Car.blog.br

Pesquisar este blog

Fiat Palio é melhor que Peugeot 208 em proteção lateral

Categorias: , , , , 32 Comentários

O órgão latino americano de avaliação de segurança automotiva Latin NCAP promoveu um comparação do desempenho entre o Fiat Palio e o Peugeot 208 em teste de impacto lateral, e considerou o Fiat, que recebeu 1 estrela em teste recente (veja aqui), superior.

Fiat Palio x Peugeot 208 - segurança

Dentro do âmbito do Programa de Avaliação de Veículos Novos para a América Latina e Caribe (Latin NCAP), os modelos foram comparados sob o novo protocolo de 2016, que inclui o teste de impacto lateral obrigatório para todos os modelos deste ano.

O Latin NCAP comparou os testes de impacto lateral de ambos os modelos e foi observada uma maior intrusão no compartimento dos passageiros no 208, em comparação com o New Palio. Ao contrário do 208, o New Palio conta com barras de impacto lateral nas portas. É evidente que a Fiat desenvolveu o New Palio para proporcionar uma melhor proteção em impactos laterais.

Fotos de comparação dos dois modelos

Fiat Palio x Peugeot 208 - segurança
Fiat Palio x Peugeot 208 - segurança

Postagens relacionadas:

32 comentários:

  1. A própria coluna central do 208 parece mais fraca que a do Palio...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No 208 banco do motorista foi deslocado quebrando o console central, já o do Palio permaneceu na linha de eixo do volante.

      Excluir
  2. Esses testes do NCap ou sei lá o quê são pontuais demais, aleatórios e esporádicos demais. Tem que testar a segurança completa de todos os modelos vendidos aqui de cabo a rabo anualmente e divulgar tudo detalhadamente ANTES DA COMERCIALIZAÇÃO.

    ResponderExcluir
  3. Só tem um porém este modelo do teste não é o 16/17 do Peugeot 208

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fato. Esse modelo 208 não é mais vendido. Há uma nova versão.

      Excluir
  4. Esse negócio de crash test é muito sério, passou da hora das pessoas levarem o LNCap em consideração na hora da decisão de compra e, parece-me que algumas Montadoras baseadas na AL ainda não acordaram para o fato grave que é uma colisão. O carro pode ter o melhor design ou preço, e toda parafernália eletrônica; entretanto, se o carro não vier com estrutura indeformável e 7 airbags seus ocupantes estarão em risco de vida no evento dum incidente. Já sei que vem gente dizer que o que importa é direção defensiva, respeitar a sinalização, etc., mas quando tudo isso falha ou não é respeitado, entra em cena o crash test podendo salvar sua vida e de outros. Eu disse "podendo", porque um carro é uma peça de engenharia que tem limites de resistência, que se ultrapassados entram em colapso como viadutos e edifícios num terremoto.

    ResponderExcluir
  5. Será possível que um país com esse tamanho e importãncia não tem cacife para criar um instituto independente exclusivo para o mercado nacional, e não ficar dependendo de uma entidade que testa do Nissan Tsuru ao mais sofisticado carro vendido no méxico para uma vez ou outra testar modelos com relevância para o Brasil ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O LNCap é parte do ADAC renomada associação alemã, são décadas de evolução para chegar a esses resultados, um Laboratório Nacional jamais atingiria o nível e acreditação do ADAC na Alemanhã. Acredito que há planos de criar um, não ouvi mais sobre isso.

      Excluir
    2. Pra que??? Deixa isso na mãos de pessoas que com certeza são mais competentes do que algo fiscalizado no Brasil

      Excluir
  6. Francês só perfume mesmo e he lá

    ResponderExcluir
  7. Francês só perfume mesmo e he lá

    ResponderExcluir
  8. Deprimente um Peugeot ser pior que um Fiat
    e esse teste é importante pois o impacto lateral é muito importante

    ResponderExcluir
  9. O Pálio possui barra de proteção lateral desde o seu lançamento, em meados dos anos 90 e era, na época, o veículo mais seguro de sua categoria, superando, inclusive nesse quesito, carros de categorias superiores, a exemplo do que ocorreu com o Up! hoje.

    ResponderExcluir
  10. O mais importante...,o teste do poste não fazem..., devem pensar que no Brasil não tem postes, nem árvores, nem colunas etc, ou que só em outros países merecem esse tipo de proteção, por isso aqui, airbag lateral e de cortina é item de "luxo" e não de segurança..., piada d mau gosto...!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia o Protocolo na pagina do LNCap e vc vai entender porque não fizeram o Poste.

      Excluir
    2. Existe motivo pra pecar na segurança...??!!rs
      Tem desculpa pra tudo mesmo, sqn...! Pelo oq sei, acidente é acidente em qualquer lugar de qualquer maneira...! Nenhuma vida ou cabeça é mais valiosa que a minha ou sua...!
      Não compactuem com isso, não tem explicação não, apenas a deles...!

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    4. Vc leu o Protocolo? Pra poder fazer o Poste o carro básico da linha Peugeot ou outro tem que vir de série com airbags laterais e ESC. Nao tendo isso, não faz o Poste e não poderá chegar a 5 estrelas.

      Excluir
    5. Não lí, mas acredito que essa é a desculpa mercadológico regional deles, que na verdade era pra não ter explicação..., por exemplo, ("o carro tem que vir com airbags laterais e esc"), então tem é que fazer o teste do poste sem os airbags laterais e de cortina mesmo..., pra mostrar o que acontece e passar a ser obrigatório! Airbags nas laterais do carro, são tão ou até mais importantes que os frontais, pois na lateral quase não existe área de deformação, acidente ali geralmente é fatal ou causa grave lesão...! Pena não sermos valorizados aos níveis como em outras boas Ncap's pelo mundo, aqui na Latincap a cabeça parece valer menos, fazer o que né..., se ganha mais dinheiro vendendo carros assim, então ficamos sem teste e sem obrigatoriedade. ESC é um simples modulo, é barato pelo o que proporciona e nem assim os "caras" liberam pra segurança coletiva, ainda cobram o olho da cara por isso..., não ser obrigatório dá mais dinheiro..!
      É um outro assunto, mas tão absurdo quanto abs pra carro ser obrigatório e em moto não, pois abs na moto é tão ou mais importante do que no carro...rs, não entendo, ou melhor, acho que entendo sim...!
      Enquanto esses equipamentos demoram a serem obrigatórios no Brasil, a gente vai se...! Já "fora" a cultura é outra, testa e mostra o estrago pra corrigir a falha de segurança naqueles casos graves e se faz obrigatório seu uso..., já que é essa a ideia! Aqui deveriam fazer igual!

      Excluir
  11. Ainda fico com o Peugeot e quem quer muito mais segurança que compre um usado da "Brinks", rsrsrs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é Zé mesmo na semana passada as 8:00 na estrada que liga Guapiara/SP a Ribeirão Branco, um Voyage novo se descontrolou na curva, e um caminhão leve F4000 o pegou na lateral do passageiro
      o pasageiro morreu na hora, e o motorista ficou muito mal
      e ai Zé como fica
      E se fosse com vc eu e nós morreriamos
      e ai Zé

      Excluir
  12. Então o pálio foi desastroso no frontal, afinal de contas recebeu apenas uma estrela na nota geral enquanto o 208 recebeu duas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fato! Comparem com o teste frontal entre os veículos, muito mais ocorrente do que o lateral. O Pálio é um desastre. Além do que, as versões mais vendidas do 208 possuem 04 air bags, na qual o Pálio nem como opcional. Praticamente, ninguém compra a versão básica, pois é muito simplória.

      Excluir
  13. meu deus q humilhacao pra peugeot... perder da fiat em segurança e o cumulo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Pálio é MUUITO pior em segurança. A reportagem fala UNICAMENTE o teste lateral. Outros testes e equipamentos de segurança, o Pálio é um DESASTRE.

      Se a reportagem fosse ética e correta, faria outra reportagem comentando sobre os outros níveis de segurnaça.

      Excluir
  14. Uma absurdo em pleno século XXI, num país com tantos acidentes de trânsito, uma marca como a Peugeot oferecer um produto de tão baixa qualidade construtiva.
    É por essas e outras que a marca/grupo continua com vendas pífias no mercado brasileiro.
    Deveria existir uma legislação séria para punir esse tipo de omissão criminosa à segurança dos passageiros de veículos por parte das fabricantes.
    A marca demonstra um total desrespeito à vida dos consumidores latinos.
    Que VERGONHA!

    ResponderExcluir
  15. Pug 208 não tem barras de proteção lateral em pleno 2016? Já nao gostava da marca, agora tenho certeza disso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O modelo em questão no teste é 2015. O modelo 2016 é outro! Veja o farol de milha.

      Excluir
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  17. Pug bonitinho mas ordinário, mas a turma que compra só pela cara, tá tranquilo.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.