Car.blog.br

Pesquisar este blog

Honda FIT EX 2016: preço, consumo, detalhes - vídeo

Categorias: , , 21 Comentários

O Honda FIT 2016 é vendido em quatro configurações de acabamento - DX, LX, EX e EXL - sendo que neste artigo faremos uma avaliação da que tem a maior demanda por parte do consumidor, a EX, que é precificada em R$ 65.900 reais com pintura sólida), chegando a R$ 66.890 reais quando se opta por pintura metálica/perolizada.

Honda Fit 2016 EX

O Honda FIT está em sua terceira geração, que foi lançada em abril de 2014, tendo recebido alguns aperfeiçoamentos nesta linha 2016, respondendo a considerações de consumidores e concessionárias. Entre essas mudanças, destaca-se o fato de o painel com iluminação em tonalidade âmbar ter sido abandonado em todas as versões, sendo substituída por azul, e foram introduzidos elementos pintados em prata metálico no interior, que confere um visual mais sofisticado.

Honda Fit 2016 EX - interior - painel

No caso desta versão EX, cujo vídeo abaixo mostra um test-drive, foram acrescentados também indicadores de direção incorporados nos retrovisores e volante revestido em couro com comandos multifuncionais. Em termos de segurança temos o básico: duplo airbag frontal (o EXL tem mais dois laterais), ABS + EBD e ganchos ISOFIX para cadeiras infantis.



Essas alterações contribuíram dar um aspecto de mais requinte ao interior, somando-se aos detalhes em piano black no paiunel, mas é fato que o aspecto geral na parte interna ainda pode ser melhorado, já que os materiais de revestimento do painel e das portas é de plástico - de tonalidade uniforme e com boa impressão de qualidade, inclusive de montagem.

Honda Fit 2016 EX - espaço dianteiro

Some-se a isso os bancos com revestimento em tecido preto de aspecto simples, o ar-condicionado de comando manual e o sistema multimídia sem navegação e tem-se um interior um tanto aquém do que se espera de um carro que custa mais de R$ 65 mil reais.

Honda Fit 2016 EX - interior

Esse sistema multimídia que vem de série no Fit traz uma câmera de ré bastante útil em manobras de estacionamento, e, para quem exige a navegação por GPS, a Honda passa a oferecer esse recurso como acessório vendido nas concessionárias. Não é a mesma central do HR-V EXL e do Civic EXR, mas adota o mesmo software baseado no Android - o que significa facilidade de uso.

Honda FIt 2016 - espaço traseiro

De qualquer forma, se a escolha de materiais pode melhorar, o espaço interno do Honda Fit surpreende bastante. Há uma abundância de volume interno tanto para os ocupantes dos bancos traseiros quanto os dianteiros, evidenciando ser possível transportar três adultos atrás com conforto - algo notável para um carro de menos de quatro metros de comprimento.

Honda Fit 2016 EX - painel de instrumentos

O porta-malas oferece capacidade de 363 litros, podendo chegar a 906 com os bancos traseiros totalmente rebatidos. Outro aspecto é o sistema de rebatimento dos bancos traseiros, que podem ser dobrados tanto em posição vertical quanto horizontal, criando espaços versáteis de carga, tanto para objetos longos quanto para os de maior altura.

Comportamento dinâmico

O Honda Fit EX é equipado com um motor quatro cilindros Flex 1.5 16V de 116 cavalos e 15,3 Kgfm de torque quando abastecido com etanol. Com gasolina ele perde pouco: 115 cv e 15,2 Kgfm, associado com uma transmissão automática CVT - continuamente variável.

Esse conjunto mostra-se bem adequado ao Fit, permitindo acelerar o monovolume de 1.110 Kg de 0 a 100 Km/h em 10,9 segundos - número adequado para a proposta do carro.

Na prática, tem-se um carro ágil e esperto em manobras urbanas, e também muito agradável de ser conduzido graças ao funcionamento exemplar e muito suave da transmissão CVT - progressiva e sem trancos.

Honda Fit 2016 EX - Prata

O Honda Fit EX CVT é um carro extremamente fácil de ser conduzido, com ótima posição de dirigir, volante extremamente leve, suspensão com ajuste correto, silêncio interno e, novamente, a ótima tranmissão CVT.

Consumo

O Honda FIT EX CVT 2016 recebeu classificação "A" (máxima eficiência energética) do CONPET - Programa Brasileiro de Etiquetagem Veiculoar - do INMETRO, resultado dos bons indicadores de consumo, que relacionamentos abaixo.

Consumo cidade: 8,3 Km/l (Etanol) / 11,6 Km/l (Gasolina)
Consumo estrada: 9,9 Km/l (Etanol) / 14,1 Km/l (Gasolina)

Conclusão

Honda Fit 2016 EX

O Honda Fit EX 2016 mostrou-se um carro prático, agradável e facílimo de ser conduzido - características que fazem dele um modelo que preserva o/a motorista, sobretudo em condução em vias urbanas carregadas e congestionadas.

Postagens relacionadas:

21 comentários:

  1. Muito caro pelo que oferece...!!!!!!!!! Sou mais o Fox...!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha...muito boa, Claudio.
      Nada como abrir os comentários com senso de humor.

      Excluir
    2. Egon, seu comentário é totalmente dispensável....!!! Compre seu Fit e seja feliz..!!! É simples..!!!!

      Excluir
    3. Não vejo o fit e o fox como concorrentes, já que atendem a públicos diferentes. O fox é um compacto, enquanto o fit está mais para uma minivan.

      Excluir
  2. A VW já retirou o configurador do Golf do seu site e esse Blog em matéria feita há algum tempo disse que a versão nacional seria apresentada aos concessionários nos dias 19 e 20 de agosto. Cadê mais notícias...

    ResponderExcluir
  3. O fit é um bom carro, mas o preço está um absurdo. Não vale pelo que oferece.

    ResponderExcluir
  4. Acho o fit único em sua categoria. É um compacto com bastante espaço interno, formato de hatch, com interior de minivan, bastante versátil, econômico e confortável para o dia a dia. É caro, mas em sua faixa de preço considero o modelo exl (70 mil) uma compra melhor do que Jeep renegade, por exemplo, para uma família com uso em cidade, e até estrada ocasionalmente.

    ResponderExcluir
  5. Essa carro só fica aceitável em sua versão top de linha, que é absurdamente cara cara o que oferece. As versões básicas e intermediárias chegam a ser medíocres de tão simplórias e mal equipadas, não sei como alguém tem coragem de comprar aquilo.

    ResponderExcluir
  6. Carro excelente de motor, velocidade e torque. O melhor da categoria. O que é mais caro tem que ser o melhor mesmo. Possuo um EX 2016 e só fiquei triste pelo acabamento interno de plástico reciclado. Minha mãe possui um EX 2006 que dá de 10x0 no acabamento. Algumas coisas poderiam ter acretado, como: O kit multimídia não é muito bom também. Erraram também no tamanho de uma das paletas dos limpador do pára-brisas dianteiro (muito curto) e porta-copos no painel que não tem lugar para escorrer a água que pode ser retida decorrente de latinhas congeladas de refrigerante. Só não entendi o porque que quando estamos em um engarrafamento com o pé no freio o carro dá uns arranques prá frente. Outro problema é a antena que não é basculante e fica batendo em locais mais baixos.

    ResponderExcluir
  7. Boa tarde! Comprei em julho de 2015 o novo Honda Fit EX 1.5 VTEC CVT (modelo 2016). Incrivelmente, o consumo está aferindo 4.9 km/l com etanol e 5.2 Km/l com gasolina na cidade. Já reclamei na concessionária, mas eles sempre vêm com aquelas explicações técnicas e não resolvem o problema. Será que o meu carro apresenta um problema sério? A quem devo recorrer?

    ResponderExcluir
  8. Bom carro, mas muito caro pelo que oferece. Existe no mercado boas opções que oferecem mais por menos.

    ResponderExcluir
  9. Tenho um Lx 2005 tenho dó de vender, 160 mil km rodados, ele faz na estrada 19 km/ litro com velocidade de 80/100 km/h. Acredite se quiser. Pq esses modelos novos não são assim? Só sei que o motor do meu carro é feito no México e esses novos no Brasil.

    ResponderExcluir
  10. Tenho um Lx 2005 tenho dó de vender, 160 mil km rodados, ele faz na estrada 19 km/ litro com velocidade de 80/100 km/h. Acredite se quiser. Pq esses modelos novos não são assim? Só sei que o motor do meu carro é feito no México e esses novos no Brasil.

    ResponderExcluir
  11. tenho LXL 2007,média na cidade 13.5/estrada 16.2 (ar ligado) somente a gasolina ,não o troco pelo novo nem a pau !!!

    ResponderExcluir
  12. O bom do fit é que preço compensa. Nunca parei numa oficina para reparar mecânica. Tenho um fit LXL automático 1.4 2008 e rende na estrada 16/18 km/l gasolina. Câmbio CVT com 215 mil km rodados está zero. Motor de dar inveja...silencioso, espaçoso. Não troco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois do seu comentário, não tenho mais dúvidas! Jurubeba dois, troquei numa Duster, excelente, mas bebe muito. Estou voltando para o Honda Fit

      Excluir
  13. Preço muito caro: 70 mil a versão EX pra vim sem ar digital, sem descanso no meui de braço, sem GPS, sem sensor de ré (só a camara), sem freio a disco traseiro e sem airbag lateral...Ai complica, e cade os concorrentes dele? quero os cambios aut. tb ok

    ResponderExcluir
  14. Ótimo carro de péssimo custo beneficio.
    Sem onda, vale mais comprar up turno MT do que fit de 57.000

    ResponderExcluir
  15. Compre um usado. O preço baixa bem. Aí não compensa? A maior crítica parece ser o preço. Um usado resolve o dilema.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.