Car.blog.br

Pesquisar este blog

Volkswagen Amarok 2017: lançamento no Brasil - preços

Categorias: , , , , 10 Comentários

A Volkswagen do Brasil lança oficialmente no mercado nacional a linha 2017 da picape média Amarok - veículo que chega com facelift externo e novo interior, além de inovações em termos de tecnologia e conectividade.

Volkswagen Amarok 2017

A VW Amarok 2017 é oferecida nas seguintes versões: S cabine simples: R$:$ 113.990 reais; S cabine dupla: R$ 126.990 reais; SE: R$ 130.990 reais; Trendline: R$ 148.990 reais; Highline: R$ 167.990 reais e Highline Série Extreme: R$ 177.990 reais.

Volkswagen Amarok 2017

A picape da VW tem como principal inovação no interior um painel redesenhado, com linhas horizontalizadas, e que contempla o sistema multimídia com espelhamento de celulares com as plataformas MirrorLink, Google Android Auto e Apple Carplay.

Volkswagen Amarok 2017

Há ainda bancos com ajustes elétricos, seletores de trocas de marchas manuais no volante e a adoção do sistema Post-Collision Breaking (frenagem automática pós-colisão) para os freios, como aperfeiçoamento de segurança.

Volkswagen Amarok 2017

Todas as versões da Amarok passam a ser equipadas com sistema de alarme acústico e visual para os cintos de segurança não afivelados nos bancos dianteirosm enquanto o modelo topo de gama, Highline, assim com sua série especial Highline Extreme, trazem ainda o indicador de pressão dos pneus, airbags laterais de tórax e de cabeça para motorista e passageiro, faróis bixenônio em LED, faróis diurnos e tomada de 12V posicionada atrás do apoia braço dos bancos dianteiros.

Vídeo - VW Amarok 2017



Mecânica



A VW Amarok S, versão de entrada, tem motor 2.0 turbodiesel de 140 cavalos de potência, associado a uma transmissão manual de seis velocidades. Já as demais configurações contam com o 2.0 bi-turbo diesel de 180 cv. A SE também tem câmbio manual, enquanto as demais saem de fábrica com transmissão automática de oito marchas.

Postagens relacionadas:

10 comentários:

  1. Incrível como os motores da Amarok estão muito à frente da concorrência.

    O motor do modelo de acesso, com um turbo, tira 140 cv. Mas o mais
    impressionante é o 2.0 Turbo Diesel de 180 cv das demais versões.

    É impressionante o motor 2.0 bi-turbo da Amarok tem 4 cilindros, e mais potência que todos os concorrentes. O motor da Toro e Compass, 2.0 diesel, tem 170 cv. A Ford precisa de um 3.2 Turbo Diesel para tirar 200 cv do motor, nada menos que 60% mais deslocamento volumétrico.

    A Toyota Hilux usa um 2.8 (40% a mais de deslocamento) para tirar 177 cv.

    Em resumo: o motor 2.0 Turbo Diesel Bi-turbo da Amarok ainda é, depois de 7 anos de mercado, o que tem a potência específica mais alta do mercado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente a Amarok é uma boa pickup, porém nesse segmento o número que devemos olhar é referente ao torque e nesse quesito as concorrentes (Hilux, S10, Ranger, Frontier, L200) estão na frente.

      O destaque da Amarok com certeza é a tração integral permanente mas que peca em não oferecer o 4x4 reduzida (A VW afirma que a primeira marcha faz essa função mas na prática não é eficiente), o cambio também é de aplaudir. Se não me engano, a nova L200 Triton possui um sistema de tração que agora também permite rodar 4x4 o tempo inteiro.

      Mas o mercado de pickups no Brasil é bastante tradicional, a confiabilidade, manutenção barata e ótimo pós-venda faz a Toyota dominar o segmento diesel, apesar de não ser a camionete que oferece melhor desempenho e melhor tecnologia.

      Espero que a VW traga a versão V6 e também tenha resolvido o problema crônico da Amarok em relação a correia dentada, como disse anteriormente, o mercado é bastante tradicional e a falta de confiança com certeza faz o número de vendas abaixar.

      Excluir
    2. Eu acho que vc esqueceu da s10 meu caro,que é a picape média
      atual que oferece o melhor desempenho!

      Excluir
    3. A Amarok tem a reduzida, mas é uma reduzida automática. É um sistema muito mais avançado que o das concorrentes, que ainda exigem a comutação manual da reduzida.

      No caso da Amarok, o próprio sistema de tração 4Motion avalia a condição de via e aplica a relação reduzida sob-demanda, de forma autônoma, muito mais eficiente que a comutação manual.


      A Amarok é de longe a mais avançada das picapes. E não há problema de confiabilidade algum com ela. Nem mesmo de correia dentada. A única questão são as primeiras Amarok usadas dentro de minas de minério de ferro, que tiveram problemas nas primeiras unidades de 2009 e 2010, que fez a VW recomendar troca de correia dentada para as picapes que são usadas nessa situação, em minas de minério de ferro, a cada 10.000 km.

      Em todos os demais usos, inclusive de off-road pesado, nunca houve problemas com a correia dentada. ZERO.

      Mas isso há muito tempo foi resolvido. Hoje a Amarok conta com garantia de 3 anos e até 100.000 km (em uso comercial), com o pós-venda mais barato do segmento.

      E o pós-venda da Amarok é mais barato e mais eficiente que o todas as demais picapes, até mesmo porque ela demanda revisões anuais ou a cada 10.000 km.

      E até hoje não há nenhuma picape no mercado com o mesmo comforto, e sofisticação da Amarok. Zero.


      A Amarok é tão mais avançada que as concorrentes, que nem a Hilux 2017 chegou ainda no nível da Amarok.

      E, sobre motor, a Amarok 2.0 Bi-turbo de 180 é de longe a picape mais rápida e mais econômica do mercado.

      Excluir
    4. Carlos, eu tenho uma Tiguan 14 e sonho em comprar uma Amarok 17. Tens ideia por que a desvalorização dela é tão alta (>16%)? Está relacionado ao preço de peças, atendimento ou algo assim?

      Excluir
    5. A desvalorização da Amarok é uma das menores que tem.
      O número que saiu na Auto Informe, de 16%, está errado, pois a metodologia de cálculo induziu ao erro.
      Ocorre que em 2015 a Amarok, em função do facelift próximo, já estava sendo vendida com muitos descontos. Então, uma picape de tabela de 170k, já estava sendo vendida a 143k.
      Aí o sujeito que comprou essa picape a 143k, vende depois de um ano a R$ 131k, tendo uma desvalorização de 8,2% (menor do mercado). Mas os caras calculam a desvalorização sobre os 170k, então dá os 16%.
      È errado. O consumidor teve apenas 8% de desvalorização, e não 16%.

      A Amarok é a que tem a menor desvalorização de mercado, pois ela tem excelente pós venda, conforto de carro.
      Mas aí a Auto Informe compara o R$ 124k do valor da 2015 usada, com os R$ 170k do zero (que já está sendo vendida a 150k).
      Aí eles calculam o preço da usada com a da 0KM cheia. E dá os

      Excluir
    6. E o 2.0 turbo de 140cv é o que? é o símbolo da eficiência? Cê não acha pouco 140cv pra empurrar 2 toneladas??

      Excluir
    7. eu ja fiz test drive na amarok na s10 ranger e hilux e tenho que discordar em relaçao ao desempenho eu considerei um desempenho mediano pois a hilux achei fraca e a s10 achei ela muito forte,e varias pessoas comentaram isso em termos de consumo realmente a amarok teve medidas melhores

      Excluir
    8. entao e a amarok precisa de dois turbos para gerar 180 cv

      Excluir
  2. A Amarok nunca teve venda com desconto para PJ?
    Sei que Hilux vende porque sim, S-10 tem descontos a rodo para PJ e vende bem, e a Amarok, nada?

    E pelo visto a V6 Diesel subiu no telhado, não é hoje que teremos coisas legais por aqui.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.