Car.blog.br

Pesquisar este blog

Teste Up! I-Motion - consumo melhora: 14,9 Km/l de gasolina

Categorias: , , , 18 Comentários

O Volkswagen up! I-Motion do nosso teste de longa duração supera os 10.000 quilômetros rodados apresentando uma melhora em seus indicadores de consumo. Em nossa última medição conseguimos 14,92 Km/l de gasolina, obtidos em circuito misto (50% cidade / 50% estrada), com o ar-condicionado ligado em 50% do tempo.

Volkswagen up! I-Motion - consumo

O resultado é melhor do que estávamos obtendo com o modelo, em torno de 11.5 Km/l de gasolina. Ocorre que esta medição já ocorreu sem vazamento de combustível - algo que vinha acometendo este carro desde que o adquirimos, visto que estava com a tubulação do ladrão de combustível avariada. Assim, quando enchíamos o tanque, uma parte do combustível escorria na caixa de roda posterior direita, fazendo com que o indicador de consumo ficasse maculado. O vídeo abaixo explica o ocorrido.



Nós ainda não trocamos a tubulação, pois se trata de uma peça única - tanque e tubulação -, mas já providenciamos uma solução paliativa, que consiste no envelopamento da mangueira de retorno do combustível, e, até agora, o vazamento sumiu. Na próxima revisão nós pediremos a substituição do componente.

Volkswagen up! I-Motion - consumo

De qualquer forma, nesta primeira medição de consumo não afetado por vazamento, registramos uma melhora de quase 30% no consumo, o que não deixa de ser interessante. Ocorre que a média de 14,92 Km/l de gasolina, mesmo em circuito misto cidade/estrada, ainda está longe do obtido por testes em revistas, como a Quatro Rodas, que registou média em estrada de até 18 Km/l com o up!.

Volkswagen up! I-Motion - consumo

Ocorre que nossa condução não procura privilegiar o consumo: dirigimos de modo "normal", acelerando quando necessário, sobretudo em acessos de vias mais rápidas - quando pisamos tudo, ou até mesmo mudamos para modo de operação manual para segurar as rotações mais elevadas. Em estrada, porém, andamos sempre em torno de 100 Km/h em modo automático - situação que o computador de bordo aponta médias superiores a 20 Km/h - nunca confirmadas nas medições.

Up! I-Motion x Ford Ka SE 1.0 - consumo

Outro aspecto dessa última medição de consumo é que ela pode ser comparada diretamente com as que aferimos durante o teste de longa duração do Ford Ka SE 1.0 (veja detalhes aqui).

Volkswagen up! I-Motion - consumo

O compacto da Ford apresentou, nessas mesmas condições às quais o up! I-Motion foi submetido, consumo médio de gasolina de 13,5 Km/l. Isso mostra que o Up! I-Motion é, em média, 10% mais econômico que o Ford Ka SE 1.0.

Volkswagen up! I-Motion - consumo

Essa vantagem do up! sobre o Ford Ka em termos de consumo não é novidade, visto que, em testes da Quatro Rodas (veja aqui), a superioridade do sub-compacto da VW, em consumo, foi até maior. É importante considerar, porém, que os modelos comparados foram sempre com transmissão manual nos dois carros, enquanto aqui temos o Up! Automatizado I-Motion versus do Ford Ka SE 1.0 Manual (o Ka não tem opção de transmissão automática).

Ruído interno

O up! I-Motion vinha se mantendo livre de ruídos de peças soltas no interior até agora. Ocorre que, desde a última semana, vem apresentando um ruído de peça solta na porta-direita, que se manifesta sempre que percorremos superfícies irregulares.

Volkswagen up! I-Motion - consumo

Tendo em vista que, até o momento, não é algo que incomode muito, vamos deixar para solicitar a correção na próxima revisão.

Conclusão

O Up! I-Motion continua a agradar em nosso teste de longa duração. Trata-se de um veículo agradável de ser conduzido, confortável e muito prático e ágil em cidade, onde sua capacidade de manobra e de estacionar em vagas apertadas é notável.

Volkswagen up! I-Motion - consumo

A transmissão I-Motion vem se mostrando adequada. Com o passar do tempo, porém, o motorista aprende a adotar o modo manual em algumas situações específicas, melhorando ainda mais a dirigibilidade.

Postagens relacionadas:

18 comentários:

  1. Só pelas fotos dá pra notar a superioridade de acabamento do Up em relação ao ka.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema do Ka, ao meu ver, é o todo. O carro inteiro é ruim. E é ruim pois é fruto de um projeto de baixa qualidade. E executado com qualidade pior ainda.
      O design é pobre, sem refinamento. Olha-se o carro de diagonal e vê-se uma carroceria torta. A carroceria com peças desalinhadas salta aos olhos, e provoca uma sensação no sub-consciente de que se está diante de um carro vagabundo, não refinado.

      O interior não é melhor: abusaram de reentrâncias no painel para dar aspecto pseudo-esportivo, e sacrificaram o espaço interno. Só olhando essa foto do interior do ka e vejo como é apertado.

      Aí, quando se liga o motor, sente-se vibração e o motor urrando na sua orelha com um barulho de enceradeira. Então a sensação de carro boqueta se reforça.

      O conjunto mecânico acompanha a baixa qualidade geral. O motor é supostamente moderno, mas só tem torque em alta. O câmbio é o tradicional ruim da Ford, com curso muito longo e engates pouco precisos.

      E para dar conta da fraqueza do torque em baixa (resultado da escolha da Ford por ter "85 cv", tiveram que sacrificar o torque em baixa), engates muito curtos, exigindo intermináveis trocas em cidade. Ou seja, o ka é extremamente cansativo.

      O porta-malas de 257 litros é "uma vergonha", como diria o Boris Casoy, com aquela boquinha de chupa alguma coisa que ele sempre faz. Raso e ineficiente, sendo o menor da categoria, 30 litros menor que o do up!, que é 30 cm menor.

      E para completar a "obra", não tem teste de colisão e uma mentira em termos de segurança vendida pela Ford: a de que o carro tem controle de tração e de estabilidade. MENTIRA. A versão SEL, que é a única que tem tais itens, não existe na prática, já que 99% da produção é da SE 1.0.

      Enfim, o ka é um projeto vagabundo, de baixa qualidade em todos os sentidos. Não é refinado, não é bom em nada. O Ka é inteiramente ruim. Não vejo nada que preste nesse carro.

      Ka? Apague essa ideia.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    3. Me poupe Carlos. EU POSSUO UM KA+ e é muito bom. mais de um ano de uso e n tem ruídos, nem peças soltas. Pode não ser um carro primoroso mas cumpre seu papel muito bem.
      Internet é bixo ruim.... tudo se propaga TRIPLICADO!

      Excluir
  2. Ruídos de acabamento creio que são coisas normais em piso irregular, ainda mais em carros com acabamento em plástico, comum em carros de entrada, mas é bem difícil escapar disso nessas nossas ruas.
    Pelo menos o consumo melhorou, mas o que eu quero saber mesmo é mais sobre o Up! TSI.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No up nao e nornal. O nosso outro up esta bem.mais rodado e nao tem barulho algum. E nesse caso ai e uma situacao bem especifica na porta direita, com alguma peça solta. No resto do carro nao se ouve nada.

      Excluir
    2. Eu entendi o argumento Rafael, mas meu Logan 2010 também não apresenta nenhum barulhinho sequer, diferentemente da Alfa e da BMW, que possuem bom acabamento, mas têm seus ruidinhos. Carro para andar nessas nossas ruas lunares têm que ser leves, senão acabam por resultar em barulhos parasitas.

      Excluir
    3. Eu entendo, creio que seja uma situação atípica mesmo, mas no caso do nosso piso lunar, cheio de irregularidades eu não ficaria surpreso.
      Mas esse tipo de coisa a concessionária deve resolver.

      Excluir
    4. O meu Cross Up tinha um ruído no painel. Levei na concessionária e pedi pra arrumarem pela garantia. Era no porta-luvas, problema resolvido e atendimento/serviço muito bons.

      Excluir
    5. Fabres, eu também não nada a reclamar do atendimento da VW.
      Fui muito bem atendido pelos funcionários, problemas resolvidos, entrega do veículo dentro do prazo combinado.

      Excluir
  3. Esse picanto está lindo, faz um ensaio sobre ele.

    ResponderExcluir
  4. Sobre o consumo,tenho 2 amigos que tem hb 20 1.0 ,na estrada andando na faixa de 90 km esta dando 20 km litro, e na cidade 13 km litro,media muito boa ,mas nao aceleram como aqui no teste andam bem de mansinho sem forçar, um deles ate que esta pensando em mudar para o up tsi pois viaja mais e sendo mais economico pelo que falaram andando nos 90 podera dar uns 26 km com litro, o que nao o animou mesmo e que nao acha tao bonito como o hb 20,ai esta pensando se vale mesmo.

    ResponderExcluir
  5. Aguardo ansiosamente pelo teste de longa duração do Up TSI. Esse vai ser legal de acompanhar também.

    ResponderExcluir
  6. Tenho um Black Up! I-Motion e estou satisfeitíssimo! Li muitos comentários negativos sobre o câmbio I-Motion, que me deixou com o pé atrás, mas resolvi arriscar.
    Quanto aos trancos, lendo o manual e aprendendo como o carro se comporta nas situações cotidianas, a tarefa de dirigir se torna infintamente agradável! Quanto ao acabamento, o meu Black deixa muito carro mais caro no chinelo... Acabamento em couro, peças bem encaixadas... Enfim, acho que a VW acertou no Up!

    ResponderExcluir
  7. O consumo melhorou mas eu esperava pelo menos 16km/l pelo transito de Brasília. Pode ser que esteja ainda vazando bem pouco já que gasolina é bem volátil. Então troca logo esse tanque e deixa de gambiarra.

    ResponderExcluir
  8. Fábio LM,
    Me tire uma dúvida, na sua opinião qual anda mais? O HB20 1.6 AT ou o CrossFox 1.6 16v I-Motion?

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.