Car.blog.br

Pesquisar este blog

Novo Civic 2017 Turbo: preço para competir com A3 Sedan

Categorias: , , , , , , 50 Comentários

A Honda do Brasil prepara o lançamento no mercado doméstico da nova geração do Civic - veículo que chega totalmente reformulado, inclusive no posicionamento de mercado, já que sua versão topo de gama, com preço acima de R$ 120 mil reais, buscará competição com modelos premium.

Novo Honda Civic 2017 x Audi A3 Sedan

Novo Civic 2017 x Audi A3 Sedan 1.4 Flex

A versão topo do novo Civic no Brasil será a Touring, e a única que adotará o motor 1.5 Turbo associado à uma transmissão automática CVT;. Em testes nos EUA, esse powertrain consegue levar o sedã de 0 a 100 Km/h em menos de 7 segundos, com velocidade máxima em torno de 205 Km/h.

Novo Honda Civic 2017 x Audi A3 Sedan

Com as adaptações para usar a gasolina brasileira o desempenho deve cair, mas ainda assim ficando acima do observado no A3 Sedan 1.4 Flex Automático nacional (e abaixo do A3 Sedan 2.0 Ambition) que é um dos modelos premium que a montadora japonesa mira.

Novo Honda Civic 2017 x Audi A3 Sedan

Nessa faixa de R$ 120 mil reais há versões bem completas do A3 Sedan 1.4 Flex nacional, e o modelo alemão leva grande vantagem sobre o japonês tanto em termos de comportamento dinâmico quanto de acabamento e tecnologia.

Novo Honda Civic 2017 x Audi A3 Sedan

O Civic Touring, mesmo com suspensão multilink e números de aceleração melhores, não é páreo para o A3 Sedan 1.4 Flex nacional em condução esportiva, já que o Audi tem ajuste de suspensão mais refinado e direção mais acertada, segundo relatos da revista Car and Driver que avaliou os dois carros.

Novo Civic 2017 x Audi A3 Sedan - interior
Audi A3 Sedan 1.4 Flex - interior
O câmbio automático do A3 Sedan 1.4 Flex nacional, com seletores de trocas de marchas manuais, também é superior ao CVT do Civic Turbo, segundo a revista.

Novo Civic 2017 x Audi A3 Sedan - interior
Novo Honda Civic 2017 - interior
E em termos de acabamento interno, enquanto o A3 Sedan adota um ambiente que se destaca pela profusão de peças emborrachadas, plásticos de qualidade, design mais limpo e inteligente, enquanto o Civic fica com plásticos duros e clara impressão de menor requinte.

Novo Civic x VW Jetta TSI

Outro modelo que o Civic 1.5 Turbo enfrentará será o Jetta, que, em sua versão Highline (topo de gama), conta com o competente motor 2.0 TSI de 211 cavalos associado com transmissão DSG de 6 marchas. Em termos de desempenho, o Jetta 2.0 será um páreo mais duro para o Civic Turbo em termos de números de aceleração e retomadas, mas novamente o comportamento dinâmico do alemão será melhor.

novo Honda Civic 2017 x VW Jetta TSI

Além disso, o Jetta 2.0 TSI com câmbio DSG-6 mostra-se mais prazeroso em condução esportiva. O Civic 1.5 Turbo CVT, apesar de contar com um conjunto eficiente, tem a tradicional monotonia das transmissões CVT - que mantém o motor em uma rotação de melhor rendimento.

novo Honda Civic 2017 x VW Jetta TSI

No que respeita ao design, o Civic tem visual mais moderno que o Jetta, tanto externa quanto internamente.

VW Jetta Highline TSI - interior
VW Jetta Highline TSI - interior
Entretanto, novamente o VW conta com acabamento superior em termos de materiais e montagem, mas a vantagem aqui não é tão elevada quanto a do A3 Sedan frente do Civic.

Novo Civic x Chevrolet Cruze

O novo sedã japonês chegará ao mercado quase que simultaneamente ao Novo Cruze 2017, da Chevrolet. O modelo de origem norte-americana - fabricado na Argentina - adota um motor 1.4 Turbo de 150 cavalos, com transmissão automática de seis marchas.

Novo Honda Civic 2017 x Novo Cruze 2017

O Cruze também é um projeto totalmente novo, mas o estilo do Civic ficou ainda mais esportivo, pelo menos externamente. Já no interior, há uma certa equivalência entre os dois modelos.

Novo Honda Civic 2017 x Novo Cruze 2017
Novo Honda Civic 2017 - painel de instrumentos
No que respeita à performance, o Civic deve se sobressair sobre o Novo Cruze, já que conta com motor mais potente e uma transmissão mais eficiente.

Novo Honda Civic 2017 x Novo Cruze 2017
Novo Chevrolet Cruze 2017 - painel
Mas em termos de comportamento dinâmico, o Civic tem um ajuste um pouco mais firme de suspensão, enquanto o Cruze prioriza o conforto, com configuração mais macia.

Novo Civic x Corolla

E como não poderia deixar de ser, o Novo Civic 2017 enfrentará também o líder do segmento, o Corolla, que deverá receber aperfeiçoamentos até o final do ano.

Toyota Corolla x Novo Civic 2017

Ocorre que a competição com o Corolla, assim como as versões mais baratas de Jetta, será missão das versões de entrada do Novo Civic 2017, que manterão o motor 2.0 16V de 155 cavalos do Civic atual, mas acoplado à nova transmissão automática CVT.

Novo Honda Civic 2017 x Toyota Corolla
Novo Honda Civic 2017 - interior
Com isso, o Civic 2.0 aspirado ganhará em eficiência, com melhora no desempenho e também no consumo, podendo encarar em melhores condições o Toyota.

Novo Honda Civic 2017 x Toyota Corolla
Toyota Corolla Altis - interior
Entretanto, o Corolla, por não ser mais novidade, terá que competir com uma relação custo x benefício mais favorável para tentar fazer com seus consumidores não se sintam atraídos pelo conterrâneo.

Conclusão

O Novo Honda Civic 2017 é um dos lançamentos mais aguardados do ano, e sua chegada ao mercado, juntamente com o Novo Cruze, e o facelift do Corolla, ampliará a competição no segmento.

Novo Honda Civic 2017 x VW Jetta x Toyota Corolla

Além disso, versões mais caras e sofisticadas do Civic buscarão competir em uma faixa de mercado premium, que atualmente é exclusiva dos sedãs premium alemães, como o A3 Sedan.

Postagens relacionadas:

50 comentários:

  1. Respostas
    1. Melhor que todos os AT convencionais que equipam outros modelos do mercado, seja em desempenho quanto em eficiência ...

      Excluir
    2. O 0-100 abaixo de 7 é graças ao câmbio. Mas depois o câmbio acaba sendo pior para o carro. P. ex., 205 de máxima é pouco. E câmbios de 8 marchas da Aisin e da ZF são melhores. Dá para discutir com câmbios automáticos de 6, mas para além dessa discussão, CVT já não se torna boa opção.

      Excluir
    3. 205 km/h é limitação eletrônica.
      Esse CVT tem simulação de marchas e rotação rotação progressiva, similar ao Multudrive.

      ZF só se torna um câmbio diferenciado na sua versão esportiva que equipa de alguns modelos de performance, como os BMW.
      Outro câmbio AT de performance é o 7AT da Mercedes.
      A AISIN já não é tão rápido quanto os dois citados.


      Excluir
  2. mas se for verdade sobre o cambio! ai o carrinho dos japas perdeu!
    eu nunca tive honda exceto moto mas acho que quem tem honda 4 rodas e meio fanático por honda ou quem gosta de statos, não disse q o carro e ruim mas tem propostas melhores.


    eu gosto de vw claro q exitem exceções mas são boas propostas exceto a maioria dos preços. mas o bolg e suspeito pra falar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CVT é o que o público-alvo espera.
      Pode ter certeza de que seu desenvolvimento e implementação foi um excelente acerto.

      Infelizmente, para aqueles que gostaria de um veículo mais arisco e divertido, a Honda carece de um DCT decente ...

      Excluir
  3. O interior do Corolla é muito feio.

    Console todo desalinhado, sem um mínimo de simetria... os elementos parecem ter sido largados pelo painel.

    Não dá pra acreditar que é o sedan mais vendido no país.

    ResponderExcluir
  4. Honda e Toyota, preferência nacional, câmbio CVT show com baixo consumo e confiabilidade. Toyota = perfil mais racional.
    Honda = perfil mais emocional.
    Simples assim.

    ResponderExcluir
  5. E o que eu desconfiava aconteceu.
    Todos sedans médios irão subir de categoria. Agora eu quero ver como isso vai puxar o preço dos carros abaixo deles... Os preços vão seguir a mesma tendência. Aliás, alguns já até seguiram, Honda City agora já custa R$ 80 mil na versão EXL,
    Apertem os cintos, que a subida de categoria vem aí.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E o City vai subir mais quando receber o 1.8 ...

      Excluir
    2. Honda City 1.8? Será mesmo?? Show.

      Excluir
  6. Agora, no Jetta o Civic vai bater (fato), no Cruze também (provavelmente), no Corolla inicialmente sim (talvez), mas Audi... baixa bola Honda, e o preço também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. José, tive a oportunidade de fazer o test drive no Audi A3 e no Civic turbo, trabalho no segmento e posso afirmar que a unica coisa que o Audi ganha é em Torque e no Status, no mais, na direção de pinhão duplo de 2,2 voltas contra 3 do Audi, no conjunto mecânico inclusive a suspensão do Audi brasileiro é a mesma do Corolla e Cruze, barra de torção, contra uma multilink de 4 braços com coxins hidraulicos nas 4 rodas do Civic Touring, alem do espaço interno maior do Civic, painel muito mais bonito, porta malas maior, e no design que pra quem ja viu pessoalmente o Civic impressiona.Então Audi A3 nao ganha do Civic não.

      Excluir
    2. Rafael Pereira... Vou fingir que não li seu comentário... um é premium e o outro não! Um é turbo desde as versões mais básicas na faixa de 100 mil reais e o outro não... 125.000 para 137.000 é uma diferença não muito grande, certo? Mas a diferença de carro é brutal... O Audi, por 12 mil a mais que a versão top do Civic, conta com motor de 220cv e cambio DSG de 6 marchas... o carro atinge +250km/h, freios compatíveis com a proposta do carro, acabamento primoroso... Não tem como nem começar a comparar... é como comparar um charrete com uma nave espacial... Audi é Audi... onde ela entra, a Honda ainda não sonha!

      Excluir
  7. O pior é que vc tá certo Rafael/yashiro. Pode esperar pra ver absurdos como o novo Voyage Highline custando mais de 60 mil.

    ResponderExcluir
  8. Quando colocarem o Civic nas ruas do Brasil, o Jetta vai envelhecer 10 anos, tamanha a diferença de design.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Correto, mas o Jetta já tem turbo 1.4 litro nas versões de entrada.

      Excluir
  9. 120mil com dolar abaixando, uma piada

    ResponderExcluir
  10. Fábio, tô na dúvida entre comprar um A3 Sedan Flex, versão Attraction, e um Golf TSI nacional.. os preços não mudam muito (em torno de 100k), como você sabe. Queria saber se o "acerto" dos carros muda muito.. ok, eles compartilham a mesma plataforma e muitas outras coisas.. mas apesar de o Golf ser mais completo em termos de equipamentos, o A3 é um Audi, e é aí que vem a dúvida: em termos de mecânica e acertamento do carro mesmo, gostaria de saber qual dos dois você acha a melhor opção. Tenho certeza que mais gente tbm tem essa dúvida, se você pudesse fazer uma matéria sobre isso ou tecer alguns comentários seria bacana! Valeu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Diego, tenho um Golf TSI alemão, é um carro incrível, o câmbio DSG é como mágica, confortável na cidade, só se nota as trocas de marcha por conta da turbina que dá aquela tradicional assobiada, a suspensão do carro faz ele andar em trilhos sem sequer inclinar ou chacholhar, mesmo quando exige muito dele nas curvas em velocidade acima do aceitável, o sistema de auto hold deixa o carro com um toque inrcrível ao parar em qualquer lugar o carro não anda 1 mm sequer nem em ladeira...o Audi Austriaco tinha praticamente as mesmas caracteristicas e ainda com o Status de ser um Audi, pra quem se importa com esse Status, dirigi os dois, não estou falando de teoria, ssm falar no consumo, tenho feito média de 10,5 na cidade e 15 na estrada.
      Voltando agora pra pergunta tema, os carros nacionalizados perderam e muito com os itens que foram CAPADOS do carro, o cambio não chegou a matar o carro, pois é uma caixa automática muiiiito boa, eficiente, rápida, suave, onde se perde muito pouco da potência durante as trocas e as retomadas continuam ótimas, mas a suspensão foi um erro grave, podem dizer oque quizer, mas o eixo de torção matou o audi em curvas de velocidade um pouco maior, com a desvantagem da traseira maior em relação ao Golf, fora que com os 110 mil da versão simprona do audi, você consegue comprar um Golf na versão high line super bem equipado, com couro, ar digital dualzone, um multimidia muito melhor, entre outros itens que elevam o carro a um outro patamar, sem contar o sistema de sensores traseiros e dianteiros, o seguro mais barato, entre outras coisas...o audi tem a vantagem do farol de xenon desde a versão de entrada, mas com o preço dele, talvez uns 2 ou 3 mil a mais você tem no golf também...junto com 4949559 mais equipamentos.

      Excluir
    2. Fábio, eu tenho um golf tsi alemão, já rodei 30000 km nele, o carro é excelente, performance, aceleração, consumo, curvas, etc..estava entusiasmado para comprar um A3 sedan, pensando em mais espaço, cai do cavalo, se estiver pensando em porta mala OK, ponto para o Audi, espaço externo são equivalentes, com desvantagem para o audi que tem o teto muito baixo..mas vamos lá você estava querendo saber sobre o "acerto", cara, são muito parecidos mesmo, a única diferença que vai notar é que a suspensão do Audi é um pouco mais macia, por outro lado o GOLF leva um pouco de vantagem nas curvas, dá pra dizer que são irmãos, continuam sendo irmãos agora na nacionalização, o problema é que além dos preços terem subido, a retirada do cambio DSG foi um downgrade e tanto, mas o câmbio usado ainda é muito bom, acima da média de eficiência e conforto em relação a qualquer concorrente, pra quem não está acostumado com a caixa DSG não vai fazer tanta falta...mas a suspensão empobreceu demais o carro, faz muita falta, principalmente no AUDI que tem a traseira um pouco mais comprida após o eixo. O grande problema do Audi está na piada de mau gosto que é seu pacote de equipamentos, pois tirando o farol de xenon que é de série, a versão atraction não conta sequer com bluetoth ou sensor de ré e tem um volante de plástico sem ser multifuncional que parece de carro popular, enquanto o Golf já é bem mais equipado, sensor frente, trás, lateral, funciona muiiito bem...ar digital dual zone, bancos mais confortáveis e bem construidos entre outras coisas, tudo isso com seguro 40% menor e custando um pouquinho menos...agora, quando se agrega pacotes ao golf a coisa vira covardia, e comparando em preço o audi ganha muito pouco, apenas rodas maiores, bluetoth, volante multifuncional e sensor de ré...só para deixar você com a pulga atrás da orelha, vá dirigir o novo jetta tsi 1.4, vai ter a sensação de estar dirigindo o golf ou o A3 só que com mais espaço e muito mais conforto, pois não lhe roubaram a suspensão refinada...depois disso tira a conclusão fácil fácil...se procura desempenho e conforto vai pro Jetta, se procura um carro mais esportivo e forrado de equipamentos legais fique com o Golf, e se procura status e não está nem ai para o seguro, vai pro Audi. Espero ter ajudado um pouco.
      PS: não estou baseando nada em teoria, eu dirigi todos eles...

      Excluir
    3. Diego: simples. Se quer presença fica com o Audi se quer mais economia na hora da revisão e não chamar muita atenção fica com o Golf...

      Excluir
  11. O audi a3 está em uma posição muito delicada. Se a audi manter esse preço vai com certeza mandar o civic o cruze o jetta e acho que só não o corolla pro buraco. Mas prevejo que logo o a3 suba para 140000 na versão de entrada

    ResponderExcluir
  12. O a3 certamente apresenta um ótimo custo-benefício, mas tem um problema que acaba restringindo muito seu público alvo: espaço interno e porta malas. E nisso, me parece que o novo civic não vai pecar.

    Gostaria muito de ver um comparativo entre o civic touring e o fusion titanium, cujos preços serão bem parecidos!! Fica a dica aí pro pessoal do blog!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maior problema do A3, custo com manutenção, peças e seguro. Um pára-brisas por 5 mil e algo, é demais.

      Excluir
    2. Será? A versão mais barata é peladérrima. Não vejo benefício.

      Excluir
  13. Estive recentemente nos EUA e conheci o novo Civic.
    Eu não concordo com a matéria do blog. Achei o interior e acabamento do Civic excelente e muito bonito, bem melhor que o interior sem graça do A3. Não há comparação entre Civic e Jetta.....Civic anos luz na frente, justificado pelo fato do Jetta ser um veículo mais antigo.
    Eu estava esperando o Civic 2017, sabendo do preço na casa dos 110-120mil, mas semana passada acabei pegando um Ford Fusion Awd por 124mil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jera, vc que conheceu bem o civic e o fusion, o que pode nos dizer da comparação entre ambos, em termos de acabamento, tecnologia e desempenho?

      Excluir
    2. Eu não dirigi o Civic, apenas olhei dentro e fora. Mas o acabamento é muito bom (soft-touch), design exterior (versão touring) e interior MUITO bonito....muito melhor que o painel totalmente de plástico do atual civic.....o Civic igualou o acabamento do Corolla (eu acho muito bom)!
      Pelas notícias dos sites automotivos, o Civic top tera muitos itens tecnológicos bara bater de frente com o Audi A3 e outros....que na minha opinião deixará o Civic imbatível....Piloto automático adaptativo, controle de faixa, itens presentes no civic e fusion....coisa que nunca tive em um carro e nem imaginava como seria usar esses sistemas e estou usando agora no Fusion....e lhe digo que é muito bom! Piloto automático adaptativo é show!
      O Fusion sempre será um nível acima do Civic, sempre será maior, com melhor acabamento e mais tecnologia......o novo civic se igualou agora, mas o novo fusion está chegando com novos itens, deixando-o um degrau acima novamente. O ruim do Fusion é o tamanho....se vc tem garagem apertada, esquece! Minha garagem é boa para um carro pequeno, mas para o fusion ficou no limite. E o parachoque dianteiro....em uma semana de uso, todos os dias raspei em algum quebramola.....!!!
      O Fusion anda muito! o-100 em +- 7.5s....to fazendo média de 8.5 na cidade. O novo CIvic é muito mais economico, com médias de até 16-17km/l na estrada!
      Eu só fui no fusion pq achei esse preço de 124mil.....o normal é 132-135mil no AWD.....Pagar 120 em um civic e 124 em um fusion, preferi ir de fusion!


      Muita gente aqui reclama do cambio CVT sem nunca ter andado ou se andou, foi em um cambio antigo.....
      Os novos CVTs' são excelentes! O do Corolla é muito bom e simula 7 marchas! Andei 3milkm em um Nissan ALtima CVT nos EUA, e pra mim foi o melhor cambio que ja dirigi na vida! Andando normalmente o rpm não passa de 2mil rpm....simula as marchas quando pisa fundo.....e o melhor....na estrada fiz média de 17km/l (consumo geral em 1.800km! NY-Miami)....consumo de up 1.0 em um carro de 2.5 180cvs!

      Excluir
    3. Há um comparativo muito interessante no CivicX entre o Audi A3 2.0TSI e o Civic Touring.
      Apesar de ser um site de fãs do Civic esta matéria é muito interessante porque o autor do post é bem parcial.
      O Civic é dele e o Audi A3, da esposa.
      No resumir ele descreve muito bem que não há como comparar um modelo premium com um modelo civil.
      Ainda mais num modelo que custa U$S 42k contra um que custa U$S 26k.
      Porém, ressalta que as versões mais simples da Audi, não presente naquele mercado, pode perder em custo-benefício para o Civic, porque pode não ser um veículo premium, mas está acima da média do segmento.

      Quanto ao CVT (M-CVT) possui simulação de marchas com rotação progressiva, muito parecido com o do Corolla.
      E quem acha que Cruze 1.4T, Audi 1.4 TSI, C4 Lounge THP andarão junto com o Civic, estão muitos enganados.
      Esse CVT faz uma diferença imensa na disputa e quem acha que é morno e insosso, vai se surpreender ao deixar todos os AT convencionais no chinelo ...

      Excluir
    4. Se o câmbio e o isolamento acústico desse civic novo, for idêntico aos Honda que já existem no Brasil, será um lixo. Nunca nos decepcionamos tanto com carros, desde qdo fomos fazer testes drive na Honda. Minha esposa queria de presente um Toyota ou um Honda. E foi fazer testes. Começou pelo HR-V, cujo qual ficou em último lugar na nossa avaliação. Os demais foram péssimo tbem. No final, acabei pagando 10 mil a mais num corolla que em quer Honda.
      Creio que as pessoas devam fazer testes drive antes de comprar,pois só a beleza nao vale a pena. Possuo escritório de advocacia especializado em concessionárias. Cuido da assessoria jurídica de grupos que revendem 21 marcas diferentes. E ela trabalhou em 3 marcas. Ou seja. De carro, conhecemos um pouco. E sabemos de uma coisa: mto raramente teremos honda

      Excluir
    5. Se o câmbio e o isolamento acústico desse civic novo, for idêntico aos Honda que já existem no Brasil, será um lixo. Nunca nos decepcionamos tanto com carros, desde qdo fomos fazer testes drive na Honda. Minha esposa queria de presente um Toyota ou um Honda. E foi fazer testes. Começou pelo HR-V, cujo qual ficou em último lugar na nossa avaliação. Os demais foram péssimo tbem. No final, acabei pagando 10 mil a mais num corolla que em quer Honda.
      Creio que as pessoas devam fazer testes drive antes de comprar,pois só a beleza nao vale a pena. Possuo escritório de advocacia especializado em concessionárias. Cuido da assessoria jurídica de grupos que revendem 21 marcas diferentes. E ela trabalhou em 3 marcas. Ou seja. De carro, conhecemos um pouco. E sabemos de uma coisa: mto raramente teremos honda

      Excluir
    6. Essa nova geração do Civic, enfim, embarca o multilink. Está muito bem acertado.
      Amortecedores com batentes hidráulicos, isolamento acústico melhorado.

      É uma geração totalmente nova.
      A AE lançou uma matéria com as primeiras impressões do Civic (americano) ...

      Excluir
    7. Jera, legal seu comentário! Eu atualmente tb tenho um fusion. Como preciso de muito espaço, pra duas cadeirinhas atrás, e um bom porta malas, acabei optando por ele. Ano que vem pretendo trocar e minha dúvida é justamente entre o fusion e o civic. Acho dificil o civic superar o ford em desempenho e conforto, mas o que pode acabar pesando é o consumo. Acho que o fusion consome simplesmente o dobro de gasolina que o civic! abs

      Excluir
  14. Corolla já faz isso com seu Cvt muito bem acertado, deixa os concorrentes no chinelo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não compare o cvt do corolla com o dos Honda. Faça teste em qualquer Honda e veja o que é ruim. Câmbio, motor e isolamento acústico digno de carro chinês de quinta categoria.
      Acho que só compram Honda quem não faz teste drive em outras marcas.

      Excluir
    2. Não compare o cvt do corolla com o dos Honda. Faça teste em qualquer Honda e veja o que é ruim. Câmbio, motor e isolamento acústico digno de carro chinês de quinta categoria.
      Acho que só compram Honda quem não faz teste drive em outras marcas.

      Excluir
    3. Errado, Reinaldo.
      Este CVT é totalmente novo. Além da simulação de marchas há a rotação progressiva.
      Mesmo o que virá a equipar o 2.0, conhecido como LL-CVT, também é novidade por aqui. Só não é novidade nos EUA.

      Aliás, o 2.0 K20C3 americano ficou muito bem acertado, seja em consumo ou desempenho ...

      Excluir
  15. Todos os cvt da Honda são péssimos. E os isolamentos acústicos, pior ainda. Civic nunca será pareo para um audi. Minha esposa e eu fizemos um teste drive em todos os Honda disponíveis (HR-V, fit, civic e City). Simplesmente ficamos decepcionados com tudo. Com câmbio, isolamento, motor, acabamento interno e etc. No fim, minha esposa escolheu o corolla. E eu apoiei. Mto mais confortável, econômico e silencioso. Embora ela não tenha gostado tbm do painel,preferiu pagar 10 mil a mais pelo corolla xei do que pegar o civic lxr.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Reinaldo e o que Diz do meu Lancer GT 2015 com Borboletas que dei pau em Corolla, Civic e Azera andando só nas Borboletas???... ja Tive 3 Civic e o Lancer bate todos... mas é duro rodas e pneus aro 18 no GT...Mas o Lancer vende pouco é desconhecido dos brasileiros Custa 90 mil um novo mas se colocar todos os acessórios que o meu tem fica 100 mil...Claro bem caro...

      Excluir
  16. Estou usando um Civic LX ja ha alguns dias aqui nos EUA. Este novo modelo tem algumas caracteristicas unicas no segmento. Vou citar tudo o que li no manual e nos folhetos que peguei na concessionaria: buchas hidraulicas na suspensão, com muito menos vibração; parabrisa acustico; chassi muito rigido com 12% de emprego de aço de ultra alta resistencia, sendo nota maxima em todos os testes de colisão; colunas A e B mais finas que o normal por conta da rigidez, ampliando espaço e visibilidade; altura do solo menor - é provavelmente o carro do segmento mais baixo; materiais de qualidade por todo o painel e interior; painel moderno de grafismo muito bonito; luz DRL e LED na dianteira, traseira e piscas; cambio CVT surpreendente pela rapidez, suavidade e inteligencia; consumo inacreditavel - estou fazendo media de 15 km/l (36 mpg) aqui na cidade de Atlanta com um transito sofrivel - e em outra viagem curta de 30 km, fiz 44 mpg ou cerca de 18.7 kml de media sem esforço; bancos esportivos desde a versao LX; ar condicionado automatico e limpadores automaticos desde a versao LX, sendo dual zone e saida traseira para versoes superiores; freio de estacionamento eletronico e hill holder desde a versao LX; Android e Car play a partir da EX; Honda Sensing disponivel opcionalmente a todos os modelos (ACC, CMBS - Collision Mitigation Braking System, Front Colission Warning - FCW, Road Departure Mitigation - RDM, Lane Departure Warning - LDW, Lane Keeping Assit System - LKAS; além disso tudo ainda tem camera de ponto cego embutida no retrovisor direito; trava automatica ao afastar do carro com o sistema smart entry; suspensão traseira independente como manda a tradição, porém revista para maior esportividade e assentada sobe chassi sub-frame rigido; direção eletrica "dual pinion", ou de dois pinhões, com relação variável e com sensor de esforço do motorista para aumentar a esportividade ou conforto conforme o modo de direção escolhido; Agile Handling Assist que auxilia em curvas mais bruscas freiando as rodas internas; bocal de abastecimento sem tampa.
    O carro te passa uma sensação muito interessante de envolvimento como a direção pela posição de dirigir, a visibilidade e a baixa altura do solo, a direção me pareceu rápida e bastante precisa, de ótima pegada e circunferencia menor que o habitual com o Civic anterior. O painel é realmente muito bem desenhado e funcional. A opção eco realiza muitas funções de ajuste no carro quando selecionada, e segundo os testes economiza até 17% do combustivel. A versão 2.0 de 158 HP tem potencia parecida com o Corolla e Civic do Brasil pela minha lembrança, mas o cambio é muito rapido para retomadas, e o corte é em 6800 giros.

    ResponderExcluir
  17. O novo Civic pode até ser inferior mecanicamente ao A3, pois lá nos EUA é considerado sedã compacto para o povão, universitários, etc e tb ganhou o prêmio de carro do ano, mas seu design tanto exterior como interior e os novos recursos com certeza atrairão o interesse de muita gente principalmente neste país onde design é decisivo na hora da compra basta ver as vendas do HB20 e HRV). A soberania do Corolla poderá ser ameaçada, mas os exorbitantes 120mil do civic será um empecilho em suas vendas, o que deve dar espaço principalmente ao cruze se ele vier com preço mais acessível. Enfim, a briga vai ser boa nesse segmento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leonardo, independente da escolha Corola X Civic, cada um com suas preferências, cada um com seus prós e contras, tem uma coisa importante a ser levada em consideração, o Civic de 120000, top de linha não vem pra concorrer com corola, pois o carro de entrada já terá motor e câmbio equivalentes ou superior, sendo assim com certeza existirá uma versão 2.0 equivalente em equipamentos e valor aos carros do mercado..na faixa 90 a 100 mil.

      Excluir
  18. Com a devida licença dos amigos, venho na condição de atual proprietário de um Civic LXR 2014 e de ex-dono de mais três Civics, manifestar minha indignação pela política de preços que a Honda pretende adotar com a nova geração do Civic. Pelo amor de Deus, R$120.000,00 por um Civic, mesmo o topo de linha, é, no mínimo, um ABSURDO, por melhor e mais confiável que o carro seja. Não Vale esse valor. A Honda precisa rever urgentemente essa estratégia, que julgo suicida, pois a Honda é uma marca generalista, de classe média, não uma marca "premium" como Audi ou Volvo, que possuem veículos neste valor. Somente um desavisado ou incauto para pagar esse valor por um Civic.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente é o consumidor que vai decidir o preço! Digo infelizmente pois o brasileiro não sabe definir o valor de um carro, digo a exemplo de líder do seguimento SUV compacto, o HRV, que custa R$ 100.000!!! eu disse 100.000!!!! em um veículo 1.8 aspirado, sem inúmeros opcionais que um carro deste valor representa. Temos que avaliar os nossos conceitos e definir o que realmente é importante em um veículo, no Brasil no momento fica difícil "encontrar" um bom carro abaixo de R$90.000, digo um bom carro referente aos completos de nível sedã médio. Deixo aos amigos me ajudarem a responder a seguinte pergunta, o que fazer? Comprar um usado TOP com este valor, ou se render ao absurdo de pagar mais de 100.000 em um veículo que se diz PREMIUM? (Nos últimos anos eu faço a seguinte "técnica", compro o carro zero poucos antes de mudar a geração. Comprei um Civic LXR por R$73.000 zero!) A questão não é ter dinheiro, e sim pagar o preço justo, e não deixar o mercado te engolir!!!

      Excluir
    2. Eu tive 3 Civic, o ultimo o EXR 2.0 2014 muito bom mas bebe muito e carro flex eu não gosto... Comprei um Lancer GT 2015 o topo de linha abaixo do Evolution... estou contente anda bem usando as palhetas atrás do volante faz 13km na estrada e 8 na cidade... mas eles recomendam usar somente gasolina Podium que esta um absurdo aqui em campinas SP. 4,5 o litro.. o carro é bom e gostoso de dirigir, mas os pneus aro 18 perfil baixo são muito duro e o carro desvaloriza muito, paguei 89 mil mais acessórios chegou perto dos 100 mil e apenas um ano eu hoje não consigo trocar nem pela tabela FIPE.. A Fiat me ofereceu em troca pelo Touro apenas 55 mil no meu carro... Vou ter que casar com ele...Só o Corolla que vende aqui os outros parece que ninguém conhece... mas o Corolla é carro de Tiozão e muito feio... Não sei mais o qual comprar... Acho que irei desistir de trocar de carro e morrer com o Lancer GT....

      Excluir
  19. Infelizmente Audi A3, A4 e Jetta tem cara de carro velho, investiram na tecnologia mas não no design, não dá para entender porque fizeram isso, mas é o que é. O Jetta novo que chega em 2018 no Brasil também tem cara de velho! Talvez o Passat pareça um pouco mais novo, o que ninguém comentou, mas já é bem mais caro R$ 150.000,00. Se o CIVIC vier com íntens internos mal acabados como é o HRV não teremos opção. Minha esposa tem um Corolla XEI. Eu tenho um Cruze 2014, o Corolla é mais macio, anda mais em tudo é melhor. Comprar outro cruze não quero porque é Argentino, desculpem os que gostam, mas a GM não quis investir aqui que é o maior mercado, além de que não gostei do Cruze. Está difícil escolher, se o CIVIC vier bem acabado internamente sem plástico duro, for macio e silencioso, como o design é moderno vai acabar custando mais e vendendo, a Honda sabe disto.

    ResponderExcluir
  20. Ridículo se discutir só desempenho
    Os principais itens são SEGURANÇA,FRENAGEM,COLISAO,ESTABILIDADE,TESTES DO LATIN NCAP,DO IHS, ETC

    ResponderExcluir
  21. REFLITAM: Nos EUA um Civic parte de $18.640 dólares e atinge seu preço máximo em $26.500 dólares
    Já um Audi A3 parte de $31.200 dólares e atinge seu preço máximo $43.150 dólares

    *Obs: Como um carro da qualidade de um AUDI pode perder em vendas pra um carro inferior em TUDO e sendo na mesma faixa de preço??? Como??? Acho que devemos pedir pra NASA estudar os Brasileiros. Brasileiro sonha com um carrão, mas compra Corolla com preço de Cadillac, Alfa Romeo, Mercedes... Os carros que não servem pros países desenvolvidos, trazem pra cá com preços impraticáveis, usam como base de parâmetro pra jogarem os preços dos Mercedes, BMWs, Cadillacs, Jaguares lá na lua... A idéia é essa, vender poucas unidades dos veículos estratosfericamente caros com lucros absurdos e lucrar outros milhares com venda de carros simples e baratos a preço de ouro... o Brasil é uma beleza pras montadoras... O ruim vende mesmo caro... o caro não vende muito, mais sai a preço de diamente, impagável por 90% da população!

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.