Car.blog.br

Pesquisar este blog

Novo Uno 2017 será mais potente, sofisticado e seguro

Categorias: , , , 32 Comentários

A Fiat Chrysler do Brasil está nos preparativos finais para o lançamento do novo Uno 2017 - veículo que estará nas concessionárias no mês de outubro, com aperfeiçoamentos estéticos, no interior, mecânicos, de tecnologia e de segurança.

Novo Uno 2017

No quesito mecânico, o modelo estréia o novo motor GSE (Global Small Engine) da Fiat, em duas configurações: três cilindros 1.0, 6 válvulas, 80 cavalos e 10 kgfm de torque; quatro cilindros 1.3, 8 válvulas, e nada menos que 109 cavalos, segundo o jornalista Roberto Nasser (veja aqui).

Novo Uno 2017 - interior

O motor GSE da Fiat é uma unidade com bloco, cabeçote e cárter confeccionados em alumínio e comando de válvulas acionado por corrente (no lugar da correia dentada), novas câmaras de combustão. O fato de usar apenas duas válvulas por cilindro (contra 4 válvulas dos demais três cilindros do mercado) indica a opção por privilegiar o torque em baixos regimes, abaixo de 3.500 RPM, que é onde a maior parte dos consumidores opera seus carros.

Novo Uno 2017 - interior

A alteração mecânica é a cereja do bolo de um rol de alterações que tem como objetivo tornar o Uno um carro mais sofisticado, aumentando seu diferencial em relação ao Mobi - modelo que terá como missão se tornar o mais vendido da marca. Dessa forma, há uma mudança estética, com uma grade dianteira que abandona os três furos centrais, com visual mais conservador. Há também novos para-choques, para-lamas e novo sistema de iluminação.

No interior, também ficará mais sofisticado, com novos revestimentos, e o painel, possivelmente, será o mesmo do Grand Siena - de modo análogo ao que aconteceu com o Palio 2017.

Além de novo visual interno, o Uno 2017 terá vidros elétricos nas quatro portas, central multimídia Uconnect, direção com assistência elétrica, sistema Start-Stop (desligamento automático do motor em paradas temporárias) em todas as versões, ESP - controle eletrônico de estabilidade; controle de tração, Hill Assist - assistência de partida em rampa, e transmissão automatizada Duallogic aperfeiçoada.

Fotos meramente ilustrativas do modelo 2016

Postagens relacionadas:

32 comentários:

  1. Só não entendi, pq usaram as fotos do painel do palio na matéria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Fotos meramente ilustrativas do modelo 2016

      Excluir
  2. Onde ficou mais seguro??? Reforçaram a plataforma?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CONTROLE DE ESTABILIDADE E TRAÇÃO É UM ITEM DE SEGURANÇA!!!!!NEM O COROLLA TEM E O UNO VAI TER.

      Excluir
    2. Quanto a plataforma, só saberemos depois do crash-test, o que melhorou foi a segurança ativa, com ESP, TCS e HSA.

      Excluir
    3. Sem crash test, nem pensar.

      Excluir
  3. esse motor GSE 1.3 vai tirar de linha o fire 1.4 e o e.torq 1.6 pra quem ainda nao sabe

    ResponderExcluir
  4. E o aumento de preços? tô até vendo Uno passando dos 60k

    ResponderExcluir
  5. Vai continuar com o arcaico tanquinho?

    ResponderExcluir
  6. Motor tricilíndrico de SEIS válvulas? Não poderia colocar doze? Já começa mal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza Gustavo. Começou muito mal nao acredito que será economico e ter bom torque em baixa nada o que já conhecemos no Fire apenas menor. Quero ver.

      Excluir
    2. O fato de 6V no lugar de 12V não é ruim em si. Um motor com 2V por cilindro, como é o caso do GSE 1.0 da Fiat, tende a ter mais torque em baixas rotações sem necessitar recorrer a soluções sofisticadas e caras como o duplo comando de válvulas variável, que ameniza, mas não resolve totalmente o problema de baixo torque em baixa dos motores de 4 válvulas por cilindro.
      E também há casos claros de carros com motor 2V com bom resultado em termos de desempenho, como a recente atualização do 1.4 SPE/4 da GM no Onix, com 106 cv, que está fazendo o Onix acelerar de 0 a 100 em 10,7 segundos, praticamente o mesmo tempo do HB20 1.6 16V.
      Então, acho que a Fiat optou por uma solução mais simples, robusta e barata no seu 1.0 tri-cilindrico, mas nem por isso ineficaz, já que esse motor terá 80 cv e 10 kgfm de torque, e esse torque deve vir a regimes muito baixos.
      Então, é bem provável que um Uno 1.0 GFE impressione bastante em acelerações e retomadas, e apresente baixo consumo em cidade, pois há muito torque em baixa. E, então, bastará à Fiat usar uma 5ª marca longa, e terá ótimo consumo em estrada também.

      Agora, no motor 1.0 GSE Turbo da Fiat, aí sim ela adotará o 4V.

      Então acho que a Fiat fez o certo. Está com um motor que terá ótimo desempenho e baixo consumo, com manutenção ridiculamente barata graças à corrente no comando de válvulas, e será barato, e robusto, adequado para o tipo de carro que será usado.

      Excluir
    3. Com certeza Gustavo. Começou muito mal nao acredito que será economico e ter bom torque em baixa nada o que já conhecemos no Fire apenas menor. Quero ver.

      Excluir
    4. Esse comentário do carlos acrescenta no meu conhecimento de carros. Espero mais comentários assim.

      Excluir
    5. Carlos, parabéns pela explicação tecnica, que na prática, diz que a FIAT esta no caminho certo, porém, quando ela inventa (mesmo nesse caso, que ela usa tecnologias já consagradas como a TOYOTA faz), mesmo indo contra a mare, como neste caso, nos deixa com o pé atrás! Mesmo porquê, aqui no Brasil, os únicos motores bons que ela apresentou foram o 1.0 fire e o 1.4, que são apenas bons, nada de expetaculares ( Lembrando que os 1.8 8v eram da GM e os E-Torque da BMW )e não tem como recorder dos inovadores Tempra 16v, Tipo I.E, Brava 1.6 e o MArea FIVE-TEC...

      Excluir
  7. controle de estabilidade e tração são otimos para segurança, mas não fazem milagre é só bater e morrer. Os controles não faram o carro não bater, ou não faram outro carro parar antes de bater, desculpem não sou fanboy não, mas no quesito segurança de populares a volkswagen esta na frente, up, jetta, e golf são incomparaveis em segurança. na faixa de preço do up só existe ele sendo muito seguro ou alguem ai consegue me dizer um carro de 40 mil com 5 estrelas no crash test??

    ResponderExcluir
  8. Te uma matéria aí de um up que capotou quando foi desviar de um buraco no Piaui, apesar de ter danificado muito o carro ninguém se machucou grave. Valida a informação que o up tem uma estrutura muito segura. Massssss se tivesse esses controles que virão no uno o acidente não teria acontecido.

    ResponderExcluir
  9. Não bater é sempre melhor do que bater com segurança e o controle de estabilidade ajuda a evitar a batida em 80 % das situações de risco. Por isso ele tende a se tornar obrigatório em todos os carros novos.

    ResponderExcluir
  10. Uno com painel de Palio e saídas de ar do Gran Siena.... junta junta de peças.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não acho isso um defeito. Acho uma oportunidade. A Renault tinha um motor 2.0 na sua fabrica (duster e fluence) e o reaproveitou para usar no Sandero R.S -

      Excluir
  11. Se a versão topo de linha vir até 55 mil vai dar dor de cabeça para a concorrência principalmente o up!

    ResponderExcluir
  12. Te uma matéria aí de um up que capotou quando foi desviar de um buraco no Piaui, apesar de ter danificado muito o carro ninguém se machucou grave. Valida a informação que o up tem uma estrutura muito segura. Massssss se tivesse esses controles que virão no uno o acidente não teria acontecido.

    ResponderExcluir
  13. Como aqui está cheio de informantes da FIAT, quando teremos aqui o FIAT500 2017?

    ResponderExcluir
  14. Gostei do 1.3 de 109 cv. Melhor que o 1.2 do 208. Daqui uns 10 anos compro um usado. kkkkkk

    ResponderExcluir
  15. Não troco meu Gol G6, por esse carro da Fiat. Experiência que tive não quero nunca mais!

    ResponderExcluir
  16. Não troco meu Gol G6, por esse carro da Fiat. Experiência que tive não quero nunca mais!

    ResponderExcluir
  17. Na boa, Fiat não dá...
    Carro de mal gosto e feio...

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.