Car.blog.br

Pesquisar este blog

Volkswagen take up 2018: vídeo, consumo, preço - detalhes

Categorias: , , 92 Comentários

O Volkswagen Up! 2018 é oferecido em quatro versões de acabamento, que relacionamos a seguir ordem crescente de preço: take up, move up, high up e cross up. Neste artigo mostramos todos os detalhes do modelo mais barato, o take up, que tem preço sugerido de R$ 37.990 reais na versão sem opcionais, mas que fica em R$ 43.240 reais no modelo mostrado no vídeo e nas fotos, pois ele conta com o pacote "take completo". O carro foi cedido pela concessionária VW V12 Motors (DF), telefone (61) 3329-9999.

VW Up! 2018 - take Up

O VW take up 2018 agora está sendo oferecido apenas na configuração de quatro portas com motor 1.0 MPI, o qual mostramos todos os detalhes no vídeo a seguir.



O take up na configuração básica vem de série com freios ABS + EBD (distribuição eletrônica de frenagem), banco do motorista com ajuste de altura, 2 airbags (motorista e passageiro), antena no teto, desembaçador do vidro traseiro, espelhos retrovisores externos com comando interno manual, iluminação no porta-malas (novidade da linha 2018), lavador e limpador traseiro, preparação para sistema de som com fiação sem alto-falantes, rodas de aço aro 14" com pneus de baixa resistência à rolagem 175/70 R14 e calotas e suporte para celular.

VW Up! 2018 - take Up

O pacote "take completo", de R$ 5.250 reais, acrescenta "easy drive" - direção elétrica, ar-condicionado com filtro de poeira e pólen, coluna de direção com ajuste de altura, travamento elétrico das portas e vidros dianteiros elétricos.

Comportamento e impressões ao dirigir

O take up é impulsionado pelo motor de três cilindros 1.0 MPI com 75 cv (G) e 82 cv (E), e torque máximo de 9,7 Kgfm (G) e 10,4 Kgfm (E), capaz de acelerá-lo de 0 a 100 km/h em 12,6 segundos com gasolina, e 12,4 segundos com etanol.

VW Up! 2018 - take Up - motor 1.0 MPI - consumo

O consumo do take up 2018, segundo o INMETRO, é o seguinte: Etanol - 9,6 km/l (cidade) e 10,6 km/l (estrada); Gasolina - 14,2 Km/l (cidade) e 15,3 Km/l (estrada).

VW Up! 2018 - take Up

No pequeno percurso que fizemos com esse exemplar do take up ficou claro que o novo volante tem uma pega melhor que o anterior, ampliando o prazer ao dirigir. Além disso, notamos que a suspensão  está mais confortável, absorvendo as irregularidades do piso com competência - parece ter sofrido um ajuste para melhorar o conforto, já que o passeio está mais macio e suave.

VW Up! 2018 - take Up - interior

O modelo que avaliamos conta com direção com assistência elétrica, extremamente leve, e o ar-condicionado tem capacidade de refrigerar a cabine em um curto espaço de tempo, mostrando-se muito eficaz.

VW Up! 2018 - take Up - interior

Em relação ao desempenho, evidentemente ele não tem a aceleração do Up! TSI (veja avaliação aqui), mas este modelo jé oferece um nível de performance muito além de qualquer outro carro com motor 1.0L. Ao andar neste Up! tem-se a impressão de estar em um veículo com propulsor ser entre 1.4L e 1.6L, tamanha é sua agilidade em trânsito.

VW Up! 2018 - take Up - interior

Há boa oferta de torque em todos os regimes, fazendo do take up 1.0 MPI um carro prático no dia a dia, por sua agilidade. A embreagem é muito macia e leve, tornando o processo de acionamento imperceptível. Junte-se a isso o câmbio de engates curtos, leves e precisos, e temos um carro que, mesmo básico, é muito agradável de ser conduzido.

VW Up! 2018 - take Up - porta-malas com 285 litros

Outro ponto que chamou a atenção é o silêncio interno - notável para um carro de acesso, e também a tradicional rigidez torcional da carroceira. Não se sente vibrações no interior, evidenciando um bom isolamento da carroceria em relação ao motor de três cilindros - o qual tem um funcionamento muito suave e agradável.

VW Up! 2018 - take Up - interior

O destaque dessa linha 2018 fica por conta do suporte de celular, muito prático e ajustável, permitindo usar smartphones de muitos tamanhos, mesmo os maiores, não sendo necessário a retirada da capa protetora.

Novo Up! 2018 - detalhes internos

Sente-se falta nesta versão "completa" de um sistema de som básico, ou mesmo de um aplicativo que permitisse estabelecer uma conexão com o sistema do carro sem o sistema de som - como acontece no Fiat Mobi com o sistema Live On.

Up! Connect

O Up! 2018 está sendo oferecido em uma versão especial de lançamento chamada Up! Connect, que é baseada na versão Move Up! TSI.

Novo Up! 2018 Connect

Essa versão vem com uma decoração externa diferenciada, com o teto pintado de preto, rodas com pintura diamantada e faixas laterais com emblemas alusivos à versão.

Novo Up! 2018 Connect - interior

Além disso, a partir da versão Move, na qual esta versão Connect é baseada, ele passa a vir com o sistema de iluminação ambiente em LED, o qual confere um aspecto de mais requinte e sofisticação ao interior.

Novo Up! 2018 Connect - interior

Nessa versão Connect, o Up! vem com também de série com o sistema "Composition Phone", que permite a integração de um app de celular com o sistema do carro, chamado "Maps + More", o qual contempla sistema de navegação por GPS "off-line", entre outros recursos.

Novo Up! 2018 Connect - interior - iluminação ambiente em LED

Essa versão vem também com detalhes internos em black piano na parte central do painel, volante com comandos multifuncionais entre outros recursos.

Conclusão

O VW Up! é um dos - se não o melhor - modelos compactos à venda no mercado brasileiro. Já era assim em 2014, quando foi lançado, e agora ficou ainda mais interessante.

VW Up! 2018 - take Up

Continua ágil, veloz, muito econômico, silencioso, com ótimo acabamento interno e extremamente prazeroso de ser conduzido.


Mas, nesta linha 2018, o take up acrescentou uma estética mais esportiva e sofisticada, um volante ainda melhor e recursos adicionais de praticidade, como a luz no porta-malas e o suporte de celular.

92 comentários:

  1. Duas coisas faltaram no Take. Um som, como opcional. Um conta giros. Coisas que o Gol Trendline tem, e não iria encarecer. Coisa de alemão...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essas lanternas traseiras ficam muito toscar no branco. Deixa o carro parecendo um playmobil.

      Excluir
    2. Economia porca, o custo desse sistema são muito baixos em relação ao valor de aquisição do veículo.

      A política é: "Cape tudo o que der"

      Rs

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    4. Correção: "o custo desse sistema é muito baixo..."

      Excluir
    5. Não tem nada a ver com custo.
      O custo desses equipamentos é ínfimo na linha de produção. E se quisessem repassar, não aumentaria nem R$ 300 o preço do carro.

      Eles fazem isso para forçar a pessoa a comprar a versão Move, ficando o Take somente atrativo para frotistas.

      Ou, na pior das hipóteses, o vendedor da concessionária dá um radinho Multilaser de presente, instalado mediante emenda com fita de eletricista.

      Olhe esses puxadores de porta pretos. Você acha que custa pra pintar isso? Eles desperdiçam tinta e verniz pra pintar por dentro do capô (idiotice) e não pintam as maçanetas. É de propósito...

      Excluir
    6. como proprietário de um take up! farei um breve relato sobre o carro que atualmente está com 50.000km.
      oque o carro tem de positivo?
      CONSUMO : média de 18.8 km/l na estrada com etanol e 22.7 com gasolina.
      Nao existe barulho de acabamento. continua como 0km
      segurança 5 estrelas! um carro superior aos seus concorrentes!
      desempenho por ser 1.0 anda muito bem.
      direçao elétrica fácil para manobras
      porta-malas tem um bom espaço.
      alem de outras coisas
      LADO NEGATIVO DO CARRO:
      painel de instrumentos muito simples! nao tem conta giros . computador de bordo. a maçaneta interna preta dificulta a visualizaçao da mesma de noite . sem iluminaçao nos botoes do vidro elétrico. tecido do banco suja muito fácil. sem iluminaçao no porta malas, o porta-luvas do meu carro travou e nao abre vou ter que trocar a peça toda, banco traseiro deveria ser bipartido pois faz muita falta! coisa que o modelo europeu tem e seria bem vindo ao nacional. A RESPEITO DO MODELO 2018 (TAKE) PODERIA VIR COM O PAINEL DE INSTRUMENTOS DO MOVE NESSA VERSAO DE ACESSO! E O RESTANTE COM O NOVO PAINEL

      Excluir
    7. o painel a qual me refiro e do modelo antes da reestilizaçao

      Excluir
    8. 18,8 km/l no álcool só se for em cima de um caminhão...
      O cara anda com o carro a 60km/h no plano, com ar desligado em 5a marcha só para falar que o carro é ultra econômico... klkk

      Excluir
    9. Essa pobreza no interior é que mata. Não acredito q a VW não mudou isso.

      Onix, HB e Ka agradecem...

      Excluir
  2. Indiscutível o melhor da categoria, só não compra quem não quer conhecê-lo.

    ResponderExcluir
  3. Cara ficou bonito o Up! Take. Gostei, pq a geracao anterior era singela demais. Vai da um abalo no mobi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. realmente agora ta lindo mudou radicalmente nao eh

      Excluir
    2. Cara, só mudou os para-choques, volante, aquela fita isolante na lanterna e a calota.
      o que vem de novo que não tinha é o suporte do celular e a luz no porta malas, só, mais nada!
      43 mil o take completo, sem conta giros e som ta bem caro.

      eu paguei a um ano o take completo por 37 mil...

      Excluir
  4. Eu gostaria que o carro tivesse regulagem dos cintos de segurança e função one touch do vidro elétrico do lado do motorista, essas duas coisas fazem muita falta, o sistema one touch tem como instalar já a regulagem não, minha mãe sempre fica com o cinto raspando no pescoço, isso pra mim seriam dois pontos fundamentais a serem modificados.

    ResponderExcluir
  5. O vw up e o melhor sub compactor do nosso mercado automotivo, infelizmente quem não consegue ver e intender isso e um sujeito que é sego por opção, e quanto a esse tipo de gente não ha nada que se possa fazer, mas o bom mesmo disso tudo e que eles se jugam os mais espertos, inteligentes, sábios e sortudos por suas escolhas de jirico. mas gosto e igual a bunda cada um tem o seu, num e mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. realmente so compra esse carro pessoas q tem um portugues fino como o seu ahhahahha

      Excluir
    2. Esse manja muito! Só "sego" mesmo não vê! Aulas de protuguês e concordância urgente, rapaz!

      Excluir
    3. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk repassem o texto aí vocês. rsrsrsrsrsrsrs

      Excluir
  6. Esse Take Up! tá esquisitão, melhor fazer aquela forcinha marota, pagar 5k a mais e levar o Move. O Move Up! é a melhor versão. A High a 57k soa indigesto, 57k nesse carro é demais.

    ResponderExcluir
  7. Ainda sem conta giros na versão take em pleno 2017..tsc tsc tsc..
    Lamentável!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pé de boi demais, VW está de brincadeira.

      Excluir
  8. a vw pisou na bola nessa versão. Manteve o painel e os mostradores antigos. Outra coisa, o carro não tráz nem um tipo de sistemas de siom. Fica claro que querem forçar a venda da versão mais cara.

    ResponderExcluir
  9. Colocam um luz ambiente de led nas versões TSI, que, na prática, na prática, não serve pra nada, mas colocar iluminação noturna dos comandos dos vidros e travas, que tem muito mais utilidade no dia-a-dia, não colocam. Vai entender....
    Eu partiria para a versão move, bem mais completa que a take "completa.

    ResponderExcluir
  10. 43 mil com esse acabamento interno?! Vai continuar vendendo pouco. Quando vc lê a conclusão da matetia vc sabe exatamente em que blog esta.

    ResponderExcluir
  11. É o melhor da categoria ? Sim...
    Tem coisas a melhorar ? É lógico que sim...
    Coisas que particularmente não gosto no modelo é o fato de não ter sequer uma proteção no porta-malas, lataria toda aparente (não me venham dizer que é design ali como nas portas). E o fato de não ter sequer o espaço para colocação de farol de neblina, nesta versão o cara se quiser tem que trocar depois o para-choque.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "-Em relação ao desempenho, evidentemente ele não tem a aceleração do Up! TSI (veja avaliação aqui), mas este modelo jé oferece um nível de performance muito além de qualquer outro carro com motor 1.0L.". Muito além ? Puxa.....não é o que diz a esmagadora maioria dos testes divulgados nas outras mídias.

      Excluir
    2. O desempenho do Mobi Firefly e muito além do Up aspirado!!! Melhoras números no 0 a 100 km/h e nas retomadas de velocidade. Além disso é mais econômico!!!
      Logicamente a qualidade construtiva do Up é superior.

      Excluir
    3. O problema do Mobi Firefly é o que vem junto com o motor kkkk

      Excluir
    4. O motor é fantástico!!! Assim como o 1.3 Firefly que rende 109cv (o mais potente no segmento dos 1.3 e 1.4 aspirados). Ambos excelentes no quesito economia.

      Excluir
    5. Mas segundo o Carlos italiano não sabe fazer motor.

      Excluir
  12. É uma afronta ao consumidor brasileiro essa aberração de take up , apenas olhem no configurador dá vê alemã e vejam que o up mais básico vem com o painel novo e com conta giros. Vê brasileira é porca estragar uma maravilha mecânica com esse interior medíocre

    ResponderExcluir
  13. Quem gosta de Carrinho é adolescente,homem gosta de Civic geração 10.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E eu sempre achei que homem gostava é de mulher, veja só...

      Excluir
    2. Pergunte pra sua mãe se ela gosta do Civic... descobrirá ter dois pais.

      Excluir
  14. R$ 43240,00 num carro 1.0 aspirado sem pelo menos um rádio? Quando o brasileiro começar a pensar e deixar de ser preconceituoso verá que não vale a pena...tem New QQ por R$ 29900,00 completo, inclusive com som e rodas de liga leve...é MUITA diferença de preço...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não precisa ser o QQ um HB 20 empetecado e todo rebuscado tem rádio e custa 42500

      Excluir
    2. Na verdade o Ka está saindo a 39.900, a versão básica que já vem bem completa, muito mais negócio, esse preço deveria ser o Move.

      Excluir
    3. Exatamente Nivaldo e Leonardo só lembrado que no jornal que assino todo domingo está lá o anúncio do HB20 a 39.990.

      Excluir
  15. A VW está pirada vai destruir as poucas vendas do up! O mesmo que está fazendo com o resto da linha, preços fora dá realidade e carros pobres demais. Se paga um absurdo e não se coloca radio, e ainda fazem uma versão absurdamente distante dá outra move up mpi com 5000 de diferença só pró vendedor falar não compensa pegar a take pague 5000 a mais e pegue a equipada ! Até quando vão ter essas práticas ridículas ?

    ResponderExcluir
  16. bom esse consumo esta errado
    moro numa cidade de 160.000 habitantes o transito é travado, e tenho um UP Take completo 2016, e não adianta na cidade 11,5na gasolina e na estrada sim 14,8 a 15,9
    mas esta caro esse take

    ResponderExcluir
  17. A VW está pirada vai destruir as poucas vendas do up! O mesmo que está fazendo com o resto da linha, preços fora dá realidade e carros pobres demais. Se paga um absurdo e não se coloca radio, e ainda fazem uma versão absurdamente distante dá outra move up mpi com 5000 de diferença só pró vendedor falar não compensa pegar a take pague 5000 a mais e pegue a equipada ! Até quando vão ter essas práticas ridículas ?

    ResponderExcluir
  18. Sou fã do UP! estou no meu 3º, mas nesse preço, perto da concorrencia não dá!!!! VW ACORDA!!!!

    ResponderExcluir
  19. em Dezembro 2015 comprei um TSI com um bom desconto e paguei 39500,00 hj com esse valor não compro um TAKE!!!! tão de brincadeira né. por isso que um amigo que trabalha na fábrica fica se borrando com medo de perder o trabalho!! pq vender carro com esses preços só pra Fan Boy alienado

    ResponderExcluir
  20. Tbm sou fã do up, mas esses preços estão totalmente fora da realidade. Pior o TSI que custa, "completo"(mas sem vidros elétricos traseiros, one-touch, alças de segurança para os passageiros de trás, etc) 60k.
    Um absurdo total.

    ResponderExcluir
  21. A VW reposicionou o Up! como compacto premium. Podem ver que a maioria das versões agora é TSI.
    Quem quer custo x benefício, tem a take up, que não teve aumento de preço. E o preço desta take é competitivo com o mobi drive, que é infinitamente pior que o up.

    O Up! é e sempre será mais caro que o resto dos concorrentes, por uma simples razão: ele é muito superior aos demais.

    Qual concorrente oferece um motor tsi, turbo de injeção direta? NENHUM, zero. Então só tem o Up! com tal tecnologia.

    Qual concorrente oferece uma carroceria com nível de segurança do Up!? Nenhum, zero. Então o up! é o único carro compacto world class no Brasil.

    Qual concorrente oferece o nível de acabamento do Up!? Nenhum, zero.

    O povo fala dos 56k do High-Up completo, esquecendo-se que é um carro com motor turbo flex com ijeçaõ direta, bancos em couro, sistema de som composition phone, sensor de chuva, sensor crepuscular, sistema de iluminação ambiente em LED. E é um carro que anda como um 2.0, e é o mais econômico do Brasil.

    O Up! é um produto de altíssima tecnologia, segurança. Não há concorrentes para ele no mercado. NENHUM chega nem perto.

    Então, cobra-se caro mesmo. Produto bom, é caro. É como um Audi, BMW e Mercedes. São mais caros que o resto. O Up! é mais caro que o resto. Ele deve ser mais caro, pois é único, melhor, e incomparável.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Carlos concordo plenamente como tudo que disse.... porém tenho Move Up TSI 15/16 e fiz alguns caprichos por ter criança pequena e utilizar o carro no dia a dia, instalei o vidros elétricos traseiros e com ele veio também a subida automática de todos os vidros mas eu acho que esse recurso já deveria vir no top de linha mas não troquei ainda o meu por um 2018 por essa falha da VW.

      Excluir
    2. Fabio, seu vidro eletrico tem sistema anti-esmagamento?

      Excluir
    3. Esquece. A VW não vai colocar vidro elétrico traseiro no Up!. isso é uma bobagem que só aparece em comentários de haters de internet. As pesquisas da VW não apontam que o consumidor do Up! dá importância a isso.
      O carro não tem projeto para isso. O sistema elétrico não é projetado para ter vidros elétricos traseiros, pois na Europa nem basculante é. Ficaria caríssimo para colocar, sem que haja um real interesse do consumidor por isso. Tanto é assim que o mobi, que usa a mesma plataforma do Uno (que tem opção de vidros atrás) também não oferece em nenhuma das versões.

      Esse papo de vidro elétrico traseiro no Up! é mimimi de mané que não tem dinheiro para comprar o carro.

      O Up! é um carro classe mundial, 5 estrelas em segurança, motor turbo de injeção direta, plataforma global, puta acabamento.

      Isso é o que interessa. O resto é mimimi.

      Excluir
    4. Mais acredito que os vidros elétricos traseiros iriam bem nele, sendo que o gol um projeto Jurássico que agora se posiciona abaixo do Up tem, essa pesquisa de mercado da VW esta falha ao pensar que o consumidor gosta das manivelas no banco traseiro.

      Excluir
    5. As pesquisas da VW indicam que quem vai atrás quer ficar musculoso e não liga pra manivela. Kkk

      Excluir
    6. Opa Diego não tem anti esmagamento mas o sistema é bem eficiente e one touch para as 4 portas, pois quando fui retirar o carro ainda não estava na nova legislação do anti esmagamento mas sei que algumas ccs ja estão disponibilizando com Anti-esmagamento. Adoro meu carro... tenho outros carros de plataforma global mas esse motivo pra quem utiliza um urban car é essencial nem tanto pelos passageiros mas pelo fato de estacionar e esquecer aberto mesmo, tive outros modelos de vw. Polo, Golf, Bora, fox e Gol G5 ja tinha de serie nas versões tops, acredito ainda que a vw vai disponibilizar futuramente e deixar de ser acessorio.

      Excluir
    7. High Up completo 60 mil e não 56 mil.

      Excluir
    8. Quem concorre com o Mobi Drive é o Move Up,o Take concorre com o Mobi de entrada que além de não ter desembaçador e limpador traseiro de série,não tem ar condicionado e direção hidráulica ou elétrica nem como opcionais.
      fora o motor jurássico

      Excluir
  22. O destaque deste carro é um penduricalho pra celular no painel...

    Já diz tudo.

    ResponderExcluir
  23. A VW Afirma que o Up subiu de categoria, agora é um compacto Premium, daqui 2 anos estará substituindo o Fusca.

    O Gol virou novamente o Pé de Boi definitivo, junto com o Take Up.
    Penso o que sera do Fox quando o Novo Polo chegar?

    ResponderExcluir
  24. Premium aonde??? Esse take eh uma piada. Cidadão entra na ccs pra comprar um popular na faixa de 40 a 44 mil, entra no up, no Ka, no Onix, no Hb20 e no Sandero e no final nem lembra mais que entrou no Up. Outra, com o valor do High compro uma Hb20 automatico sem pestanejar, eu e o resto dos brasileiros. Por isso que o Up não vende.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até vc bater e morrer dentro de um desses carros, dai sua familia vai se questionar pq vc preferiu um carro cheio de botões a um com 5 estrelas no latinncap :).

      Excluir
    2. Realmente, a vw tentando empurrar subcompacto de entrada como compacto premium é o fim. A versão topo é uma piada, os concorrentes são bem mais refinados nessa faixa de preço, o Up! é um mero popular.

      Excluir
    3. ^^ típica vítima do sistema educacional brasileiro, que não é capaz de distinguir emperiquitamento de refinamento.
      Esse pessoal menos aquinhoado no quesito QI e cultura acha que: "muitas luzes picantes e botões = tecnologia" e que "um monte de plástico duro = luxo". Rá..Rá.

      Refinamento tem o Up!, com sua plataforma 5 estrelas, 17.800 Nm/grau de rigidez torciona, menor por fora, maior por dentro, com motor turbo flex de injeção direta.

      isso é refinamento. O resto é emperiquitamento e enganação, para enganar os brasileiros pouco instruídos.

      Excluir
    4. Não estou falando de mecânica e sim de design, acabamento, e itens de conveniência e nisso tudo o UP! deve muito.
      Nada disso muda o fato dele ser um mero carro de entrada, para quem realmente que algo simples. Agora para quem quer mais que um meio de transporte, sinto muito...

      Excluir
    5. Mas é em design e acabamento mesmo e itens de conveniência que o up! HUMILHA os concorrentes. O Up! tem 3.6 metros de comprimento e mais espaço interno que o ka, que o HB20. O Up! tem 285 litros de porta-malas, enquanto o Ka não passa de 257.

      O Ka enche de ruídos internos e vem todo desalinhado, enquanto isso o Up! é uma peça de mármore macico de tão rígido.

      Veja a lataria do Ka.

      https://www.youtube.com/watch?v=S3LAdMz5F-Q

      O Up! tem design superior a HB20 e Ka, já foi demonstrado cientificamente, veja:

      http://www.car.blog.br/2015/05/volkswagen-up-design-superior-ao-do.html

      O Up! é um carro feito na Alemanha para ser vendido para europeus.

      O ka é um carro feito na BAHIA para ser vendido para cucarachas brasileiros.

      O Hb20 é outra bomba. Sem espaço interno, sem visibilidade, bebe como um petroleiro.

      O Up! é superior ao Hb20 e ao Ka EM TUDO.

      Excluir
  25. Ta...o Up agora eh um tanque de guerra..alem de ser "premium".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda bem que não é um tanque!Mas é 5 estrelas no latinncap. E concordo com o carlos ai em cima: "isso é refinamento. O resto é emperiquitamento e enganação, para enganar os brasileiros pouco instruídos."

      Só pra te ajudar na informação: o Up! tem coeficiente de 17.800 Nm/grau de rigidez torcional. Só pra comparativos, o Focus tem 18 mil e pouco. Ou seja, não é um carro para se comparar, DE FATO, com Ka, Onix, Sandero, etc... Brasileiro compara pq brasileiro não sabe o que todos esses números significam: só estão interessados em comprar carros pra mostrar para o vizinho.

      Excluir
    2. Ford Ka? Que piada. O carro vem com lataria toda torta desde 0 km, veja:

      https://www.youtube.com/watch?v=S3LAdMz5F-Q

      O Ford Ka com menos de 5.000 km enche de barulhos internos, parecendo uma escola de samba.

      https://www.youtube.com/watch?v=iCknf1OtaSE

      Enquanto isso, o up! com 100.000 km está íntegro e seguro.

      Pense em um Ka se vc quer um carro boqueta, mal feito, todo torto e que enche de barulhos com poucos km.

      Excluir
    3. Carlos concordo que o up tem mecânica e excelência em várias coisas, mas pq a versão take ficou diferente dá take europeia ? É pq a move ficou igual ? Isso se resume a VW não querer investir em um pouco mimos na versão de entrada

      Excluir
  26. Legal, mas me ve um ka SE aí .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ford Ka? Que piada. O carro vem com lataria toda torta desde 0 km, veja:

      https://www.youtube.com/watch?v=S3LAdMz5F-Q

      O Ford Ka com menos de 5.000 km enche de barulhos internos, parecendo uma escola de samba.

      https://www.youtube.com/watch?v=iCknf1OtaSE

      Enquanto isso, o up! com 100.000 km está íntegro e seguro.

      Pense em um Ka se vc quer um carro boqueta, mal feito, todo torto e que enche de barulhos com poucos km.

      Excluir
    2. Minha tia pegou um Ka 1.5,falei pra ela ir de Up tsi,sabe o que ela falou"quero distância de carro 1.0",ela critica sem conhecer,se ela tivesse feito o test drive no Up tsi,ela não tinha pego o ka

      Excluir
  27. Vidros elétricos traseiros: "O carro não tem projeto para isso." Esse é o motivo de não ter vidros elétricos traseiros. Na Europa de clima frio bastou janela tipo basculante. Coisa que nesse Brasil muito quente não é possível, precisamos de janelas que abram e vidros elétricos traseiros todo mundo quer; porque a maioria dos carros tem isso!
    mimimi

    ResponderExcluir
  28. Não visto camisa de empresa ou produto algum, muito menos sou daqueles parecidos com "jogadores de Supertrunfo", que fazem comentários apenas lendo ficha técnica. Possuo um Move Up! TSI 16/16 e posso lhes garantir que o veículo como um todo, do projeto à sua construção, é de um refinamento não encontrado em absolutamente nenhum produto em sua faixa de preço. Não que isso tenha sido novidade para mim, pois comprei o Up! exatamente por ser um projeto europeu feito para o mercado global, o que não ocorre com outros produtos (ou seriam gambiarras?) existentes em sua faixa de preço (leia-se Gol, Palio, Onix, HB20 etc). Ainda que existam falhas, a VW não é inocente nem burra. Sabe que possui um produto singular, e por isso, cobra mais caro por ele.

    ResponderExcluir
  29. Nesse fim de semana fiz um test drive no Move Up TSI 2018 vermelho flash. Atualmente tenho um Fox 1.6 2014, completo com pacote Urban & Sound. Gostei muito da reestilização interna e externa. Ainda dentro do saguão da concessionária ao acionar a chave, o up ligou num triz, absolutamente silencioso, sem vibração alguma, tive dúvidas se ele estava mesmo ligado! Tal a suavidade do motor. Tirei a dúvida ao acionar a embreagem e ele começou a se mover.
    Fiz um trajeto de rodovia dentro do perímetro urbano, com asfalto muito trincado e que causa muita vibração nos carros; andei com janelas abertas e depois um trecho com elas fechadas; por um amplo pátio de um posto de combustível calçado de pedras irregulares. Pude perceber que é macio, absorve bem as irregularidades, mostrando-se silencioso. E impressiona muito a sua rigidez estrutural, como um monólito mesmo! Como diz o Carlos e outros em seus vídeos de teste. Combinado a isso um pequeno toque a mais no acelerador ele responde firme e impetuoso! Divertido. O carrinho é fenomenal!

    ResponderExcluir
  30. Realmente, o up é fantástico, principalmente o TSI, sem igual.
    Ele é seguro, econômico, confortável e tem um design contemporâneo. Suas qualidades são insuperáveis por qualquer concorrente do segmento no mercado nacional.
    Mas esta versão take, realmente, está caríssima. É incompreensível um carro de 42k vir sem som, sem contagiros, retrovisores com comandos manuais e com esse acabamento que, apesar de perfeito, peca pela simplicidade em exagero.
    Concordo que a VWB reposicionou o carrinho num segmento premium e deixou o gol como veículo de entrada da marca.
    Mas, mesmo a versão mais completa, a high, não tem vidros elétricos traseiros, one-touch, alças de segurança para os passageiros de trás, muito menos iluminação noturna dos comandos dos vidros/travas, no porta-luvas e no teto central.
    Paga-se 60k, mas o carro vem sem esses itens, mas vem com uma inútil, a meu ver, iluminação de led no painel.
    O carro vai virar carro de nicho, e seu público-alvo, deve ser àquele consumidor de um nível sócio-econômico mais alto, que não se importa em pagar mais pela qualidade do up.
    Agora, essa versão take, qual será o público-alvo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse take tem dois destinos abaixar o preço ou morrer. Ninguém vai deixar de pagar 5000 a mais pelo move parecem carros diferentes.

      Excluir
    2. O Take não tem computador de bordo ou conta giros.

      Excluir
  31. Vidro traseiro elétrico nos dias de hoje tem que ser padrão, usar a desculpa sem fundamento que não faz parte do projeto é besteira, o carro ficou maior que o europeu (projeto alterado para o Brasil) e um simples vidro elétrico foi deixado de lado.

    Se percebe que é fácil e barato instar "por fora", funcionamento perfeito, vai ser meu próximo upgrade.

    Dou carona todos os dias no up! e é um saco não ter esse item, fora as vezes que deixam o vidro entreaberto e não percebo, complicado.

    Sobre o novo banho estético, sinaleiras de mal gosto com área visual ativa (iluminação) reduzida, até que enfim um volante com funcionalidades além da buzina.

    No geral me agradou mas nada justifica trocar por esse novo modelo quem já tem o atual, claro que se tiver dinheiro sobrando é uma oportunidade.

    ResponderExcluir
  32. Tenho um Up Take 14/15, com todos opcionais. Comprei zero por 34 milhas. Nao vi nada de diferente e que justifique a diferença de preço e que me faça querer trocar por esse novo modelo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comprou um ótimo carro por um preço razoável muito diferente desse novo take um ótimo carro por um preço idiota

      Excluir
    2. O pior, reparem que não mudou nem mesmo o desenho mais quadrado do quadro de instrumentos, continua o mesmo.
      A VW ja esta fazendo aquilo que ela adora, fazer, um modelo do carro bem pobre só para ser mais barato e constar os números de vendas.

      Excluir
  33. A VW fez essa pesquisa sobre vidro elétrico onde? O básico de um carro hoje é no mínimo ar condicionado, direção h, air bag, abs, limpador e desembaçador traseiro, som mp3 com usb, trava e alarme,retrovisores elétricos, vidro elétrico nas 4 com onetouch e ainda disco nas 4. Menos que isso é retrocesso.

    ResponderExcluir
  34. O Up GTI poderá sair agora que o parachoque foi prolongado (quando o golf tsi foi lançado explicaram que os radiadores foram aumentados e não caberiam no cofre do Up)? Se desse, bem que a vw poderia lançar o gti completaço, esp, vidros one touch geral, DLR, um verdadeiro mini golf.

    ResponderExcluir
  35. Carlos4Patas o meu Corsa 2002 tem a iluminação no porta-malas há décadas coisa que o super-hiper-mega-plus Up! tem somente na linha 2018 kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O meu Corsa tem graduação na inclinação do encosto do banco traseiro, onde você consegue aumentar ou diminuir a capacidade volumétrica do porta-malas. Isso é muitíssimo mais útil que esse sistema S.A.V.E., que na minha opinião é muito mais marketing do que facilidade.

      Excluir
    2. Que a Fiat copiou e colocou no Mobi como cargo box.
      pqp comparar corsa com Up é foda

      Excluir
  36. Respostas
    1. Tem sim, não viu? Fica atrás do suporte de celular. Se não enxergar novamente, procure um oftalmologista.

      Excluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.