Car.blog.br

Pesquisar este blog

Bugatti Chiron em lançamento oficial nos EUA - Califórnia

Categorias: , 7 Comentários

A montadora francesa de carros esportivos Bugatti apresenta oficialmente seu modelo Bugatti Chiron nos EUA,  hoje (19/06), em Quail na Califórnia.

Bugatti Chiron

O modelo, que foi lançado mundialmente no Salão Automóvel de Genebra, em março, já contou com eventos em Mônaco, Le Mans, Festival de Goodwood (Inglaterra), entre outros. E hoje o modelo faz sua estréia nos Estados Unidos.

Bugatti Chiron

De acordo com a Bugatti, mais de 200 unidades do Chiron já foram encomendadas, das quais, 30% são de compradores dos EUA - um dos principais mercados da marca.

Bugatti Chiron

O Bugatti Chiron é um super-carro, alimentado por um motor W16 9.0, com nada menos que quatro turbos, produzindo 1500 cavalos de potência.

Bugatti Chiron

O modelo é capaz de atingir uma velocidade máxima e 417 km/h, limitada eletronicamente nesse número para preservar os pneus. Mesmo assim, é 5 km/h mais veloz que o mais rápido modelo de seu predecessor, o Veyron Super Sport.

Bugatti Chiron

Há rumores que o Bugatti Chiron poderia alcançar 448 km/h, caso a Bugatti destrave os limitadores eletrônicos do carro, o que poderá ser feito em etapa posterior para a marca superar seu próprio recorde de velocidade máxima.

Bugatti Chiron

Vídeos - Bugatti Chiron





A Bugatti é uma marca de propriedade do conglomerado alemão Volkswagen, e o Bugatti Chiron é uma espécie de vitrine de sua tecnologia. Uma bela e impressionante vitrine.

Postagens relacionadas:

7 comentários:

  1. Respostas
    1. Pior que isso não é um carro.
      Um carro serve para levar as pessoas de um ponto A a um ponto B, sendo A # B.

      Já o Bugatti Chiron, como a própria Bugatti diz, serve para levar as pessoas de um ponto A para o mesmo ponto A, ou seja, o objetivo do Chiron não é o de transportar as pessoas.

      O Chiron é um símbolo de riqueza, ostentação, e também para quem quer ter prazer ao dirigir, isso do ponto de vista do consumidor.

      Mas o principal objetivo dele é mostrar o que a VW sabe fazer. É mais marketing do que qualquer outra coisa. Funciona, é legal, e até serve para transportar, mas não é um carro.

      Excluir
  2. Pode colocar ele num circuito com um F1 e o que ele vai tomar é laço, lá sim é vitrine pro mundo, local onde a Renault é só 12 vezes campeã.

    ResponderExcluir
  3. O primeiro não era bonito. Esse ficou muito bonito.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.