Car.blog.br

Pesquisar este blog

Fiat Fullback: picape média baseada na Mitsubishi L200

Categorias: , 17 Comentários

A Fiat revela no Salão Internacional do Automóvel de Dubai a picape média Fullback, baseada na Mitsubishi L200, e destinada a impor competição à Toyota Hilux.

Fiat Fullback

A estética é basicamente a mesma da Mitsubishi L200, porém com novo desenho de faróis, e alguns vincos e curvas adicionais ao longo da lateral. Ela pode ser equipada com um motor diesel 2.4L de 150 ou 180 cavalos, e vem sempre com tração integral. As mesmas caixas de transmissão manual de seis velocidades ou automática de cinco da K200 também estão disponíveis para a Fiat Fullback.

Fiat Fullback

O modelo será oferecido apenas com cabine dupla e carga útil de até 1,045kg - apenas 5 kg menos do que o L200, que é a atual líder de sua classe nesse quesito.

Fiat Fullback - interior

O modelo será vendido na Europa com preços em torno do equivalente a R$ 100 mil reais.

Postagens relacionadas:

17 comentários:

  1. Hum, parece q já nasce defasada em relação à concorrência

    ResponderExcluir
  2. Cara não adianta, Fiat é uma bosta...

    ResponderExcluir
  3. Não consigo entender como a Fiat, esta, dona da Ram, fabricante estadunidense de picapes não elabora um modelo de baixo custo para a Fiat...
    Agora, caso esse modelo Fullback viesse para cá, certamente as vendas da L200 seriam comprometidas...
    O mercado e as vendas vão ditar as regras...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que é mais barato: badge engineering ou projetar um carro do zero?

      Excluir
    2. E a L200 é a mais guerreira das pick ups.

      Excluir
  4. O mais engraçado é que a Toro é bem menor, mas a capacidade de carga é praticamente a mesma.

    ResponderExcluir
  5. Estranho.... Por que este modelo não segue o padrão da irmã menor, a Toro?

    ResponderExcluir
  6. Hahahahaha FIAT deu o jeito dela de lançar um velho carro novo novamente. Deu certo coma freemont (facelift da dodge journey há anos no mercado, carros europeus fora de linha que são lancados no Brasil..

    Realmente a FIAT não sabe fazer nada, só sabe reformar e usa sempre o mal gosto italiano para isso (italiano ou faz um carro muito bonito ou faz horroroso).
    Como não existe caminhonete no portfólio, vão usar a carroceria da velha Triton que já tem 5 anos no mercado, carro velho com refinamento velho e cara "nova".

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.