Car.blog.br

Pesquisar este blog

Chery Celer 1.5 Flex: comportamento e consumo com etanol

Categorias: , , , 10 Comentários

O Chery Celer 1.5 Flex objeto de nosso teste de longa duração vai chegando aos 2.000 quilômetros rodados com uma boa surpresa: consumo relativamente baixo para etanol, e também melhor desempenho com esse combustível.

Novo Chery Celer 2016 Flex

O último abastecimento registrou um quilometragem rodada de 350 Km e um consumo total de 38.95 litros de etanol, o que corresponde a 8.98 Km/l de média - praticamente 9 Km/l, resultando em um custo por quilômetro de R$ 0,3652 reais / Km rodado (com etanol ao preço de R$ 3,290/litro).

Novo Chery Celer 2016 Flex

Esse número é 12% pior que o verificado com gasolina (10,1 Km/l) nas mesmas condições: trânsito urbano e ar-condicionado ligado 100% do tempo, evidenciando que, por enquanto, rodar com o combustível vegetal é mais interessante do ponto de vista financeiro - o preço da gasolina é cerca de 30% mais elevado.

Novo Chery Celer 2016 Flex

Além disso, outro aspecto positivo que fica da experiência do Celer com etanol é o seu desempenho bastante superior ao mesmo carro com gasolina. Segundo a ficha técnica, o motor 1.5 Flex passa de 109 cv para 113 cavalos, enquanto torque passa de 140 Nm @ 4.000 RPM para 15,2 Nm na mesma rotação.

Chery Celer 1.5 Flex - teste de longa duração - interior

Ocorre que essa diferença de potência e torque é bastante perceptível quando se usa etanol, já que o carro fica mais ágil e responsivo em todas as situações de uso.

Chery Celer 1.5 Flex - teste de longa duração - interior

O rendimento melhora bem, e, com isso, ele passa a apresentar um comportamento mais condizente com um motor 1.5, enquanto quando abastecido com gasolina ele fica próximo a um 1.0 moderno, como Up! MPI e Ford Ka.

Chery Celer 1.5 Flex - teste de longa duração

Outro ponto é que o motor passa a ter um funcionamento mais suave, menos áspero e mais silencioso com etanol, melhorando a experiência do carro como um todo, pois o interior fica menos ruidoso e o motor com um som mais agradável.

Ergonomia - questão de costume

O primeiro contato do Celer de uma pessoa que está acostumada com carros de concepção alemã, como Golf e Up!, é de estranheza. A posição elevada, a suspensão macia e a direção muito leve, assim como a ergonomia geral, causam certo incômodo inicial.

Chery Celer 1.5 Flex - espaço dianteiro

Ocorre que, com o passar de uma ou duas semanas, acostuma-se com o Celer e o seu conjunto ergonômico passa a não ser mais estranho, e, sim, natural. Hoje, portanto, consideramos que o Celer tem uma boa ergonomia, especialmente pelo ajuste de posição do volante (com amortecedor) e dos bancos.

Chery Celer 1.5 Flex - espaço porta-malas

Além disso, sempre se levando em consideração o preço, R$ 32.900 reais, é bastante interessante contar com um carro completo, com vidros elétricos nas quatro portas com one-touch em todas as janelas, travas e retrovisores elétricos, ar-condicionado, direção hidráulica, sistema de som com leitor USB, sensor de estacionamento traseiro, faróis com projetor e regulagem de altura do facho, indicadores de direção com função de troca de faixa (basta um toque na haste para ele piscar algumas vezes indicando a manobra), ótimo espaço interno, porta-malas de 380 litros (mas que parece mais), entre outros.

Interior íntegro

Outra característica que estamos considerando muito positiva é em relação à montagem da carroceria e interior. Mesmo andando com o carro em pisos de baixa qualidade não se ouve ruídos de peças soltas, e o interior se mantém íntegro e justo, o que é um indicativo de boa qualidade geral de construção.

Chery Celer 1.5 Flex - espaço traseiro

Video - Chery Celer 1.5 Flex - comportamento com etanol



Conclusão

O Chery Celer 1.5 Flex mostra que ele é um carro melhor quando abastecido com etanol: mais ágil e veloz, mais econômico (do ponto de vista financeiro), mais silencioso e suave.

Chery Celer 1.5 Flex - teste de longa duração

Associe-se isso a uma excelente lista de itens de convencia, boa montagem de carroceria e do interior, e a impressão de ótima relação custo x benefício fica ainda mais reforçada.

Postagens relacionadas:

10 comentários:

  1. Faz tempo que não vejo/leio um comentário que diz respeito à diferença tão expressiva em um carro "flex".
    quando abastecido com Etanol em relação à Gasolina.
    Como torcedor que sou para que mais fabricantes e modelos de carros "honestos" pelo que custam e se propõe(certeza de boa compra do que voce realmente precisa e fará uso), penso ser interessante confirmar as potencias usando os dois combustíveis para teste em um dinamometro.
    Este teste também é útil para ver qual o fabricante "esconde o jogo(potencia)", e qual a usa como marketing e no final das contas fica devendo!!!
    Vai derrubar alguns grandes!!!

    ResponderExcluir
  2. Legal. Continuar acompanhando a saga Celer.

    ResponderExcluir
  3. Acho q esse cálculo de R$2,74 por km rodado está errado. Se ele faz 9 km/l então seria aproximadamente R$ 0,31 por km rodado.

    ResponderExcluir
  4. Que conta maluca essa de 2,74 R$/km? Não seria: [2,74 R$/L] x [(1/9) L/km] = 0,304 R$/km

    ResponderExcluir
  5. Até pouco tempo rodei no Up usando etanol, muito melhor que na gasolina, diria até que é outro carro, na estrada pisando firme por vota de 11 km/l de etanol. Mas a máfia dos donos de postos resolveram acabar com minha farra etlica, puxaram o preço do etanol mais próximo da gasolina.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os preços do Etanol aumentaram pois está sendo mais lucrativo para o setor açucareiro usar a cana para produzir açúcar do que etanol, ainda mais quando se trata de exportação.
      Se tem uma demanda igual e a oferta diminui, o preço sobe ma mesma gora.

      Excluir
    2. Meu consegui média de 14km/l no Etanol, velocidade 110km/h.
      Não gostei do comportamento do carro usando esse combustível, notei uma certa demora na resposta da aceleração, parecida com motor a carburador no Etanol.
      Voltei a usar Gasolina.
      Etanol aqui está 2,59 e Gasolina 3,59.

      Excluir
  6. Estou gostando bastante do teste do Celer. Vi um ontem aqui no Rio, azul claro e ele é muito bonito. Ainda não tenho coragem de comprar jm. Vamos ver com 50 mil km como ele fica.

    ResponderExcluir
  7. No meu ka 1.5 a diferença também e grande .prefiro pagar um pouco mais caro pelo álcool.o carro fica muito melhor.

    ResponderExcluir
  8. Interior íntegro, sem peças soltas... esse comentário me remete à Ford.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.