Car.blog.br

Pesquisar este blog

Novo Honda Civic 2016: detalhes e especificações oficiais

Categorias: , 32 Comentários

A Honda divulga todos os detalhes técnicos e especificações do Civic 2016 - veículo que chega à 10ª geração, tendo sido desenvolvido pela equipe norte-americana da empresa, e tendo como parâmetros os aspectos de dirigibilidade, acabamento e tecnologia dos modelos de luxo europeus. (Veja os preços do Civic 2016 nos EUA clicando aqui).

Novo Honda Civic 2016

O que há de novo?

Praticamente tudo no Civic 2016 é novo, sendo a primeira vez que oferece o pacote de opcionais Honda Sensing ™ e tecnologias de assistência à condução.

Novo Honda Civic 2016

Além disso, há um novo motor 2.0 designado para as versões Civic LX e EX. Modelos Civic alimentados pelo novo motor turbo de 1.5 litros são denominados como a EX-T, EX-L (com interior com acabamento em couro) e nova versão topo de linha Touring .

Estilo

Novo Honda Civic 2016

Estilisticamente, a 10ª geração Civic Sedan é mais baixo, mais longo, mais largo e mais musculoso do que a geração anterior, lançada em 2011.

Novo Honda Civic 2016

Na frente, há uma aerodinâmica agressiva, sistema de iluminação diurna em LED, enquanto na lateral temos um desenho mais muscular e que ostenta uma maior distância entre eixos.

Iluminação LED

O Novo Civic 2016 adota uma ampla gama de sistemas de iluminação em LED, como faróis de uso diurno, indicadores de direção e lanternas traseiras, sendo que na versão topo de linha, Touring, tanto os faróis baixos quanto altos são de LED.

Novo Honda Civic 2016

Entrada Inteligente e Botão Start / Stop

A partir da versão EX, o Civic 2016 traz o sistema Smart Entry, com chave presencial e partida por botão Start.

Novo Honda Civic 2016 - interior

Além disso, é possível ligar o motor por controle remoto e ativar o ar-condicionado antes de entrar no carro, melhorando o conforto dos passageiros tanto em climas mais quentes quanto frios, já que o carro prepara um ambiente mais agradável antes da chegada das pessoas.

Bocal de combustível sem tampa

A Honda adota no Civic 2016 um sistema de abastecimento que elimina a necessidade de tampa. Para executar o abastecimento, apenas abre-se o bocal - sendo que tal operação pode ser bloqueada no interior por meio de um botão.

Interior

O interior do Novo Civic 2016 oferece mais espaço interno, com ampliação dos volumes e distâncias para as pernas. No caso do banco traseiro há um ganho de 2,7 cm no espaço para joelhos traseiros.

Novo Honda Civic 2016

Outra novidade é que mesmo nas verões de acesso o Civic 2016 traz materiais de mais alta qualidade, com o painel totalmente revestido em material de toque suave e portas almofadadas. Os modelos EX-L e Touring vêm com padrões de revestimentos dignos de carros premium.

Novo Honda Civic 2016

Na parte de tecnologia, acima das versões EX o Civic 2016 traz um painel central de LCD de 7 polegadas, que engloba controles de ar-condicionado, sistema de som, display multi-informação inteligente.

Console central

O interior Civic oferece uma gama de recursos de armazenamento para o motorista e passageiros. O console central é especialmente projetado para oferecer uma aparência esportiva juntamente com a usabilidade versátil que você pode esperar de um SUV.


Com a prevalência de smartphones na vida da maioria das pessoas, o console é projetado para ser um centro de tecnologia. Na frente, ele tem uma bandeja para acomodar e recarrgar smartphones, com dois níveis.

Novo Honda Civic 2016

O novo freio de estacionamento eletrônico substitui a alavanca do freio de estacionamento manual convencional, liberando, assim, mais espaço no console para um descansa braço e também para o bagageiro.

Novo Honda Civic 2016 - interior

O porta-malas, porém, ainda fica devendo para outros sedãs médios, e oferece capacidade de 427 litros.

Novo Honda Civic 2016 - interior

O modelo conta ainda com volante multifuncional, vidros elétricos nas quatro portas com one-touch, teto-solar com abertura one touch, ar-condicionado que apresenta melhoria de 10 por cento no tempo de refrigeração. A partir da versão EX-L o ar-condicionado é digital dual zone.

Novo Honda Civic 2016 - interior

Na parte de instrumentos, o Civic 2016 traz tacômetro analógico, velocímetro digital, Interface de Informações Digitais que informa o motorista sobre diversos aspectos de condução e manutenção. Abaixo reproduzimos um vídeo de avaliação do Civic 2016.



Powertrain

O novo motor para as versões de acesso é um quatro cilindros 2.0 litros de 16 válvulas DOHC i-VTEC®, derivado do motor 2.4 do Accord. Esse propulsor oferece 158 cavalos e 19 Kgfm de torque, podendo estar associado a uma caixa de transmissão manual de cinco velocidades ou automática CVT.

O outro motor é o novo 1.5 Turbo com injeção direta, com 174 cavalos @ 5.500 rpm e 22,4 Kgfm, disponível entre 1.800 e 5.500 rpm.

Modo ECON

Todas as versões do Civic 2016 são equipadas com um botão ECON verde localizado no console central perto da alavanca de câmbio. Quando o botão é pressionado para ativar o modo ECON, várias características de funcionamento do veículo são modificadas para maior eficiência de combustível.


O sistema Drive-by-Wire, de controle do acelerador, proporciona uma resposta mais gradual, e para economizar energia adicional, as velocidades do ventilador do ar-condicionado são reduzidas de forma incremental e outras características do sistema de controle de temperatura também são alteradas com base nas condições. Outra pressão no  botão ECON e reverte-se todos os sistemas ao seu modo normal.


Transmissões automáticas continuamente variáveis (CVT)

Duas transmissões CVT diferentes são oferecidas no novo Civic 2016 para melhor atender as características de cada motor disponível . Ambas as transmissões continuamente variáveis ​​(CVT) oferecem transições de mudança suaves e previsíveis, além de excelente aceleração combinadas com baixas rotações de cruzeiro. As relações variáveis de transmissão oferecem ótima aceleração com baixas rotações, oferecendo tanto baixa economia de combustível quanto silêncio interno.

Continuously Variable Transmission para 2.0L i-VTEC

O Civic LX e EX, que são equipados com o motor de 2.0 litros, oferecem um CVT (disponível na LX e padrão no EX), que é uma versão refinada da transmissão CVT que foi oferecida na geração anterior Civic. Ele possui um conversor de torque melhorado e uma nova geração do software de gerencimento.

Continuously Variable Transmission para 1.5L Turbo

Modelos Turbo do Civic 2016 oferecem um CVT que é uma evolução da transmissão CVT que é oferecido nos modelos 2.0. Nesta aplicação, a relação de transmissão final da transmissão é 4,69 por cento mais longa, para permitir a rotação do motor ainda mais baixa.

Modos automáticos CVT

A transmissão automática CVT do Civic 2016 pode ser operada em três diferentes modos totalmente automáticos. O modo D é ideal para a maioria das situações de condução, e combina a eficiência no consumo de combustível com uma operação suave. O modo S é para uma condução mais orientada para o desempenho. O modo G é ideal para situações em o freio motor é desejado, com em estradas montanhosas.

Chassis

O Civic 2016 adota o chassi mais sofisticado de sua história. O modelo adota um conjunto de suspensão baseado em McPherson na dianteira e multi-link traseiro.


Buchas de suspensão hidráulica

O Civic 2016 adota buchas de suspensão hidráulicas, cheias de líquido de lubrificação, para fornecer isolamento superior, bem como de controle de vibração do chassi. Essas buchas hidráulicas são adotadas nas versões EX-L e acima.


Na parte de assistência ativa, o Civic 2016 adota controle de estabilidade, controle de tração, ABS com EBD, Hill Start Assist, freio de estacionamento elétrico, Automatic Brake hold, monitoramento de pressão dos pneus, entre outros itens.

Melhoria da rigidez da carroceria

Novo Honda Civic 2016

Em comparação com a geração anterior Civic, a rigidez flexional da carroceria aumentou em 19%, enquanto a rigidez de torção aumenta 23% . Os benefícios desse aumento da rigidez são numerosos, incluindo uma melhor capacidade dinâmica e redução de ruídos internos.

Postagens relacionadas:

32 comentários:

  1. Achei o torque baixo para o motor 1.5 turbo, achei que ia ter pelo menos 25 kgfm.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Voltado pra conforto e durabilidade. 22,4kgfm aos 1800rpm são suficientes pra um sedan familiar no dia-a-dia...

      Excluir
  2. Com tantas modificações e considerando que estamos no BRASIL, acredito que a versão mais cara vai estar em torno de R$ 120.000,00.

    ResponderExcluir
  3. Essa seta no para lama ficou horrível. acho que a honda não trará esse motor 1.5 turbo de 178 cv pra cá, se vier vai ser uns 130 pau.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A seta no para lamas é item exigido por lei nos eua

      Excluir
    2. Não é seta, é uma luz de posição exigida pela legislação americana. Relaxa.

      Excluir
  4. ah os americanos fizeram bem pra Honda..... vejo o Corola ficando pra trás novamente...

    ResponderExcluir
  5. Se custar 120k é melhor comprar um premio BMW Mercedes ou um Audi

    ResponderExcluir
  6. Visualmente não gostei!Essa queda acentuada do teto em direção à traseira ficou muito ruim...A frente parece um trator de tão "robusta",essa grade cromada saltada pra fora também é de extremo mau gosto.Enfim,pode e deve ter melhorado muito tecnicamente e em espaço interno,mas além de ficar com um desenho muito estranho,perdeu a "cara" de Civic e lembra ( traseira ) os BMW GT,que também acho horríveis!

    ResponderExcluir
  7. No Brasil deverão ser em torno de três versões como já é hoje.

    ResponderExcluir
  8. Particularmente aposto em:
    LX MT 2.0 R$ 75mil,
    LX CVT 2.0 R$ 79mil,
    EX CVT 2.0 R$ 85mil,
    EX CVT 1.5 TURBO R$ 93mil,
    EX-L CVT 1.5 TURBO R$ 99mil,
    EX-T CVT 1.5 TURBO R$ 105mil

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mandou bem dos valores! aposto nisso tb!

      Excluir
    2. Eu tbm.... mas poderia ser um pouco menos em todas as versões.... ai sim...!!!!

      Excluir
  9. Concordo, mas acredito que será entre três a cinco mil a mais, principalmente nas versões turbo.

    ResponderExcluir
  10. Vamos esperar este Civic e o Cruze novo. Se o Corola continuar vendendo tanto, vou desistir de entender o consumidor Brasileiro. Como eles não devem modificar o Corola tão cedo, acredito que irão agregar mimos e reduzir o preço (ou apenas deixar de aumentar) para torna-lo mais competitivo como fazem com o feietios.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tbm não entendo o consumidor brasileiro..... é um bom carro mas temos muitas outras ótimas opções no mercado. Acho que vendem muito para frota de empresas, gerentes, diretores etc.... já ouvi falar que em vendas diretas para pessoa física não é líder...!!!! O fato de vender mais tbm não quer dizer que é melhor....!!!!

      Excluir
  11. Ficou bem resolvido o novo civic melhor que o vovorolla parece sedan grande, e a traseira ficou show estilo carro americano.

    ResponderExcluir
  12. Caras, o interior em certa harmonia já é um grande alívio... 10 vezes melhor do que o atual... E não tem reloginho década de 90! Por fora ficou interessante... Tem ângulos muito bonitos, principalmente as lanternas traseiras... Mas tem alguns pontos um pouco estranhos mesmo... Com certeza a mecânica ficou melhor... Enfim, a Honda avançou! E isso é bom! Se vier com controles de tração + estabilidade + 6 airbags (e não economizar na central, como nas versões iniciais e intermediárias de FIT e HRV), sem o mico de cobrar mais do que 90 mil por isso, será melhor do que o Corola.

    ResponderExcluir
  13. Mas que texto é esse? Parece aquelas traduções grotescas do Google, mas o blog não indica a fonte. Ai, ai, ai.

    ResponderExcluir
  14. Com tudo oferecido, caso a versão topo de linha venha na casa dos R$ 110.000,00 destrói completamente o Corola Altis, que é lindo por fora, horrível por dentro, sem ESP, sem nada digital (a não ser o relógio de Del Rei), sem as novas tecnologias e com preço só um pouco abaixo do Civic (hoje R$ 102.000,00). Mas na situação atual do país, não me admira chegar aqui por R$ 120.000,00. A concessionária de minha cidade tem preço cerca de R$ 3.000,00 acima do site.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ter certeza que logo logo "milagrosamente" o Corolla passará a oferecer ESP.

      Excluir
    2. Corolla vai embarcar ESP na reestilização.
      É certo que virá na Altis, mas internamente já cogitam para a versão XEi tb, mas não está batido o martelo ...

      Excluir
  15. Quem vai deixar de comprar uma MB C180 W205 por 119.000, para paga 105.000 em qualquer carro desses médios nacionais mesmo tendo mais equipamentos!!!!

    ResponderExcluir
  16. Na faixa de 100k o que eu certamente não compraria seria vovorolla e Civic... O mercado nessa faixa tem muitos outros modelos e marcas maravilhosos....!!!!

    ResponderExcluir
  17. O problema da faixa premium são preços relativamente próximos aos modelos top da categoria abaixo com manutenção caríssima e desvalorização bem acentuada. Vejo vários BMW e Mercedes de 2010 a 2012 com preços atraentes empacando mas revendas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo em termos, se considerarmos que ser proprietário e poder desfrutar do prazer de dirigir BMW, Mercedes bens, Audi entre outros não tem preço. Tenho amigos que possuem esses carros e o que menos é na revenda...!!!!

      Excluir
    2. o que menos pensam é na revenda

      Excluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.