Car.blog.br

Pesquisar este blog

Volkswagen Golf nacional com facelift chega este ano

Categorias: , , , 20 Comentários

A Volkswagen do Brasil apresentou no Salão de Buenos Aires, Argentina, a versão mais esportiva do Golf, o R, com motor de 310 cavalos, e que chama a atenção pelo fato de já contar com o facelift aplicado aos modelos europeu e americano.

Volkswagen Golf 2018


O Golf R conta com tração integral 4MOTION, é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 4,6 segundos. O modelo começará a ser comercializado na Argentina a partir de novembro e será o primeiro modelo “R” oferecido no mercado platino, complementando a oferta local do Golf, que também está presente no Salão do Automóvel de Buenos Aires com a opção Variant e GTI.



Esse modelo não será vendido no Brasil, até mesmo porque não é fabricado no México - de onde poderia vir com imposto de importação zerado - e é importado para os EUA e demais países a partir da Alemanha, o que tornaria seu preço inviável no mercado local.

Volkswagen Golf 2018

De qualquer forma, a ligeira atualização estética pela qual passou o Golf na Europa e nos EUA chegará também ao modelo brasileiro ainda este ano de 2017, no final do segundo semestre.

Volkswagen Golf 2018

Nos EUA e Europa o Golf ganhou nos faróis, para-choques ligeiramente redesenhados, lanternas de LED de série em todas as versões.

Volkswagen Golf 2018

No interior há novos sistemas multimídia, alguns dos quais com tela de 9,2 polegadas e capacidade de reconhecimento de gestos (funcionalidade que está sendo muito criticada pela imprensa europeia por seu mal funcionamento).

Volkswagen Golf 2018

Na Europa houve também atualização mecânica, com a introdução do novo motor 1.5 TSI EVO em substituição ao 1.4 TSI, nova transmissão DSG de 7 marchas, e a inclusão de novos sistema de segurança e de condução semi-autônoma.

Volkswagen Golf 2018

Ainda não está claro quais dessas novidades chegarão ao modelo brasileiro, se ficaremos apenas com a maquiagem estética, ou se o motor e os novos sistemas de assistência também serão adotados.

Postagens relacionadas:

20 comentários:

  1. Acho o visual do Golf GTi mais esportivo que o do Golf R. A questão é que nossos hermanos terão...

    ResponderExcluir
  2. Vw coloque um at no 1.0 tsi, e será o melhor carro do mundo. Tudo na medida certa o melhor motor a melhor carroceria o melhor câmbio a melhor seguranca. O melhor dos melhores

    ResponderExcluir
  3. Vw coloque um at no 1.0 tsi, e será o melhor carro do mundo. Tudo na medida certa o melhor motor a melhor carroceria o melhor câmbio a melhor seguranca. O melhor dos melhores

    ResponderExcluir
  4. Nilvo está coberto de razão. Na faixa de 60 mil ninguém compra mais carro com câmbio manual. Baixíssimas vendas deste câmbio.

    ResponderExcluir
  5. Carlos e pessoal do car.blog. Acho que vcs deveriam sugerir à VW a inclusão de alguns itens de série no GOLF HIGHLINE e GTI. A versão HIGHLINE já deveria vir de série com faróis em led, sistema KESSY e rodas aro 17. A versão GTI deveria vir de série com bancos em couro (os bancos em xadrês são extremamente simples e incompatíveis com o valor do carro no Brasil), sistema KESSY, teto solar e rodas aro 18. Esses pacotes que a VW fornece são inviáveis, alguns pacotes custam 30 mil reais. Isso na revenda não vale de nada. Ao invés de pacotes, deveriam criar versões e incluir mais itens de série. Os pacotes deveriam ser abolidos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E vc acha que a Volks vai dar atenção ?

      Excluir
    2. Esses pacotes na revenda não agrega preço nenhum. Dificilmente se consegue vender um usado pelo preço FIPE.

      Excluir
    3. Concordo. É o mesmo caso da Tiguan 1.4, com pacote Elegance e teto solar chega a 140.000, sem uma iluminação mais moderna e eficaz e sem o couro nos bancos. É muito estranha a política de pacotes da VWB.

      Excluir
    4. Concordo. É o mesmo caso da Tiguan 1.4, com pacote Elegance e teto solar chega a 140.000, sem uma iluminação mais moderna e eficaz e sem o couro nos bancos. É muito estranha a política de pacotes da VWB.

      Excluir
  6. Cadê a Carlota pra defender a VW no Brasil? Nós com golf GTI com freio de mão de alavanca fabricado em SJP, e os hermanos com golf R Alemao com facelift. E já receberam a Q5 também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não duvido nem que a Volks Argentina esteja pensando no E-Golf.

      Excluir
    2. Mas o que impossibilita esses lançamentos no Brasil é a extensão geográfica para transporte, custo de treinamento e capacitação para reparos e distribuição de peças em nível nacional. No país vizinho, são volumes de vendas menores, não há limites de importação, a população concentrada na grande Buenos Ayres acaba tornando viável esse tipo de lançamento. Pra nós é paixão para as montadoras é negócio... Abraços a todos...

      Excluir
  7. E outra: preço inviável? Por 210, 220 mil ia vender mais que o GTI, que está caro e tem concorrentes. Ia ocupar uma faixa de preço acima desses esportivos de entrada, mas aquém de RS3, A45, 140i, etc, com mais concessionárias, preco de manutenção menor, e com tanto ou até mais opcionais que esses daí. Não ia ter concorrente nessa faixa de preço - até porque a Audi não traz mais o irmão S3 sportback, só tem o Sedan à venda

    ResponderExcluir
  8. Se vier com motor 1.5 e câmbio DSG 7, com certeza comprarei um. Pode custar 200k.

    ResponderExcluir
  9. Se a Argentina tá pior economicamente que nós, por que eles recebem esse modelo e não o Brasil? o gosto deles é mais europeizado (hatches, peruas...) que o nosso (SUV, pick-ups) ou eles gostam mais de bons carros que a gente?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não con certeza não, acho que um mercado que ainda tem o Gol, palio e a 1 ano atrás tinha o clio como lideres não tem melhor gosto que nós,(apesar de que temos bastante carroças dessas no top 10).

      Excluir
  10. Tomara que a VW atualize pelo menos a suspensao traseira no highline e traga o DSG6 pra ele e pro 1.0. Melhoraria o consumo e performance, pra voltar a ser referencia bo seguimento

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.