Car.blog.br

Pesquisar este blog

BMW Série 1 Sedan mostrado na China com tração dianteira

Categorias: , 25 Comentários

A montadora alemã de carros de luxo, BMW, mostra no Salão do Automóvel de Guangzhou (China), de 2015, a versão sedã do BMW Série 1, ainda como conceito, mas que é um prenúncio do modelo de produção.

BMW Série 1 Sedan

Segundo executivos da marca alemã, há potencial para um sedã compacto, que ofereceria bom espaço para passageiros e motorista, mas ocupando menos espaço externo.

BMW Série 1 Sedan

Ademais, esse modelo combina a esportividade e a elegância típica de outros modelos BMW mais caros. Isso fica evidenciado pela qualidade e o valor dos recursos empregados, que mostram a visão da marca sobre o que é ser premium.

BMW Série 1 Sedan

O BMW Série 1 Sedan visa principalmente o mercado chinês, mas nada impede que possa ser vendido em outros mercados. De qualquer forma, o lançamento o Série 1 Sedan está previsto para 2016, na China, e, em 2018, chega a nova geração, a terceira, do hatch.

BMW Série 1 Sedan

O BMW Série 1 Sedan de quatro portas está pronto para iniciar sua produção na China, já na plataforma UKL1, que a BMW já usou no Mini, X1 e BMW Série 2 Active Tourer, o que significa dizer que se trata de um modelo de tração dianteira, mas que admite variações com tração integral em modelos de alta performance.

BMW Série 1 Sedan

Em termos estéticos, o BMW Série 1 Sedan não nega se tratar de um rebento da marca de Munique, com linhas bem esculpidas e uma frente baixa e agressiva. A lateral lembra o BMW Serie 3 e também o Série 4, mas em escala menor. Como destaque observa-se as caixa de rodas pronunciadas, contornos das janelas e rodas de 20 polegadas cromados.


O interior, por sua vez, traz uma continuidade em relação aos BMW atuais, sobretudo no painel de instrumentos e elementos de decoração em madeira e alumínio escovado. Há bancos em couro Nappa, head-up display e ponteiros em laranja, teto solar panorâmico, sistema multimídia com tela sensível ao toque com tela de 8,8 polegadas. Atrás há espaço para dois passageiros, os quais contam com um sistema de refrigeração próprio.


O BMW Série 1 Sedan é um modelo que se destina a estabelecer competição com Audi A3 Sedan e Mercedes-Benz CLA - segmento de mercado premium que vem apresentando grande crescimento nos últimos anos.

Postagens relacionadas:

25 comentários:

  1. Ficou bonito, mas ainda fico com o 135I coupe e o V6

    ResponderExcluir
  2. O painel não tem divisores de ar central?

    ResponderExcluir
  3. O painel não tem divisores de ar central?

    ResponderExcluir
  4. Respostas
    1. Só em design, em tudo! Particularmente eu prefiro o estilo BMW frente a MB e Audi.

      Excluir
  5. Hum....se tração traseira não vai mais ser The Ultimate Driving Machine!

    ResponderExcluir
  6. Faltou saber quanto ele tem de entre-eixos, pareceu o maior da categoria, não que isso seja determinante, mas espaço interno agradece!

    ResponderExcluir
  7. Está na hora da BMW mudar esse interior

    ResponderExcluir
  8. Mas será que ele vem com o confiável eixo de torção? Pq aqui não tem melhor opção!

    ResponderExcluir
  9. Mais essa tal de identidade da marca, deixam os carros no geral, com muita cara de um e focinho do outro! Afff

    ResponderExcluir
  10. Eu admiro essa frente, na estrada fica linda com LEDs diurnos, eu gosto e ponto.

    Quem prefere outro modelo/marca, curta a(o) mesmo.

    Impossível é unanimidade na pluralidade.

    ResponderExcluir
  11. Ficou bonito, mas é uma beleza Hyundai-like, baseada em excessivos recortes e formas muito bojudas, então vai cansar logo. Ë como comer doce. No começo é agradável, mas enjoa. Essas estéticas muito "doces" e infantis causam o efeito "uau" e são efêmeras, envelhecem logo.
    Então design do A3 Sedan é superior a isso aí, pois é mais discreto, elegente e sóbrio, como deve ser um carro.
    E tem a questão da tração dianteira. Ainda bem que a BMW abandonou o obsoleto sistema de tração traseira e passou a usar o sistema de tração dianteira. Mas como a BMW é noob nessa área, de tração dianteira, esses BMW terão um comportamento dinâmico ainda bem inferior aos Audi. Na realidade, acredito que jamais vão chegar nos Audi, especialmente os Quattro.
    NInguém tem um sistema de tração tão bom quanto o da Audi, o Quattro.
    Então a BMW tem que comer muito arroz com feijão até chegar na Audi. Tanto em termos de engenharia, quanto tecnologia e estilo e acabamento.
    Mas é um avanço, sem dúvida. Mas o A3 está em um patamar bem acima dele. Bem acima mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com relacao a tração Quattro, vc tem razao, é o mais avançado para carros de passeio atualmente!
      Mas sobre o comportamento dinamico de BMW com traçao dianteira vc esta errado, pois a BMW investiu todo este tempo na MINI com o intuito de know how para tração dianteira e as plataformas ckmpartilhadas estao ai para isso. Como todos sabem que o comportamento dos MINIs da nova geracao, além de continuarem com a esportividade de sempre, ganharam em maciez no rodar, as BMW com tracao dianteira terao este DNA, como inclusive ja pode ser comprovado na 225i Active Tourer, que nao tem aspiracoes esportivas mas nos testes mostra tal comportamento vivo. Alem disso, os modelos mais potentes continuarao com tracao traseira (versoes 6cil por exemplo), sendo com tracao dianteira os modelos de entrada e mais baratos.

      Excluir
    2. O sistema de tração integral mais avançado hoje é (ATTESA) da Nissan que equipa o GTR, segundo que a Audi usa dois modelos de tração integral, o Haldex nos A3, TT e outros modelos mais baratos da linha que só atua sobre demanda é tem tendencia de sair de frente. e o Torsem que equipa R8 e os Modelos RS que há tração é sempre integral.

      Excluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  13. É cada coisa que eu leio aqui...

    Então a Lamborghini Huracán, que custa 150 mil euros, é absolutamente ultrapassada, pois usa o "obsoleto" sistema de tração traseira, e ainda tem um design "espevitado" e cheio de luzinhas no painel. Típico carro da classe C.

    Mas é aquela história: se é do grupo VW, não conta.

    ResponderExcluir
  14. Carro mto lindo, os carros da BMW tem sempre um design imponente! Creio que será um sucesso

    ResponderExcluir
  15. Pelas manifestações aqui logo se vê que o Audi A3 é o sedã médio premium, referencial do mercado.

    O lançamento do BMW è comparado ao A3.
    O estilo é comparado ao A3.
    O motor é comparado ao A3.
    O interior é comparado ao A3.

    O povo esquece que existe MB CLA..

    Interessante, a Audi conseguiu criar um ícone de mercado, o Audi A3. Todos os carros premium compactos agora tem ele como referencial.

    E isso fica claro nas manifestações dos comentaristas. Só falam do A3...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim só falam do A3 porque de Premium ele não tem nada suspensão pior que o modelo da marca de entrada cambio idem, o Jetta tá mais pra premium que o A3 meu caro

      Excluir
  16. Lindo carro! Se cuida A3 a Audi/Vw vai ter que continuar com os preços agressivos ou bye bye...

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.