Car.blog.br

Pesquisar este blog

Volkswagen fecha acordo nos EUA sobre motores diesel

Categorias: , 9 Comentários

A Volkswagen of America anunciou que fechou um acordo para regularização dos veículos equipados com motores diesel TDI que estavam com emissões acima do permitido. Os termos incluem recompras de veículos ou finalização de contratos de leasing, modificações nos motores e pagamento em dinheiro aos clientes afetados. São elegíveis para receber os benefícios cerca de 475.000 modelos equipados com motor 2.0L TDI. A montadora concordou também em alocar US $ 2,7 bilhões em fundos de recuperação ambiental, e em investir outros US$ 2,0 bilhões em iniciativas para promover o uso de veículos de emissões zero nos EUA. O valor total dos acordos nos EUA é menor que a provisão de €16.2 bilhões de Euros (US$ 17,93 bilhões de dólares) feita em 2015 no balanço do conglomerado.


O acordo foi estabelecido entre a Volkswagen AG, o Departamento de Justiça (DOJ) dos Estados Unidos e do Estado da Califórnia; a Comissão Federal de Comércio EUA (FTC); e demandantes privados representados pelo Comitê Diretor dos Requerentes (PSC) para resolver demandas cíveis da Volkswagen e Audi relativamente a motores 2.0L TDI. Dos aproximadamente 499.000 veículos 2.0L TDI que foram produzidos para a venda nos Estados Unidos, cerca de 460.000 Volkswagen e 15.000 veículos Audi estão atualmente em uso e elegíveis para recompra e finalização de contratos de locação ou modificações de emissões. A Volkswagen vai estabelecer um teto máximo para o programa de recompra ou de liquidação do financiamento de US $ 10,033 bilhões. Esse valor assume que 100% dos clientes elegíveis optarão por vender seus carros à VW.


Resumo das ações que a Volkswagen AG se comprometeu nos EUA relativamente aos veículos com motores TDI 2.0L :
  • Comprar de volta ou fazer cessar os contratos de locação de veículos elegíveis, ou fornecer modificações para adequá-los às normas, e também fazer pagamentos em dinheiro aos ex-proprietários e arrendatários atuais.
  • A Volkswagen irá estabelecer um fundo único de recursos financeiros para cobrir o programa de liquidação dos motores 2.0LTDI. O montante máximo dos recursos não vai ultrapassar US $ 10,033 bilhões, sendo que o valor final, que será menor que o fundo máximo, dependente de quantos clientes vão participar do programa e quais vão escolher as modificações propostas.
  • Os clientes podem optar por vender de volta seu veículo para Volkswagen ou encerrar seu contrato de leasing sem penalidade, ou, se a modificação for aprovada, optar por ter o seu veículo modificado gratuitamente e mantê-lo. Os clientes que escolherem qualquer uma destas opções também receberão um pagamento em dinheiro da Volkswagen.
  • O valor de um veículo elegível para uma recompra será determinado com base na tabela de usados relativa a setembro de 2015 publicada pela Federação Norte-Americana de Revendedores de Veículos Usados (NADA), com ajustes para opcionais e quilometragem.
Além disso, a Volkswagen concordou em :
  • Pagar US $ 2,7 bilhões ao longo de três anos para um fundo trust ambiental, que será gerido por um administrador nomeado pelo Tribunal, para remediar as emissões em excesso de óxido de azoto (NOx) dos veículos 2.0L TDI.
  • Investir US $ 2,0 bilhões ao longo de 10 anos em infra-estrutura, acesso e iniciativas de sensibilização para veículos de zero emissões.
A Volkswagen vai iniciar o programa de liquidação tão logo os termos finais sejam assinados por todas as partes. A marca informa que os requerentes potenciais não precisam entrar em contato com Volkswagen ou Audi, ou seus concessionários, neste momento. Os proprietários receberão notificações individuais com sobre seus direitos e opções (incluindo a opção de "opt out" do acordo de pagamento).

Informações adicionais sobre os acordos estão disponíveis em www.VWCourtSettlement.com ou www.AudiCourtSettlement.com.

Postagens relacionadas:

9 comentários:

  1. As ações da volkswagen nesse assunto são impressionantes, mostra realmente que o grupo quer resolver o problema e mesmo assim ainda fortificar a marca. O que fica curioso é... como deixaram isso acontecer quem será que foi responsável por isso,?? Eu duvido que isso saiu da diretoria da empresa

    ResponderExcluir
  2. Parabéns à VW. O acordo saiu barato. Muito mais barato que a própria VW imaginava, já que fez provisão de 18 bilhões, e vai gastar no máximo do máximo, 10 bi. E não vai gastar tudo isso, pois isso só se ela tiver que comprar 100% dos carros. Mas como os carro serão comprados no valor de tabela da NADA (equivalente à tabela Fipe), muitas pessoas vão preferir, evidentemente, manter os carros e fazer o ajuste. Então o resultado final será muito menor que esses 10 bi.
    Os demais valores são investimentos em benefício próprio em vendas de carros elétricos. Então está ótimo.
    Não é a atoa que as ações do grupo estão subindo...
    Parabéns VW! Diesel gate chegou ao fim. A montanha pariu um rato!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem falar que isso é perseguição clara a Volkswagen já que outra tb fraudaram . A multa da Toyota foi bem menor onde matou pessoas , pq a da VW foi alta assim mesmo estando abaixo do que ela mesmo estipulou ? ...
      Oq significa Carlos : a montanha pariu um rato! ??? Kkk

      Excluir
    2. Neste clima pairando que vários outros estão envolvidos como a americana chevrolet com o cruze diesel, certamente acalmou o governo norte americano e somado às compensações oferecidas que foram bem generosas Formou-se um bom acordo, mas a quem está por vir, prepara o bolso porque vai entrar na roda, com força!
      Diferenca né! Se fosse no Brasil (Amarok estava nesta conversa diga-se de passagem) governo ia pegar todo dinheiro para ele, ia tudo para o tesouro e não para os donos dos carros.

      Excluir
    3. Curiosidade: O que a VW vai fazer com tantos carros recomprados?
      Acho que podera lucrar com isso.

      Excluir
    4. O acordo reforça o compromisso da VW AG com o Governo e mercado norte-americanos, principalmente para o resgate da confiança do fabricante diante do erro confessado. Reconstruir a imagem da marca no território americano é o desafio para o futuro junto com o desenvolvimento de veículos com emissões zero, a exemplo do e-Golf. A valorizações das ações da VW AG representa a força do Grupo VW na solução da crise. Vale ressaltar ainda que até o momento o Grupo não precisou vender nenhuma das suas doze marcas, conforme fora anunciado por alguns meios da imprensa que a medida seria necessária para diminuir os prejuízos do dieselgate. Interessante que a Mitsubishi fraudou testes por mais de duas décadas e foi comprada pela Nissan para não quebrar, muito diferente da VW. Fraudes de emissões foram atribuídas por laboratórios especializados à Mercedes-Benz, BMW, Peugeot, Fiat e agora GM, vejamos o rigor das autoridades para a aplicação das penalidades.

      Excluir
  3. Se fosse no Brasil, vocês acham que a VW iria fazer esse acordo??
    Isso mostra o que acontece em um país em que o Justiça é eficiente, porque certamente, se fosse condenada, os custos para a VW seriam muito maiores.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.