Car.blog.br

Pesquisar este blog

Renault Captur 2018 1.6 Automático: preço, consumo e fotos

Categorias: , , 37 Comentários

A Renault do Brasil lança a aguardada versão com transmissão automática CVT do SUV Captur, com preço sugerido de R$ 84.900 reais.

Renault Captur 1.6 Automática

A transmissão X-TRONIC CVT está disponível no Captur 1.6 SCe. O casamento do câmbio continuamente variável – que tem opção de seis marchas simuladas - com o novo motor 1.6 SCe garante mais suavidade, pois não há trocas de marchas. Além disso, o motor pode ser mantido em rotação constante, auxiliando no menor consumo de combustível.

Renault Captur 1.6 Automática - interior

Com a oferta do câmbio CVT, o Captur passa a oferecer a uma gama com duas opções de motorização e três de câmbios. O 1.6 SCe manual, 1.6 SCe X-TRONIC CVT e o 2.0 16V automático.

Vídeo - Renault Caputur 1.6 CVT X-TRONIC



Desempenho e consumo


O Renault Captur 1.6 SCe CVT X-Tronic pesa 1.286 kg, acelera de 0 a 100 km/h em 13,1 segundos com etanol, e 14,5 segundos com gasolina. A velocidade máxima é de 168 Km/h com gasolina, e 169 km/h com etanol.

Consumo

Etanol: 7,3 Km/l (cidade) e 8,1 km/litro (estrada)
Gasolina: 10,5 Km/l (cidade) e 11,7 km/litro (estrada)

As novas opções são as seguintes:
  • Renault Captur Zen 1.6 XTronic CVT --R$ 84.900, trazendo direção elétrica, ar-condicionado, rodas de 17″, luzes diurnas em LEDs, banco do motorista e coluna de direção com regulagem de altura, computador de bordo, piloto automático, abertura de portas e partida com chave presencial (cartão), vidros, travas e retrovisores com rebatimento elétrico, sensor de estacionamento traseiro, 4 airbags (dianteiros e laterais), controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, sistema ISOFIX e som com USB e Bluetooth. Opcionais: Câmera de ré e sistema multimídia Media NAV com tela touchscreen 7″, navegação GPS e 3D Sound by Arkamys com conexão USB e auxiliar - R$ 2.500 reais.
  • Renault Captur Intense 1.6 XTronic CVT --R$ 88.400, com todos os itens do Zen 1.6 CVT e acrescenta rodas de 17″ diamantadas, ar-condicionado automático, sensor de luz, sensor de chuva, farol de neblina em LEDs e função curva e sistema multimídia com tela de 7″, GPS e câmera de ré. Opcional: bancos em couro sintético - R$ 1.500 reais.
CÂMBIO CVT?

O CVT (Continuously Variable Transmission) oferece relações de marcha continuamente variáveis, ou seja, tem ‘marchas infinitas’. O maior diferencial em relação a um câmbio automático tradicional é a ausência de engrenagens. Como característica, este câmbio é econômico e permite aceleração contínua, sem trancos, o que dá a impressão de que o carro nunca troca de marchas.

Renault Captur 1.6 Automática

Seu funcionamento acontece da seguinte forma: uma correia metálica liga duas polias com sulco em forma de “V” e largura variável. A primária, também conhecida como condutora, recebe o torque do motor, enquanto a secundária transmite ao diferencial. Cada polia tem dois cones que podem se afastar ou se aproximar por meio de um sistema hidráulico, diminuindo ou aumentando a largura do canal onde passa a correia. De acordo com a demanda do motorista, este afastamento ou aproximação dos cones aumenta ou reduz a velocidade do carro.

Renault Captur 1.6 Automática

Quando os cones estão juntos, o canal fica mais estreito e o raio da polia aumenta. Em marcha reduzida, a polia primária apresenta um raio menor, enquanto a polia secundária fica com raio maior. Na medida em que o carro acelera, o movimento das polias se inverte e a relação de marcha fica maior. A distância entre as polias é fixa. Assim, o câmbio X-TRONIC CVT apresenta uma infinidade de marchas entre as menores e maiores relações.

X-TRONIC CVT

Renault Captur 1.6 Automática

O câmbio X-TRONIC CVT tem como um de seus diferenciais um software de gerenciamento que dá a opção ao condutor de reproduzir seis marchas virtualmente. A transmissão X-TRONIC CVT oferece, em todas as versões, a possibilidade de troca manual na alavanca de câmbio. Ao motorista, cabe posicionar a manopla à esquerda para assumir o controle.

Vendas dentro da previsão, segundo a Renault

Renault Captur 1.6 Automática

As vendas dos primeiros meses estão em linha com os objetivos previstos para o SUV. Sem a versão com câmbio automático até maio foram comercializadas 1 mil 488 unidades do Captur, segundo dados da Fenabrave, a Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores. Vale destacar que a pintura biton representa 85% do mix de vendas. A opção do câmbio X-TRONIC CVT representará 60% das vendas do Captur.


A esperança da Renault é que a nova configuração atraia o consumidor por dispor de transmissão mais moderna que a 2.0, com câmbio de quatro marchas. Outro fator é o consumo menor de combustível proporcionado pelo
motor de três cilindros.

PÓS-VENDAS

Renault Captur 1.6 Automática

O Captur tem garantia de fábrica de 3 anos ou 100 mil quilômetros rodados, prevalecendo o que ocorrer primeiro. Clientes que optarem pelo financiamento via Banco Renault têm 5 anos de garantia total. O plano de manutenção do modelo prevê revisões periódicas a serem feitas em intervalos de 10.000 quilômetros ou a cada ano de uso.

Renault Captur 1.6 Automática

Além disso, a rede de concessionárias Renault oferece para os proprietários o programa “Revisão com Preço Fechado” e o “Pacote de Preço Fechado de Peças”, que reúne os principais itens de desgaste e manutenção. Esses dois serviços permitem aos clientes saberem de forma antecipada quanto gastarão para a realização de reparos, já que os preços sugeridos dos dois pacotes incluem os valores de peças e mão de obra. Vale ressaltar que a taxa de financiamento melhora quando o cliente opta pelo contrato de manutenção já no momento de compra do veículo.

Dimensões

Renault Captur 1.6 Automática
O Renault Captur mede 4,33 m de comprimento, 1,81 de largura, 1,62 de altura e 2,67 de entre eixos. O porta-malas comporta 437 litros e o tanque é de 50 litros.

37 comentários:

  1. A renault fala que ele faz em 14,5 segundos de 0 a 100 km/h? Vai fazer em 18 segundos.

    Resumo: esse carro é 3 segundo mais lento que o Up! 1.0 MPI.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ja veio relinchando em !!!!!

      Excluir
    2. Carro de 86 mil reais com motor 1.6 e zero a 100 na casa dos 14, tsctsc

      Canela seca!

      Excluir
    3. Mas que comparação sem sentido. Quem compra um Up, não precisa de uma SUV, quem compra uma SUV, procura conforto e segurança, nao liga para velocidade final, até porque vai levar multa. Up é carro de brinquedo.

      Excluir
    4. No mundo da carlota só existe vw.
      Já ba garagem dele, só existe uma caloi.

      Excluir
    5. Desempenho sofrivel pelo valor do carro.
      Mas tem suas qualidades.

      Excluir
    6. E o UP TSI que é mais rápido no 0-100 que o Compass Trailhawk?!
      Haja paciência, viu...

      Excluir
    7. Pessoal dá um desconto pro fanboy da VW, um dia ele vai ter $ pra comprar um carro, e pelo visto só vai ser possível adquirir um fusca 1960, mas como é o melhor carro do mundo, aí sim ele vai ficar insuportável... kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    8. Mais lento que o Up Carlos . KKKK Verdade ne! Os dois sao 1.6,cvt mesmo peso e tamanho. Cara que asneira.

      Excluir
    9. Vão se lascar! Essa vou ter que ficar com o carlos.
      Primeiro: Um carro de 80mil acelera de 0 á 100 em 15segundos, Palhaçada do krl

      Excluir
  2. Belo carro,mais não passa de um.duster maquiado o tanque de 50 litros muito pequeno pelo porte do carro.

    ResponderExcluir
  3. Imagino que os proprietários de Captur tenham outras coisas para pensar do que querer tirar racha com up! Mpi. De qualquer forma não há motivo para fazer em 18seg, basta ver o Kiks que tem o mesmo motor mas com um acerto com menos potência e ele é mais rápido que o up! Mpi.

    ResponderExcluir
  4. Vamos combinar que a Renault pegou o Duster e deu uma enfeitada. Eles tinham que trazer a linha que roda na França de verdade pra fazer jus ao mercado brasileiro. Clio, Captur de verdade e Megane... baita carro este ultimo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não concordo. Primeiro que o Captur Europeu é menor. Segundo a plataforma do Duster é bastante robusta aguenta muito tranco do dia a dia. O acabamento interno não tem nada haver com Duster, lógico que eles compartilham algumas peças. No teste de segurança não foi excelente mas foi muito bem.

      Excluir
    2. Bem, detalhando desta forma pode ser, mas em resumo o que a Renault está oferecendo é "mais do mesmo". Na minha opinião os carros tem que ser de classe mundial. Versões para mercados emergentes são um desrespeito das montadoras com o brasileiro.

      Excluir
  5. Com rua cheia de buraco e uma viagem com mais de uma hora para que correr ou ter um carro que economiza 3 segundos

    ResponderExcluir
  6. 50% do valor de um carro novo são imposto do governo corrupto! Carro novo neste país nunca!!!!

    ResponderExcluir
  7. Quando vc le algumas matérias falando que "o desempenho não é muito vigoroso", leia-se: o carro é uma lesma....kkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todos escolhem o que bem entender,mais comparar aceleração do up! Achar que ele é melhor que o Captur pela aceleração vc vive onde na Alemanha com asfaltos perfeitos ou em algum lugar onde o cara anda sozinho não tem família para viajar, então compre o mini Up e seja feliz e pare de encher o saco

      Excluir
  8. É um carro para pessoa tranquila sem pressa, que não liga para números e com tendência a ter uma postura diferente em relação a aquisição de um bem, evitando comprar o que todo mundo compra...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma coisa é ter um carro com desempenho ou um carro compatível com o valor pago.

      outra coisa é pagar 85 mil num carro 1.6 fraco

      Excluir
    2. É carro para um trouxa que gosta de ser enganado; lento, beberrão e com acabamento mal feito e pobre.

      Excluir
    3. Essa versão brasileira é uma piada. Só compra quem não entende nada de carro.

      Excluir
  9. Pensa num bicho desses carregado com a família mais bagagem... tô fora...

    ResponderExcluir
  10. Mania de errar se define em uma só palavra: "Prejuízo"

    ResponderExcluir
  11. Carro Muito bonito...e em breve a Renault que tem muita experiência em competições vai resolver o aspecto vexatório da versão 2.0...vide o caso do Sandero RS... esperemos

    ResponderExcluir
  12. Está, no mínimo, 6 mil mais caro do que deveria, pela plataforma Duster, acabamento simples, mecânica e recursos medianos. Deveria haver uma versão CVT completa mesmo, por 79 mil. Só assim chamaria a atenção do mercado e viraria protagonista. Vai continuar coadjuvante.

    ResponderExcluir
  13. Este carro não oferece nada para justificar o valor.

    ResponderExcluir
  14. A Renault é e sempre foi uma piada, primeiro com esse desempenho de motor de geladeira e outra com esses acessórios como a central, AC, etc. Todos eles tirados do Sandero e Duster! Uma vergonha mesmo!

    ResponderExcluir
  15. O carro é muito bonito, chama a atenção por fora o seu Design. Parece que a suspensão é bem Bruta, para os buracos aqui do nosso Pais, em relação aos seus concorrentes. O ruido interno é minimo e o espaço é de sobra. Gostei. Compraria um facil.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.