Car.blog.br

Pesquisar este blog

Ford Corcel II: projeto brasileiro priorizou a eficiência

Categorias: , , , , 6 Comentários

No final de 1977 a Ford do Brasil apresentava a segunda geração do seu modelo médio Corcel, agora denominado Corcel II. Um projeto totalmente novo, teve como um dos principais objetivos aumentar a economia de gasolina, e oferecer um design contemporâneo e aerodinâmico.

Ford Corcel II LDO

Na parte estética, a nova grade tinha um desenho bonito, mas tinha também o objetivo de diminuir a resistência do ar, além de melhorar o fluxo de ar e fazer o motor trabalhar em temperatura ideal.

Ford Corcel II LDO - interior

À nova carroceria com linhas mais limpas se combinou com os ajustes no motor quatro cilindros 1.4 (posteriormente chegou o 1.6), que recebeu um carburador recalibrado, novo coletor de admissão que aquecia previamente a mistura economizando e melhorando o rendimento do motor. Novidades em termos de lubrificação permitiram ampliar os intervalos de troca de óleo para 8.000 km.

Ford Corcel II LDO - interior

O Corcel II também vinha com novos pneus radiais, com menor resistência de rodagem, e que apresentavam maior durabilidade. O tanque de combustível aumentou para 57 litros, ampliando a autonomia.

Ford Corcel II LDO - interior

O sistema de freios era caracterizado por discos nas rodas dianteiras, e tambor duplo nas traseiras, com circuitos independentes.

Ford Corcel II LDO - interior

Já o interior tinha maior visibilidade, mais silêncio graças ao melhor isolamento acústico. Grande novidade era o painel de instrumentos com circuito impresso, de manutenção mais fácil.

Ford Corcel II L

Era também o primeiro carro brasileiro a vir com para-brisa laminado, que não estilhaça, melhorando a visibilidade.

Versões

Ford Corcel II GT - versão esportiva

O Corcel II chegou ao mercado em versões de carroceria sedã e perua (Belina), com três configurações de acabamento: L, GT (esportiva) e LDO (topo de gama).

Ford Del Rey


O Ford Corcel II serviu de base para o modelo de luxo da Ford nos anos 80, o Del Rey (veja mais detalhes aqui).

Postagens relacionadas:

6 comentários:

  1. Eu tive o prazer de dirigir um corcel II, carro fantástico para época.

    ResponderExcluir
  2. Eu herdei o del rey ghia do meu pai, bebia bastante etanol da cidade, mas era uma delícia de andar, era um cinza 1989 4 portas completo, Infelizmente tive de vender, mas gostava muito do carro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu herdei um Del Rey Ghia 1.6 automático 1988.

      Excluir
  3. O conforto dessa época não se vê mais...!!! Basta olhar como os bancos eram equivalentes a verdadeiras poltronas...!!! Saudades de uma época diferenciada e sem tanta hipocrisia..!!!

    ResponderExcluir
  4. O acabamento do del rey era referência para época, assim como os escorts, muito confortável e de bom aspecto, hoje em dia não se vê isso nos fords, bons tempos eram aqueles!

    ResponderExcluir
  5. Um modelo muito raro, que nem sei se foi lançado ao mesmo tempo que os restantes modelos da linha nova ou após algum tempo, é o Corcel Standard, que tinha um acabamento abaixo do modelo L. Me lembrei desse modelo ao ver um à venda no Mercado Livre. Alguém tem informações sobre essa versão?

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.