Car.blog.br

Pesquisar este blog

Anúncio da Kia usa mensagem de otimismo de Michel Temer

Categorias: , , 3 Comentários

A Kia Motors, representante oficial da montadora sul-coreanan Kia no Brasil, faz anúncio de alento da política e da economia brasileira. À rede autorizada de concessionárias, a marca anuncia 37 novos modelos ou facelifts, mais novidades em elétricos, híbridos e novos motores até 2020.


O anúncio da Kia aponta que "ao invés de falar em crise, vamos mudar o Brasil falando em trabalho, trabalho, trabalho”, ecoando a mensagem do novo Presidente da República, Michel Temer, na última quinta-feira em seu discurso de posse (vídeo a seguir): "Nós não podemos mais falar em crise. Trabalharemos".



A Kia do Brasil acrescenta ainda em sua mensagem (reproduzida abaixo) que, “com o anúncio, gostaríamos de contribuir para com o retorno normal das atividades econômicas, ao mostrar que a Kia, nesses 24 anos de atuação, já passou por outras crises, mas sempre superando-as e acreditando no País”, afirma José Luiz Gandini, presidente da importadora, para quem “é preciso acabar com o pessimismo do consumidor brasileiro que, com a instabilidade político-econômica recente, tinha receio de investir”.


Na última quinta-feira, 12/5, logo após a cerimônia de Michel Temer e de seus ministros, José Luiz Gandini – do Hawaí, EUA, onde participava da Convenção Mundial da Kia Motors Corporation, enviou comunicado aos 122 titulares da Rede Autorizada de Concessionária Kia Motors, informando-os que a marca sul-coreana terá, até 2020, 37 novos modelos ou facelifts, mais novidades em veículos elétricos, híbridos e novos motores, mais eficientes e econômicos.

Postagens relacionadas:

3 comentários:

  1. Fala como se tivesse uma fábrica no Brasil, pura ironia.

    ResponderExcluir
  2. dificil de ver uma luz no fim do tunel ainda... sendo q entre o final desse mes e inicio do proximo varias fabricas ja estao falando de antecipar as ferias. e parecem q so vao voltar la pra julho

    ResponderExcluir
  3. Boa...otimismo nunca é demais...crise, tire a letra s...

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.