Car.blog.br

Pesquisar este blog

Peugeot 208 GT Turbo Flex 2017: fotos, desempenho

Categorias: , , , 51 Comentários

A Peugeot do Brasil lança a linha 2017 do hatch compacto 208, modelo fabricado no Brasil, com alterações estéticas, mecânicas, de tecnologia e uma nova versão topo de gama, GT, com o motor 1.6 THP Flex de 173cv. Os modelos de entrada passam a adotar o propulsor três cilindros com um 1.2 de 90cv tem consumo 37% menor do que o 1.5 anterior.

Novo Peugeot 208 2017

O Peugeot 208 2017 é oferecido em seis versões de acabamento: Active, Active Pack, Allure, Sport, Griffe e GT, sendo que as versões automáticas mantém o motor 1.6 16V de 122 cavalos com transmissão automática de quatro marchas, com os seguintes preços:
  • Novo Peugeot 208 2017 1.2 Active – R$ 48.190
  • Novo Peugeot 208 2017 1.2 Active Pack – R$ 51.690
  • Novo Peugeot 208 2017 1.2 Allure – R$ 54.990
  • Novo Peugeot 208 2017 1.6 Allure Auto – R$ 59.090
  • Novo Peugeot 208 2017 1.6 Sport – R$ 60.990
  • Novo Peugeot 208 2017 1.6 Griffe AT – R$ 64.590
  • Novo Peugeot 208 2017 1.6 THP GT – R$ 78.990

Novo Peugeot 208 2017

Em termos estéticos, a diferença é pequena: novos faróis de máscara negra com guia de LEDs, aplique cromados próximos às lâmpadas e novo para-choque dianteiro, enquanto na lateral temos novas rodas de alumínio, com aro variando entre 15 a 17 polegadas, dependendo da versão.

Novo Peugeot 208 2017

Na traseira as lanternas são mantidas em formato de bumerangue e receberam luzes de LED com nova disposição.

Vídeo - Novo Peugeot 208 GT Turbo



Vídeo - Novo Peugeot 208 2017 - detalhes de todas as versões



Interior

O painel segue o mesmo formato do conceito i-Cockpit, com instrumentação elevada, volante de base reta.

Novo Peugeot 208 2017

Há também sistema multimídia com tela sensível ao toque de sete polegadas com funções de rádio, bluetooth, computador de bordo, navegação, câmera de ré (presenta nas versões GT e Griffe) e sistema de espelhamento de tela. O volante é do tipo multifuncional revestido em couro.

Novo Peugeot 208 2017

Como novidade foi introduzida, na versão 1.2 Puretech, um indicador de ponto ideal de troca de marcha para maior eficiência, enquanto nos modelos automáticos há também o EcoDrive, modo de condução que melhora o consumo em até 7% em uso urbano.

Novo Peugeot 208 2017

Completa a renovação interna a nova padronagem de revestimento dos bancos, maçanetas, difusores de ar-condicionado, volante e manopla do câmbio. O modelo GT agora tem painel revestido em material macio.

Novo Peugeot 208 2017

A lista de itens de série e opcionais é composta de airbags frontais, laterais e de cortina , ar-condicionado automático de duas zonas, câmera de ré, computador de bordo com três modos de operação e nove funções integradas à central multimídia, piloto automático, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, sensor de chuva, crepuscular e retrovisor eletrocrômico.

Novo Peugeot 208 2017

A partir da versão Active há o teto solar panorâmico.

Peugeot 208 GT

A grande novidade da linha é o Peugeot 208 GT, com o motor 1.6 THP de 173 cavalos, visual esportivo, faróis de módulo elíptico, grade com detalhes na cor vermelha, retrovisores e aerofólio em preto brilhante, roda de alumínio diamantada de 17 polegadas e dupla saída de escape na traseira.

Novo Peugeot 208 2017

Internamente ele conta com revestimentos escuros, detalhes em vermelho no painel e na costura dos bancos, pedaleiras em alumínio, soleiras nas portas dianteiras e o painel com revestimento em sensível ao toque padrão Stellar. E

Novo Peugeot 208 2017

O modelo traz de série controle de estabilidade, controle de tração, sistema de assistência à frenagem de emergência, função hill assist (que mantém o carro parado por até dois segundos em aclives), iluminação dinâmica lateral em curvas.

Novo Peugeot 208 2017

Na parte mecânica, há também nova calibração da direção, freios, suspensão. Os pneus são de perfil baixo, 205/45. O motor tem 173cv com etanol (são 166cv com gasolina) associado sempre a um câmbio manual de seis marchas.

Novo Peugeot 208 2017

Segundo a Peugeot, o conjunto acelera o 208 GT de 0 a 100 Km/h em 7,6 segundos e atinge 220 Km/h de velocidade máxima.

Novo Peugeot 208 2017

Os dados da Revista Quatro Rodas mostram 0 a 100 Km/h em 8,2 segundos, mas com gasolina, enquanto o dato da Peugeot é do carro abastecido com etanol.

Novo Peugeot 208 2017


O Peugeot 208 2017 é oferecido em sete cores:

Branco Blanquise (sólida)

Novo Peugeot 208 2017

Vermelho Aden (sólida)

Novo Peugeot 208 2017

Preto Perla Nera (metálica)

Novo Peugeot 208 2017

Além dessas há Cinza Aluminium (metálica), Azul Bourrasque (metálica), Branco Nacré (perolizada) e Dark Carmin (metálica).

Garantia: 3 anos

Fichas Técnicas - Peugeot 208 2017

Novo Peugeot 208 2017
Ficha Técnica - Peugeot 208 2017 - clique na imagem para ampliar
Novo Peugeot 208 2017
Ficha Técnica - Peugeot 208 2017 - clique na imagem para ampliar

Postagens relacionadas:

51 comentários:

  1. Agora o punto e bravo t-jet afundam de vez ! Pra quem n pd comprar um ds3 , concerteza vai com esse , q fico muito massa pela proposta esportiva e jovial , q no caso a um excelente desempenho ! Pena n ter opção de câmbio automático !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem pode comprar esse 208 THP pode comprar tbm o DS3. Mas eu já acho o 208 uma melhor compra por ser nacional, desvalorizar menos, mecânica e seguro mais baratos.
      Desempenho e acabamento são parecidos, só que a Peugeot poderia cobrar no máximo uns 70 mil pra ser um bom negócio.

      Excluir
    2. Hehe, pois é mas 70k é preço de crossfox por aqui.

      Excluir
    3. Se o 2008 THP custa 81 mil o 208 poderia custar 70 com certeza. E não dá pra comparar com Crossfox pq a VW sempre cobra mais caro que a Peugeot.
      E o pior é que o Crossfox top passa de 80 mil...

      Excluir
    4. Pois diogo , agora que reparei no preço , aí realmente fico pario de preço com ds3 ! GNT uma Spacecross e a partir 78 900 no site da VW ! Quer pior ? Onde chegaremos ?

      Excluir
    5. Que bom q não tem a opção de automático! A idéia é um carro mais esportivo, câmbio automático é para quem quer conforto.

      Excluir
  2. Os poucos Brasileiros que merecem esse carro, provavelmente não poderam pagar por ele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é uma contradição em termos. Para "merecer" qualquer bem, a condição básica é poder pagar por ele. Se vc não pode pagar por ele, vc não o merece.

      Excluir
    2. Geralmente seus comentários sao recheados de fanatismo e ignorância. Mas tenho que concordar que até que vc entende de interpretação de texto.

      Excluir
    3. Eis o mundo utópico do carlos, onde a meritocracia existe em sua plenitude, ou seja, onde todo mundo tem exatamente o que merece e não existem injustiças, não existem falhas de mercado, etc...

      Excluir
    4. Legal o seu pensamento, ricos são os merecedores de possuir itens de qualidade pois ele podem pagar por eles.

      Excluir
    5. Legal o seu pensamento, ricos são os merecedores de possuir itens de qualidade pois ele podem pagar por eles.

      Exatamente isso. Quanto mais dinheiro tem uma pessoa, mais merecedora dos bens ela é. Isso porque para poder ter dinheiro, ela fez serviços ou administrou recursos de forma mais eficiente, beneficiando toda a coletividade, e, por isso, tem mais dinheiro.

      As pessoas pobres não são merecedoras desses bens, pois não tem recursos para tal. E eles não tem recursos pois não fazem coisas valiosas para a coletividade, então a sociedade lhes dá pouco dinheiro, o que os impede de comprar carros como o Peugeot 208 GT. Logo, os pobres não merecem o 208 GT, enquanto os ricos sim.

      Excluir
    6. Isso mesmo, luis. Ou então vira socialismo já, não é Carlos?

      Excluir
    7. Carlos, meritocracia, em regra geral, não existe. No mundo real só existe no esporte, provas, etc, etc, ou seja, situações que todos são submetidos às mesmas condições.
      Meritocracia é espantalho esquerdista pra bater no 'capitalismo'. Não caia nessa...

      Excluir
    8. Desde que a pessoa tenha gerado e acumulado riqueza de forma lícita. Ela merece.

      Excluir
    9. E os corruptos e corruptores, aqueles que conseguem enriquecer de modo ilicito, não estão na sua lista carlos?? Seu pensamento só é real no seu proprio mundo, serio meu voce parece um criança com esse comentarios. Isso só seria possivel se não houve-se nenhum tipo de enriquecimento ilicito.

      Excluir
    10. "...ela fez serviços ou administrou recursos de forma mais eficiente, beneficiando toda a coletividade, e, por isso, tem mais dinheiro...."

      Contraditório seu argumento, ainda mais mesclando capitalismo com benefício a uma coletividade.

      Capitalismo é sinônimo de individualismo ou grupo seleto, por isso o conceito de classes vigora por anos no capitalismo, reveja seus conceitos.

      Excluir
    11. Nada contraditório no que o Carlos falou. Cito Adam Smith:
      "Não é da benevolência do açougueiro, do cervejeiro e do padeiro que esperamos o nosso jantar, mas da consideração que ele têm pelos próprios interesses. Apelamos não à humanidade, mas ao amor-próprio, e nunca falamos de nossas necessidades, mas das vantagens que eles podem obter.”
      Qualquer escola de pensamento liberal parte dessa mesma premissa de Adam Smith, que ao perseguir o nosso interesse individual, fatalmente, melhoramos o bem estar coletivo

      Excluir
    12. Carlos, não entrei neste blog para ler filosofia liberalista, há autores bem melhores, queria mesmo era ler voce detonando o 208 GT e falando que o up! TSI é muito superior.

      Excluir
    13. Haha!
      Eu tinha feito até a pipoca... =(

      Excluir
  3. Respostas
    1. e isso porque o sandero RS tá ultra caro!

      Excluir
    2. O SANDERO RS ficou uma pechincha perto do 208 GT.

      Excluir
    3. Eu gosto muito do sandero RS, a renault conseguiu oferecer um carro esportivo por um valor baixo para a nossa realidade, mas não comparemos alhos com bugalhos.
      Este 208 está em outro nível, talvez não seja tão preparado para pista em acerto de suspensão, digo talvez, mas é um carro bem mais refinado em acabamento, estética e motorização.

      Excluir
    4. Não existe a mínima comparação entre o Sandero RS e o 208 GT, o 208 é muito superior.

      Excluir
    5. O Sandero é um carro de baixo custo, pensado para o países emergentes que recebeu uma preparação, então ele tem que ser mais barato mesmo.

      Excluir
  4. Se o aspirado já deu pau em todos os concorrentes na pista do Acelerados, esse THP então vai engolir muito carro de categoria superior na pista.

    ResponderExcluir
  5. Aviso ao blog:

    O Golf sofreu mais um reajuste de preços. Agora o Comfortline 1.6 manual básico custa à partir de 76.590 reais, enquanto o AT custa à partir de 82.000 reais. O Comfortline com todos os opcionais atinge 102.212 reais.
    O Highline 1.4 TSI manual parte de 93.790, enquanto o AT parte de 99.190 reais.
    O Golf GTI agora parte de 120.690 reais, atingindo a bagatela de 160.000 reais completo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perdeu a noção do valor das coisas, mas tem um preço a pagar por inconsequência.

      Excluir
  6. Eu acabei de ler a notícia que virá o motor 1.2 turbo para substituir o 1.6 aspirado, bem como a mudança do câmbio automático de 4 marchas para 6. Notícia boa viu!

    ResponderExcluir
  7. "Completa a renovação interna a nova padronagem de revestimento dos bancos"

    Hummm.. Será que não vai ter mais reclamações com a espuma do banco do motorista?

    ResponderExcluir
  8. Como esta cada vez mais longe a chance de pegar um Golf Gti com estes aumentos absurdos,ja planejo este 208 Gt como opcao na troca do meu Golf 1.4tsi...

    ResponderExcluir
  9. Estou ansioso por mais notícias da versão 1.2 puretech.

    ResponderExcluir
  10. O carro já está disponível nas concessionárias? Já está à venda?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, passei numa loja Peugeot perto de casa hoje. Falaram que chega mês que vem.

      E um adendo: nunca tinha entrado numa loja Peugeot, e agora entendo porque são tão mal-faladas. Atendimento péssimo, o único carro que tinha no showroom era um 308, vendedor dizendo que esse GT teria motor 2.0 (!!!!). Não pediram meu contato, enfim, um desastre. E olha que é a única loja da cidade, e até que vejo muitos Peugeot por aqui. Fiquei chocado, sem exagero.

      Excluir
  11. Ficou bacana demais esse 208 GT. Desconfio apenas que o Sandero RS talvez tenha um acerto mais fino para pista. Mas no restante o 208 é superior, sem dúvida. O pobrema é só o preço, apesar de que nessa faixa de valor vc não encontra muita coisa atrativa. E, como dito acima, se a versão normal foi ótima na pista (Acelerados e Fullpower Lap), esse GT vai dar o que falar.

    ResponderExcluir
  12. Eu acho os paineis da peugeot os mais bonitos ultimamente. São todos maravilhosos. Agora esse carrinho com 173 hp vai andar muitoooo!!!!!

    ResponderExcluir
  13. Suspenso trazeira e independente ou eixo de torcao?

    ResponderExcluir
  14. O carro pode ser ótimo, mas se as concessionárias continuarem a justificar a (má) fama, não vai vingar.

    ResponderExcluir
  15. Comparando Sandero (projeto Dacia) com o 208 q eh europeu?soh podem estar de brincadeira ne?Soh porque a divisao RS da Renault deu um upgrade na suspensão,motor e umas perfumarias ja acham qh eh um carrao..fala serio...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E o 208 GT, só botaram uma turbina em um simples motor de 1,6 litro e uns "upgrades" de suspensão e freios a disco nas quatro rodas, coisa que o RS também tem. Não venha com "mimimi" pro lado da Renault não. Seja IMPARCIAL!! Os dois carros são excelentes, e DE FATO esportivos, coisa que o brasileiro queria a muito tempo. Não essas merdas que vendem por ai que só são adesivados!

      Excluir
    2. Realmente... O RS e $20.000,00 mais em conta e fora as revisões... Ou seja melhor CxB...
      Tem a mesma plataforma de um Nissan...
      É maior... Mais porta malas...
      E tem um acerto por inteiro!!!
      O RS e sem sombra de dúvidas melhor!!

      Excluir
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  17. Esperava um preço mais agressivo da versão 1.2. Partir de R$ 48.190 o deixa bem vulnerável à concorrência de modelos mais potentes e estabelecidos. Se ao menos fosse o motor turbinado... A gente não quer só economia. Segurança e prazer de dirigir são fundamentais num carro que se propõe a ser hatch premium.

    Pena que a versão 1.6 THP tenha ficado restrita à um modelo de nicho. Esse GT merecia uma melhor diferenciação estética e de cores. Aquele orange power do francês cairia muito bem.

    A versão 1.2 turbo pode ser a mais interessante em custo-benefício. Tomara que não tarde a chegar. A categoria merece uma elevação de patamar. Por ora, o 208 é a referência. E não basta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro demais para a proposta de versão de entrada com motorização padrão para a linha... Ficou longe, sou assalariado terei que pensar na concorrência, afinal carro nunca foi investimento... Vc compra hj saiu da concessionária já está perdendo valor...

      Excluir
    2. Caro demais para a proposta de versão de entrada com motorização padrão para a linha... Ficou longe, sou assalariado terei que pensar na concorrência, afinal carro nunca foi investimento... Vc compra hj saiu da concessionária já está perdendo valor...

      Excluir
  18. As versões 1.2, com uns 5 mil de desconto, ficam aceitáveis... Acima disso é jogar dinheiro fora e a versão THP é a maior viagem da peugeot... 79 mil ???Realmente, seus diretores são surtados...

    Há anos a marca lança suas novidades como "última cartada" e nada vinga... Quando é que vão entrar para arrebentar, deixando seus carros melhores e (sim) com valor (bem) mais acessível que os concorrentes? Só assim vão começar a reverter a opinião e a preferência dos consumidores... E só depois de uns 5 anos vendendo muito (e atendendo bem), vão poder subir o preço dos seus carros...

    Com todas essas boas novidades do 208, vão somente deixá-lo vivo... Em março vendeu 800. Com todo esse investimento devem manter os 800 ou talvez chegar em 1000... Quando poderiam chegar em 2, 3 mil, pelo potencial do carro e a banalidade dos concorrentes... Mas está aí a peugeot chutando o balde novamente, como faz há uns 10 anos pelo menos...

    ResponderExcluir
  19. Se olharmos bem, todas as marcas estão de palhaçada com esses preços absurdos, as que melhoram os equipamentos e estética dos carros cobram por isso, já as japonesas tiram equipamentos e mantem o preço que sempre foi alto (ex: FIT e CITY, que só têm 4 airbags, a/c de uma zona, freio a lona atras e sem controle de estabilidade), pois tem nome e confiança. É meus amigos, a coisa tá feia no mundo automobilístico. Paguei, em 2012, num Fiesta 1.6 zero, completo (com abs, airbag e a/c), 35 mil dilmas e já achava caro, agora me digam que carro c compra por esse valor hoje em dia??

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.