Car.blog.br

Pesquisar este blog

Corolla e Etios: falha grave no airbag provoca recall - Brasil

Categorias: , , 27 Comentários

A Toyota do Brasil anuncia um recall de 205.892 veículos modelos Corolla e Etios, que foram equipadas com airbags Takata, os quais podem ser romper e enviar estilhaços metálicos contra os ocupantes, causando risco ais passageiros.

Corolla e Etios: falha grave no airbag provoca recall - Brasil

Desse total, 114.539 unidades são do Corolla, enquanto 91.353 unidades do Etios. A fabricação dos Corolla convocados aconteceu entre 9 de janeiro de 2012 e 14 de fevereiro de 2014.

Corolla e Etios: falha grave no airbag provoca recall - Brasil

Já os Etios que estão sendo chamados foram fabricados 7 de maio de 2012 e 29 de setembro de 2014.

Chassis envolvidos
  • Toyota Corolla: fabricados entre 9 de janeiro de 2012 e 14 de fevereiro de 2014, com chassis entre 9BRBD48E*C2562221 e 9BRBL42E*E4792034
  • Toyota Etios: fabricados entre 7 de maio de 2012 e 29 de setembro de 2014, com chassis entre 9BRB29BT*D2000000 a 9BRK29BT9F0045079

Defeito muito grave

O defeito que motivou o recall é considerado muito grave e já foi responsável por no mínimo 11 mortes nos Estados Unidos, e por mais de 100 pessoas feridas.

O airbag desses modelos infla mais rápido do que o previsto, e rompe a cápsula metálica que o envolve, lançando fragmentos metálicos contra os passageiros, causando lesões graves e risco de morte. Nos Estados Unidos, mesmo passageiros que se envolveram em acidentes leves acabaram morrendo depois de feridos pelos metais.

Os proprietários dos carros convocados devem entrar em contato com a Toyota pelo telefone 0800 703 0206 para agendar a substituição dos airbags.

Postagens relacionadas:

27 comentários:

  1. Esse é grave. Me causa surpresa de nenhum caso relatado no Brasil ainda, já que os carros foram montados há 4 anos. Muito recall com Toyota e Honda. To fora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se a toyota yem recall exagerado na sua concepção, imagine então a vw, chevrolet, fiat, ford e que ficam ocultando uma penca de informação!

      Excluir
    2. Parceiro. Golf7 e Up há 3 anos com Zero recall.

      Excluir
    3. TuTaRR1, foi só começarem as vendas expressivas e começaram os problemas a aparecerem...

      Excluir
    4. Não vamos confundir a obrigatoriedade do recall com confiabilidade. Uma coisa não tem nada haver com outra.
      Recall tem por objetivo sanar ou quitar uma falha ou não conformidade de segurança.
      Há recall que tem seu viés em confiabilidade, quanto a falha é grosseira e tem algum impacto na segurança do veículo.

      Excluir
    5. Engano seu, Eddie. Ambos já tiveram recall. up! 2016 GT536428 até GT544666, Golf 2015 FM031273 até FM049246. Tá na página da VW.

      Excluir
    6. Negativo Nelson, meu Golfão TSI e UP MPI nunca tiveram Recall nos últimos 3 anos. Os recall VWB a que vc se refere são pontuais e sem expressão. Não sou contra recall pelo contrario, mas na Toyota e Honda já virou endemia e da braba. Muita sorte não ter havido mortes ainda, ferimentos devem ter ocorrido, provavelmente não foram correlacionados com o airbag do Corolla. To fora. Com é bom ter um VW.

      Excluir
    7. Eddie, o seu não teve, mas os veícls tiveram. Meu Corolla especificamente também não teve. Para de lamber saco de montadora, que você paga o mesmo que todo mundo pra comprar o carro e não ganha participação em lucros.

      Excluir
    8. kkkk Calma parceiro! Nelson, igual time de futebol, eles só ferram a gente, jogadores e técnicos ganham uma fortuna, dirigentes enriquecem da noite pro dia e mesmo assim a gente torce praquele maldito time. Calma, isso não passa de um jogo um passatempo como futebol, vira cachaça. Rrss

      Excluir
  2. Este tipo de falha é recorrente para esta Montadora... Não entendo a fama de qualidade... E mais um esteriótipo....

    ResponderExcluir
  3. Corolla de 2007 a 2009 também estão envolvidos no Recall, eis os Chassis:

    Airbag do passageiro
    Corolla (2007 a 2009) - 97.796 unidades
    9BRBA42E* - 95000530- 95000540
    9BRBA48E0 - 95000537 - 95000537
    9BRBB42E* - 95000515 – 95068389
    9BRBB42E* - A5068415 - A5116530
    9BRBB48E* - 95000504 – 95068413
    9BRBB48E* - A5068414 - A5116529
    9BRBC41E0 - 95000509 - 95000509
    9BRBC42E* - 95000501 - 95006459
    9BRBC42E* - A5006460 - A5008075
    9BRBD48E* - A2500002 - A2500003

    É absurdo que algo neste equipamento que deveria ser testado exaustivamente possa oferecer esse tipo de perigo.

    ResponderExcluir
  4. Mas aqui mesmo no blog tem recall do up, saveiro por causa da montagem errada do airbag e nao é takata, além do audi Q7, golf e outros audis recall q pode ocorrer incendio nao me lembro pq. Ta tudo aqui nas noticias!
    Todas as montadoras estao falhando!

    ResponderExcluir
  5. Não entendo porque colocar a imagem do Corolla modelo novo, se o recall foi para os Corollas geração anterior.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui é o CarBlog. Ainda tamos no lucro que não colocaram uma foto do up! na matéria.

      Excluir
    2. Agora sim. Colocou a foto correta.

      Excluir
  6. Volkswagen Has Been Forced to Recall 281,500 in the U.S. Due to Fuel Leaks
    by Reuters OCTOBER 7, 2016, 2:59 PM EDT
    Tradução : Vw é "forçadoa" a fazer reccal em 285.500 veiculos devido vazamento de combustível e risco de incêndio. Não se sinta tão seguro assim em um Vw. "Quem tem telhado de vidro não atira pedra no vizinho."

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adelino, este recall da VW AG não é nada perto do que Toyota e Honda já aprontaram nos USA. Vocês esquecem o passado com muita facilidade. Lembra do acelerador que trancava no tapete. Do cruise control que não desligava ao triscar (baianes) ou pisar no pedal do freio? E outros e mais outros. é muito erro da Toyota, uma após o outro. Não interessa que seja de um fornecedor, a Montadora é a única responsável.

      Excluir
    2. Corolla a 100k sem ESC, daí vocês podem ter uma base do quão preocupados com segurança essa Montadora está. Menos mal, ou muito bom que o Corolla é 5 estrelas no crash test. Porque quando perde o controle por falta de ESC a estrutura vai resistir bem. O ESC hoje é fundamental num carro de médio pra alto desempenho. Não consigo imaginar-me guiando o Golfão na Serra sem o ESC ativado. To fora.

      Excluir
    3. Não estou defendendo só acho que todos estão sujeitos a falhas, quanto maior for maior é o tombo. Também acho estranho que já foi feito reccal tempos atrás por este motivo e continuam com o mesmo defeito, vide uno e renegade que são veículos mais novos. Aí também acho mancada da toyota que deveria ter procurado outro fornecedor.(se existir)

      Excluir
    4. Eddi, mas nada se compara à trapalhada que a VW cometeu com o dieselgate.
      Achar que negar e mentir sobre "batom na cueca" poderia se safar, como ocorre no BR, foi a atitude mais pueril e ingênua do universo ...

      Excluir
    5. mas nada se compara à trapalhada que a VW cometeu com o dieselgate.

      A trapalhada da Toyota nos EUA em 2010 e 2011 com o software de aceleração súbida do Prius foi muito píor que o dieselgate. Bem pior.

      Começa que teve mais carros envolvidos: 10 milhões. Também foi nos EUA.

      E, pior, a Toyota foi pega MENTINDO para os investigadores e tentou esconder a verdadeira causa do problema, que era um software do motor. E tentou colocar a culpa no tapete.

      Mas foi desmascarada pois ficou provado que a Toyota sabia do problema com o software e não fez nada.

      Pior de tudo. Ninguém morreu no caso do Dieselgate. Mas no caso da Toyota, mais de 100 mortes estão diretamente relacionadas com a aceleração súbida do Prius. A própria Toyota admitiu 12 mortes.

      O presidente da Toyota foi ter que se explicar no Congresso.

      Em resumo. O que a Toyota fez foi muito pior.

      E o que a GM fez com o sistema de partida dos carros também foi pior, popis envolveu milhões de caros e houve dezenas de mortes.

      O dieselgate é fichinha perto do que fizeram Toyota com Prius e GM com o Cobalt.


      Excluir
    6. O Dieselgate contribuiu com o aumento de efeito estufa em 0,01% durante um dado período, não é motivo de recall e sim substituir os carros Tdi eficientes da VW, indenizações, etc (grande ca##da coorporativa) não foi um desastre para as famílias americanas. Já os casos Toyota e GM como refere o Carlos envolveram vitimas fatais, é outro problema e muito mais grave.

      Excluir
  7. O pessoal só fala de ESC e tal, mas e naquela epoca q não tinhamos nada disso, ninguém ficava reclamando assim.
    Na boa, qdo eu saio, ando de boa, tenho q tomar cuidado é com os outros, seja pela imprudencia, bebida etc, pois não sao todos q respeitam as regras.
    Como morei no japão um tempo, dirigi varios carros, tipo toyota supra e aristo ou lexus GS300, q são o mesmo, ambos com motor V6 twin turbo, 300cv e 50 kgf de torque, alem de carros aspirado tipo Mazda RX-7 e RX-8, com motor 1.3 rotativo e 260 cv, mas q sobem giro a quase 10.000 rpm. Posso dizer com certeza q esses carros sem ESC e TCS, são tão animais q vc derrapa só de pisar mais fundo, daí sim necessarios essas tecnologias.
    Mas aqui no brasil, como a maioria dos carros não tem potencia assim, nem precisariam de ESC, só se fossem turbo ou V6 em diante!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os tempos mudaram, meu caro.
      Naquela época dificilmente um fusca ultrapassava os 80 km/h numa rodovia.
      Hoje qualquer carrinho alcança os 160 km/h com extrema facilidade.
      E convenhamos, na época em que não existiam celulares a proporção de mortalidade no trânsito era muito maior. Nem se compara ao tempos atuais.
      O fato é que a mortalidade e acidentes são maiores por razão aos números, oportunidades.

      Temos que dar a importância devia ao ao ESC. Nem mais, nem menos.
      Dizer simplesmente que basta ter cuidado não substitui de modo algum o ESC.
      Não sigamos este preconceito, por favor.

      Excluir
    2. Matsuo, vc dirige em estradas de Serra? Encharcadas e mal sinalizadas, caminhões lentos, lá o ESC é fundamental. Se na década passada poucos carros importados tinham ESC, não há razão hoje para não comprarmos carros nacionais com ESC, principalmente os mais caros. O ESC é um sistema de segurança fantástico e deveria equipar todos os carros 0km. Sds

      Excluir
    3. É tão importante que, se não me engano, o ESC será obrigatório a partir de 2018.

      Excluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.