está presente na linha 2018 do Golf e Polo, é um motorista inteligente que opera em tráfego anda e para, que opera de forma automática frenagem, aceleração e direção em engarrafamentos.

No mercado europeu, com a chegada do verão, nesta época do ano, muitas famílias saem de férias para viajar. E isso também envolve tráfego enfrentar tráfego pesado e engarrafamentos longos, nas tradicionais rotas turísticas muitas vezes superlotadas. Há gargalos nas estradas, como túneis afunilados para passagens de montanha, travessia de trens, o que faz auto-estradas de alta velocidade em torno de grandes cidades se transforem em estacionamentos, com carros parados.

Nessa situação, o tráfego anda-e-para no trânsito de feriados prolongados se transforma em um teste de paciência, e também apresenta um risco de colisões traseiras. O Assistente de Condução em Engarrafamentos que a Volkswagen coloca em alguns de seus modelos ajuda em tais situações. Este sistema de assistência está disponível em modelos com a transmissão câmbio de dupla embreagem (DSG) no Golf, Golf Variant, Tiguan, Touran, Passat, Passat Variant e Arteon.

O trabalho de frenagem e aceleração constante durante um longo engarrafamento é especialmente árduo para o motorista. Quando o Traffic Jam Assist assume o controle destas tarefas, ele não só alivia o motorista, mas também funciona para reduzir os tipos de colisões tipicamente encontradas em tais situações. Isso ocorre porque o risco de distração é particularmente elevado nesse tipo de engarrafamento.

Uma situação clássica surge quando o motorista vira-se para supervisionar o que as crianças estão fazendo nos bancos traseiros. Se o carro na frente de repente freia com força nesse momento, ou outro carro entra à frente inesperadamente, uma colisão traseira é praticamente certa. O Assistente de Engarrafamento pode potencialmente minimizar o perigo em tais situações.

Segundo dados do EuroNCAP, os carros com sistemas de frenagem de emergência ativa, mesmo a baixas velocidades, envolvem-se em 38% menos colisões traseiras. Embora o Assistente de Engarrafamento dos modelos VW não possa substituir o motorista na tarefa de prestar a atenção ao tráfego (como o do Audi A8, que permite ao motorista tirar a atenção do tráfego permanentemente - vídeo abaixo), o seu apoio nesse tip de situação opera para criar uma viagem de férias menos estressante para todos a bordo.



Este sistema de assistência funciona usando o ACC - Adaptive Cruise Control - e o Lane Assist - sistema de manutenção de pista. O sensor de radar na extremidade dianteira monitora o tráfego dos veículos da frente, enquanto a câmera no pára-brisas rastreia as marcas rodoviárias. Usando o Traffic Jam Assist, a Volkswagen mantém uma distância consistente do carro da frente em velocidades de até 60 km / h em tráfego anda e para, mantendo dentro da pista apropriada de tráfego. O motorista pode intervir a qualquer momento e substituir o sistema.

11 comentários:

  1. Nem parece que essa é a mesma Vw que vende carro no Brasil pelado a preços absurdos. VW na europa e outra coisa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Brasileiro eh B%$#& de Carga são os próprios culpado!

      vc vai ler um monte de comentário dizendo 80 mil 90 mil seria bom preço.

      quem paga 80 ou 90, paga 105!

      Excluir
  2. Primeiro mundo é outro nivel! E aposto q os preços não mudaram por lá,enquanto aqui nesse lixo vemos onix a mas de 60 mil uma bela piada,pior é os idiotas compram e acham q fizeram um bom negócio merecemos nossas carroças. Enquanto ao golf parabéns vw

    ResponderExcluir
  3. Bacana, por outro lado o ser humano está a cada dependente de tecnologias e perdendo a capacidade de raciocinar, tomar decisões, etc. Se isto será benéfico, só tempo dirá, o foda é se um dia estas tecnologias adquirirem vontade própria...Estaremos preparados para isto?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que teremos no futuro pessoas totalmente dependentes dessas tecnologias e ficando mais preguiçosas, pq não vão mais querer decidir ou fazer nada, deixa que as máquinas façam...sei não, eu não vejo isso como algo benéfico...

      Excluir
  4. Ninguem comenta ou não li comentários sobre os buracos e crateras em nossas estradas e ruas. isso poderá inviabilizar qualquer sistema autônomo. Não consigo imaginar carro autonomo desviando duma cratera numa rodovia a 80 km/h.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei os sistemas da Audi, mas, quando o Google estava testando seus carros autônomos, eles tinham uma certa percepção de buracos/objetos na pista. Tecnicamente falando, é possível sim.

      Excluir
  5. Tesla é o ÚNICO carro do mundo que realmente tem condução TOTALMENTE autônoma.
    Assistam esse vídeo e vejam o Model X seguindo de forma totalmente autônoma até o destino, abrinca e fechando a porta para o o motorista e depois sem ocupantes no veículo, o Model X procura a vaga e estaciona sozinho.
    https://www.youtube.com/watch?v=C3DbrYx-SN4
    Audi e VW não conseguem fazer isso nem em testes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Putz, como é orelha. Não sabe o que fala. Esse videozinho aí da Tesla é o o que eles pretendem fazer.

      A montadora líder incontestável em condução autônoma no planeta é a Audi:

      http://www.car.blog.br/2017/07/audi-supera-tesla-em-tecnologia-de.html

      A única que tem no mercado um carro SAE Nível 3. A BMW só pretende ter o dela em 2021. E a Tesla nem previsão tem.

      E enquanto a Tesla fica de mimimi, a Audi colocou 100 jornalistas em um monte de A7 que se auto-guiaram de San Francisco a Las Vegas.
      http://www.car.blog.br/2015/01/audi-a7-vai-percorrer-900-km-nos-eua.html

      Excluir
  6. Me lembro de uma reportagem que dizia que na inglaterra os seguros eram mais baratos para carros com ACC e tecnologias de assistência à condução, citando justamente uma diminuição de 40% nos acidentes.

    Alguém sabe de algo semelhante no Brasil?

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.