Car.blog.br

Pesquisar este blog

Novo Cruze Sport6 2017 confirmado para o Salão de SP

Categorias: , , 15 Comentários

A Chevrolet do Brasil confirma a apresentação, no Salão de São Paulo, que acontece de 10 a 20 de novembro, da nova geração do hatch médio Cruze.

Novo Chevrolet Cruze Sport6 2017

A montadora também confirmou que o Cruze Hatch manterá o nome Cruze Sport6, mas ganhará novas tecnologias, como o motor turbo flex com injeção direta de combustível e sistema Stop/Start.


Novo Chevrolet Cruze Sport6 2017

Terá ainda acabamento e equipamentos exclusivos para reforçar o estilo esportivo do produto, que conta com suspensão traseira por eixo de torção e câmbio automático convencional com conversor de torque de seis marchas.

Postagens relacionadas:

15 comentários:

  1. Bonito carro, a queixa é não ter Paddle shifters, se não tem no sedan, com certeza, esse também não terá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que nesse caso terá olimpio,pois esse carro terá proposta diferente do sedan que é mais voltado pra um pai de familia, esse ai vira pra concorrer com Golf tsi, ou seja, seria um tiro no pé vir sem os paddle shifters pois no meu ver seria uma economia" porca"!!!abs

      Excluir
    2. Os dois últimos itens do post já me exclui da compra.

      Excluir
    3. "Quem viver verá" rsrsrs, vamos aguardar né. abs.

      Excluir
    4. Parece que teto solar será exclusivo do hatch também.

      Excluir
  2. Vai competir com Golf Tsi mas o Golf é mais carro o Cruze não vale a pena!!! Acabamento é do sedan pelo menos é algo sofrível. Sem falar que motor e cambio da VW são melhores enfim o Golf é mais carro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1.4 TSI se mostra melhor que o 1.4T SIDI-Ecotec, mas o AT-6 Tiptronic é bem mal acertado se comparado com o AT-6 GF2 da GM ...

      Excluir
    2. Não acho que o acabamento seja sofrível, não é tão bom quanto o do golf mas é bem montado, o visual agrada, apenas utiliza muito plástico duro, mas de qualidade, não é um plástico duro que se encontra na porta do jetta, é melhor.
      A vantagem contra o golf é que anda mais, isso é fato, e pelo mesmo preço o pacote de equipamentos é melhor, ou seja, tem um custo benefício melhor.
      Mas certamente no geral o golf é melhor carro.

      Excluir
    3. Complementando, meus comentários se referem ao comparativo entre o cruze e o golf highline 1.4 turbo.

      Excluir
    4. Marcio, seria que você poderia listar também os pontos em que o Golf é superior, já que achou ele melhor do que o Cruze?

      Excluir
    5. O maior pecado dos hatches médios no BR é ser um hatch médio: não cumpre proposta familiar, principalmente por conta do pouco espaço do porta-malas.

      Comparativamente entre Cruze e Golf, o Cruze se mostra mais atraente pelo possível valor de chegada ao redor de R$ 90k.
      O interior é simples e as vezes até inferior à geração anterior em alguns pontos, principalmente na peças com gaps grosseiros, cantos vivos e rebarba, além da quantidade de material rígido.

      O grande trunfo do Cruze está no seu conjunto mecânico bem acertado. Mesmo que o 1.4T SIDI-Ecotec tenha pouco menos torque que o 1.4 TSI e um lag pouco maior, o AT-6 GF6-2 ficou bem melhor acertado que o AT-6 AISIN.
      Outro ponto importante no Cruze está na suspensão.
      Mesmo que ambos modelos sejam dotados de suspensão por barra de torção, no Cruze ficou um pouco mais macio. Particularmente, gostaria que fosse um pouco mais firme até por conta do motor mais esperto que o 1.8 aspro.
      Outro ponto favorável e atraente do Cruze está no preço pelo que oferece.
      Se o hatch chegar abaixo dos R$ 90k como na versão sedã vai ganhar os holofotes. Mesmo a versão LTZ1 vem com mais equipamentos que o Golf que, aliás, precisa de pacote ao custo de R$ 4,500 e seu valor ultrapassa os R$ 105k.
      O equívoco da VWB foi disponibilizar o 1.6 em valores proibitivos e jogar o 1.4 TSI em patamares de valores pouco atraentes.
      Mas é importante destacar que no geral, o Golf é um produto superior. É mais seguro (Cruze é apenas TSP no IIHS; Golf é TSP+). O acabamento do Golf é um primor com emprego de material macio e bem requintado. Está num padrão bem acima dos modelos civis da atualidade.
      O isolamento acústico é melhor, a dirigibilidade é ligeiramente maior (embora o AT-6 tenha amansado seu comportamento).

      Enfim, as cartas estão na mesa, mas o Cruze traz o fator novidade por preços mais atraentes, enquanto o Golf continua o "The Very Best", mas cobra mais caro pelo seu status ...

      Excluir
  3. Torço muito que a Chevrolet adote o teto de vidro panorâmico igual ao da Peugeot, ficaria lindo no Cruze...

    ResponderExcluir
  4. Se o câmbio for o mesmo dessa geração atual e apenas atualizado acho que o golf está na frente.

    ResponderExcluir
  5. Se custar o preço do sedan LTZ, R$ 97mil.... vai ficar difícil pro Golf Highline.

    ResponderExcluir
  6. Essa trazeira ficou bonita. Se tiver um preço competitivo vai vender bem.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.