Car.blog.br

Pesquisar este blog

Ford Fusion 2015 Titanium EcoBoost FWD: avaliação crítica

Categorias: , , , , 30 Comentários

O Fusion Titanium 2.0 EcoBoost FWD com teto-solar é a versão "quase" topo de gama do sedã grande da Ford no Brasil, precificado em R$ 133.400 reais, mas que está sendo vendido com grandes descontos, pois a linha 2017 com facelift chega em breve. Neste artigo fazemos uma avaliação do modelo.

Ford Fusion 2016 Titanium Branco Pérola

O Fusion Titanium 2.0 EcoBoost FWD é um sedã grandalhão, com suspensão macia, e inadequado para o asfalto brasileiro, já que a baixa altura livre do solo faz com que ele raspe a parte inferior da dianteira em qualquer tipo de lombada ou valeta, mesmo com o carro vazio e circulando em velocidade reduzida.

Ford Fusion 2016 Titanium Branco Pérola - painel

Esse tipo de comportamento acaba irritando bastante na condução do dia à dia, pois faz-se necessário tomar cuidado redobrado em qualquer tipo de imperfeição, tornando o carro pouco prático em uso comum. E em estrada a situação não melhora, pois, apesar do desempenho adequado proporcionado pelo motor 2.0 Turbo, as estradas brasileiras, pelo menos as do Centro Oeste, estão cheias de lombadas, onde o sedan da Ford raspa a parte inferior em todas elas.

Ford Fusion 2016 Titanium Branco Pérola

Esta versão do Fusion adota motor 2.0 Turbo de 234 cavalos e 38,6 kgfm de torque, associado com uma transmissão automática de seis marchas, com tração dianteira. Esse propulsor é capaz de acelerar os 1.600 kg do carro de 0 a 100 km/h em 7,7 segundos, mostrando-se ágil desde os regimes baixos de rotação.

Ford Fusion 2016 Titanium Branco Pérola

O consumo, porém, é elevado. Em nosso percurso padrão, onde a Toro 1.8 Flex Automática faz 10 km/l de gasolina, o Fusion 2.0 EcoBoost não passou de 8,5 Km/l, com o ar-condicionado ligado 100% do tempo. Em um percurso Brasília - Goiânia, o Ford registou 11 km/l, com quatro adultos a bordo, e o sistema de refrigeração ligado 100% do tempo.

Ford Fusion 2016 Titanium Branco Pérola - interior - painel

E apesar do motor relativamente potente e desse consumo elevado, o comportamento do Fusion não tem nada de esportivo. Trata-se de um carro suave, praticamente um Corolla de dimensões maiores, que vibra pouco e é silencioso, mas sua direção não tem a progressividade adequada para andar em estrada em velocidades mais elevadas, tornando-a pouco comunicativa. O ajuste de suspensão macio faz o carro rolar bastante em curvas, enquanto a transmissão tem trocas muito lentas.

Ford Fusion 2016 Titanium Branco Pérola - interior - painel

Já a lista de itens de série desta versão Titanium tem faróis com acendimento automático, sensor de chuva, bancos revestidos em couro, entrada no carro por chave presencial , partida por botão "Start", bancos dianteiros com aquecimento, refrigeração e ventilação. O sistema multimídia tem navegação por satélite (GPS), mas não aceita espelhamento de tela de celular. A grande falha, porém, é o piloto automático, que é do tipo convencional, e não adaptativo.

Ford Fusion 2016 Titanium Branco Pérola - espaço traseiro

O Fusion 2.0 EcoBoost AWD até oferece um piloto automático adaptativo, que mantém a distância do carro da frente, reduzindo automaticamente a velocidade quando veículos mais lentos entram à frente do carro. Entretanto, nesta versão FWD, o controle de velocidade é o convencional, que mantém a velocidade pré-selecionada, e mais nada. Muito pouco para um carro que tem preço de tabela superior a R$ 130 mil reais.

Ford Fusion 2016 Titanium Branco Pérola - interior

O espaço interno é outro aspecto questionável. Mesmo com 2.85 metros de distância entre-eixos, o Fusion não oferece mais espaço traseiro que um Jetta ou mesmo um Corolla, com seus 2,7 metros de entre-eixos. O porta-malas com 514 litros também está em linha com sedãs médios como Jetta e Corolla - ocorre que estes têm 30 cm menos de comprimento externo. Essa baixa eficiência espacial do Fusion decorre principalmente de uma frente muito longa, destinada ao conjunto motriz, que acaba roubando espaço útil dos passageiros.

Ford Fusion 2016 Titanium Branco Pérola

Sendo assim, o Ford Fusion é um carro que não se justifica racionalmente, já que é enorme externamente, sem oferecer espaço interno maior que sedãs médios como Corolla e Jetta, como pode ser visto no vídeo abaixo.



As dimensões avantajadas o tornam pouco prático nas apertadas cidades brasileiras, e a suspensão não ajustada para o Brasil torna-se muito irritante ao lembrar que a parte inferior existe em toda e qualquer irregularidade da via.

Estilo

O Fusion tem uma carroceria de formas torneadas e detalhes nítidos, com um aspecto esportivo reforçado pelas rodas de 19 polegadas raiadas, o aerofólio traseiro, e um aspecto geral que demostra ser um caro de luxo.

Ford Fusion 2016 Titanium Branco Pérola

O interior conta com um painel com linhas retas, iluminação ambiente da parte inferior, mas com cluster de instrumentos com elementos digitais multi-colorido e que se torna confuso na prestação de informações ao motorista.

Concorrentes: Jetta 2.0 TSI e Corolla 2.0 Altis

Ford Fusion x Jetta 2.0 TSI

O Ford Fusion tem um estilo esportivo, mas se você procura um sedã rápido e competente para andar em estrada, um Volkswagen Jetta Highline 2.0 TSI DSG-6 é um modelo muito mais adequado.

Ford Fusion x Toyota Corolla

E, por outro lado, se você quer apenas um sedã espaçoso, suave, silencioso e agradável de ser conduzido, o Corolla Altis 2.0 atende da mesma forma, com mais praticidade, menor consumo e custos significativamente inferiores.

Conclusão: duas alegrias

O Ford Fusion é um sedã de concepção moderna, desenvolvido especialmente para rodar nos EUA, mas que chega ao Brasil sem a adequada tropicalização, especialmente na suspensão muito baixa, que acaba raspando em praticamente qualquer tipo de obstáculo e valeta comuns nas vias brasileiras. Além disso, os mais de 4,9 metros de comprimento o tornam pouco prático em uso urbano, e, em estrada, faz muita falta o piloto automático adaptativo, e também um consumo menos elevado.

Ford Fusion 2016 Titanium Branco Pérola

Enfim, o Ford Fusion é um carro que impressiona visualmente e tem um apelo emocional, e que provoca uma alegria no consumidor na aquisição. Com o decorrer do uso, porém, a falta de praticidade, consumo excessivo e suspensão inadequada se tornam irritantes, fazendo com que o proprietário se sinta novamente feliz ao vendê-lo, mesmo com a absurda desvalorização de mais de 30% no primeiro ano.

Postagens relacionadas:

30 comentários:

  1. Corolla e Jetta não tem nível para concorrer com o fusion, o Jetta só tem motor e câmbio porque o projeto já é antigo e em todo o resto não passa de um seda médio qualquer.
    Não é querendo defender mas todos esses carros raspam muito em qualquer lugar, isso não é exclusividade do fusion.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alegria quando compra e quando vende! piada mais velha do que o faustão! kkkkk . tem gosto pra tudo e ...bolsos também ...

      Excluir
  2. PUtz..pensei que só os Ford nacionais e argentinhos vinham com carroceria desalinhada. Mas não. Esse Fusion a´~i, todo desalinhado. a tampa do capô tem vão desigual.
    As peças do para-lama e para-choques muito mal acabadas..com rebarbas mil.
    Tampa do porta-malas igualmente deslinhada. A duas partes das lanternas naõ se juntam adequadamente, com descontinuidades.
    Um desastre a montagem desse Fusion.
    Não adianta. Ford é um caso perdido. pelo menos é democrática. Os Ford de mais de 100k são igualmente boquetas aos Ka e Focus da vida.

    ResponderExcluir
  3. Equivalente ao Fusion é o Passat, accord.
    Apesar dele não ter um espaço útil maior que um jetta obviamente ele é um carro superior em conforto e recursos tecnológicos como painel digital, sistema de som superior, banco passageiro elétrico, airbag no cinto traseiro e por um carro maior não se pode esperar grande coisa em consumo, mesmo comparando com uma caminhonete com motor de palio.
    Sem duvida seu design também é o mais marcante e o maior culpado por não ter um espaço interno amplo.
    Não é à toa que com seu custo beneficio ele vende mais que todos os concorrentes só deve por um farol de led ou xenon pois tem versão awd com piloto automático adaptativo, ponto cego...

    ResponderExcluir
  4. Isto acontece porquê nossas ruas rodovia São uma merda mesmo.

    É sabe porquê é tão ruim? ....porquê nossos governantes só andam voando mas em nossas Costa viu!
    Lá em cima não tem lombada kkkkkkk

    Fazem q eu galera não vote. Eu não voto desde 2000 quando eu precisar de viajar estudar etc regularizo e pronto.
    Aqui em Minas rei do voou é o aercio Neves É no seu estado vc sabem?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pimentel é ótimo. ......sqn

      Excluir
    2. As estradas são ruins mesmo devido aos políticos vagabundos nesses 513 anos de Brasil. Nunca se fez nada nesses 500 anos e nos últimos 13 só SHIT.

      Excluir
  5. Querer carro de luxo tupiquinzado é foda demais! Agora se eu comprar um Jaguar XE eu vou ficar preocupado em passar rapidinho na lombadinha? Quem compra carro de luxo quer carro de luxo e não com suspensão de Uno (eixo de torção). Eu tenho um Golf GTI exclusive com molas eibach e ando tranquilamente no Rio de Janeiro, sem problemas com lombadas e valetas. Enfim, quem compra carro de luxo, n quer carro adaptado para passar em lombadinhas, ao contrário, quer um carro requintado como o que existe no exterior.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Fiat uno mille adota uma suspensão independente na traseira. Não é um sistema multilink, mas também não é o eixo de torção.

      Excluir
  6. Os concorrentes do fusion nunca foram o jetta e o Corolla, seus concorrentes diretos são passat e camry.

    ResponderExcluir
  7. Eu pegaria o corolão altis. Não que o fusion seja uma opção ruim, pelo contrario é o carro! mas acho que o Corolla é mais adptado as nossas vias.

    ResponderExcluir
  8. Resumindo compre um UP, seja mais discreto, apesar de todos sabermos quem te patrocina. Mais econômico que muito motor 1.0, 1.6 e 2.0 aspirados, depois da crise econômica de 2008 a FORD realmente reduziu o seu padrão de qualidade na montagem da carroceria e no acabamento mas eles tentam equilibrar com mais equipamentos eletrônicos embarcados.

    ResponderExcluir
  9. Fusion 2.0 Ecoboost é um carrão. Anda muito e é confortável. Muito completo e seguro.

    Mas não é o tipo de carro que me agrade. Por esse valor compraria um Golf GTI.

    ResponderExcluir
  10. Esse blog está de brincadeira, tenho um ecoboost 2.0, o carro anda bem na estrada e confortável e o consumo é de carro grande normal, e a suspensão dá 10x0 em jetta e corolla, e outra vende mais que jetta 2.0, quem compra fusion não é consumidor de jetta e corolla, essa classe é inferior , vou trocar o meu pelo o 2017 que está lindo , ando nas rodovias de SP sem problema com a minha barca, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk só alegria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se for comparar com o verdadeiro concorrente (Passat), não sobre nada pro Fusion. Melhor comparar com os de "classe inferior" mesmo.

      Excluir
    2. Passat Highline 2.0 TSI é MUITO mais carro que o Fusion 2.0 Ecoboost, MUITO MESMO. Mas é bem mais caro também. Por 120 mil vc leva o Fusion, por 160 vc leva o Passat.

      Excluir
  11. Tenho um fusion fwd desses e um corolla altis e é ridículo comparar os dois. Corolla parece um popular ajeitado e n ver nem o rastro de tecnologia e conforto do carrao q fusion é. Arrastar nesse asfalto e culpa da estrutura da cidade e nao do carro. Esse cara tá completamente parcial sem causa aparente.

    ResponderExcluir
  12. https://www.youtube.com/watch?v=PnAjyeQHXkI

    COMO E CARO CARROS AQUI....

    ResponderExcluir
  13. O cara quer testar o carro nessas estradas duvidosas do centro oeste e quer generalizar pro Brasil inteiro.
    Em São Paulo ando de fusion sem raspar em NENHUMA imperfeição da pista. Faça-me o favor...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, entendi. O Fusion não pode ser comprado por quem mora fora de SP! Mas incrivelmente ele é vendido no Brasil inteiro!
      É uma vergonha a Ford colocar um carro totalmente inadequado para o Brasil como esse Fusion. E mais vergonha ainda é ter consumidor defendendo essa aberração.
      Ford, por favor, respeite o consumidor!

      Excluir
    2. Concordo Carlos! É que nem a VW quando trouxe o Golf 1.4tsi com DSG e multilink. Ainda bem que ela aprendeu e voltou a ter respeito com o cliente! Falta mudar o GTI, que ainda é uma total falta de respeito!

      Excluir
  14. então quer dizer que a culpa é do carro!?, não de ruas lixo que temos nesse país.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não. A culpa não é do carro. A culpa é da Ford, que não oferta o carro no Brasil adequado à realidade brasileira. E é culpa dela mesma pois deveria investir mais e respeitar o consumidor brasileiro, adaptando corretamente o seu carro ao mercado que está inserido. A Ford deveria se mirar nos exemplos da Toyota, VW e Audi, que promoveram ajustes importantes de câmbio e suspensão em seus modelos Golf, A3-Sedan e Corolla, para adequá-los à realidade do Brasil.
      A Ford não. Pega o carro projetado com base na realidade da gordolândia e quer vendê-lo sem alteração na bananalândia. Piada.

      Excluir
  15. E as outras montadoras respeitam? só a Ford?, a Volks, a GM a Hyundai, a Toyota são exemplos de respeito? matéria parcial, engraçado sempre a um volks envolvido em qualquer matéria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro que sim. Sò observar as melhorias que a VW aplicou no Golf nacional: suspensão mais robusta, maior altura em relação ao solo, câmbio automático mais robusto e adequado ao Brasil, motor flex mais potente.
      O Golf nacional ficou um carro muito melhor que o alemão e o mexicano para andar no Brasil, veja:

      http://www.car.blog.br/2015/09/vw-golf-14-tsi-flex-nacional-sera.html

      A Audi também é um exemplo. Fez muitos ajustes no A3 Sedan nacional, colocou suspensão mais macia e robusta, e de manuteção mais barata, colcou motor flex, trocou o câmbio por um automático mais robusto e silencioso, motor com 28 cavalos a mais e mais torque, o a3 sedan nacional ficou com mais desempenho e menor consumo que o importado, veja:

      http://www.car.blog.br/2015/10/audi-a3-sedan-14-flex-nacional-melhor.html

      E a toyota idem. Trocou a suspensão traseira do Corolla nacional, colocando eixo de torção, mais robusta, mais macia, de manutenção mais barata que o Corolla europeu. Então, sim, há exemplos de montadoras que respeitam o consumidor. Mas a Ford não é uma delas. E esse Fusion é bem elucidativo.

      Excluir
    2. Um dia ainda vou entender qual problema da suspensão independente na traseira. Tive Vectra B, 2 Focus e agora Jetta, todos com suspensão traseira multilink e nunca tive problema com algum deles referente a suspensão traseira. E mais, justamente o jetta de eixo de torção que precisou fazer recall, o multilink não.

      Excluir
  16. Totalmente verdadeira esta opinião. Todos modelos do Fusion raspam em qualquer lombada ou rampa de acesso de estacionamento irritando o dono.

    ResponderExcluir
  17. Tive um e posso dizer que é exatamente o que disessaram.carro beberrao. Pesado. Cambio lento. Nem parece turbo. Turbininha pequena. Passou da quarta marcha vira um carro aspirado. Sem folego nenhum de turbina. Horrivel

    ResponderExcluir
  18. 1) quem tem uma banheira dessa não busca a agilidade de um uno com escada no teto.

    2) não raspa em todas lombadas, basta passar bem devagar (o que é correto, não a 40 por hora igual vejo muitos)

    3) O consumo não é tão baixo, só se ficar pisando muito.

    4) O carro é extremamente silencioso e macio.

    5) Todos sedans grandes desvalorizam bastante.

    6) Alguns seres aqui são uma verdadeira piada, se o Golf vem com suspensão multilink ai é a melhor suspensão do mundo, se depenam e colocam uma eixo de torção ai falam que é uma melhoria pois a suspensão é robusta.

    7) A linha ecoboost é tão boa quanto tsi da vw.

    8) Nenhum sedan grande tem o mesmo custo beneficio que o Fusion, até porque você pega um fusion por preço de sedan medio.

    9) Um coxim hidraulico na Ford custa R$400.

    Na VW R$2000 GM R$1500

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.