Car.blog.br

Pesquisar este blog

Chery Tiggo 2: SUV começa a ser produzido no Brasil - fotos

Categorias: , , 34 Comentários

A Chery do Brasil já iniciou a produção em fábrica da Jacareí, São Paulo, do crossover compacto Tiggo 2 - modelo que será lançado no mercado brasileiro ainda neste primeiro semestre de 2017.

Novo Chery Tiggo 2

O Chery Tiggo 2, derivado do Celer Hatch, chega para estabelecer competição com Ford EcoSport, Lifan X60 e Renault Duster, sendo equipado com um motor 1.5 15V Flex, de 115 cv, associado a uma transmissão manual de cinco marchas, ou automática CVT.

Novo Chery Tiggo 2

O modelo conta com interior diferenciado em relação ao Celer, onde se destaca um cluster de instrumentos com elementos digitais, e, ao centro, uma central multimídia.

Novo Chery Tiggo 2


Ainda não há informações de preços, mas especula-se que as versões de acesso fiquem abaixo de R$ 60 mil reais.

Novo Chery Tiggo 2

Agradecimentos ao Lucas Vascaíno pela dica. Fotos: Instagram e Instagran Chery do Brasil

34 comentários:

  1. Parabéns a Chery pelo lançamento do Tiggo 2. É um SUV muito bonito e que veio para brigar com a concorrência.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Estava vendo preço de algumas suvs no brasil de medio porte e o preço destas Tiggo é bem atrativo, como será a mecânica dela, peças, etc?

    ResponderExcluir
  4. Bem interessante esta Tiggo, acho que pra 2018 vamos ter uma briga boa de SUVs.

    ResponderExcluir
  5. Bom produto, tem potencial para vender bem se o marketing for agressivo e tiver confirmado os preços na faixa dos 55 a 60 mil reais.

    ResponderExcluir
  6. Ihhh o bicho vai vender! Carro perfil do brasileiro!!

    ResponderExcluir
  7. Respostas
    1. Não é o mesmo do Celer, é uma atualização. Enquanto o Celer só tinha o torque máximo em 4500RPM esse já oferecerá todo o torque em 2750RPM; o torque em baixa desse bloco atualizado ficou muito bom. SQRD4G15B é o código desse motor atualizado.

      Excluir
    2. Sim. O SQRD4G15B é um 1.5 de 16V com comando variável no cabeçote e acionado por corrente. Deve manter a potência e torque do antecessor, mas continua tendo bloco em ferro fundido e pesando mais de 120 Kg.

      Excluir
    3. Sim. O SQRD4G15B é um 1.5 de 16V com comando variável no cabeçote, acionado por corrente e com taxa de compressão maior (11.4 contra os 10.5 do SQR477F). Deve manter a potência e torque do antecessor, mas continua tendo bloco em ferro fundido e pesará mais de 120 Kg (o SQR477F pesa 110 Kg).

      Excluir
  8. Parabéns a Chery pelo inicio de produção do "Crossover Compacto Tiggo 2".

    Como Jacareiense, eu me sinto orgulhoso por saber que este excelente produto Chery esta sendo produzido na fábrica Chery em Jacareí, SP.

    Tudo leva a crer, que o custo beneficio deste carro será excelente!

    Sucessos!

    Will William
    Jacareí, SP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pena que nem na cidade da fábrica existe mais revenda da marca, Jacareí-SP era pra ser o lugar com mais Chery por m² do Brasil.

      Excluir
    2. Ué, nem Peugeot, Renault tem lojas aqui na cidade e até a Volkswagen se retirou do mercado jacaeriense, mas isso não desmerece a Chery. A concessionária que atendia aqui em Jacareí tem loja em São José dos Campos, talvez por uma questão de custos acharam melhor concentrar suas operações lá.

      Bem, moro de carro cerca de 20 minutos da Chery e assim como o Will torço pela marca e que ela gere emprego e renda a cidade Jacareí.

      Anderson

      Excluir
    3. Todos nós torcemos pela marca, mas pra quem é de fora achou estranho a Nova Chery sair de Jacareí, do ladinho da fábrica.

      Excluir
    4. Era uma unidade pequena, no centro da cidade. show room e oficina separados. Inauguraram naquele boom em que a economia estava a pleno vapor. Com essa queda nas vendas preferiram concentrar os negócios em São José dos Campos, maior mercado do Vale do Paraíba. E como disse até a revenda da VW saiu aqui de Jacareí faz 1 mês. Vamos torcer para o Tiggo 2 embale nas vendas e quem sabe voltem a ter uma unidade da Chery Nova de novo em Jacareí.

      Excluir
    5. Sim, e se o New QQ até o dia 23 já vendeu 202 unidades bem capaz deste Tiggo2 vender mais de 400 unidades, mesmo antes de ampliarem a rede... Com o aumento das vendas é possível que novas revendas surjam nos principais centros do país e que as revendas que fecharam sejam reabertas, com novos ou os antigos grupos.

      Excluir
    6. Já falei que as chinesas tem que oferecer PÉ DURO, BRASILEIRO GOSTA DE PÉ DURO E PONTO.
      As montadoras nacionais já fazem isto com maestria. A Fiat só foi a primeira em vendas porque vendeu um monte aquele Palio 1.0 F(udido)IRE, de duas portas, sem direção, sem ar e sem desembaçador por R$ 24.000. Quem nunca viu um UP duas portas sem direção sem ar sem nada a R$ 30.000 com motoristas felizes. Acho que as chinesas precisam dar isto aos brasileiros eles serão felizes e os negócios vão lucrar.

      Excluir
  9. vc tem que nacionalizar não adianta trazer peças da china em quanto montar com peças chinesa a desconfiança e grande

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A nacionalização tem sido feita, com fornecedores locais já ofertando peças a marca. E outras fornecedoras são Globais, ai não importa se vem da China ou do Bra$il . Delphi, Bosch, Magneti Marelli tanto faz ser a daqui quanto a da China.

      Excluir
    2. Acho engraçado. Pois comprei uma roupa de mergulho de uma marca europeia e quando vi era feita na China. Desmontei meu capacete para higienizar e lá estava também um adesivo informando "Made in China". A maioria dos produtos que consumimos, ou vem da China, ou tem partes produzidas lá. Acredito até que as outras marcas de carros, possuam peças fabricadas na China também. Agora porque trata-se de carro fabricado por uma montadora chinesa, com peças nacionais e algumas oriundas de lá, muitas vezes por falta de fornecedores nacionais. Vão dizer que o carro não presta antes mesmo do lançamento....Ah! Vá!!!
      Os carros são ótimos!! E falo por experiência própria. Meu Celer está com quase 16.000Km rodados em menos de 10 meses e nada a reclamar. Só satisfação!!!

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    4. Já falei que as chinesas tem que oferecer PÉ DURO, BRASILEIRO GOSTA DE PÉ DURO E PONTO.
      As montadoras nacionais já fazem isto com maestria. A Fiat só foi a primeira em vendas porque vendeu um monte aquele Palio 1.0 F(udido)IRE, de duas portas, sem direção, sem ar e sem desembaçador por R$ 24.000. Quem nunca viu um UP duas portas sem direção sem ar sem nada a R$ 30.000 com motoristas felizes. Acho que as chinesas precisam dar isto aos brasileiros eles serão felizes e os negócios vão lucrar.

      Excluir
  10. Parabéns a Chery pelo novo produto. Só sugiro um marketing maciço e agressivo para conquistar clientes mais rápido.

    ResponderExcluir
  11. Muitos lisonjeo ao fabricante Chery, agora acertando no segmento, espero que haja grandes feitos tanto de Suvs e sedan. Parabéns Chery do Brasil

    ResponderExcluir
  12. Esse amor todo de alguns pela Chery é um típico caso de "torcida pelo mais fraco"...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O seu amor pela VW e ódio a Fiat é o que ?

      Excluir
    2. É garoto!! Continue pagando a exorbitância no seu golzinho meia-boca e seja feliz.
      Como disse em uma outra postagem, Já tive carros das marcas VW, GM, Ford e Fiat. E resolvi comprar o Celer após muita pesquisa e efetuar um "test drive" confesso que o carro me surpreendeu além das expectativas. É um carro excelente em tudo. Espaço interno, porta-malas, motorização, conforto, etc.
      E tudo isso a um preço que não é uma pechincha. Mas condizente.
      Agora se acha que pagar caro por um carro significa um carro melhor, siga em frente e seja feliz!!
      Mas adotei para mim o pensamento do americano. Carro não é investimento é um bem de consumo e que começa a se depreciar assim que o tiro da revendedora. O carro deve atender as minhas necessidades ( não vou comprar um subcompacto se tenho uma familia e preciso transportar bagagens) e essa história de mercado é desculpa. Pois quem faz o mercado somos nós consumidores e não as fábricas.
      Quando decidi pela compra do Velar, a vendedora me informou o preço e quando sentamos a mesa para fechar o negócio, o preço foi o mesmo. Diferente de um amigo que decidiu pela compra de um Ka+ e o vendedor lhe informou um preço pelo carro e quando sentaram a mesa para fechar o negócio, o preço do carro subiu mais R$3.000,00, porque o carro vinha com isto, mais aquilo, mais não sei o quê... Na Chery não tive sustos e as revisões são tranquilas.
      Então, antes de falar mal, faça como eu. Pesquise, conheça e faça um teste com o carro.

      Excluir
  13. bonito carro , interior moderno e muitos opcionais vai ganhar muitos clientes , dede que seu valor não ultrapasse os r$55.000.00 ,

    ResponderExcluir
  14. Tenho minha segunda tiggo, agora automática. Moro em Joinville/SC e estou muito satisfeito com o carro e também manutenção na autorizada. Sem esquecer dos 5 anos de garantia.
    Ansioso para experimentar o novo tiggo2

    ResponderExcluir
  15. Vi de perto a tiggo 2 aqui na bolivia...um carrassoooo...vale a pena sim...interior lindo motor silencioso bem aconchegante..vai vender muito no brasil!!!

    ResponderExcluir
  16. Vi de perto a tiggo 2 aqui na bolivia...um carrassoooo...vale a pena sim...interior lindo motor silencioso bem aconchegante..vai vender muito no brasil!!!

    ResponderExcluir
  17. Sem duvida o tiggo 2,Esta com o visual agradável.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.