Car.blog.br

Pesquisar este blog

Fiat Argo: meta de vendas é de 6.000 unidades por mês

Categorias: , 55 Comentários

A Fiat Chrysler do Brasil lança nesta semana o seu novo modelo compacto, o Argo, que chega para substituir o Punto, Bravo e as versões mais caras do Palio, e para concorrer com o Chevrolet Onix e Hyundai HB20, líder e vice-líder do mercado brasileiro, respectivamente.

Fiat Argo 2018 HGT 1.8 Automático

A montadora pretende emplacar uma média de 6.000 unidades por mês do Argo, algo que o colocaria no top 5 do mercado nacional, mas ainda distante da liderança, uma vez que o Onix vende em média 13.300 veículos por mês, e HB20 em torno de 8.100 veículos/mês.



Para atingir tais resultados, o Argo aposta em estilo atraente, carroceria de dimensões maiores que seus concorrentes, com 4 metros de comprimento (7 cm maior que o Onix e 8 cm maior que o HB20) e 1,75 metros de largura (7 cm mais que o HB20 e 5 cm de vantagem sobre o Onix).

Fiat Argo 2018 HGT 1.8 Automático

Além disso, a FCA terá uma ampla gama de versões e motores (veja aqui), partido de modelos de acesso, com motor 1.0 e transmissão manual, com preços na faixa de R$ 45 mil, passando por intermediários 1.3 com câmbio manual ou GSR (automatizados) e chegando aos topo de linha, com motor 1.8 e câmbio automático de seis marchas, precificados entre R$ 65 mil e R$ 71 mil reais.

Fiat Argo 1.3 Drive

As versões topo de linha servem como vitrine estética e de qualidades do carro, mas as que serão mais vendidas são as com motor 1.0, que é a maior parte dos modelos que estão sendo faturados neste momento para as concessionárias.

55 comentários:

  1. estão muito otimistas com o hbmobi20....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As perspectivas são boas.
      O que definirá o sucesso desse carro será preço das versões.
      A tomar os últimos lançamentos da FCA, Toro e Compass, a probabilidade de idealizar um belo acerto estratégico é elevada ...

      Excluir
  2. Tambem acho, talvez esta seja uma meta para depois de 03 meses pós lançamento.

    ResponderExcluir
  3. Isso que dizer que a Fiat reconhece que o Argo vai ter que rebolar para vender .
    A expectativa e saber que o Ônix vai perder mercado e a GM voltar a seu lugar no pódio que é a terceira colocação no mercado brasileiro.

    ResponderExcluir
  4. Fiat deveria mandar logo para teste de segurança. Bastava 03 estrelas e já daria para fazer propaganda frente a 0-nix.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carro só é seguro com 4 ou 5 estrelas,acho que o Argo leva quatro

      Excluir
    2. Pode obter até 4, mas se vier com custo benefício pior que o Onix, vai ficar bem atrás, nesse seguimento o brasileiro vê mais o bolso que a segurança.

      Excluir
    3. Nesse novo teste a Ranger com 3 air bags teve 3 estrelas e o Nissan murano com 7 tirou 2 (!). Carros com 2 air bags com uma estrutura mtooooooooo boa vão tirar 3. O 208 tinha 4 e ficou com 2, o Palio tinha 4 e ficou com 1

      Excluir
    4. O ônix não é referência em nada,mecânica ultrapassada,acabamento ruim,segurança nem preciso falar,é um carro que devia sair do mercado

      Excluir
  5. O problema deste Argo é que é um carro muito pesado, criado com tecnologia de construção obsoleta. É um poço de ineficiência construtiva. Um carro de 4 metros que pesa quase 1.300 Kg.
    Esse carro com motor 1.0 será uma lesma. Com gasolina, a aceleração de 0 a 100 km/h nesse Argo 1.0 será na casa de 19 ou 20 segundos. Será seguramente o pior carro nacional em desempenho.
    A Fiat colocar um motor 1.0 nesse carro é total desespero, só para aproveitar IPI de 7% e ter preço baixo.
    Uma vergonha.
    Nem o 1.8 estão falando bem do desempenho, imagina o 1.0.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, esta versão 1.0 não vai cair bem.

      Excluir
    2. Tenho que concordar com o Carlos.
      Colocar um motor 1.0 num carro desse porte. Se a VW conseguisse vender Polo na mesma faixa de preço, mas até o Fox é mais caro, imagina o Polo, vai chegar 1.0 a 50k

      Excluir
    3. Tem empresas aí que tem carros com muita tecnologia e não vende nada, por que será q Carlosequívocos não diz a nós o motivo. Já que você conhece o motivo das concorrentes. ..

      Excluir
    4. Se o carlos4equívocos previu isso. Há uma proprabilidade muito grande desse carro dar certo...

      Excluir
    5. Eu achei a fiat exagerada na previsão.

      Mais vendo o carlos falando isso certeza que será lider.

      Excluir
    6. Ele é pesado demais, mas a versão 1.0 nao tem razão de pesar os 1200 kgs. Veja bem o que ela perde: rodas e pneus de 17", air bag laterais, multimidia, ar cond digital, vidros elétricos traseiros, estepe tamanho 17", aerofólio, spoilers laterais, frisos dos arcos das rodas, fárois de led, faróis de neblina, parte dos chicotes elétricos, revestimento acústico do motor, bloco de ferro fundido, perde um pistão, 1/4 do virabrequim, cárter de aço. Somando tudo isto, não parece, mas perde-se um peso e tanto!

      Excluir
    7. Enfim, um comentário sensato.
      Também achei demasiadamente pesado.
      Ainda olharia torto se pesasse 1.200 kgf, mas 1.300 kgf mostra o quanto a estrutura está arcaica e pouco otimizada.
      Deverá onerar tanto o consumo quanto o desempenho, principalmente as versões 1.0 e 1.3 ...

      Excluir
    8. Mas o firefly 1.0 faz bonito no uno e no Mobi.

      Excluir
    9. Sunking, a versão topo pesa 1270kg. A versão de entrada ficará em torno de 1200kg.

      Excluir
    10. Cadê a fonte do peso desse carro? Fonte que a Fiat pretende vender 6k unidades?

      Excluir
    11. Bicudo, mas não mesmo. Acessórios podem parecer leves, mas não são. Vamos aguardar os dados oficiais e você verá. De qualquer modo, concordo que o carro será muito pesado para a categoria.

      Excluir
    12. Firefly faz bonito em carro adequado.
      Argo tem +150 kgf de peso adicionais que tornarão o 1.0 Firefly uma verdadeira lesma beberrona ...

      Excluir
    13. Foi o que pensei assim que vi a lista técnica, pesado demais para um compacto.

      1100kg / 1200kg seria o máximo.

      Excluir
    14. O peso do 1.0 é 1.110 kg.
      http://www.car.blog.br/2017/06/fiat-argo-pontos-negativos-positivos-e.html

      Excluir
  6. Não tenho conhecimento de se haver divulgado informação de peso do veículo. Mas concordo que, se acompanhar o peso de Punto, perto de 1.300 Kg, será difícil que consiga bons resultados de desempenho e consumo.
    E me assustei com a semelhança, na última foto, com a mesma seção de Ônix!

    ResponderExcluir
  7. Outra coisa, mais como crítica a este método de comentários:
    O botão "sair" fica num lugar onde costuma estar o "enviar/publicar".
    Sei que o botão encontra-se "pintado" de azul, mas lá no outro canto e abaixo de tudo.
    Acontece que não fui o único a confundi-los. Só um aviso, SMJ.

    ResponderExcluir
  8. Engraçado sempre focarem em performance. Quem busca um carro como o Argo e muitos outros na mesma faixa de preço, simplesmente cagam para índices como 0-100 ou retomadas. O que vejo de problema é o fato de colocar um motor que além de faltar fôlego (caso do 1.0), vai consumir muito devido ao conjunto peso+motor e isso sim é importante.
    Quanto a ser bem vendido ou não, vai depender se as pessoas acharão ou não bonito e se vai ter aquela multimidiazona que todo bom brasileiro gosta. Segurança e dirigibilidade estão entre os últimos quesitos.
    Fui na GM outro dia e o vendedor me disse que 70% dos carros que ele vende, o cliente nem test drive faz... triste.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente quem compra um carro compacto 1.0, o desempenho fica em um dos ultimos requisitos na hora da compra. Mas, ficar reduzindo marchas o tempo todo e trabalhando quase sempre com a primeira e segunda marcha eh mt broxante. Alem de ter medo de subir morros com carro cheio.

      Excluir
    2. Quem comPra carro mil. Sabe que é um carro MIL.
      LOGO DESEMPENHO NAO É FATOR FUNDAMENTAL.

      Excluir
    3. Vá se acostumando.
      Nos mercados mais maduros o número de clientes que fazem TD são menores ainda. Algo na casa de 30%~35%.
      Por outro lado, contam com canais de informações mais coerentes e realistas do que revistinhas sensacionalistas como QR, AutoEsporte ...

      Excluir
    4. Claro que desempenho não é o que determina a compra de um carro popular (não digo somente o 1.0, mas até 1.4 e 1.6), e foi exatamente o que quis dizer. Já o consumo, por outro lado, deve ser sempre considerado - no orçamento anual, sair de um carro que faz 7-8 km/l e ir para um que faz 14 km/l é cortar gastos com combustível em 50%.

      Excluir
  9. Acho a meta de 6000 por mês até meio pessimista. O Argo não ficou lá estas coisas - eu esperava bem mais. Mas o que o Onix tem que ele não tem? Design? Eu acho que não. Motorização? Também acho que não. Preço? Talvez, mas vamos aguardar.

    ResponderExcluir
  10. Acredito que a Fiat vai investir muito em publicidade, e isso eles sabem fazer. ai tudo depende das condições que vão fazer (menos % de entrada e o restante em X vezes taxa zero, estas coisas).
    Acho que este numero da meta é muito alto mas como dizem é meta.

    ResponderExcluir
  11. Minha gente, de 0 a 100 é só uma referencia, claro que um carro que faz em mais de 15 segundos vai ter uma má retomada! Que é o que o consumidor mais precisa, basta pegar a má fama, vide o Punto, que era um carro bom, mas o desempenho do 1,4 era alvo de muitas críticas e ajudou a queimar o carro, a exemplo tb do que ocorreu com o consumo do Cruze, que era rotulado como sendo ruim e de fato era!

    ResponderExcluir
  12. Esse negócio de definir meta não está com nada.
    Tem que deixar a meta aberta e quando atingir a meta vc dobra a emta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esta é a grande questão de vendas, defina uma meta 'absurda' e deixe os responsáveis se matarem para alcançar.

      Excluir
  13. Que plataforma este carro utiliza? Esta quase chegando no peso do renegade!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Renegade nada. È a plataforma do Punto, mas alterada, pois o carro ficou mais largo.
      Mas usa parte do ferramental do Punto.

      Excluir
  14. Impossível essa meta! Só se tirar o Uno de linha

    ResponderExcluir
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  16. Plataforma? "Evoluída" do "novo" Palio, que foi "evoluída" do Palio original, que, pasmem os que ainda não sabem, foi "evoluída" da original italiana do....UNO! (a do nosso Uno era diferente, "evoluída" da do 147!!)...lá vem bala, rsrsrs.

    ResponderExcluir
  17. Motor 1.0 a partir de 45 mil, vai vendo o tanto de carro que vão vender.

    ResponderExcluir
  18. Acelerados podia fazer um comparativo entre o Argo 1.0 Firefly e o Gran Siena 1.0 Fire, seria emocionante! O câmera poderia ir filmando a bordo de um carrinho de golf já que ir a pé segurando uma câmera seria desconfortável.

    ResponderExcluir
  19. Esse pessoal gosta de falar mal pq é FIAT já estão até falando do peso dele. Na quarta-feira ele chega aí vcs opinam já tem um monte de gente falando muita bobagem vamos esperar lançar pra darmos uma opinião

    ResponderExcluir
  20. A FIAT vai colocar motor de MOBI-LETE num carro com mais de 1.200kg?
    Por acaso a FIAT faz ARGO que presta?

    ResponderExcluir
  21. então sou consumidor de SP, trânsito pancada e tals, atualmente possuo VW UP move imotion, espero ver dados de consumo do Argo 1.3 em relação ao Polo 1.0 tsi, comparar preço e quesitos de segurança. já estou juntando grana pois ano que vem em fevereiro ou março farei minha troca. Sou paciente to afim de ver os carros na rua para escolher meu favorito, mas preço será fator determinate

    ResponderExcluir
  22. Se vender mal vendera 8 mil /mes (suficiente para 2o lugar com queda de hb20 e ka), se vender muito bem vendera de 9500 a 10000 / mes (suficiente para primeiro lugar com queda do onix). Eu apostaria em 9mil /mes. Quanto a marca Fiat volta a lideranca se argo vender apenas 5 mil, impossivel nao vender isso.

    ResponderExcluir
  23. Esperava mais da fiat, não sei mas, dessa vez a vw com o polo acho que leva.

    ResponderExcluir
  24. Pelo visto é superior ao hb20 e ônix.

    Seria ótimo ser for bem no Latin ncap

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.