Car.blog.br

Pesquisar este blog

Volkswagen Up!: uso urbano, estacionamento e estabilidade

Categorias: , , 23 Comentários

O Volkswagen Up! I-Motion do nosso teste de longa duração vem sendo submetido, nas últimas semanas, a um teste mais focado em uso urbano, para avaliar as características do carro nesse tipo de ambiente.

Volkswagen Up! - Estacionamento

O primeiro aspecto que se nota ao se migrar de um carro maior, como o Golf, para o Up!, é o fato de que o espaço interno ofertado pelo Up! na dianteira é até maior que o oferecido pelo Golf - algo que surpreende, mas é explicado pelo projeto mais moderno, painel sem frescuras estéticas na parte inferior, e o fato de o compartimento do motor ser bastante reduzido - projetado para abrigar apenas motores três cilindros.

Volkswagen Up! - Estacionamento

Entretanto, ao se sair do carro, sempre surpreende as suas pequenas dimensões externas - 3,6 metros de comprimento, 70 cm menor que o Golf - e o fato de o quanto essa característica se reflete em conforto em uso urbano. O Up!, por ser pequeno, e com raio de giro curto, mostra-se extremamente ágil em cidade, tanto em trânsito congestionado e em vias expressas,  quanto em manobras em baixa velocidade.

Estacionamento e manobras

Essas características dimensionais do Up! fazem com que ele possa ser estacionado em vagas que, vistas de dentro do carro, parecem mais destinadas à motocicletas, de tão pequenas. Mas, então, o motorista para ao lado da diminuta vaga (mostrada nas imagens) e decide "arriscar", e acabada se surpreendendo por conseguir colocar o carro dentro com facilidade - algo facilitado também pela leveza da direção elétrica.

Volkswagen Up! - Estacionamento

Essa facilidade de manobra é potencializada também pela grande capacidade de esterçamento do Up! - aspecto decorrente da curta distância entre-eixos e pela própria característica da direção, que resulta em um radio de giro de apenas 9,7 metros.

Agilidade é conforto

Outro ponto a se ressaltar é que a agilidade em uso urbano se reflete em conforto também, pois o carro um leve exige menos manobras e "cabe em qualquer lugar". Com o tempo, fica-se com preguiça de andar com carros maiores, sobretudo em percursos urbanos, dada a facilidade de condução proporcionada por esse modelo sub-compacto.

Evidentemente, conforto não é só agilidade. É também silêncio interno, boa ergonomia, bancos anatômicos (e que não cansam) e prazer ao conduzir. E o Up! é surpreendentemente silencioso, com boa posição de dirigir - regulagem de altura do banco e do volante-, volante com ótima empunhadora e com assistência correta, suspensão com ajuste (similar à do golf) que apresenta bom compromisso entre firmeza e conforto. O sistema de som, pelo menos nesta versão White-up!, que conta com seis alto-falantes, é de boa qualidade.

Estabilidade vis-à-vis calibragem dos pneus

Outra dimensão adjacente de conforto é a estabilidade e a segurança que o carro transmite em vias urbanas de velocidade mais elevada. Nesse aspecto, observamos que é necessário se manter os pneus com calibragem correta.

Isso nós constatamos depois de algumas experiências mais "ousadas" em curvas, e constamos que o modelo deslizava - de forma neutra - um pouco além do desejável. Então resolvemos verificar a calibragem dos pneus e constatamos que todos estavam abaixo de 24 PSI, bem inferior à  recomendação oficial.

Tendo em vista que a fábrica estipula 36 PSI (traseiro) e 32 PSI (dianteiro) no caso de uso do carro com três ou mais pessoas, optamos por essa calibragem. O resultado é sentido imediatamente: o Up! ficou muito mais estável, com limites de aderência bem mais elevados, e a direção ficou bem mais direta e responsiva. Em resumo: ficou ainda mais agradável de ser conduzido.

Essa comportamento mais "esportivo" do Up! com pneus com 36 PSI veio acompanhado de uma maior firmeza, mas que, todavia, não compromete o conforto. De qualquer forma, fica claro que o nível de estabilidade do Up! é mais sensível à calibragem dos pneus que carros maiores. Ou seja: é necessário atenção com esse aspecto.

Conclusão

O Up! I-Motion mostra-se um veículo ágil, confortável e prazeroso de ser conduzido em cidade, graças ao silencio interno, agilidade de direção, boa ergonomia e dimensões reduzidas.

Volkswagen Up! - Estacionamento

Entretanto, para se extrair o máximo em termos de comportamento dinâmico, é importante que o modelo seja com os pneus com a calibração indicada pela fábrica.

Postagens relacionadas:

23 comentários:

  1. Lembrando: são 32 PSI no eixo dianteiro e 36 PSI no eixo traseiro condição carregado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato. Já ajustamos o texto.

      Excluir
    2. Fábio LM,
      Meu caro, na sua opinião o CrossFox 1.6 16v I-Motion anda mais que o HB20 1.6 16v AT?
      Abraços.

      Excluir
    3. @NDA, o desempenho dos dois é similar. Entretanto, o motor 1.6 16v EA-211 do Fox tem mais disponibilidade de torque em regimes mais baixos. Então o Fox parece mais ágil em uso urbano, pois essas acelerações e retomadas em baixos regimes são mais rápidas e ágeis, transmitindo uma sensação de agilidade superior.

      Em resumo: O Fox I-Motion é mais "esperto" que o HB20 Automático.
      Já em estrada eles se equivalem, com os dois apresentando boa disposição para retomadas e ultrapassagens.

      []s,.

      Excluir
  2. Como vocês deixaram o carro com pressão tão baixa dos pneus? A calibragem deve ser semanal. O blog deveria se preocupar mais com esses detalhes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muita gente prefere andar com pneus com baixa calibragem por sentir o carro mais "macio". Prejudica um pouco co consumo, mas muita gente prefere. Eu ja gosto de 32 nos quatro pneus sempre... Esse negócio de ficar recalibrando só para viagens longas e com carro pesado, de resto, eu curto 32 PSI. No Fusion Ecoboost 235/45/18 é recomendado 34 PSI sempre, no Cruze 225/50/17 é recomendado 32 PSI nas 4 rodas.

      Excluir
  3. Eu uso com 30lbs na frente e 28lbs atrás, fica muito bom.

    ResponderExcluir
  4. Para os que tem o carro (ou os que estão fazendo o teste): em viagens longas (mais de 400 km) o up! é confortável? ou é melhor partir pra um carro maior? Porque, para a cidade e viagens curtas com pouca bagagem, o TSi é o carro a ser batido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim o VW Up! Imotion foi testado em viagem de mais de 400km e foi supertranquilo e confortável . Enfim o Up! tem uma proposta de carro urbano mas é muito eficiente em viagens mais longas.

      Excluir
    2. Acho que a Bagagem vai muito dos passageiros. Acredito que para dois adultos e uma criança vai bem. Deve ir alguma bagagem dentro do carro quase sempre. Tem aqueles racks Thule de teto que podem resolver o seu problema com bagagens, dai você complementa o bagageiro encima do carro em viagens maiores, se for andar quase sempre sozinho.

      Excluir
    3. Ele vai bem na estrada sim. Apesar de ser "quadrado", a aerodinâmica é boa pois não se escuta barulho de vento. A estabilidade nas curvas é ótima e ele não balança em altas velocidades, o que é notório pelo fato de ser um carro leve e pequeno. Os bancos são confortáveis e a posição de dirigir é satisfatória.

      Não fiz o teste ainda com o carro totalmente carregado(só peguei estrada com 2 pessoas e bagagens leves), creio que nessa condição ele sofra um pouco sim, principalmente em serras(afinal, é um carro 1.0 - levando em conta a versão MPI). O Up com motor turbo, em contrapartida, deve sobrar nessa situação, pois o torque é generoso. Se faz viagens longas com frequência, escolha o TSI sem pensar. O MPI combina mais com a cidade mesmo.

      Excluir
    4. Já fiz duas viagens longas, 600 e 800km, o carro se porta bem mas se for levar alguém atras essa pessoa pode reclamar pois o banco é ruim, muito duro e cansa rápido.

      Isso virou mania no Brasil, carros novos até de categorias superiores os bancos traseiros estão cada vez piores, saudades do banco traseiro do outro carro pois era bem confortável se comparado ao atual.

      Excluir
    5. Com certeza Five ! Eu notei a mesma coisa.....a cada ano que passa os bancos vão piorando. Lembro de um Prêmio CSL 1991 que tive, com bancos parrudos, em veludo super-mega-grosso.....acho que nunca mais teremos carros assim.

      Excluir
  5. só falta chegar a versao imotion tsi

    ResponderExcluir
  6. A estabilidade do up! na minha opinião deixa a desejar, tirando isso não tenho nada há reclamar do meu up!.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também achava isso, mas depois de usar o carro com 32 PSI na dianteira e 36 PSI na traseira, observei que o Up! melhora muito a estabilidade, ficando excelente, com limites bem elevados, de comportamento previsível, neutro, e sem características sobre-esterçantes ou sub=-esterçantes.

      Excluir
    2. Os pneus 175/70 e "verdes" realmente deixam a desejar, faltou uma escolha mais acertada do pneus pois na chuva é perigoso pela baixa aderência.
      Vou partir para Yokohama BluEarth que apesar de verde é mais macio que o PedraPlus e tem excelente grip tanto no seco como no molhado.

      Excluir
  7. Lindo o Golf 4, 5 amarelo ao fundo da primeira foto. . Esse sim é um ótimo carro; sem mais..

    ResponderExcluir
  8. No meu uno, eu coloco 36 nas 4, só ando no asfalto msm. só uso pra faculdade e casa

    ResponderExcluir
  9. O pessoal da Nascarships já estão preparando o UP! tsi, ATÉ O MOMENTO CONSEGUIRAM MAIS 12 CV. O Torque saltou de 16,8 kgfm para mais de 22 kgfm, desta maneira ele deve fazer frente ao Golf 1.4 TSI.

    Estimam que o 0 a 100 tenha ficado na casa dos 7,5 Segundos e a máxima acima de 210 Km/h, só de 3° marcha agora é possível chegar a 160 km/h.

    Os testes continuam, está na página do facebook da Nascar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se papar o Golf 1.4 TSI vai por a BMW 320 no bolso junto...

      Excluir
  10. Não dá pra entender! Como um carro com essa proposta urbana não tem câmbio CVT ou algo parecido. Não compro só por esse motivo.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.