Car.blog.br

Pesquisar este blog

Renault Kwid: fotos, preços, consumo e detalhes - oficiais

Categorias: , , , 99 Comentários

A Renault apresenta oficialmente o Kwid, o seu novo modelo tido como "SUV compacto" urbano. O modelo é a principal atração no estande da marca no Salão de Buenos Aires 2017. Os preços começam em R$ 29.990 reais.

Novo Renault Kwid 2018

O Renault Kwid começa a ser vendido em regime de pré-venda hoje no Brasil, mediante reserva em uma concessionária da marca ou pela internet no site www.renault.com.br ou no hot site www.kwid.com.br.

Novo Renault Kwid 2018 - interior

Para reservar o carro, é necessário fazer o pagamento na concessionária ou online de R$ 1.000,00, no cartão de crédito, podendo parcelar em até três vezes.

Novo Renault Kwid 2018

Entre as vantagens da pré-venda estão preço garantido, primeira revisão gratuita, cinco anos de garantia para quem fizer o financiamento com o banco Renault e entrega prioritária.

Novo Renault Kwid 2018

O Kwid terá três versões de acabamento: Life, Zen e Intense, nas opções de cores: Orange Ocre, Vermelho Fogo, Branco Marfim, Branco Neige, Prata Étoile e Preto Nacré.


Renault Kwid Life - R$ 29.990

Principais itens: rodas 14”, 2 airbags laterais, 2 airbags frontais, 2 Isofix, predisposição para rádio e indicador de troca de marcha e de condução.

Renault Kwid Zen - R$ 34.990

Principais itens: direção elétrica, ar-condicionado, travas e vidros dianteiros elétricos. Opcional: rádio com Bluetooth e entradas USB e AUX - R$ 35.390.

Renault Kwid Intense + Pack Connect - R$ 39.990

Principais itens: retrovisores elétricos, faróis de neblina cromados, Media Nav 2.0, câmera de ré, abertura elétrica do porta-malas, rodas Flexwheel e chave dobrável.

O SUV DOS COMPACTOS

O Kwid se destaca pela posição de dirigir mais alta que a dos carros compactos disponíveis no mercado, a boa altura do solo (18 cm, similar à de SUVs médios) e os destacados ângulos de entrada (24°) e de saída (40°).


Por fora, o Kwid dá a impressão de ser maior que os seus 3,68 m de comprimento. A percepção é reforçada ao entrar no carro e se acomodar, graças ao seu entre-eixos de 2,42 m.


Há bom espaço para quem viaja atrás se acomodar de forma confortável. O mesmo ocorre com o compartimento de bagagem, que acomoda 290 litros e é o maior da categoria.


O motor de todas as versões é o 1.0 SCe de três cilindros – 70 cv de potência com etanol e 66 cv com gasolina e torque de 9,8 kgfm (etanol) e 9,4 kgfm (gasolina).


Com tai motor, o Kwid consegue um consumo em cidade de 10,5 Km/l com etano, e 15,2 km/l com gasolina.

Renault Kwid 2018 - motor


SEGURANÇA

Fabricado no Complexo Ayrton Senna, em São José dos Pinhais (PR), o Kwid utiliza uma nova plataforma mundial da Renault-Nissan, adaptada para atender às especificidades de uso e de legislação de cada país.


O Kwid brasileiro tem 80% do seu conteúdo composto por peças novas, desenvolvidas pela Renault Tecnologia Américas (RTA), desde a estrutura e características mecânicas, passando por equipamentos de conforto, conectividade e segurança.


Em todas as versões, o modelo traz de série dois airbags frontais e dois laterais, inéditos no segmento dos compactos, além de duas fixações Isofix para cadeirinhas infantis, item fundamental para a segurança das crianças.



Outra novidade do Kwid será o tempo de garantia. São os conhecidos três anos de toda a linha mais a extensão de dois anos para quem optar pelo financiamento pela RCI, o braço financeiro da marca.


O Kwid terá ainda um plano de manutenção com menos de R$ 1 por dia durante três anos.


Fotos: Renault Kwid Intense

Postagens relacionadas:

99 comentários:

  1. Vai humilhar a concorrência em vendas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falar que vai humilhar é um exagero.

      Excluir
    2. Ele ta certo pra brazucas preço muitas vezes e fator decisivo para compra. E o carrinho nao e tao ruim nao .

      Excluir
    3. Se manter esse preço, vai forçar as outras montadoras a baixarem os de entrada, mas estamos no BRASIL!

      Excluir
    4. A localiza vai comprar muitos exemplares.

      Excluir
    5. SE TIVESSE MOTOR EU COMPRARIA HOJE!!

      TENHO UP TSI, SEMPRE DIRIJO O FOX 16/17. 120 CV DA MINHA IRMÃ. NA BOA FICO NO ESTRESSE.
      ENFIM NÃO CONSIGO MAIS ANDAR EM MOTOR ASPIRADO!

      Excluir
    6. entendo vc.
      Mas fico pensando daqui a algum tempo depois que esses motores turbo de injeção direta acabarem a garantia.
      São motores sensacionais, to fazendo minhas economias pra pegar um cruze, porem sabemos que motores turbo com injeção direta exigem manutenções rigorosas, como troca do oleo em dia, coisa que no Brasil muita gente descuida e nesses motores, a lubrificação é vital para a turbina. Outro cuidado é no quesito qualidade do combustivel. em qualquer motor isso é importante, porém na injeção direta onde os jaros são extratificados a alta pressão, uma gasolina batizada ou etanol sujo, resultaria em danos irreversíveis na bomba de alta pressão do combustivel. O preço de reposição desta peça é absurdamente cara.
      Enfim, a tecnologia veio pra termos carros que andam bem e bebem pouco mas acho que não pra todos!

      Excluir
  2. Vai vender pela questão do preço,e pelo relação custo benefício,mais a Renault postergou,tanto o lançamento do carro,que eu fiquei decepcionado,os caras tem a coragem de levar uma com o up! Que eu mesmo se fosse diretor de marketing da Renault,pederia demissão na hora,em pleno no século 21,os caras tem coragem de,lancar um meio de transporte com um tanque de 38 litros.A Renault tá de sacanagem,um país de dimensões imensas de um tanque de motocicletas,nao dá Eu confesso que a VW,consegiu uma proeza de aumentar o tanque de combustível do up! Para 50 litros,a autonomia a gasolina,na rodovia dependendo da peça que está conduzindo o veículo pode chegar à bons 900 km de autonomia,esse Renault com essa capacidade,no máximo a 700 km,e muita diferença,que para min é um fator decisivo de compra o meu,ex carro o march também tem um tanque pequeno de 41 litros assim como o kicks,a wv está a anos luz na frente de outras montadoras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 700kms de autonomia está otimo! 500 eu ja acho uma boa autonomia

      Excluir
    2. Esse carro foi projetado pra rodar na cidade. Voce rodaria 900km num dia?? fala serio!!!

      Excluir
    3. AMIGO NO BRASIL A MAIORIA DA POPULAÇÃO SÓ PODE TER SOMENTE UM CARRO NA GARAGEM,ENTÃO UM DIA VAI RODAR EM RODOVIA IMAGINA SÓ A PESSOA VIAJANDO PARA UMA REGIÃO COM POUCOS POSTO DE COMBUSTIVÉL,É UM DETALHE QUE TEM QUE LEVAR EM CONSIDERAÇÃO.

      Excluir
    4. 700 km sem um posto de gasolina ? Só se for no interior da Amazônia.

      Excluir
    5. Nem aqui na Amazônia temos 700 km sem postos de combustíveis rsrs

      Excluir
    6. Eu não me preocupo com tanta autonomia até porque eu não viajaria 500 ou 700 muito menos 900 km sem parar num posto , "minha autonomia" (xixi / café) é bem menor, sendo assim já que vou parar não custa abastecer o carro. Não é fator decisivo para meu uso.

      Excluir
    7. 900 km de autonomia, fala serio. A grande maioria nem enche o tanque pra viajar. de que adianta um tanque de 100L se não encher? quer um carro desses pra viajar 900km sem parada? tá loco? Vai sofrer de trombose logo.

      Excluir
    8. >|> Nem é preciso um tanque de 38L no Kwid - tanque maior significa mais peso e menos economia. Já que é um carro Urbano com média de 15km/L, um tanque de 20L seria SENSACIONAL.

      Excluir
  3. Porta malas está ok, o que realmente desapontou foi o motor. tiraram potencia claramente, visto que é o mesmo motor do sandero com 10cv a menos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No chat da Renault informou que o carro pesa 780 kg!

      Excluir
    2. Tiraram por motivo de economia.

      Excluir
    3. Pelo que está sendo dito por ai, esse motor é o mesmo do SCe do Sandero, porém sem os comandos variáveis da admissão e escape.

      Excluir
    4. tiraram por motivos de economia, ao meu ver estou começando a intender que foi por motivos de autonomia, pois já considero o sandero sce economico, dirigi um alugado por uma semana e me supreendeu a relação potencia com economia, vendo o tanque de combustivel de 38 litro agora faz mais sentido para mim diminiur a pontencia do motor.

      Excluir
    5. Tiraram por motivo de custos iniciais e custos de manutencao. O cabecote multivalvulas requer manutencao mais cara e periodica, alem de aumentar o consumo.

      Excluir
  4. Informação do motor não está errada? não será o mesmo motor do sandero e logan 1.0?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso mesmo, o motor foi simplificado para custar menos. Outra coisa, o carro usa eixo rígido atrás e não eixo de torção como os outros carros.

      Excluir
  5. Motor inferior ao dos irmãos Logan e Sandero, mas acho que vai vender muito! Deve passar o Mobi e o UP devido aos valores praticados pela Renault. Em qualidade de construção e segurança nem de longe será melhor que o UP! Porém, no conjunto da obra, me parece melhor negocio do que o Fiat Mobi!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A versão mais cara tem o mesmo preço do Mobi Drive.
      Agora, chega a ser um afronta comparar isso aí com um Up.

      Excluir
    2. sou fã do UP, ja tive 3, mas ele custa mais de 44 mil para ter os itens do Kwid de 35!! to falando em valores de tabela, a diferença é gigantesca nessa faixa de mercado!!! mesmo o UP sendo relamente melhor o preço falará alto

      Excluir
  6. É inegável, que pelas características do carro de ser alto, econômico, e mais barato que a concorrência, vai estremecer o mercado!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Outra cadeira elétrica,igual o ônix

      Excluir
  7. Apresentação Renault Kwid no Salão de Buenos Aires.
    https://www.youtube.com/watch?v=_gmMqDvagjM

    ResponderExcluir
  8. É, é sonhar alto de mais com um carro compacto completo por R$ 35 mil, ainda bem que sonhar não paga imposto.
    Esse carro foi muito hypado, disseram que iria entregar mundos e fundos, mas do jeito que veio, não vai causar uma hecatombe no segmento, vai vender bem, afinal de contas, é considerado SUV e SUV é a moda, mas não estou confiando em tanto sucesso assim.

    ResponderExcluir
  9. Life - Muito pelado, só vai comprar frotista pra peão usar.

    Zen - Melhor custo benefício, pois já vem completo.

    Intense - Por esse valor (40k) vale mais a pena pegar HB20 ou Ka que na prática estão sendo vendidos por 40k e até com taxa zero.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mas esse preço é de tabela, tem q comparar com o preço de tabela! ele tb terá descontos como tomo mercado faz!

      Excluir
    2. Lançamento geralmente vende na tabela, ou com ágio. A não ser que comece decepcionando nas vendas.

      Excluir
  10. Parabéns Renault pela iniciativa....em plena crise fez um carro acessível... afinal até o Palio.. maior tem um motorzinho fraco e ainda vende.
    Ótima ideia em colocar isofix e quatro Air bags em TODOS.
    Realmente frente ao Mobi vai vender muuuuito mais.
    Só não é melhor que o Up...mas ele cobra mais por isso.
    Então vantagem de novo pra Renault.

    ResponderExcluir
  11. quando o UP chegou também era com os preços bem competivos mas depois a vw começou a subir os preços até ter que o up agora com um motor melhorzinho fica casa dos incriveis 50mil é espero que a Renault não faça o mesmo pq com esses preços esse carro tem tudo para fazer sucesso ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o up nunca teve preços competitivos, a versão 4 portas com ar e direção era e ainda é mais cara que o gol com a mesma configuração!

      Excluir
    2. O Up é muito mais carro que o gol em qualquer comparação.

      Excluir
  12. Quando vier aquelas promoções da Renault 50% de entrada + 36 vezes com juros 0, não tem quem segure, vai vender como água no deserto, principalmente essa versão completa de 40 mil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A mais atrativa é a de 35.

      Excluir
    2. Sandero está em promoção a 36,990 e está longe de ser sucesso.

      Excluir
    3. Um carro q vendeu no último mês quase 9 mil unidades está longe de ser um sucesso ?

      Excluir
    4. Manteve essa regularidade DE 9 MIL ? Não ! Isso é fruto dos descontos, se for competir de igual para igual com Onix e cia vai ficar bem pra trás.

      Excluir
    5. Quarto carro mais vendido do país e não é sucesso? Brigando pau a pau com o Gol, ex campeão e não é sucesso? Renault com metade do número de CSS da VW e o Sandero não é sucesso? ME POUPA.

      Excluir
    6. Luccas Villela, concordo com você, se os números do Sandero para o tamanho da rede Renault no Brasil não for sucesso, não sei o que é então... será que o UP da VW é sucesso pra ele? Outro exemplo que tem mais sucesso hoje, o HB20 ou Ka, sendo que a rede Hyundai é bem menor do que da Ford? Mesmo que no final do ano o HB20 ficasse atrás do Ka por diferença pequena, o sucesso proporcionalmente do HB20 seria bem maior do que o rival.

      Excluir
  13. Chery se tivesse um departamento de marketing forte iria fazer seu contra-ataque com o New QQ Flex, mostrando que por R$ 29.990,00 já traz rádio com entrada USB, vidros elétricos dianteiros, roda de liga leve, Ar e DH; e por R$ 31.490,00 acrescenta vidros elétricos traseiros, sensor de estacionamento e sistema DRL. Sendo que a versão atrativa do Kwid já custa R$ 34.990,00 pra que olha preços já são 5 mil de diferença. E se a Chery quisesse entrar de vez na briga traria uma transmissão automatizada numa versão do New QQ Flex custando uns R$ 34.990,00 podendo vir com rádio com conectividade Bluetooth ou até mesmo central multimídia. Aí o bicho pegava de vez !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem falado. Agilidade. O motor do QQ me parece melhor.

      Excluir
    2. Não vou dizer melhor, mas dentre as opções que temos está em pé de igualdade. Melhor que o Fire, no nível deste SCe capado e Firefly.

      Excluir
  14. Com esse motor mais fraco eu que pensava em comprar já desisti. Porque não colocar o motor igual ao do sandero 3 cil??? Tiro no pé. Estou fora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o mesmo, simplificado ... E o peso menor deverá fazer ter desempenho similar ou melhor que estes concorrentes, e logicamente melhor que o Sandero e Logan 1.0.

      Excluir
    2. A Renault perdeu a chance de ter o popular mais "esperto" em desempenho do mercado. Este carro leve com o motor do sandero 1.0 (sem ser simplificado) andaria muito bem e seria bem econômico. Do jeito que será, eu fico com o Up. Só iria de kwid se fosse com a mesma motorização do sandero. 1 cliente a menos Renault

      Excluir
    3. Tem de ter algum ponto para melhorar daqui a um ou dois anos. Vai ser colocar o "novo" motor do Sandero.

      Excluir
    4. Tenho a mesma opinião, pensei em comprar este carro como veículo urbano, mas com 66 CV na gasolina e 9,4 kgfm de torque é para desanimar qualquer um.

      Um erro que vejo muitos cometendo é pegar o peso bruto do carro e calcular o peso potência, só esquecem que deve ter um motorista para dirigir, este tem um peso, vamos colocar em média 70 kg, então a conta tem que ser o peso do veículo mais o seu peso, somente neste exemplo sobe para 910 kg, pode ser mais ou menos, mas não acredito em menos de 55 kg do motorista.

      66 cv a altas rotações ( tomando por base o SCE do sandero que tem 79cv na gasolina a 6300 RPM ), na prática esse carro vai ter por volta de uns 50 cv ou menos a baixas rotações.

      outra coisa é o torque nos motores SCE o torque máximo é atingido a 3500 RPM, no UP! além de ser bem maior é atingido a 500 rpm a menos.

      Esse carro é para quem quer um meio de transporte e não esquenta com um mínimo de desempenho.

      Excluir
  15. O motor foi a maior decepção mesmo. De resto, parece uma boa opção, afinal um 0km completo por 35 mil é coisa rara de se ver hoje.



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Raro só os​ airbags laterais, por 30 já tem o New QQ Flex, completinho. Aí veremos se um projeto indiano feito no Brasil é muito superior a um projeto chinês com fabricação tupiniquim.

      Excluir
  16. Bom custo x beneficio e pelo peso 800kg será economico.
    Vai fazer sucesso.

    ResponderExcluir
  17. Caros.
    Acabei de entrar no site e todos esses preços são especiais só para pré venda. Por tanto creio que depois ele deve sofrer um reajuste.
    Quanto ao comparativo que estão fazendo com o up! Apesar dele ser mais caro, ele ainda ganha em economia, potência, segurança com certeza é na minha opinião, deixando isso claro, na minha opinião, ainda é mais carro que o Kwid. Eu tenho uns up! É consegui rodar os incríveis 20km/l indo para Ibiuna em São Paulo. Sei que ele é caro. Mas o carrinho faz tudo o que promete e mais um pouco. Tenho certeza de que o Kwid vai vender bem. Mas não acho que seja superior que o up! Vamos esperar os comparativos.

    ResponderExcluir
  18. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  19. Lamentável a Renault ter diminuído a potência e torque do motor. 70 cavalos com 9,8 kgfm. Voltamos 20 anos atrás. Renault, por que não manteve a potência e torque originais??? Economia de combustível??? Não justifica. O motor com os valores originais já seria econômico nesse carro. Ridículo! Faço votos para que ele seja um fracasso de vendas. KWID MANCO!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quer um carro que ande.

      Compre um carro 2.0 turbo... Golf gti, bmw 320, etc...

      Carro 1.0 nasceu e existe pra ser econômico.

      Excluir
    2. Pois é Luiz. Mesmo quem compra carros com mais de 100cv na cidade quase NUNCA usa toda potência do carro. Pra quem mora em cidades com muitos morros íngremes se justifica cv a mais. Se olharem nos modelos europeus existem muitos modelos que aqui no Brasil tem mais de 140cv e lá tem versões a diesel com menos de 100cv! É outra mentalidade. Até pouco tempo atrás cogitava um passat fsi porém hoje tenho 143cv e tenho passado 90% do tempo a 80km/h em terreno plano. O consumo de CV a essa velocidade constante é mínimo. Poderia ter 100cv que não ia mudar o consumo nessa velocidade constante.

      Excluir
  20. "O motor de todas as versões é o 1.0 SCe de três cilindros – 70 cv de potência com etanol e 66 cv com gasolina e torque de 9,8 kgfm (etanol) e 9,4 kgfm (gasolina)"

    Isso está certo ? Que grande porcaria, se tivesse mantido o motor original seria certamente o mais rápido 1.0 já produzido no país, mas com esses dados ficou muito desinteressante.

    ResponderExcluir
  21. Tudo muito bom, tudo muito bonito, tudo muito leve e muito barato, mas eu quero ver é o crash test! Se não vai ser 0 estrelas igual ao Global NCap, e não adianta dizer que tem 80% de peças novas, tem que testar, preto no branco! Olha o Onix!!!

    ResponderExcluir
  22. Pode ser até q esse carro venda mto,afinal onix 0 estrelas vende rsrs mas o Kwid e o Cherry QQ entraram na disputa de pior carro do Brasil

    ResponderExcluir
  23. Não é nenhum Clio mas parece ser um bom carro.

    ResponderExcluir
  24. Aguardar os testes, mas mesmo o carro sendo leve o motor com 66cv é surpreendente de maneira negativa, parece um retrocesso, e se comparado ao 1.0 do Up já estreia ultrapassado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem de ter algum ponto para melhorar daqui a um ou dois anos. Vai ser colocar o "novo" motor do Sandero.

      Excluir
  25. esse preços são argentinos ou brasuca?

    ResponderExcluir
  26. carro feito pra cidade de muita gente vai colocar na estrada e rodar 800, 900km.. imagina o tédio....

    ResponderExcluir
  27. Beira a histeria a exaltação desse modelo por parte da Renault como SUV compacto, indício de um mercado deformado e irracional. É inconcebível um compacto elevado a 18 cm do solo não ostentar controle de estabilidade de série, o que põe abaixo a bravata de carro pensado nos ditames da segurança automotiva. Que há de significativo na estrutura desse carro ou nova plataforma? Não há menção sequer de uso de aços mais evoluídos. Até uma simples luz de alerta, presente no para-lama dianteiro no modelo indiano, foi "economizada" na versão nacional, que sequer a replicou nos retrovisores das versões mais caras... Por falar nisso, a Renault apresentou no salão hermano uma versão Outsider, ironicamente a mais "SUV" da linha e que faria mais sentido em encabeçar as campanhas do modelo no Brasil. Ficou na fronteira. Sinal que a marca ainda não aprendeu a valorizar seus produtos do Brasil.
    Melhor aguardar os testes do Latin NCAP para saber até que ponto esse valor cobrado abaixo da média da categoria é justo ou não.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que a histeria e exaltação são mais por parte do consumidor (principalmente os intermautas) que por parte da Renault. A idéia de SUV é uma boa estratégia de marketing, uma vez que, o consumidor tem procurado por esse tipo de veículo, resta saber se o mercado vai absorver a idéia. Controle de estabilidade seria interessante, mas se a proposta é ser um veículo urbano, acredito que não fará tanta diferença, além de muitos compactos aventureiros não terem também, talvez seja um item a ser incluído futuramente. Enfim, espero que obtenha um bom resultado no teste de impacto e que mantenha essa política de preços atual por um bom tempo.

      Excluir
  28. Menos combustível menos peso. Carro pra cidade e não para estrada não precisa de mais de 300km de autonomia e com certeza deve fazer pelo menos 400 na cidade. Pelo preço parece ser um carro honesto. O clio 1.0 era muito econômico mesmo completo. Povo também reclama de potência. Eficiência não se mede por cv. Carro pra andar a 40, 60km/h precisa de quantos cv? Cada necessidade e bolso um carro.

    ResponderExcluir
  29. Não estou defendendo a Renault. O Brasil merece carros melhores, mas isso só vai acontecer (talvez) se o consumidor brasileiro se tornar mais exigente. Começando por não comprar carro 0km pelado.

    ResponderExcluir
  30. Não estou defendendo a Renault. O Brasil merece carros melhores, mas isso só vai acontecer (talvez) se o consumidor brasileiro se tornar mais exigente. Começando por não comprar carro 0km pelado.

    ResponderExcluir
  31. Só não gostei dos 3 parafusos das rodas, falta de controle de som no volante, e motor fraco. Visualmente ficou legal, compacto e com aspecto robusto além da boa altura em relação ao solo para enfrentar nossas crateras lunares. Ponto pra Renault por lançar um SUV compacto por preços acessíveis, onde a concorrência cobra horrores por seus "Cross" compactos. Pelo peso, dá para notar q reforçaram sua estrutura e não deve desmontar como ocorreu no Crash Test do modelo indiano de 660kg.

    ResponderExcluir
  32. Ainda não acredito que pese só 780kg. O up tem o mesmo tamanho e pesa 930kg. São 150kg a menos. É uma diferença enorme nessa categoria. O último carro que me lembro com esse peso era o antigo uno mille pelado. Mesmo com esse motor mais fraco é capaz de acelerar 0-100 melhor que o up.

    ResponderExcluir
  33. Carrinho simpático, mas o motor é dramático. Subir ladeira, ultrapassagens, ou ligar o ar deve ser um drama. Uma versão 1.6, mesmo que fosse acima dos 40 mil, seria uma boa pra quem quer um pouco mais de potência

    ResponderExcluir
  34. Tenho um up tsi e é maravilhoso. Faço em.estrada media de 21km/l com ar ligado. Nao tem melhor. Ja fiz 3 amigos comprar o up e carrinho é maravilhoso.Parabens Volkswagen, para ser melhor que o Up Tsi só se for outro up de 6 marchas. Parabens volks.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um up tsi hj custa por volta de 55mil e é feio por isso não vende bem até hoje. A versão zen tem ótimo custo benefício e custa 35 mil.

      Excluir
    2. Com 20 mil de diferença eu pago a gasolina durante os 5 anos de garantia

      Excluir
  35. Eu pesquisei várias concessionárias ontem. Sinceramente esse carro vai vender muito. Concordo que o motor deveria ser o do Sandero, mas um gol lixão tá 40mil. Ford Ka e HB20 também. Brasileiros ainda tem muito preconceito com carro chinês. Fizeram um plano de financiamento razoável. 5 anos de garantia. Vou comprar e acho que pela beleza do modelo vai ser um sucesso.

    ResponderExcluir
  36. Falar que Gol é lixâo não conhece e nunca teve. Volks é carro pra aguentar pancada meu camarada! Acho que os carros estão muito parecidos em todos os quesitos. Depois que veio Gol 1000 Escort Hobbie Uno mille e outras porcarias que o infeliz do brasileiro compra e paga tudo por firulinhas no painel as montadoras perceberam que o infeliz do brasileiro prefere comer merda à milanesa e aceitam essas aberrações automobilísticas. Isso aí e Mobi meu amigo chamar de carro tá de brincadeira e tem também uns troxa que acha que só existe Civic e Corolla que é a obra da engenharia automobilística. Cansei kkk compra aquele ou esse ou o raio que o parta o importante é ser feliz com o carro que te dá prazer

    ResponderExcluir
  37. olhem,no brasil não cabe mais um carro ser vendido com mundos e fundos...e o de entrada não vir com ar e direção...palhaçada isso.todos deveriam vir com esse requisito de fabrica.me parece q o de 29,990...não vem!!!outra coisa,duvido muito q ele faça 15.8 por litro na cidade...masssss

    ResponderExcluir
  38. não entendo como vcs tem a coragem de falar q o carro foi feito pra andar na cidade.pwlo amor de DEUS,els precisam projetar o carro para viagem tmbm.pq nem todos tem condições de ter dois ou mais carros.penso no conforto tmbm.e outra coisa coisa como esse carro vem pro brasil,com a opção mais básica sem ar e direção..isso deveria ser lei.vir com ar e direção...pleno século 21...me ajudae ne Renault!!!mas tenho interesse sim nesse carro.de repente,posso comprar um...pensem marqueteiros da renault

    ResponderExcluir
  39. Seria perfeito se fosse 1.6 de série. 1.0 não dá. 66cv? Não rola. Lindo, mas fraco.

    ResponderExcluir
  40. pelo que vejo nos comentarios imagina esse carro cheio dr passageiro e de malas subindo uma serra ; será que sobe ????

    ResponderExcluir
  41. Bem pessoal, uma coisa eu acredito.
    Eu já dei minha opinião sobre o carro e sobre muitos comentários aqui, mas acredito que quem tem hoje um carro, independente da marca, modelo e ano, é poque algo o atraiu nele.
    Hoje eu tenho o meu primeiro carrinho, isso aos 42 anos, estou ainda pagando o mesmo. por minha escolha eu preferi o up! depois de muita pesquisa. mas creio que quem escolha Onix, HB20, MOBI ou qualquer outro que seja, é porque simplesmente o escolheu e pronto, por tanto, temos é que ser felizes com nossas escolhas e não se importar com opiniões dos outros. Você está feliz com o seu carro?, É o que importa e nada mais. Ou vocês acham que numero de comentários negativos ou pela baixa venda eu deixaria de escolher o up!, ou vocês o Onix e outros demais, não gente, vamos amar e ser felizes com nossos bens e cuidar com muito carinho deles, pois são caros e mitos as vezes comprados com sacrifício. E por esse motivo, esse é o meu ultimo post aqui e vou deixar de acompanhar, pois alguns comentários chegam a ser, me perdoe , ridículos. Essa história de esse é melhor que esse, esse não tem isso ou aquilo, gente me desculpe, não faz mais sentido. Eu confesso que no início era assim, mas hoje eu sei que é uma besteira sem tamanho. Não é a minha opinião ou de outros, que farão muitas pessoas mudarem de idéia referente a compra de seus carros. Se um ou outro será o campeão de vendas, melhor para montadora, cada um tem o direito de batalhar no mercado. Por tanto meus amigos. Dou aqui meu adeus ao Blog, e vou cuidar do meu pequeno notável preto, sem nem ligar para o que todos falam dele. Uma boa sorte à todos.

    ResponderExcluir
  42. pena não ser o mesmo 1.0-sce do sandero... mas a versão zen com radio me parece uma boa opção p/ trabalhar

    ResponderExcluir
  43. renault vai ganhar muitos clientes que usa carros 1.0 , principalmente com esse motor que usa corrente de comando que se permite rodar até os 240.000km sem precisar fazer a substituição , menos despeças mais clientes e olha que é uma despeça considerável r$2,000,00 no mínimo , parabéns renoault pela sacada ..

    ResponderExcluir
  44. modernidade e preço , é isso que os consumidores de 1,0 espera e outro ponto importante a renoault acertou em cheio é a corrente de comando que aguenta 240.000 km cem precisar ser substituída que gera uma economia em torno de uns r$2,000,00 , parabéns pela sacada renoault ...

    ResponderExcluir
  45. Outro engodo da montadora francesa. A caixa de direção é a mesma do sandero, vaza direto.

    ResponderExcluir
  46. Será que nos preços oficiais não será acrescido o frete da fábrica até as revendas???

    ResponderExcluir
  47. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.