Car.blog.br

Pesquisar este blog

Renault Sandero e Logan 2017 com facelift: fotos oficiais

Categorias: , , 16 Comentários

A Renault está apresentando na Europa a reestilização do Logan, Logan MCV, Sandero e Sandero Stepway - veículos que recebem nova frente com destaque para a assinatura frontal em LED, novo design interior, novos recursos de tecnologia e ergonomia reconfigurada para uso diário mais fácil.

Novo Renault Sadero 2017 Stepway

Estes modelos adotam a assinatura de iluminação que pode ser visto em todos os modelos mais recentes da Renault, com a forma característica C na parte dianteira e traseira. Na frente, a assinatura é claramente visível dia e noite graças às novas luzes diurnas LED.

Novo Renault Logan 2017

A grade do radiador é feita usando o design da Renault, alinhando-se ao lado dos novos pára-choques e faróis de neblina.

Novo Logan 2017

A parte traseira do carro também foi dado o mesmo tratamento. O novo design é mais moderno e elegante, e criando um "laço familiar" entre modelos diferentes da marca.

Design de interiores

Dentro do carro, a cabine também é diferente. Ela oferece aos seus passageiros um ambiente ainda mais acolhedor e atraente, com detalhes cromados nos botões, novos revestimentos de painel.



Um novo volante com revestimento macio é adotado no modelo topo de gama, e há novas opções de estofamento.

Postagens relacionadas:

16 comentários:

  1. Quero saber é quando os carros populares irão oferecer 6 airbags e controle de estabilidade, certamente quando os consumidores exigirem esses itens no lugar da perfumaria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O duro é paga o preço BR disso tudo. Tipo "Uno a partir de 65mil."

      Excluir
  2. Tudo isso + freio à tambor traseiro de série + cinto de barriga no banco central traseiro + motor antiquado do primeiro modelo de produção, com direito a tanquinho de partida à frio. Ah, estava esquecendo, interior todo em plástico ridido de má qualidade, mas com detalhes cromados (exceto os bancos).

    ResponderExcluir
  3. O alento é que saíram bem melhor que os desenhos da Dacia. As versão nacionais terão o bônus de melhores retrovisores e faróis de neblina, detalhes que os diferenciam (para melhor) dos Renault do leste europeu. Mas o fundamental mesmo por aqui é a presença de motores modernos e acabamento mais dedicado. Imagino que o Sandero terá mais liberdade para evoluir nesse aspecto já que não precisará fazer as vezes de carro de entrada, posto do futuro Kwid. Na nossa realidade de mercado, se essa atualização chegar em breve, tornará a dupla bastante competitiva frente aos mais vendidos do segmento.

    ResponderExcluir
  4. num mercado onde perua de entrada temos só a palio e o space, acho que essa da logan cairia muito bem!!

    ResponderExcluir
  5. Praticamente não mudou nada. Esse carro é uma opção de carro maior com preço de carro de entrada, e custo de manutenção baratas. Pena que sua estrutura é fraca assim como a do Kwid que será uma versão mais simples ainda que o sandero. Para aqueles que não tem muito dindin para investir num carro, precisam de mais espaço que os populares de entrada, e não pegam estradas de pista simples (ou seja, andam e estradas duplicadas, onde o risco de colisão frontal é mínimo) esse carro é o indicado. Meu pai tem um sandero que virou carro reserva depois dos 70mil Km mas já tivemos que trocar embreagem que estava no rebite, Homocinética e coifas que estouraram e vasou o óleo do câmbio. Enfim, mecânica de carro francês. Eu particularmente se fosse comprar um carro até 50k iria de Etios msm, feio mas de mecânica impecável.

    ResponderExcluir
  6. Lembrando que o Sandero está entre os dez mais vendidos no Brasil. A gente não vê o absurdo de um Sandero/Logan vendido a 60 mil. A Renault está indo devagar, não creio que eles tenham a pretensão do 1 lugar, mas já evoluíram e já irão adotar o motor do versa 1.6, pretendem também colocar controle de estabilidade e tração no Sandero e Logan, mas o motor já é certo. O atendimento da concessionária também é bom, sem respostas evasivas. Mas já não acho o Fluence um bom negócio, pois a pessoa irá casar com o carro ou vende-lo quase pela metade do preço. Embora possua a mesma mecânica do Sentra. Renault tem que rever o sedan médio.

    ResponderExcluir
  7. Lembrando que o Sandero está entre os dez mais vendidos no Brasil. A gente não vê o absurdo de um Sandero/Logan vendido a 60 mil. A Renault está indo devagar, não creio que eles tenham a pretensão do 1 lugar, mas já evoluíram e já irão adotar o motor do versa 1.6, pretendem também colocar controle de estabilidade e tração no Sandero e Logan, mas o motor já é certo. O atendimento da concessionária também é bom, sem respostas evasivas. Mas já não acho o Fluence um bom negócio, pois a pessoa irá casar com o carro ou vende-lo quase pela metade do preço. Embora possua a mesma mecânica do Sentra. Renault tem que rever o sedan médio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. André... concordo... Tenho um Sandero 2013 1.6 com mais de 60.000 km comprei zero... Estou satisfeito com o carro com zero de manutenção corretiva... só as preventivas... bom consumo e espaço p uma família de 04 adultos com tranquilidade... Gosto da marca... Pretendo comprar outro Renault... Talvez o novo Captur... vamos Ver... O Fluence subiu muito de preço... mas é um otimo carro tenho varios conhecidos que possuem e dão bom relato...
      Mas o Fluence não esta fora de cogitação...

      Excluir
    2. Eduardo, gostei da Renault que ao invés de ser igual a Ford que lançou o New fiesta cheio de recursos mas com um preço absurdo em relação ao seu tamanho, pois geralmente no Brasil compramos o carro pra família e não pra desfilarmos por aí. A Renault tem o oferecido aos poucos seus recursos de carros mais caros, assim não aumentando os preços e vendo como o mercado reage. Nós estamos acostumados a manter a tradição de marcas, fechamos os olhos para outras alternativas, veja o Etios, eu só não compraria pela estética, mas é um bom carro na sua categoria. Mesmo caso o Fluence, 408 e Lounge, mas as pessoas preferem o Corolla Gli pelado, só pela marca, levam menos pela questão do estatus. Claro que alguns simplesmente gosto do Corolla e ponto e só deu pra comprar o Gli. Mas nós populares a dança das cadeiras começou, tempos que Palio e gol sairam das ponteiras. Apesar da Renault ter que investir mais em segurança nos carros de entrada, gosto do que eles estão fazendo, mas melhor seria largar a Dacia e trazer a verdadeira Renault. Enquanto a galera fica se debruçando e se matando pra justificarem Up, ônix e hb20 com suas qualidades e defeitos, curta o teu Sandero que você não tá perdendo nada. Abraços.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  8. Será que vai ter sandero rs desse novo lançamento?

    ResponderExcluir
  9. O design, ficou perfeito.
    Só está faltando mesmo é a chegada dos motores Nissan. Aí sim poderão dizer q os carros da Renault evoluiram.
    Por enquanto, ficou só na aparência. Enfeitaram o pavão.
    E, a respeito dos q criticam os carros franceses, fica a dica. Mude o conceito cultural do brasileiro q, só leva o carro na oficina qd já está p/ pifar de vez. Se fizerem as manutenções preventivas, os carros franceses são tão bons qt qq outro !

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.