Car.blog.br

Pesquisar este blog

Peugeot: elevação de vendas e faturamento no Brasil - 2016

Categorias: , , , 56 Comentários

A montadora de automóveis francesa Peugeot foi a única marca, entre as 15 maiores do Brasil, que registra aumento de vendas em 2016, quando comparado com igual período do ano anterior.

Novo Peugeot 208 GT 2017

Enquanto o mercado automotivo brasileiro contraiu-se 26,3% no acumulado de janeiro a maio de 2016, a Peugeot cresceu 1,15%. Além disso, o preço médio de venda de um veículo da marca subiu de R$ 60,3 mil, em 2015, para R$ 63,6 mil reais, em 2016.

Novo Peugeot 408 2016

Com isso, a marca obteve um ganho de 1,15% em suas vendas, mas o faturamento subiu muito mais - 13,78%. Isso porque a marca está vendendo mais e mais caro.

Peugeot 2008 Flex Automático

O bom resultado da Peugeot se deve a alguns fatores. O primeiro é o lançamento do Peugeot 2008, SUV compacto que está vendendo mais que o hatch do qual deriva - o Peugeot 208. No acumulado de 2016, o Peugeot 2008 já emplacou 4.278 unidades, enquanto o Peugeot 208 ficou com 4.270.

Peugeot 208 1.2 Pure Tech

Outra questão é a renovação dos produtos. O Peugeot 208 recebeu recentemente o motor tri-cilíndrico 1.2 Pure Tech Flex, classificado pelo INMETRO como o mais econômico do Brasil, e agregou ainda a versão GT, com o motor 1.6 THP Turbo Flex.

Novo Peugeot 308 2017

Ademais, o hatch médio Peugeot 308, e seu respectivo sedã derivado, o Peugeot 408, passaram por atualizações estéticas.

Novo Peugeot 408 2017

E há também a mudança na gestão. A subsidiária brasileira trocou um presidente francês por uma executiva brasileira - Ana Theresa Borsari -, o que vem se refletindo positivamente no desempenho da marca no Brasil.

Com informações: Infomoney

Postagens relacionadas:

56 comentários:

  1. Bons carros, já tive dois que não deram nenhum problema e quando vendi foi pelo preço da tabela fipe e bem rápido. Quem reclama, na maioria das vezes, nunca sentou dentro de um carro da marca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com todo o respeito, estatisticamente sua experiência pessoal não tem a menor relevância.
      O que tem valor é o percentual de problemas e de dificuldade de vendas de uma amostra cientificamente significativa em comparação com as demais montadoras.
      Mas, sob uma perspectiva isolada, que bom que deu tudo certo para o Sr.

      Excluir
    2. Egon, tu tem uma estatística para citar e provar que o Vinícius está errado?
      Os peugeot incomodavam muito na parte da suspensão dianteira e caixa de direção, no caso do 206/207 ainda existia o problema do eixo traseiro, hoje estes problemas não existem mais, são bons carros.
      O pós venda tem problemas? Tem, mas exceção ás japas todas tem, se tu fizer uma pesquisa em fóruns tu vai descobrir que disparado a maior quantidade de queixas vem das css volks, e esta foi a minha experiência.
      Nunca fui tão maltratado em nenhuma empresa de qualquer ramo como nesta css da volks, todo o tempo estavam tentando me esfolar, e todos os meus conhecidos próximos tem este tipo de experiência na volks.
      A peugeot está pagando pelos seus erros do passado, por não se preocupar em adaptar corretamente a suspensão e caixa de direção para o nosso piso, e isso inclui a o maldito eixo traseiro dos 206 e 207.

      Excluir
    3. Assim como o Vinicius, eu estou no meu segundo Peugeot, tive um 208 e hoje tenho um 2008, e até agora eu não tive problema algum que deponha contra a marca. Pelo contrário, a cada dia os elogios aos carros só aumentam. Quem fala contra os atuais carros da Peugeot ou fala de "ouvir falar" ou fala por má vontade mesmo. Quem hoje entra num 208 ou num 2008, ou mesmo em qualquer outro modelo da marca, passa a conhecer o que é um carro bonito, confortável, que dá prazer de dirigir e que tem tecnologia de ponta.

      Excluir
    4. Assim como o Vinicius, eu estou no meu segundo Peugeot, tive um 208 e hoje tenho um 2008, e até agora eu não tive problema algum que deponha contra a marca. Pelo contrário, a cada dia os elogios aos carros só aumentam. Quem fala contra os atuais carros da Peugeot ou fala de "ouvir falar" ou fala por má vontade mesmo. Quem hoje entra num 208 ou num 2008, ou mesmo em qualquer outro modelo da marca, passa a conhecer o que é um carro bonito, confortável, que dá prazer de dirigir e que tem tecnologia de ponta.

      Excluir
    5. Alguns carros da Peugeot são dificeis mesmo de vender. Mas e fora isso Egon, vc acha q a unica marca com alguns problemas nos carros e no pós vendas é a Peugeot? Vai achando....todas são assim.

      Excluir
    6. Tive dois 408 e estou indo para o terceiro. Sempre fui bem atendido nas concessionárias e nunca tive qualquer problema. Minha filha tem um 208 que também nao tem qualquer ressalva. É tudo uma questão de gosto. Para mim atendem bem em qualidade de construção, acabamento, mecânica e confiabilidade. As revisões estão na média do segmento.

      Excluir
  2. 308 tem ficado no terceiro lugar e colado no segundo do Golf... Ganhou uma forcinha com essa reestilização.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em maio vendeu apenas 11 unidades a menos que o Golf.

      Excluir
  3. Tive uma 408 THP, paguei o mesmo que o meu pai pagou num Civic LXR, ambos 2013. O 408 é muito superior, qualidade do material, o interior então, nem se compara. Até meu pai torceu o nariz ao andar no 408, com motor THP...mas vende 100 por mês e Civis vende 2 mil...fazer o que...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é.. tb acho isso...

      Excluir
    2. Pq vc acha q o Brasil ta nos últimos lugares do indeci de educação ? Kkkk
      Com td respeito a diversidade opiniões, mas nos brasileiros olhamos um carro pelo boca a boca e n por experiência própria , isso explica algumas diferenças gritantes de vendas em alguns modelos !
      E só problema com o carro , qualquer carro pode vim a dar , desde q vc compre o carro é faça as devidas manutenções n dara problema , e n só andar, meter o pé, e depois por defeito !

      Excluir
    3. Pq vc acha q o Brasil ta nos últimos lugares do indeci de educação ? Kkkk
      Com td respeito a diversidade opiniões, mas nos brasileiros olhamos um carro pelo boca a boca e n por experiência própria , isso explica algumas diferenças gritantes de vendas em alguns modelos !
      E só problema com o carro , qualquer carro pode vim a dar , desde q vc compre o carro é faça as devidas manutenções n dara problema , e n só andar, meter o pé, e depois por defeito !

      Excluir
    4. Quando os carros das marcas conhecidas pelo brasileiro dão problemas Walter, as pessoas reagem a isso como algo natural de acontecer. Agora quando são marcas menos conhecidas, assim como é o caso da Peugeot, e em relação a qual o pessoal tem má vontade, é um "deus-nos-acuda". Os carros da Peugeot dão tantos problemas quanto os carros de qualquer outra marca, já que são produtos fabricados em linha-de-montagem. Só que quando se trata de um 208, de um 2008 ou de outro modelo qualquer dela, é uma grita só. Tanto isso é uma verdade, que, por exemplo, apesar dos problemas que os câmbios powershift da Ford dão até hoje, os carros equipados com ele continuam vendendo. Imagina se os mesmos estivessem nos carros da Peugeot?

      Excluir
    5. O povo é burro...aqui na minha cidade tem um japonês com um corolla, foi para Floripa, junto com um amigo que tem um 408 THP, na volta trocaram de caro, o japonês do corolla veio dirigindo o 408 do amigo,chegou aqui foi correndo na peugeot trocar o corolla dele por um 408 THP.

      Excluir
  4. Todo respeito e admiração a bicentenária Peugeot.

    ResponderExcluir
  5. O peugeot 208 AT (2016/2017)ainda continua com o cambio AL4?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este ainda é o maior problema dela. Um 2008 com um cambio AT6 do 308 seria bem interessante.

      Excluir
    2. Há um trabalho sendo realizado na Europa pelo grupo PSA. Logo, logo os compactos (208 e 2008, bem como o C3 e Aircross/C3 Picasso/DS3) virão com a possibilidade do AT6. O 2008 AT6 com motor THP seria um best buy facilmente em seu segmento.

      Excluir
  6. Eu gostei muito deste 208 2017, principalmente o 1.2 Allure, tem um bom custo beneficio , tenho interesse em comorar um.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comprei 1.2 Puretech branco. Hoje é o 1º dia que tirei da CSS. Com 30km rodados, a média do consumo 13.5 km/l, uso somente urbano. Pensei no VW up!, mas o vendedor mal deu atenção para mim. Enquanto na Peugeot, o vendedor foi sempre muito solícito. O interior, cockpit, é fantástico. Bonito, silencioso, confortável, econômico.

      Excluir
    2. Nem se compara ao Up.... 208 é mais carro... fez uma excelente escolha.

      Excluir
    3. Parabéns! Isso que você falou do atendimento é a mesma impressão que tive.

      Excluir
    4. Tenho um Cross Up, acho bem melhor que o 208. Mas concordo, se dependesse do vendedor da concessionária VW, não teria comprado. Ele se esforçou pra não me atender bem!

      Excluir
    5. Acho que não dá para comparar um up com o 208. Se os preços forem aproximados é um absurdo...

      Excluir
  7. São carros muito bonitos, e muitas vezes com equipamentos e preço bastante atrativos, mas algumas coisas matam os carros. O 208 por exemplo, está um carro muito bom, porém a falta de um cambio automático alem do 4 marchas matam o carro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não acho que seja este o problema, eu prefiro um câmbio quatro marchas do que automatizados dos concorrentes, são muito piores.

      Excluir
    2. Tive o 207 at com alguns probleminhas reparaveis, mas agora, quase 2 anos com 208 griffe at, mesmo com 4 marchas, não deve nada, talvés pouca coisa de consumo de combustível mas nos demais quesitos, tudo de bom, só saio do 208 para o 2008, quem não conhece não sabe o que está perdendo, um Sr. Carro.

      Excluir
    3. São ótimos carros sem duvida alguma. Já dirigi muito um 308 AT4, é um carro delicioso de dirigir, mas se você pisar fundo é capaz de ele abaixar pra segunda marcha a 100 kmh e deixar o carro gritando. Gasta muita gasolina tb, e pra mim isso é um grande defeito. Tenho um Gol 1.0 que faz 15 sem nenhum cuidado com o acelerador para economizar, e para mim é impensável sair disso para um carro 1.6 que seja, mas que faz 12, 13 no máximo, tomando muito cuidado. Ou pego o manual ou vou para outro carro.

      Excluir
  8. Contrariando muitas opiniões paguei para ver e comprei um 208. Não me arrependi, se comparar equipamentos (versão Griffe) vale a pena , se gostar de dirigir e experimentar, compra.

    ResponderExcluir
  9. Minha patroa tem um 308 THP. Fantastico, concilia maciez e desempenho, com muito conforto. Viajamos com a filhota nas férias nele por mais de 3000 km, que viagem boa. Dava prazer dirigi-lo por horas e horas. Deixará saudade quando formos trocá-lo (por um Prius, se Deus quiser e a Toyota baixar o preço).

    ResponderExcluir
  10. Acabaram de lançar o motor 1.2, não deu tempo ainda de interferir no resultado.... o 2008 eu concordo...

    ResponderExcluir
  11. Não creio que lançamento do motor 1.2 tenha influenciado nas vendas, ainda que o brasileiro adore uma novidade. O fato é que o 208 tem se mostrado consistente, vem se firmando no mercado pela qualidade, reconhecida até pela imprensa especializada. A linha Peugeot no Brasil é muito pequena, de forma quê, qualquer lançamento da marca, acba por alavancar as vendas. Só a rede de assistência técnica que precisa melhorar...

    ResponderExcluir
  12. Não creio que lançamento do motor 1.2 tenha influenciado nas vendas, ainda que o brasileiro adore uma novidade. O fato é que o 208 tem se mostrado consistente, vem se firmando no mercado pela qualidade, reconhecida até pela imprensa especializada. A linha Peugeot no Brasil é muito pequena, de forma quê, qualquer lançamento da marca, acba por alavancar as vendas. Só a rede de assistência técnica que precisa melhorar...

    ResponderExcluir
  13. Foi falado pela direção da Peugeot se as vendas melhorassem a chance seria grande de vir o at6 e 1.2thp para a linha Peugeot, se vier vai ser ótimo, uma opção fantástica que não terá concorrente a altura.

    ResponderExcluir
  14. E assim espero que a peugeot traga o 1.2 turbo que ganhou o titulo de melhor motor de 1,0 litro até 1,4 litro.

    ResponderExcluir
  15. Comprei um 208 active em 2013 e o carro eh superior em cabamento e esportividade em relacao aos concorrentes, tem um bom custo benefício, depois me arrependi de nao ter pego a versao allure ou griffe que tem ainda mais acessórios... Única resalva eh a suspensão que nao eh tão confortável... Mas qual carro dessa faixa de preço eh?! Vw gol carroça?!

    ResponderExcluir
  16. Tenho Citroen C3 (geração II) o carro também é fantástico, muito macio e silencioso, além do que bebe pouco. Acredito que a PSA encontrou a fórmula certa para o Brasil.

    ResponderExcluir
  17. Parabéns à Peugeot, agora só uma boa pegada no pós venda com tratamento justo, e cordialidade apesar de eu mesmo não ter nada a reclamar mas sim pelo comentário de outros proprietários em Ccs específicas.

    ResponderExcluir
  18. Tinha um cruze LT 2013 e queria trocar por usv, fui à pesquisa e tinha a intensão de comprar um renegate ou um EcoSport, mas fui mal atendido pelas revendoras desta marcas aqui em BSB, tive a idéia de ir a uma concessionária Peugeot e fui atendido com maestria,resultado comprei um 2008 allure automático e estou muito satisfeito.

    ResponderExcluir
  19. Tinha um cruze LT 2013 e queria trocar por usv, fui à pesquisa e tinha a intensão de comprar um renegate ou um EcoSport, mas fui mal atendido pelas revendoras desta marcas aqui em BSB, tive a idéia de ir a uma concessionária Peugeot e fui atendido com maestria,resultado comprei um 2008 allure automático e estou muito satisfeito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc está se dando bem com a câmbio automático? Comprei um 208 automático e posso dizer. E fantástico. Só escuto besteiras porque é de quatro marchas... balela o câmbio e super eficiente e inteligente

      Excluir
    2. Vc está se dando bem com a câmbio automático? Comprei um 208 automático e posso dizer. E fantástico. Só escuto besteiras porque é de quatro marchas... balela o câmbio e super eficiente e inteligente

      Excluir
  20. Estou no meu segundo Peugeot 208 e não troco pelos seus concorrentes diretos. Mais pra frente pretendo trocar de carro e tem grandes chances de ficar na marca (2008), até pq seus carros no geral são mais fáceis de se negociar. Não tenho o que reclamar do carro e pós venda,tive dois problemas no carro, lanterna infiltrando água, esguichador com problema e foi resolvido rapidamente. Recomendo!

    ResponderExcluir
  21. Alguém que tem o 208 pode confirmar que o ar não gela adequadamente o carro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nada a ver. Dual zone, mesmo nas versões de entrada. PS: Tenho um 208 1.2 Puretech

      Excluir
  22. Tenho um 408 2.0 aut e anda mais que fluence e focus 2.0 carro top com aparencia de valor agregado de carro de categoria mais cara so reclama de peugeot que nunca teve ou deu azar pois o carro nao faz um barulhinho sequer

    ResponderExcluir
  23. A Peugeot nunca foi e talvez nunca será a marca que mais vende no país. Mesmo assim, é uma marca que traz qualidade nos carros, e motores modernos. A quanto tempo o THP está disponivel no 408? Há muitos anos. Só agora teremos Cruze e Civic turbo (a preços altíssimos, claro). Há pouco tempo tinhamos 2.0 8v no Jetta. E o Corolla, Sentra e Focus...nada de falar em turbo. Renegade, engula o 1.8 fraco. O 2008 deixa todos pra traz por já trazer o 1.6 turbo. E a Fiat, marca q vende bem no Brasil, não tem 3 cilindros e ainda vende o cambio dualogic. Enquanto isso a Peugeot investiu e trouxe o 1.2 3 cilindros. Essas são coisas que devemos observar.

    ResponderExcluir
  24. Concordo plenamente com todos que defendem os carros da peugeot. São carros bonitos e duráveis, pois, posso falar porquê tenho. Nunca me deixou na mão, nunca tive problemas em achar peças de manutenção periódicas, é um carro acima da média. A maioria que falam mal nunca tiveram um.

    ResponderExcluir
  25. Não tenho Peugeot no momento, mas já tive e foi só alegrias, sinceramente, preconceito idiota de Brasileiro, anda de golzinho e critica as francesas e sua tecnologia de ponta porque seu mecânico disse que é ruim de manutenção, logicamente por ser um mecânico desatualizado e incompetente.

    ResponderExcluir
  26. Sai de hb20 1.6 para o 208 1.2 carro maravilhoso e encômio fora a qualidade do interior muito superior ao hb20 quanta a potência não senti falta do hb20

    ResponderExcluir
  27. Pessoal vamos aos fatos. Eu tinha um FOX High Line 2015 mecânico (6 marchas) e troquei por um Peugeot 208 Griffe 2017 automático. tive sim uma decepção!!! foi de ter gasto dinheiro com o Fox e não ter comprado o 208 antes. O 208 e infinitamente superior a qualquer um dos seus principais concorrentes. Design, conforto, acabamento, e qualidade de projeto. Peço desculpas, mas comprar HB20 é sacanagem sendo que existe um 208 como concorrente. No 208 você sente que esta realmente em um compacto premium. Quanto ao Câmbio vamos esclarecer. Até ontem todas as marcas tinham automáticos de quatro velocidades, ai começou a mudança, e como o brasileiro é chegado em uma modinha agora todo mundo acha que seis velocidades é que presta e o de quatro não. Na minha experiência o câmbio é excelente. Trocas suaves, rápidas e eficientes, uma cambio super inteligente que faz até freio motor sem precisar da sua intervenção e muda as marchas conforme a inclinação da pista e a real necessidade. fora que se precisar tenho as aletas para as trocas quando eu preciso. Claro se o carro tivesse uma marcha a mais seria melhor aproveitado o torque do excelente motor 1.6, mas fiquei muito satisfeito em minha primeira viagem de 400 km com um consumo médio de 14km/l no plano e com ar ligado e as respostas do câmbio no trecho de serra que passei. Simplesmente excelente, não senti falta alguma de marchasa mais.
    Quero parabenizar a Peugeot pelo carro, entrei na marca e dificilmente vou sair e aqueles que torcem o nariz para a Peugeot, porque são modinhas e só acham que os japoneses é que prestam, o azar é de vocês...

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.