Car.blog.br

Pesquisar este blog

Fiat Argo: versões, fotos, itens de série, opcionais e cores

Categorias: , 76 Comentários

O Fiat Argo, novo hatch compacto da Fiat que será lançado no dia 31 de maio, será vendido em sete versões: Drive 1.0, Drive 1.3, Drive 1.3 GSR, Presicion 1.8, Presicion 1.8 Automático, HGT 1.8 e HGT 1.9 Automático.

Fiat Argo 1.0 Drive

O modelo de acesso Drive 1.0, que terá preço entre R$ 45 mil e R$ 47 mil, virá de série com direção com assitência elétrica, ar-condicionado de comando manual, vidros elétricos nas portas dianteiras, rodas com calotas e duplo airbag dianteiro.

Fiat Argo 1.0 Drive

Opcionalmente o Drive 1.0 poderá receber central multimídia, volante com comandos multifuncionais, sensor de estacionamento.

Fiat Argo Drive

Há ainda câmera de ré, retrovisores com acionamento elétrico, vidros elétriso traseiros e radio connect.

Fiat Argo 2018

Já o modelo Drive 1.3 (preço estimado ~ R$ 49 mil) entre vem com todos os itens do Drive 1.0 e mais central multimídia e volante multifuncional.

Fiat Argo Drive 1.3 GSR

Nessa versão os opcionais são sensor de estacionamento, câmera de ré, vidros elétricos traseiros, retrovisores elétricos, rodas de liga leve de 15" e faróis de neblina.

Fiat Argo HGT 1.8 Automático

Já o Argo Drive 1.3 GSR (preço estimado ~ R$ 52 mil reais) acrescenta vidros elétricos traseiros e retrovisores elétricos, trazendo como opcionais os sensores de estacionamento, câmera de ré, rodas de liga leve e faróis de neblina.

Fiat Argo HGT 1.8 Branco

A partir desta versão Drive 1.3 GSR o Argo ganha ESP - Controle Eletrônico de Estabilidade.



A versão Precision 1.8 (manual ou automática - ambos de seis marchas - preço estimado ~ R$ 61 mil reais) conta com todos os itens do Drive 1.3 GSR e mais rodas de liga leve de 15 polegadas.

Fiat Argo 1.8 Automático - interior

Opcionalmente pode receber sistema Keyless, ar-condicionado digital, sensor de estacionamento, câmera de ré, rodas de liga leve de 16 polegadas, bancos e de couro e airbags laterais.

Fiat Argo HGT 1.8 Automático

O modelo topo de linha será o esportivo HGT (preço estimado entre R$ 64 mil para o MT e chegando a R$ 71 mil no AT6), também com motor 1.8, e opções de transmissão manual ou automático.

Fiat Argo 1.8 - interior

Esta versão tem acabamento esportivo e rodas de liga leve de 16 polegadas.

Fiat Argo HGT 1.8 Preto

Opcionalmente pode receber Keyless, ar-condicionado digital, sensor de estacionamento, câmera de ré, rodas de liga leve de 17 polegadas, bancos de couro e airbags laterais.

Fiat Argo HGT 1.8 Automático

Em relação às cores, o Argo será oferecido em Branco Banchisa, Preto Vulcano e Vermelho Alpine - sólidas. metálicas são as seguintes: Prata Bari, Cinza Scandium, Preto Vesúvio e Branco Alaska (perolizada).

Fiat Argo 1.8 HGT Automático - Branco

Haverá ainda duas cores exclusivas para a versão HGT: Azul Portofino e Vermelho Modena. A Fiat também anunciou (vídeo abaixo) que haverá duas revisões grátis para os primeiros 500 compradores.



Fotos: Fiat Divulgação / Reprodução Internet

Postagens relacionadas:

76 comentários:

  1. cara fiquei um pouco decepcionado com a versão de entrada, design comun

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Frente de Cerato antigo e traseira de HB 20.

      Excluir
    2. TUDO SE COPIA KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      Excluir
    3. O Cerato antigo ganha de 1000 a 0 em design.

      Excluir
  2. Mais um carrinho pobrinho da Fiat.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vai ser o carro mais caro da fiat, abaixo somente do TORO e do resto da familia dele q ainda tera um sedan e picape

      Excluir
    2. Detalhe, me parece que só as versões mais caras terão led. Pelas fotos do prata me parece que não tem leds diurno.

      Excluir
    3. Led em versão "pé de boi"......???

      Excluir
  3. Essa primeira foto me lembrou um gol kkkkk

    ResponderExcluir
  4. Decepção total essa versão de entrada!

    ResponderExcluir
  5. Essa versão 1.0 me decepcionou muito. Achei esta versão muito simples para um carro que vai custar R$ 47.000,00.
    E outra coisa, ele parece ser muito pesado para esse motor 1.0 aí. Deve ser uma " B O S T A ".
    Talvez a versão 1.3 seja um pouco melhor. A versão 1.8 também não vai compensar não, mesmo porque deve ser cara e o este motor E-Torque é muito "beberrão".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem a Fiat divulgou os preços e vc já sabe o valor? Ahahahahahaab

      Excluir
    2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  6. Versão 1.0 achei meio desnecessária.

    ResponderExcluir
  7. É possível definir em apenas duas palavras: Bonitinho e ordinário.

    Nenhuma novidade. Só mais um carro da Fiat.

    ResponderExcluir
  8. a versão comercial do Argo é broxante, chega a ser equipara com Gol e fox.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Equiparar com Fox o c...O Fox é muito superior a isso aí.

      Excluir
  9. Acho que deveríamos esperar o lançamento oficial e a receptividade do mercado. Com a Toro foi a mesma coisa por conta do design diferente e o carro é líder no segmento e é visto como o melhor carro já feito pela Fiat no Brasil.

    ResponderExcluir
  10. É mais um Fiat que em pouco tempo sairá de linha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiat vai matar 3 coelhos com um tacada só. Palio, Punto e Bravo vão morrer. Todos vão querer a "novidade".....!

      Excluir
  11. É impressao minha ou a calota do argo é a mesma utilizada pela Uno ?

    Aparentemente eu gostei, mas é um Fiat...

    ResponderExcluir
  12. Respostas
    1. sem motor turbo sem nada credo.

      nunca tive fiat e nem vou ter ate o momento. na minha família só tem um fiat, meu irmão loucão.

      quero ver teste de resistência em colisão!

      Excluir
  13. Credo, decepcionante. Até o antigo Fiesta é mais bonito.

    ResponderExcluir
  14. Credo, decepcionante. Até o antigo Fiesta é mais bonito.

    ResponderExcluir
  15. ArgolB20 ? Mais um Palio retocado...Carro de projeto nacional não dá mais.

    ResponderExcluir
  16. Cara de gol e traseira de HB20. Acho que o pessoal do design da FIAT estava de férias e só tinha estagiário na concepção do carro.

    ResponderExcluir
  17. A fiat e seus opcionais,detesto carro que vc tem que configurar.

    ResponderExcluir
  18. Quem te viu quem te vê. Uma Fiat Design que já teve belos projetos como Uno, Punto, Tipo e Palio hoje lança mais projeto da família Monstro. Eita carrinho sem graça. Comentaram tanto sobre o Polo e agora perto desse Argos o hatch da VW ppde até ganhar prêmio de melhor design.

    ResponderExcluir
  19. Decepcionante a oferta de itens de segurança.

    ResponderExcluir
  20. A versão de entrada parece aqueles carrinhos de plástico da Bandeirante. Você abre a caixa de papelão e ele vem com os adesivos separados pra você mesmo colocar, aí você olha pro carrinho e ele tá peladão!

    ResponderExcluir
  21. Fiquei decepcionado pois nao tem controle eletrônico de estabilidade e nem partida em rampas e vou esperar Polo de 2018

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc valoriza seu dinheiro então aguarde o Polo. Nao tenho duvida alguma que vc está 100% certo. E tem mais, o Polo junto com o Golf será mais um Five Stars no LNCAP.

      Excluir
  22. Rádio com controle no volante e retrovisores elétricos como opcionais no 1.0?que porra é essa Fiat?no Up a partir do move esses itens são de série

    ResponderExcluir
  23. A Precision e HGT serão as únicas com câmbio automático (e não o GSR/Dualogic), essas é que vão competir com o Polo (e Fit, Etios, Fiesta, 208/C3 e Sanderos tops).

    A HGT deve ser a típica versão topo, pouca coisa a mais que a intermediária, mas bem mais $$$, apenas para fanáticos pela marca.

    ResponderExcluir
  24. Sem ESP e ASR? Não é possível! Até o uno tem!!!!

    ResponderExcluir
  25. Essa HTC que vai custar uns 70 mil, não vai ter nem airbags laterais e nem sensor traseiro.

    ResponderExcluir
  26. Senti falta do dualogic... só faltou ele para completar a ruindade do conjunto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. GSR é o novo Dualogic.. E mudou de nome porque é a evolução dele.. As revistas falaram que é o melhor cambio automatizado que já existiu(que eles testaram) em situações normais parece automatico.

      Excluir
  27. Feio e sem inovação alguma! Apenas a Fiat sendo a Fiat

    ResponderExcluir
  28. Feio é a bota ortopédica da VW

    ResponderExcluir
  29. Vou esperar a chegada do Polo 2018 para ver qual será o melhor e mais bonito. Achei que o Argo seria mais bonito que o Polo, mas vendo estas fotos "REAIS", está muito diferente das fotos de estúdio.

    ResponderExcluir
  30. Ridiculo esse Argo. Plataforma do Punto requentada. E estilo copiado do HB20. Copiado e piorado.
    Ridículo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo. Milhões investidos num projeto pra dar nisso. A Fiat Spa tá na hora de acordar.

      Excluir
  31. Acho que quem está com intenção de comprar este " HBMOBI " da fiat, deve esperar o novo Polo chegar. Pq não é possível que o Polo será pior que este HBMobi.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mascos, antes de ver já pensava no Polo, agora ainda mais. Sem comparação.

      Excluir
    2. Mascos, antes de ver já pensava no Polo, agora ainda mais. Sem comparação.

      Excluir
  32. O farol bi-parábola estar disponível desde a versão de entrada, ótimo.

    ResponderExcluir
  33. Ônix e HB20 não tem controle de estabilidade.
    Se realmente a FIAT não colocar no ARGO, não fará nada muito diferente entre os 4, 5 hatchs mais vendidos e corre um risco enorme de levar uma surra dos 2 primeiros, perdendo até para Ka, Gol e Sandero.

    A FIAT tem ou tinha a chance de trazer para o mercado um carro completo, alheio a críticas racionais. Mas com opção de apenas 4 airbags, versão com vidro traseiro manual e, o pior, sem controle de tração e estabilidade, corre um risco enorme de virar paisagem, pois dará margem para que as críticas de quem entende de carro se alastrem para as revistas, blogs e para o consumidor como um todo...

    Vamos esperar a confirmação da própria Fiat, mas se o Argo não tiver uma versão com no mínimo 6 airbags, controles de tração e estabilidade e conforto completo (ar + dir elétrica + conjunto elétrico nas 4 portas), por até 62 mil (preço de Ônix), máximo 65, vai ser mais um produto a ir minguando com o tempo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será que não terá controle de estabilidade?? O uno já tem se o Argo não tiver será realmente uma pena.

      Excluir
    2. Equipamentos e opcionais

      Todas as versões do Fiat Argo serão equipadas com sistema start-stop, ar-condicionado, vidros e travas elétricas, direção com assistência elétrica e computador de bordo com tela de 3,5 polegadas.
      A versão Drive 1.0 não tem rádio de série, tampouco a opção de rodas de liga leve ou faróis auxiliares, mas terá quatro pacotes opcionais: Kit Multimídia, composto pela central multimídia e volante com comandos do rádio e telefone; o Kit Parking, que inclui sensor de estacionamento e câmera de ré; o Kit Convenience, com ajustes elétricos dos retrovisores externos e vidros traseiros elétricos; e o Radio Connect, que é uma opção mais acessível à central multimídia.
      A versão Drive 1.3 acrescenta ao pacote básico a central multimídia e o volante multifuncional, além de sensores de pressão dos pneus. Os pacotes opcionais são três: os mesmos Kit Parking e Kit Convenience do Drive 1.0, e o Kit Stile, com rodas de liga leve de 15 polegadas e faróis de neblina.
      Logo acima está a versão Drive 1.3 GSR, equipada com o câmbio automatizado de cinco marchas. Apesar do nome igual, as diferenças vão além do câmbio: a versão inclui o Kit Convenience nos itens de série e, como no Uno, o GSR também traz assistente de partida em rampas, controles de tração e estabilidade, além das aletas no volante para trocas de marcha manuais. Os pacotes opcionais são apenas o Kit Parking e o Kit Stile. Sim: você pode ter um Argo com ESP e controle de tração e rodas de 14 polegadas com calotas.
      No degrau acima está a versão Precision 1.8, que inclui na lista de equipamentos de série o Kit Stile, além de LEDs nos faróis, acabamento prateado no painel e banco traseiro bipartido. Os opcionais são o Kit Tech, composto por sistema de chave presencial, ar-condicionado digital, sensor de chuva, sensor crepuscular e retrovisor interno eletrocrômico; o Kit Parking, com sensor de estacionamento e câmera de ré; airbags laterais e o Kit Stile, que nesta versão é composto por bancos de couro e rodas de liga leve de 16 polegadas. A versão automática acrescenta cruise control e volante de couro com aletas para trocas de marcha.
      Em seguida vem o modelo de topo, a versão Argo HGT, que ganha elementos decorativos nos para-choques, saída de escape esportiva, painel com acabamento vermelho, rodas exclusivas de 16 polegadas, computador de bordo com tela de 7 polegadas, e volante com revestimento de couro (com aletas para trocas de marcha na versão automática). Os opcionais são os mesmos do Precision, porém o Kit Stile aqui oferece rodas de 17 polegadas no lugar das rodas de 16 polegadas.
      Cores:
      Como você deve ter visto mais acima no documento enviado aos concessionários, o Fiat Argo será oferecido em nove cores, porém duas delas são exclusivas da versão esportiva HGT: Azul Portofino e Vermelho Modena (abaixo), ambas sólidas.
      As outras sete cores são as sólidas Branco Banchisa, Vermelho Alpine e Preto Vulcânico…
      e as metálicas ou perolizadas Prata Bari, Cinza Scandium, Preto Vesúvio e Branco Alaska.

      Fonte: Flat out

      Excluir
    3. Tem ESP, ASR, e Hill holder(HSA) a partir da versão 1.3 GSR.

      Excluir
  34. Um carro desse porte sair de fábrica com " CALOTAS " É O FIM DA PICADA. Mesmo na versão mais barata já tinha que sair de fábrica com Roda de liga leve e faróis de neblina. Esteticamente o carro fica muito mais bonito. A calota " MATA " qualquer carro.

    ResponderExcluir
  35. Equipamentos e opcionais

    Todas as versões do Fiat Argo serão equipadas com sistema start-stop, ar-condicionado, vidros e travas elétricas, direção com assistência elétrica e computador de bordo com tela de 3,5 polegadas.
    A versão Drive 1.0 não tem rádio de série, tampouco a opção de rodas de liga leve ou faróis auxiliares, mas terá quatro pacotes opcionais: Kit Multimídia, composto pela central multimídia e volante com comandos do rádio e telefone; o Kit Parking, que inclui sensor de estacionamento e câmera de ré; o Kit Convenience, com ajustes elétricos dos retrovisores externos e vidros traseiros elétricos; e o Radio Connect, que é uma opção mais acessível à central multimídia.
    A versão Drive 1.3 acrescenta ao pacote básico a central multimídia e o volante multifuncional, além de sensores de pressão dos pneus. Os pacotes opcionais são três: os mesmos Kit Parking e Kit Convenience do Drive 1.0, e o Kit Stile, com rodas de liga leve de 15 polegadas e faróis de neblina.
    Logo acima está a versão Drive 1.3 GSR, equipada com o câmbio automatizado de cinco marchas. Apesar do nome igual, as diferenças vão além do câmbio: a versão inclui o Kit Convenience nos itens de série e, como no Uno, o GSR também traz assistente de partida em rampas, controles de tração e estabilidade, além das aletas no volante para trocas de marcha manuais. Os pacotes opcionais são apenas o Kit Parking e o Kit Stile. Sim: você pode ter um Argo com ESP e controle de tração e rodas de 14 polegadas com calotas.
    No degrau acima está a versão Precision 1.8, que inclui na lista de equipamentos de série o Kit Stile, além de LEDs nos faróis, acabamento prateado no painel e banco traseiro bipartido. Os opcionais são o Kit Tech, composto por sistema de chave presencial, ar-condicionado digital, sensor de chuva, sensor crepuscular e retrovisor interno eletrocrômico; o Kit Parking, com sensor de estacionamento e câmera de ré; airbags laterais e o Kit Stile, que nesta versão é composto por bancos de couro e rodas de liga leve de 16 polegadas. A versão automática acrescenta cruise control e volante de couro com aletas para trocas de marcha.
    Em seguida vem o modelo de topo, a versão Argo HGT, que ganha elementos decorativos nos para-choques, saída de escape esportiva, painel com acabamento vermelho, rodas exclusivas de 16 polegadas, computador de bordo com tela de 7 polegadas, e volante com revestimento de couro (com aletas para trocas de marcha na versão automática). Os opcionais são os mesmos do Precision, porém o Kit Stile aqui oferece rodas de 17 polegadas no lugar das rodas de 16 polegadas.
    Cores:
    Como você deve ter visto mais acima no documento enviado aos concessionários, o Fiat Argo será oferecido em nove cores, porém duas delas são exclusivas da versão esportiva HGT: Azul Portofino e Vermelho Modena (abaixo), ambas sólidas.
    As outras sete cores são as sólidas Branco Banchisa, Vermelho Alpine e Preto Vulcânico…
    e as metálicas ou perolizadas Prata Bari, Cinza Scandium, Preto Vesúvio e Branco Alaska.

    Fonte: Flat out

    ResponderExcluir
  36. O Polo apesar de mais caro,vai ter mais itens,versões de entrada não tem esp e airbag latera nem como opcional.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obvio que terá. Donde vc tirou esta pérola?

      Excluir
  37. Tinha achado o carro bonito, pelas fotos de divulgação, repletas de photoshop, mas depois de ver as fotos, sem retoques, já não tenho a mesma opinião. A traseira ficou meio grotesca, é chapa demais, e as superfícies pegadoras de luz, nao funcionam como deveriam. E os arcos das rodas, Jesuis, a Fiat tem um sério problema com elas - vide Mobi, Uno, e este carro agora

    ResponderExcluir
  38. Respostas
    1. Matador de Onix.

      Equipamentos e opcionais

      Todas as versões do Fiat Argo serão equipadas com sistema start-stop, ar-condicionado, vidros e travas elétricas, direção com assistência elétrica e computador de bordo com tela de 3,5 polegadas.
      A versão Drive 1.0 não tem rádio de série, tampouco a opção de rodas de liga leve ou faróis auxiliares, mas terá quatro pacotes opcionais: Kit Multimídia, composto pela central multimídia e volante com comandos do rádio e telefone; o Kit Parking, que inclui sensor de estacionamento e câmera de ré; o Kit Convenience, com ajustes elétricos dos retrovisores externos e vidros traseiros elétricos; e o Radio Connect, que é uma opção mais acessível à central multimídia.
      A versão Drive 1.3 acrescenta ao pacote básico a central multimídia e o volante multifuncional, além de sensores de pressão dos pneus. Os pacotes opcionais são três: os mesmos Kit Parking e Kit Convenience do Drive 1.0, e o Kit Stile, com rodas de liga leve de 15 polegadas e faróis de neblina.
      Logo acima está a versão Drive 1.3 GSR, equipada com o câmbio automatizado de cinco marchas. Apesar do nome igual, as diferenças vão além do câmbio: a versão inclui o Kit Convenience nos itens de série e, como no Uno, o GSR também traz assistente de partida em rampas, controles de tração e estabilidade, além das aletas no volante para trocas de marcha manuais. Os pacotes opcionais são apenas o Kit Parking e o Kit Stile. Sim: você pode ter um Argo com ESP e controle de tração e rodas de 14 polegadas com calotas.
      No degrau acima está a versão Precision 1.8, que inclui na lista de equipamentos de série o Kit Stile, além de LEDs nos faróis, acabamento prateado no painel e banco traseiro bipartido. Os opcionais são o Kit Tech, composto por sistema de chave presencial, ar-condicionado digital, sensor de chuva, sensor crepuscular e retrovisor interno eletrocrômico; o Kit Parking, com sensor de estacionamento e câmera de ré; airbags laterais e o Kit Stile, que nesta versão é composto por bancos de couro e rodas de liga leve de 16 polegadas. A versão automática acrescenta cruise control e volante de couro com aletas para trocas de marcha.
      Em seguida vem o modelo de topo, a versão Argo HGT, que ganha elementos decorativos nos para-choques, saída de escape esportiva, painel com acabamento vermelho, rodas exclusivas de 16 polegadas, computador de bordo com tela de 7 polegadas, e volante com revestimento de couro (com aletas para trocas de marcha na versão automática). Os opcionais são os mesmos do Precision, porém o Kit Stile aqui oferece rodas de 17 polegadas no lugar das rodas de 16 polegadas.
      Cores:
      Como você deve ter visto mais acima no documento enviado aos concessionários, o Fiat Argo será oferecido em nove cores, porém duas delas são exclusivas da versão esportiva HGT: Azul Portofino e Vermelho Modena (abaixo), ambas sólidas.
      As outras sete cores são as sólidas Branco Banchisa, Vermelho Alpine e Preto Vulcânico…
      e as metálicas ou perolizadas Prata Bari, Cinza Scandium, Preto Vesúvio e Branco Alaska.

      Fonte: Flat Out

      Excluir
    2. Legal Zigfrietz ! Tomara que seja isso mesmo e que a versão AT + 6 airbags + ESC e Tração + espelhamento fique perto do valor do Ônix mais caro. Aí a categoria terá uma certa evolução de produto, e assim a Fiat terá realmente conseguido mexer no mercado e voltar aos holofotes.

      Excluir
  39. Pelo modelo de entrada já nota-se um ar envelhecido... esse "mais do mesmo" vai cansar rapidamente.

    ResponderExcluir
  40. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  41. As dimensões do Argo já foram divulgadas:

    Ele tem 3,99m de comprimento (6 cm mais curto que o Punto), 1,75m de largura (6cm mais largo que o Punto) e porta malas de 300 litros (20l a mais que o Punto).

    ResponderExcluir
  42. Só vai vender nas versões mais básicas e baratas, como todo Fiat. O motivo é que as pessoas não irão querer comprar um carro nas versões mais top entre 60 e 70 mil reais pra depois os vizinhos acharem que ali está um carro de 45 mil reais. Ainda mais sendo Fiat!

    ResponderExcluir
  43. Carrinho...nada mais. Em dois anos as versões 1.3 e 1.8 saem de linha. Ficará somente 1.0 em uma versão Fire e pelado.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.