Car.blog.br

Pesquisar este blog

Fiat Uno 2017: motor 1.0 GSE terá 77 cavalos e 11 kgfm

Categorias: , 28 Comentários

O Novo Fiat Uno 2017 chega às concessionárias da Fiat em outubro, no mês subsequente ao seu lançamento, com cerca de 200 alterações em relação ao modelo atual e uma família de motores totalmente nova, chamada de GSE (Global Smal Engine - Motor Pequeno Global).

Novo Fiat Uno 2017

Essa nova geração de motores GSE da Fiat estréia em duas versões: tri-cilíndrico 1.0L, e 4 cilindros com 1.332 cm³ que utiliza mesmos componentes do motor de 3 cilindros, ambos com único comando de válvulas no cabeçote com variador de fase, duas válvulas por cilindro para privilegiar o torque em baixos regimes e tecnologia flex (álcool e gasolina).


Novo Motor Fiat GSE

O motor GSE conta com bileas longas e pistões confeccionados em liga de alumínio e grafite, que proporciona redução de atrito e elevada taxa de compressão - em torno de 13:1. O motor Fiat GSE 1.0 terá 77 cavalos de potência e torque máximo de 11 kgfm, com etanol. Já o quatro cilindros 1.3 terá 106 cavalos e torque máximo de 14,7 kgfm.

Os dois motores terão muito torque em baixos regimes que proporcionarão acelerações vigorosas saindo da inércia, o que deverá impressionar positivamente quem anda no carro.

Versões turbo

A Fiat prepara também versões turbinadas dos motores GSE, neste caso com cabeçote de quatro válvulas por cilindro (12V no 1.0 e 16V no 1.3). Turbo-comprimido, o motor Fiat GSE 1.0 chegará a 120 cavalos, enquanto o motor GSE 1.3 Turbo terá entre 150 e 160 cavalos.

Fiat Mobi 2017

Os motores GSE, que foram desenvolvidos pelos departamentos de engenharia da Fiat no Brasil e na Itália, estreiam no Uno e depois serão adotados no Mobi, e são a base de todos os novos motores da Fiat que chegarão ao mercado nos próximos anos.

Fonte: Motor Show

Postagens relacionadas:

28 comentários:

  1. Respostas
    1. Viva a melhor coisa que aconteceu no Brasil nos últimos tempos!!!!

      Excluir
  2. Tomara que seja bons motores. Agora tô é com medo dos preços, imagina pagar mais de 60 mil em um FIAT UNO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pior que os atuais acho não serão. Pode ter certeza.

      Excluir
  3. Ou seja, foco em torque e não em potência, aí sim, a Fiat voltando a fazer motor como era o Fire antes daquela merda de EVO e Economy: um motor suave, robusto, econômico e com bom desempenho na cidade, mas que não impressionava ao pessoal do Super Trunfo (que NÃO é quem compra carro).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. merda de EVO ? cansei de quase fechar o velocímetro do Palio evo 1.4 da empresa na estrada rs rs rs sabe nada filho !!

      Excluir
    2. O EVO 1.0 que era realmente bastante ruim

      Excluir
    3. "cansei de quase fechar o velocímetro do Palio evo 1.4 da empresa na estrada rs rs rs"

      Sem mais.

      Excluir
  4. Até que enfim. Vai aparecer muito Uno e Mobi deixando outros comendo poeira, rs. Q a concorrência se mexa, viu dona GM.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a chevrolet so vai lançar novos motores em 2018/2019 mas qdo chegar vai deixar todo mundo pra tras com seus novos 1.0 3c com injecao direta e 1.0 3c com injecao direta e turbo

      Excluir
    2. Q ótimo, espero que todas as montadoras tenham esses novos motores mais econômicos e mais potentes. Qdo eles se popularizarem, seus preços e custos de manutenções devem ficar mais em conta. Diferentemente de hoje, a versão turbo com injeção direta são cobrados a preço de ouro como o Ecoboost do fiesta, o turbo da versão touring do civic, as versões turbinadas no Up e Golf, etc.

      Excluir
  5. Gostei desse torque em baixa, e 11 kgfm para um 1.0 tricilindrico sem turbo é bem impressionante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim.. Torque em baixa concentrado, graças às 2v por cilindro, que os haters tanto criticaram sem entender nada de mecanica.

      O uno vai parecer ter MUITO mais que os 77cv, e provavelmente será o 1.0 mais economico do BR, pelo menos na cidade, seu habitat natural em 90% do tempo.

      Excluir
    2. Outra coisa, na imagem diz que os novos motores terão comando MultiAir, e se isso foi verdade, vai ser ótimo, pois esse comando garante uma boa linearidade de potência e um bom consumo.

      Excluir
    3. Rafael se for verdade, prevejo Mobi andando mais que Up! e tão ou mais econômico.

      Excluir
    4. Rafael se for verdade, prevejo Mobi andando mais que Up! e tão ou mais econômico.

      Excluir
    5. Somente a configuração turbo terá o cabeçote multi-air.

      Excluir
  6. Só acredito no rendimento desses turbos vendo, prevejo uma nova geração no Marea, boooom, kkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  7. Esse Javan Torres deve ser a mãe Diná. Vc tbem sabe os números da mega sena. Deixa a FIAT estreitar os motores antes de prever alguma coisa.

    ResponderExcluir
  8. Vamos ver na prática, em tese ficou muito bom.

    ResponderExcluir
  9. E VW por que não joga logo seus excelentes motores em todos os carros e versões. Pelo preço, o Fox já passou de ter versão 1.0 turbo ou até 1.4. Mas sem tem gente pagando 50 mil em gol 1.0 aspirado, fazer o que. A empresa está certíssima em estender seus lucros.

    ResponderExcluir
  10. que motor show esse 1.3, se for turbo e desenvolver mais de 150 cv, será show de bola. Eu sou um apaixonado pelo Punto, só acho que ele está mal posicionado no mercado e tem um motor podre, mas faço o teste e ande de Punto T-Jet completo, carro muito f.. top. Se o Punto voltasse com uma melhor qualidade de montagem e mais refinamento e sofisticação (central multimídia de qualidade e tela pelo menos 7") com um motor mais econômico e preço no máximo de 70k, faria muito minha cabeça.

    ResponderExcluir
  11. 150 cv? Da ate pra coloca-lo na touro.

    ResponderExcluir
  12. Blz, colocar motores mais modernos ok, mas deixar motor novo em carroça velha é de lascar... Agora só falta modernizar a gama de seus veículos, pra a partir daí, apresentar como "Tudo Novo".

    ResponderExcluir
  13. Realmente a fiat deu uma dentro, so falta a gmsauro se modernizar.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.