Car.blog.br

Pesquisar este blog

GM perde R$ 3,6 milhões de reais por dia na América do Sul

Categorias: , , , 55 Comentários

A montadora norte-americana General Motors anunciou seus resultados financeiros para o segundo trimestre de 2016 registrando lucro em todas as suas opções globais, exceto na América do Sul, única região onde a empresa perde dinheiro.


O prejuízo da GM na América do Sul no segundo trimestre de 2016 foi de US$ 100 milhões de dólares. Esse número equivale a uma perda de R$ 330 milhões de reais, cerca R$ 3,6 milhões de reais por dia na América do Sul.

Em âmbito global, porém, os resultados foram positivos, com a marca apontando lucro líquido global de US $ 2,87 bilhões no período, um avanço sobre os US $ 1,12 bilhões trimestre anterior.

O resultado global da GM superou as expectativas dos analistas de Wall Street, e levaram a uma evolução dos preços das ações da empresa em Nova York de 1,7%.

Com informações: Detroit Free Press

Postagens relacionadas:

55 comentários:

  1. Também acham que somos tolos de pagar 100 mil num carro 1.4...ta de brincadeira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 30 mil dólares?! Não é o carro que tá muito caro é o nosso país que não está valendo nada!

      Excluir
    2. Atualmente no Brasil, a GM eh lider em vendas..

      Excluir
    3. Fabio, não entendo, é verdade. Que diferença faz ser 1.4, 1.6 ou 1.0 , se nesses novos motores há um ganho em desempenho maior que os atuais 2.0 além da economia proporcionada? Neste caso nada tem a ver comparar o preço exorbitante (concordo) com o volume de deslocamento dos cilindros, não?

      Excluir
    4. Comentário completamente descabido! Então não pode cobrar 100 mil em um carro 1.4 turbo cheio de tecnologia, mas pode cobrar o mesmo por um motor 2.0 aspirado e ultrapassado?!

      Excluir
    5. o certo seria não cobrar 100mil em nenhum dos dois.
      brasil tem um salário mínimo de 800 reais e vc acham certo cobrar 100mil em um chevrolet ????
      enquanto nos EUA, com um salário mínimo superior e cobrando 20-30mil dolares vc leva o carro com muito mais facilidade.

      brasileiro tupiniquim é muito conformado mesmo, carros com preços estratosféricos, 100mil em VW, chevrolet, ford absurdo

      Excluir
    6. Pior e que querem vir desidratar esse prejuizo exatamente aqui.

      Excluir
    7. Pior e que querem vir desidratar esse prejuizo exatamente aqui.

      Excluir
    8. Que tem haver isso com o motor 1.4 Turbo excelente de alta tecnologia com o prejuízo da GM...É cada apedeuta comentando aqui!!!

      Excluir
    9. RJ BMW conformado é que trabalha por salário mínimo. Americano nunca se prestou a ser escravo, agora no Brasil engenheiro ganha 3 mil reais e acha que está bom...

      Excluir
  2. Também acham que somos tolos de pagar 100 mil num carro 1.4...ta de brincadeira.

    ResponderExcluir
  3. Ela ta fazendo oque aqui entao???? Pq não vai embora ao invez de ficar perdendo dinheiro, não acredito nessas reportagens tendenciosas. AS chinesas, que se deram mal, já estao saindo do pais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade, empresas de capital aberto precisam divulgar seus resultados e são auditadas. Se vc tiver alguma dúvida, pode recorrer aos relatórios que são abertos ao público. Além disso, cabe lembrar também que, realmente, o grande culpado por preços surreais cobrado aqui nas terras de Cabral é o próprio sistema tributario brasileiro. Não esqueça que o empregador paga praticamente dois salarios para manter um funcionário: um para o funcionário e outro para o governo. Ainda, toda a burocracia acaba também elevando custos e ainda nem começamos a falar dos tributos sobre os produtos industrializados...

      Excluir
    2. Excelente Diego, excelente!!!!! O Tobias disse acima que s chinesas foram embora, pois não conseguiram lucrar por aqui!! As montadoras tem que criar algo de baixo custo pro nosso mercado, pois se trouxessem os produtos do mercado europeu,pouquíssimos modelos nao passariam os R$100k. Vide a GM, que descontinuou Corsa, Astra e Zafira no Brasil praa criar Onix, Spin e cia. A Renault, que traz os modelos da DACIA, que são a 2º linha da marca e por aí vai...

      Excluir
  4. Aff vc não disse isso? Será que somos tolos de pagar 100 mil num carro 1.4 Turbo que o motor é melhor que um 2.0?
    O Cruze tem motor 1.4 mas é um motor turbo, que rende 153 cv, 9cv a mais que o 1.8 antigo, praticamente os mesmos cavalos que 2.0 do Civic e 2.0 do Corolla, possuiu 24,5 kgfm e torque, o motor é uma obra prima, super econômico, possui injeção direta e comando de variável duplo, um dos melhores motores que está no mercado. Deu para ver que o Sr. não entende muita coisa, não é pelo fato dele ser 1.4 que o motor é ruim, pesquise e se informa mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1.4T-Ecotec é um bom motor, mas longe de ser uma obra prima.
      Tem duplo comando variável, mas não tem controladores de abertura de válvula como os BMW (VANOS), Honda (VTEC).
      E um carro não é feito somente de motor.
      O Cruze vem com boa proposta, mas é nos bastidores do produto que deverá provar sua competência.

      Certamente vai travar uma boa briga com o Civic, que também terá que provar que é um produto igual ou mais aceitável que o Corolla para conseguir almejar a 2ª colocação.
      Se o Cruze estabilizar entre 2 e 3 mil unidades no sedã está de muito bom tamanho.
      Não será nem Cruze e nem Civic que tomará a ponteira do Corolla, se é que entendem do mercado neste segmento ...

      Excluir
    2. Ate o Sandero 2.0 aspirado anda mais que o Cruze Turbo e custa 32 mil a menos. Fiz o teste drive no Cruze, de 0 a 70 tem uma arrancada boa, mas depois de 70 km qd joga a 4a marcha, perde bastante força, se mantivesse o ritmo que tem ate 70, faria de 0 a 100 em menos de 8 seg.

      Excluir
    3. O Corolla tá respondendo por mais de 50% das vendas do segmento, tá humilhando. Então se o Civic e o Cruze ao menos reduzirem bem essa distância, já deve tá de bom tamanho pra Honda e GM. A Toyota atualizou antes a linha, então reforçou a liderança no Corolla e vai bem com Etios e Hilux. Agora a tendência é de queda, não tem como segurar o patamar atual. O Corolla deve cair pra menos de 4 mil unidades mês, ainda na líderanca,o Etios que subiu muito com o automático, vai enfrentar Sandero com CVT e Ônix atualizado, a S10 e a Ranger encostaram muito na Hilux na última parcial de vendas.

      Excluir
    4. O Corolla tá vendendo muito pois é o mais barato. A Toyota está inundando o mercado com GLI AT pelado por R$ 69 mil reais. E na realidade sai até com desconto, tem gente comprando Corolla GLI CVT ZERO por R$ 68 mil reais.

      Excluir
    5. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    6. O Carlos tá certo... O que eu vejo de Corolla GLI na rua não tá no gibi, principalmente taxi e frotistas... Os caras pegam o pelado, consegue desconto, e colocam rodas de liga leve e rádio, pronto, já estão de "Corollão" kkk

      Excluir
    7. Sim, mensalmente os números do Corolla mostram em torno de 1/3 das vendas com o 1.8 e este fato deixa o modelo bastante atraente para quem quer adentrar um sedã médio.
      Pode não ser equipado, mas embarca a maioria das perspectivas que os compradores almejam ...

      Excluir
    8. Tá bem FAV, compra seu Dacia e vai arrancar por aí. Tem que ter uma paciência...

      Excluir
    9. Nao compro Sandero nao Nelson, só dei 1 exemplo de 1 carro aspirado que anda mais que o Novo Cruze e custa 32 mil a menos.
      Sandero 2.0 faz de 0 a 100 em 8 s, enquanto o Cruze Turbo, 9.

      Excluir
    10. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    11. FAV, você deu um exemplo todo errado, inverteu tudo.
      Cruze anda mais que Sandero RS, Jetta 1.4Tsi, Corolla 2.0, Civic 2.0, Sentra 2.0 e Focus 2.0.
      Veja o que está no site da QR em relação as retomadas considerando todos os sedãs médios.
      Cruze só perdeu pro Jetta TSi.
      Estude um pouco mais, leia um pouco mais.

      Excluir
    12. Hahaha é cada figura que aparece aqui, vamos perder 1 pouquinho de tempo com quem nao merece, mas vamos la....Ja que o Cruze anda mais que o Sandero RS, entao me diga pq o Sandero faz de 0 a 100 em 8 s e o Cruze em 9?

      Excluir
    13. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    14. Cara olhe o teste de Carplace.
      Cruze 8.5 segundos e Sandero RS em 9.1.
      Procure.

      Excluir
    15. Os dados do Sandero RS estão no comparativo com o Punto T jet e os do Cruze no comparativo com Sentra, Corolla e Focus.
      Olhe os testes e não fique olhando somente as fichas técnicas.
      Se voce acelerasse um Cruze 1.4T não falaria essas coisas.
      Se tiver dificuldades é só pesquisar no Google

      Excluir
  5. Nenhuma das 4 tradicionais estão podendo dar pitacos sobre a saúde financeira na América Latina.
    Todas tiveram prejuízo em 2015.

    O momento não está para peixe e passaremos longos tempos escassos até o BR firmar o pé novamente ...

    ResponderExcluir
  6. America do sul não quer dizer só Brasil.
    Na Venezuela por exemplo a Chevrolet vendeu 4 carros em Junho. "4" carros.

    ResponderExcluir
  7. Apesar de tudo, as perspectivas são boas para a região, com o crescimento de vendas na Argentina e esperada reação do mercado brasileiro com os investimentos e lançamentos previstos. A GM Brasil precisa ocupar melhor certos segmentos que hoje é deficiente, como o de picapes e suvs compactos. Praticamente abriu mão da sua linha de importados devido a valorização do dólar frente às moedas da região, principalmente o real.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na sua opinião a GM deveria reformular Montana e Tracker para competirem de verdade. Pelo menos por aqui nos outros segmentos ela vai bem com Onix, Prisma, S10; normalmente o Cruze ocupava a 3ª ou 4ª posição nos sedans médios, vamos ver essa 2ª geração

      Excluir
    2. Exato. A polarização da Strada e Saveiro nas vendas de picapes compactas demonstram o quanto a Chevrolet perdeu competitividade no segmento que, ao contrário do que se apostava, continua sendo muito lucrativo às montadoras.
      É impressionante o erro estratégico da marca em não se apostar em suv compacto de fabricação nacional até hoje. Do Celta aventureiro a Spin Activ, o equívoco persiste por anos na insistência em veículos adaptados ao estilo aventureiro. Lançamentos fracassados. Não será diferente com o futuro Onix Activ.
      Até marcas que chegaram ontem ao mercado nacional já fabricam os seus suvs com relativo êxito. Espero que os planos do substituto do Tracker produzido localmente saia do papel. Difícil acreditar que apostam nesse projeto só para 2018... Depois reclamam de baixo desempenho na região! Colhem o que plantam.

      Excluir
  8. No Brasil a GM é lider bem apertada, mas poderia estar melhor, porque não investiu na nova geração da Montana e ao invés de fabricar o Tracker aqui, quis importá-lo. Quebrou a cara. São os 2 segmentos que mais crescem no Brasil ( picapes e SUVs). Ou seja, os especialistas da GM erraram feio para o Brasil, que pode custar caro. Todas as outras montadoras estão lançando novos Suvs atualizados e picapes e a GM continua insistindo nas antigas S10 e na Montana. Vamos ver se a reação da GM vai ser eficiente ou tardia no Brasil. Esperar para ver.

    ResponderExcluir
  9. Brasil em crise, Argentina em crise, Venezuela com 90% de queda nas vendas de zero e piorando... Não podia ser diferente, nao adianta ser líder de venda no Brasil vendendo ônix, ele é carro de volume e não de fazer dinheiro como o Corolla, hr-v que cada um vendido deve dar o lucro de uma carreta de ônix, se a chevrolet estiver trocando figurinha no fim do mês já tem muito o que comemorar.

    ResponderExcluir
  10. Ou seja, ela está comprando market share, porque se ela reajustar o preço para zerar seu prejuizo o share dela reduz.

    ResponderExcluir
  11. O Novo Cruze qd foi lançado na Argentina ha 2 meses custava o equivalente a 89 mil o LT, hj ja ta saindo por 76 mil.
    Se o Brasileiro for esperto e nao comprar, ja ja cai pra esse preço aqui, sendo que, se verificarem no site da GM da Argentina, todos os outros modelos que sao vendidos la custam 15% a mais que os daqui, ou seja, teria margem pro Novo Cruze LT custar aqui uns 70 mil, mas 75 mil ja estaria de ótimo tamanho.
    Tomara que os preços desses novos Sedans lançados em torno de 90 mil caiam bastante pro preço real deles que é em torno de 75 mil. O preço desses carros pode-se fazer uma analogia ao preço que estava a gasolina aqui em Brasilia no inicio do ano: 3.99, agora já se encontra a 3.42. Grande exemplo de como nós brasileiros somos assaltados. Donos de postos sempre falavam que o preço alto era culpa dos impostos, assim como falam as montadoras, mas o grande vilao mesmo é o lucro excessivo dessas empresas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas os coxinhas abestados estão achando o carrão do século barato por 110 (mega)salários tupiniquins, que eles sirvam de antídotos idiotas para a Gm desidratar prejuízos que vem ainda dos tempos dos Vectras caixotes e aqueles que tiveram morte prematura por deficiência de autos, isso a bem poco tempo, alguem pode enumera-los? Cruzes!!!!!!!

      Excluir
    2. Mas os coxinhas abestados estão achando o carrão do século barato por 110 (mega)salários tupiniquins, que eles sirvam de antídotos idiotas para a Gm desidratar prejuízos que vem ainda dos tempos dos Vectras caixotes e aqueles que tiveram morte prematura por deficiência de autos, isso a bem poco tempo, alguem pode enumera-los? Cruzes!!!!!!!

      Excluir
    3. Legal mesmo é a pujança automobilística de Cuba, né mortadela inteligentão politizadão.

      Excluir
    4. Esquerdista comentando em blog de carro é o fim. Os caras defendem o socialismo e ficam babando os carrões símbolo maior do capitalismo kkkkkk

      Excluir
    5. Esquerdista comentando em blog de carro é o fim. Os caras defendem o socialismo e ficam babando os carrões símbolo maior do capitalismo kkkkkk

      Excluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na argentina o preço dos automóveis está bastante impactado por uma política fiscal maluca que muda taxas e bases de cálculo toda a semana.
      Então não acredito que essa queda de preços tenha relação com a falta de procura.

      Excluir
  13. O imposto para automóveis no Brasil é "O DOBRO" do que é cobrado na Argentina. Por isso muitos modelos estão saindo das fábricas brasileiras e passando a ser produzidos na Argentina. Com isso, o preço do carro na Argentina vai ser bem menor que no Brasil mesmo. Cerca de 15 a 17 % de diferença. Enquanto as vendas na Argentina vão tendo uma leve alta, no Brasil estão " Despencando Ladeira Abaixo".
    Brasil em crise!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu caro, entre no site da GM da Argentina que verá o contrário, os preços dos carros de lá, exceçao ao Novo Cruze, sao 15% maior do que aqui no Brasil.

      Excluir
    2. Se não comprar sedã médio de 90 mil no Brasil agora, daqui a dois meses estará 95 mil.
      Carro aqui tem aumento direto independente se vende muito ou não.
      Só tem descontos na época que está prestes a ser substituído por outro modelo, ou seja, na época de sair de linha.

      Excluir
  14. Vocês conhecem papai noel? essa história é a mesma.

    ResponderExcluir
  15. Com essa noticia a GMB vai ter que subir os preços do seu best seller o chamado Onix, que os brasileiros medianos adoram, quero ver o 3 estrelas por muito pouco 2, agora manter-se no topo do placar.

    ResponderExcluir
  16. O Carlos é um brincalhão mesmo! Quando falamos que a Audi vende mais porque é mais barato ele fala que estamos de "orelhada", mas ele mesmo aponta que o corolla vende mais porque é mais barato... Qual o raciocínio Carlos?

    ResponderExcluir
  17. É isso que dá vender Onix com 6 mil de desconto só para ter o carro mais vendido do mercado brasileiro.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.