Car.blog.br

Pesquisar este blog

Novo Golf Highline com câmbio manual. Vale a pena?

Categorias: , , 56 Comentários

Uma pessoa nos fez o seguinte questionamento a respeito do Golf: “Acompanhei as matérias sobre o Golf e fiquei com dúvidas sobre a compra do mesmo. Apesar de ser um excelente carro, fiquei com muita dúvida sobre o câmbio DSG. Como já tive grandes problemas com câmbio automático (C4 hatch), gostaria de saber se vocês avaliam como uma boa opção a compra de um Golf 1.4 Highline Manual. Vocês acham que a desvalorização da versão manual ficaria muito diferente da versão automática? E quanto à revenda de um carro desse tipo?”.

Novo Golf Highline 2014 - câmbio manual

Nós já tínhamos tratado desse tema em post anterior (veja aqui) onde elencamos os motivos pelos quais consideramos o Golf Automático (DSG) uma opção superior. De qualquer forma, é preciso contextualizar a questão do câmbio DSG. Nós relatamos o caso de uma pessoa que teve o câmbio DSG de 7 marchas do seu Golf Highline com problemas (veja os relatos aqui). Esse carro teve o câmbio trocado pela VW, e, enquanto o carro estava em manutenção, a empresa lhe forneceu um Jetta Comfortline.

Novo Golf Highline 2014 - câmbio automática DSG

Já faz mais de dois meses que esse proprietário está usando o seu Golf Highline com o novo câmbio e a última informação que tivemos - há alguns dias atrás - é que "está tudo certo com o Golf depois que o peguei". E mais: a VW ampliou a garantia do câmbio em mais um ano para Golf do proprietário em questão.

Dessa forma, consideramos que o atendimento da Volkswagen nesse caso foi exemplar (resolveu o problema e emprestou um carro do mesmo nível enquanto consertava a transmissão). Além disso, é importante considerar que o câmbio DSG da Volkswagen estreou nos seus modelos há mais de uma década, tendo sido aperfeiçoado desde então.

Essa transmissão foi objeto de recall na China (veja aqui) por conta de um óleo sintético que interferia no funcionamento do sistema de gerenciamento eletrônico da transmissão, mas os modelos envolvidos não são do Golf 7, que é o vendido no Brasil.

Ademais, a geração atual do Golf já está no mercado (europeu) há mais de um ano e meio e não há relatos, nem no Brasil e tampouco no exterior, de problemas crônicos com a transmissão DSG-7. Muito pelo contrário, essa caixa é considerada uma das melhores do mundo, e é usada não só pela Volkswagen no Golf e em outros modelos, como também em modelos de luxo da Audi.

Como se não bastasse a Volkswagen oferece garantia de 3 anos sem limite de quilometragem para todos os sistemas do Golf, incluindo motor e transmissão.

Vale a pena comprar Golf com transmissão manual?

Diante desse quadro, consideramos contraproducente optar pelo Golf com transmissão manual em detrimento do DSG de 7 marchas, se o consumidor deseja um carro automático, e os motivos que subsidiam nossa opinião são vários.

Novo Golf Highline 2014 - câmbio manual

O primeiro é que a transmissão DSG-7 do Golf 7 não tem problema algum. Está presente em milhões de carros no mundo, não há recall acionado para ela, não há reclamações de consumidores e, dos proprietários que conhecemos, a única questão que comentam é sobre o famigerado "barulho" - o qual é tratado como característica da transmissão há muito tempo tanto pela VW quanto pela Audi.

Aliás, os relatos de proprietários de Golf sobre a transmissão DSG 7 do Golf são as mais elogiosas possíveis, onde ressalta-se a velocidade de trocas, a maciez de funcionamento, o acerto do gerenciamento e, sobretudo, as múltiplas funcionalidades tecnológicas associadas à caixa.

Na realidade, a transmissão DSG-7 do Golf é tão superior à manual, que o Golf DSG tem performance superior e consumo inferior ao equipado com câmbio manual. Tanto é assim que a VW não oferece no Brasil, a versão esportiva, a GTI, com câmbio manual.

No que respeita ao mercado, é fato que o Golf com transmissão manual será um modelo com pouca procura no segmento de usados, visto que o consumidor, hoje, exige transmissão automática até mesmo em modelos mais baratos. e em carros do nível do Golf ela é, de fato, obrigatória.

Dessa forma, o consumidor que adquirir um Golf com transmissão manual deve estar ciente que o seu carro sofrerá uma desvalorização significativamente superior no mercado de usados, e ainda levará um tempo muito maior para ser vendido, já que são poucos os consumidores que optam por esse tipo de transmissão.

Respondendo às questões:

"Vocês acham que a desvalorização da versão manual ficaria muito diferente da versão automática?"

A desvalorização do manual é muito superior à observada no DSG. Isso fica claro nos leilões da VW de carros da frota, onde os [poucos] Golf´s com transmissão manual oferecidos sofrem deságios muito superiores aos observados nos automáticos.

"E quanto à revenda de um carro desse tipo?"

A revenda será bem mais complicada que a de um Golf DSG, visto que o consumidor de carros como Golf exige a transmissão automática. Dessa forma, Golf e Jetta com câmbio manual levem longos meses, e, às vezes, até anos para serem vendidos no mercado de usados, enquanto um Golf Automático, em bom estado e em preço de mercado vende em poucos dias.

Conclusão

O consumidor que está pensando em adquirir um Golf 7, deve optar por um Golf automático DSG. Respondendo a questão: "Vale a pena comprar Novo Golf com transmissão manual?" Não.

Postagens relacionadas:

56 comentários:

  1. "Na realidade, a transmissão DSG-7 do Golf é tão superior à manual, que o Golf DSG tem performance superior e consumo inferior ao equipado com câmbio manual. Tanto é assim que a VW não oferece no Brasil, a versão esportiva, a GTI, com câmbio manual."

    Só esqueceu de dizer que o câmbio do GTI é diferente, é o DSG de 6 marchas (igual jetta, fusca)

    ResponderExcluir
  2. Não sabia que o cambio do GTI é diferente do Highline. Valeu pela informação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é banhado a óleo e suporta muito mais torque. Já a DSG7 trabalha no limite de torque, ou seja, se tem a intenção de "chipar" o Golf 1.4 TSI, compre o manual.
      Dizem que o motor poderia entregar mais 2 mkgf de torque se não fosse o DSG7.

      Excluir
  3. Tanto o câmbio do GTI quanto do TSi são o mesmo DSG - Câmbio de Dupla Embreagem. Ocorre que o GTI por ter torque de 35.7 Kgfm usa uma caixa banhada a óleo de seis marchas, enquanto o TSI usa carter seco, com 7 marchas. Mas o câmbio é o mesmo, apenas com essas alterações de lubrificação e uma marcha a menos, porém ambos são DSG.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ...e, portanto, diferente!

      Excluir
    2. São engano, é a embreagem do DSG 7 que é seca e do DSG 6 é banhada a óleo. As caixas de câmbio em si há lubrificação em ambos os modelos.

      Excluir
    3. Carlos, tenho um gti premium + teto 2013 e nao veio com ACC e nem com o farol alto auto mático. Consigo adicionar essa tecnologia mesmo pagando ?

      Excluir
    4. Se a caixa do 1.4 7 marchas fosse banhada a oleo,será que os ruídos teriam fim?

      Excluir
    5. Farol alto automático? Tem isso não ...

      Excluir
    6. Carlos, caixas de transmissão são projetadas baseadas no torque!! Pela aplicação que vemos nos VW e AUDI, esta caixa de 7 marchas, suporta ate 250 Nm, a caixa de 6 marchas é mais robusta em tamanho dos eixos, rolamentos e largura do par de engrenagem e portanto suporta mais torque.
      Possuem a mesma tecnologia, mas são diferentes!!

      Excluir
  4. Diferente e que não faz barulho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Calmon, tenho um amigo que tem o novo fusca e outro que tem um passat, ambos bom o DSG de 6 marchas e, apesar de ter óleo na caixa, eles também fazem barulho. Mas cara, é akela coisa, só escuta em ruas de paralelepípedo SE o vidro estiver aberto, ou seja, difícil escutar! rs

      Excluir
  5. Eis a questão esse cambio presta ou não presta ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É só o melhor câmbio automático do planeta....

      Excluir
    2. O Câmbio DSG do Golf está anos luz à frente do CVT-7 do Corolla, por exemplo.
      Na realidade, no nível do DSG-7 do Golf, só mesmo o ZF Automático de 8 marchas dos BMW...e mesmo assim...acho que o DSG-7 fica um pouco à frente.

      Excluir
    3. Presta, é excelente! O único senão é que faz barulho de carro velho em ruas de paralelepípedo.

      Excluir
    4. Carlos, você já dirigiu um BMW com o ZF de 8 marchas? As trocas são tão rápidas quanto o DSG! É bem bacana...!

      Excluir
    5. Primeiramente, o DSG não é um câmbio automático, e sim um câmbio automatizado de dupla-embreagem. São duas coisas completamente diferentes, em concepção e funcionamento. Segunda coisa: o DSG não chega aos pés do PDK da Porsche.

      Excluir
    6. Perfeito roger, acho que esse DSG se não tivesse esse barulho ficaria entre os 5 melhores câmbio do planeta, mas com esse barulho, não tem com compará-lo com os melhores com vc citou.

      Excluir
    7. "Ai gente, o câmbio faz barulho", tem gente que sinceramente, podia comprar um FIAT com aquelas suspensões gelatinosas, já que querem tanto um sofá de rodas, não quer barulho fica em casa.

      Excluir
  6. Até eu ter a chance de dirigir um DSG e tirar as conclusões, prefiro carro manual.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acelerar um DSG é lindo!
      Só prefere manual quem nunca o fez!

      Excluir
  7. Já tive vários carros com câmbio manual e estou com meu primeiro automático. Só digo uma coisa: manual nunca mais! Divirto muito com esse câmbio DSG 7 do Highline que, casado com os perfis de condução, fica dez! As trocas são muito rápidas e imperceptíveis.

    ResponderExcluir
  8. É lógico que o DSG é uma opção melhor, mas não acho que o Golf manual seja mico não, muita gente gosta de " cambiar" principalmente proprietários de hatches médios.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo em gênero, número e grau.

      Já dirigi o Golf DSG e o Corolla 2.0 Multidrive e achei ambos muito bons. Mas para mim, ainda não substituem a caixa manual...

      Não pego trânsito pesado, então... Automático para mim, é algo dispensável.

      Gosto de trocar as marchas e de sentir o carro mais "na mão".

      Excluir
    2. Concordo com o Fabio LM:

      O DSG não tem problema algum de funcionamento ou durabilidade. É excelente.

      Faz o barulho? Faz sim.

      MAS, você tem de desligar o som do carro, desligar o ar condicionado e abaixar os vidros pra poder ouvir o tal barulho. Isso se estiver em ruas esburacadas ou de paralelepípedos.

      Eu normalmente estou com vidros fechados, ar ligado e som ligado. Mesmo quando não ligo o som, mas estou de vidros fechados e ar ligado, não tem como ouvir.

      O comportamento do carro é tão superior aos concorrentes (eu tenho também um Focus 2.0 manual 2012), que esse negócio de barulho pra mim é querer achar pelo em ovo.

      Meu conselho: faça o test drive no DSG antes de optar pelo manual. Vai se apaixonar pelo carro.

      abraço,
      Marcelo Schwan

      Excluir
    3. Uma dúvida, Marcelo e donos de Golf com o câmbio DSG:
      Tenho um New Fiesta Powershift e considero o carro muito bom, mas uma coisa que detesto nele é a forma como ele se intromete nas trocas sequenciais. No Fiesta elas são feitas por intermédio de um botãozinho sem vergonha na alavanca de câmbio e, mesmo na posição "S", o carro não segura a marcha selecionada! Bastou cair ou subir o giro um pouco, ele troca! Até meu Focus 2.0 automático quatro marchas só troca quando eu quero, ou no limite do giro em modo sequencial. Como o câmbio do Novo Velho Focus é o mesmo (e o esdrúxulo botãozinho também), creio que deva ter o mesmo problema, e isso para mim seria mais um motivo para não comprar esse carro.
      Gostaria de saber como é o DSG do Golf nesse quesito. Valeu!

      Excluir
    4. Rodrigo A,

      o DSG permite trocas tanto pela alavanca como pelas borboletas no volante.

      Ele tem na posição Drive a possibilidade de acionar o S para trocas mais ágeis, mas ainda não é o manual.

      Você pode reduzir ou aumentar uma marcha pelas borboletas, independente de estar rodando em Drive ou Sport. Ele fica no modo manual por alguns segundos e se você não usar as borboletas novamente ele volta pro modo automático, no padrão de condução previamente selecionado.

      Isso também vai ocorrer - voltar pra automático - se você pressionar a borboleta da direita por dois segundos ou se você puxar a alavanca de marcha pra trás.

      Se você deslocar a alavanca de marchas pra direita, o câmbio entra em modo manual. Aí só vai mudar de marcha se você der o comando, pela alavanca ou pelas borboletas, ou se atingir o limite de corte do motor.

      Se você parar em um sinal, ele volta pra primeira marcha.

      O que você não gostou do Powershift, aquela tecla sem vergonha, foi um dos principais motivos que me fez desistir do Focus Titanium e optar pelo Golf Elegance DSG.

      abraço,
      Marcelo Schwan

      Excluir
    5. Obriga do pelos esclarecimentos, Marcelo.
      O que falta ao New Fiesta, e, provavelmente, ao Velho Novo Focus é a capacidade de se deslocar a alavanca para a direita acionando o modo de trocas manuais, o que o Golf tem e até meu Focus II também tinha. Mais um ponto pro Golf!
      abraço!

      Excluir
    6. No novo a Ford já está oferencendo com borboletas, mas o DSG é outro papo principalmente em relação à velocidade das trocas.

      Excluir
  9. A resposta é simples: para os que preferem manual, claro que devem comprar o manual. Para os que preferem automático, claro que devem optar pelo DSG. Simples assim.
    Eu, pessoalmente, enquanto houver disponível a caixa manual, esta será minha opção. Não me importo da desvalorização ser um pouco maior, uma vez que o gasto com manutenção será também menor e, portanto, ao longo dos anos, anulará essa pequena desvantagem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comprei um TSI MT básico por questão de orçamento, já que não encontrei mais nada interessante no mercado pelo valor dele. Confesso que aqui em casa somos apaixonados por esse carro. Se pudesse, pegaria um TSI + elegance, mas para quem gosta de câmbio manual, esse do novo Golf é sensacional. A diferença de preço do MT para o AT é muito grande, e no final de 5 anos, vai se manter no mesmo patamar, ou com mínima diferença. Além disso, o MT tem custo de manutenção menor.

      Excluir
    2. Perfeito Marcelo H., vc e sua família tem um "grande" carro na garagem e principalmente, o Golf g7 é extremamente seguro e não gosta de oficina. Com cambio manual com 6 marchas, perfeito. Parabéns!
      Sds.

      Excluir
  10. Tudo bem, o câmbio DSG é bom, mas dizer que o manual não compensa é puro market!

    ResponderExcluir
  11. Também acho puro marketing em querer empurra câmbio DSG para o consumidor e tentando dizer que manual não compensa muito.
    Brasileiro em geral prefere manual to que o automático, pois o custo de manter um automático é assustador para alguns. Se der algum problema fora da garantia, prepare o bolso...

    ResponderExcluir
  12. Em outubro passado fiz o pedido de um Golf TSI Highline cambio manual, sem opcionais, com entrega para janeiro de 2014. Quis o destino, que minha esposa batesse o carro dela uma semana depois e que ficaríamos 45 dias à pé; solução, fui "obrigado" a comprar o único Golf da loja, um TSI (DSG) Elegance com teto em exposição. Como tenho sorte, a batida do carro me fez levar para casa o melhor carro que já dirigi e depois de quase 6 meses sem qualquer problema.
    Minha sugestão: quem quer um excelente hatch médio e tem orçamento limitado, pode comprar um Golf Confortline cambio manual sem problemas. Já tive um Golf manual que levou apenas 45 dias para vender, Golf sempre será um VW Golf, não importa o ano e se é manual ou automático. Entretanto, se não houver restrição econômica, vá de Highline DSG Elegance ou superior, para quem curte automóveis não há "brinquedo" melhor, exceto se for um GTI.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você é bom em marketing mesmo... relato muito emocionante.

      Excluir
    2. Realmente eu acho que você usou as palavras certas, não importa nenhum pouco se é manual ou se é DSG, o Golf é um Golf, há quem goste do manual e a quem goste do automático. Agora ouvir vendedor ou qualquer outra pessoa vir falar que automático é melhor de mercado, é mais confortável e bla bla bla... é puro marketing para te empurrar sempre o DSG e você gastar mais dinheiro, tanto na aquisição, quanto na manutenção, quem já dirigiu um Golf 7 manual, vai se sentir tão bem quanto o DSG, pois o conjunto manual é delicioso, engates leves precisos, o carro esbanja torque então não vai precisar do câmbio toda hora, enfim... Ambos são bons e esse negócio de mercado de manual ser mais fraco, é balela pura.... ;-)

      Excluir
  13. O blog insiste em tentar convencer o consumidor a adquirir, a qualquer custo, o Golf DSG no lugar do manual. Parece até sofrer influência da VW, que, coincidentemente, importa pouquíssimas unidades do Golf manual. Mas há vários motivos para alguém preferir o manual no lugar do DSG:

    - pelo simples prazer de cambiar, ter o carro na mão, não ficar refém de o veículo mudar a marcha quando quiser;
    - pelo fato do câmbio de 6 marchas do golf ser excelente, um dos melhores câmbios mecânicos;
    - preço (o DSG custa nada menos que 7 mil a mais);
    - custo de manutenção - há revisões em que o valor do DSG é 4 vezes mais alto que o do manual; além disso, após a garantia de 3 anos, um problema no câmbio automático do golf (que já ocorreu no Brasil em pelo menos 5 casos comprovados) pode acarretar um prejuízo de até R$ 20 mil, valor referente à troca do câmbio;
    - ruídos e retenções do DSG, já comentados por diversos proprietários, e que podem, de fato, incomodar um pretenso comprador;
    - o consumo do DSG NÃO pode ser considerado melhor que o do manual, aí o blog engana o leitor. Nos testes do inmetro, divulgados até mesmo neste blog, o manual tem consumo na cidade de 11,7, e o DSG de 11,5. Na estrada, aí sim, o DSG fica pouco melhor, 13,4 contra 13,3 do mecânico.

    O blog nem considera o simples fato de que vários motoristas preferem sim o câmbio manual, independente do valor. Tanto que vários preferiam um GTI manual a um automático. Agora, quem faz questão de um carro com câmbio automático, o golf DSG é sim a melhor opção em sua categoria. O que não justifica o blog ser enfático em dizer que o golf manual não vale a pena.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Disse tudo Feijó Maranhão!!

      Excluir
    2. Feijó Maranhão,

      com todo respeito, não sei onde você mora, mas quem pega engarrafamento todo dia dá preferência aos automáticos (ou automatizados). Isso é fato e vários modelos já vendem mais com esse tipo de câmbio.

      Você prefere o manual? Ótimo, compre-o e seja feliz. Isso é algo subjetivo. E op que vale é sua felicidade com o carro.

      Mas uma afirmação sua não é verdadeira, especificamente no caso do DSG:

      "- pelo simples prazer de cambiar, ter o carro na mão, não ficar refém de o veículo mudar a marcha quando quiser;"

      Não sei se usou efetivamente o DSG ou se fez apenas um test drive. Eu tenho o carro e posso te garantir que quando quero cambiar é só jogar a alavanca pra direita e cambiar nela ou nas borboletas. Simples e um tesão. Única diferença é que não preciso ficar pisando em pedal de embreagem.

      Os veículos esportivos de alto desempenho há um bom tempo têm substituído o câmbio manual pelo dupla embreagem sem pedal de embreagem, mas com trocas sequenciais na alavanca ou borboletas no volante.

      Veículos de pista então nem se fale.

      O custo de manutenção das revisões do Golf é o mesmo. Estive há pouco tempo na concessionária para agendar minha primeira revisão e na tabela afixada lá o preço é o mesmo para os dois câmbios.

      Outra coisa, 5 casos comprovados em mais de 10 mil emplacamentos é absurdamente pouco. Isso dá 0,05%..tente levantar o número de C4 e Picasso com problemas de câmbio...fui dono de oficina e só eu atendi um número muito maior que esse.

      Já perguntei aqui antes: que problemas de retenção são esses? Nunca ouvi falar, o meu não tem isso e os donos de Golf que conversei até agora desconhecem esse problema.

      Veja as opiniões de donos no BCWS, onde vc tem de informar Renavam do carro pra postar, provando que realmente tem o carro, e verás que a opinião é amplamente favorável ao carro. Tem muita gente falando mal do carro sem conhecê-lo na prática, apenas repetindo aquilo que ouvem falar.

      O DSG é caro, concordo. Quando fui fazer o test drive estava convicto a comprar o manual por causa dos 7 mil de diferença e deixei isso claro ao vendedor.

      Mas, quando dirigi o carro com o DSG e vi que as borboletas e as trocas manuais eram perfeitamente possíveis e controladas inteiramente por mim, mudei de opinião.

      E o vendedor ainda me mostrou mais um argumento: carro nessa faixa de preço com câmbio manual vai desvalorizar mais. Isso é fato, embora não foi determinante na minha escolha.

      Optei pelo DSG pelo prazer que ele me proporcionou. Não sou escravo do automático.

      Tenho mais 3 carros na garagem, sendo um automático e dois manuais.

      Tenho um Omega 4.1 automático chipado, câmbio simples sem muitos recursos, apenas voltado ao conforto.

      Tenho um Focus 2.0 manual 2012 que comprei propositadamente manual, mesmo ante apelo do vendedor pra ficar com o automático. Mas o manual, nesse caso, achei muito mais gostoso de dirigir.

      E finalmente tenho um Opala SS 1978, mas esse está em fase de restauração, tem câmbio manual e nem cogito o automático pro uso dele.

      Dos 4 o que mais me dá prazer ao dirigir é justamente o Golf com câmbio automatizado.

      Mas repito, se preferes o manual, vá em frente. Eu concordo com o Fabio LM, acho que o DSG é mais negócio mesmo custando 7 mil a mais.

      abraço,
      Marcelo Schwan

      Excluir
    3. Obrigado pelo relato Marcelo! É óbvio que o texto é pra quem está em dúvida... Minha única dúvida é pagar mais pelo highline, pois atualmente só nesta versão é disponibilizado o paddle shift.

      Excluir
  14. Olá Marcelo,

    concordo com você em quase todos os elogios ao DSG, tanto que no comentário acima falei que ele era a melhor opção para câmbio automático em sua categoria. Apenas expliquei que há sim motivos para que a versão manual valha a pena. Eu mesmo considero a DSG melhor que a manual, mas considerei vários pontos ao decidir entre uma e outra, principalmente os que expliquei. E realmente em 90% do trajeto que utilizo normalmente não ocorre congestionamento, tornando um automático menos necessário.

    Quanto às revisões, eu falei que algumas são 4 vezes maior. Consulte a VW e verá que a 6ª revisão custa em torno de 2000k para o DSG e 500k para o manual, por causa do câmbio. A cada 3 anos o óleo é trocado, e isso vai influir na revisão. Mas pra quem fica até 2 anos com o carro não vai fazer diferença. Eu, por exemplo, não costumo passar menos de 5 anos com um veículo, e isso, pra mim, até diminui uma desvalorização maior do manual.

    Já os problemas de retenção, em alguns fóruns na internet, vários proprietários reclamam dele, em ruas de paralelepípedo ou esburacadas. Outros falam que não tem. Então, pode ser questão de sorte ou azar. Quanto aos 5 casos de problemas no câmbio que eu citei, foram casos em que os proprietários divulgaram na internet, pode ser que tenham ocorrido outros, não sei, espero que não.

    Em todo caso, apenas quis explanar que o Golf manual é uma ótima opção em sua faixa de preço e que o consumidor pode possuir motivos para escolhê-lo no lugar do DSG. Não falei que é uma opção melhor que o DSG, mas que pode se tornar melhor de acordo com os motivos que forem considerados.

    Abraços e parabéns pelo carro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem Feijó?

      Essa da revisão vou ter de levantar. No quadro que vi na CSS, estavam as revisões até 60.000 km e não havia diferença de preço. Como a minha está chegando, vou reparar. Valeu pela dica.

      No Omega eu sei que tem porque a cada 40.000 km tenho de trocar o óleo do câmbio automático e são nada menos que 11 (isso mesmo, onze) litros.

      Quanto ao Golf, é o que falei. O mais importante é comprar o que te satisfaz e deixa feliz. O manual é excelente.

      Só que interpretei o "valer a pena" no sentido monetário da coisa. Acho que mesmo mais caro, o DSG vai ser uma escolha melhor no futuro.

      Desculpe-me se interpretei de maneira diversa da que você quis colocar.

      abraço e parabéns a você também pelo carro. Compartilhamos o mesmo bom gosto pelo melhor hatch médio do mercado.

      Marcelo Schwan

      Excluir
  15. Olá Marcelo,

    quero deixar claro que apenas quis explicar que um comprador pode sim ter vários motivos para escolher um manual ao DSG. Não quis dizer que o manual é melhor que o DSG, sei que o DSG é excepcional, mas se um comprador levar em consideração os motivos que expliquei, a opção pelo manual valerá sim a pena. Além disso, respondendo sua pergunta, em 90% do meu trajeto normalmente utilizado, não pego congestionamentos, o que faz um automático menos necessário.

    Quanto aos custos de manutenção, a 6º revisão do DSG custa em torno de 2000k e a do manual 500, justamente pelo óleo utilizado no DSG, conforme informado pela VW. A cada três anos essa troca é necessária. Pra quem passa menos de 3 anos com o carro, realmente esse item será indiferente. Mas eu, por exemplo, não costumo ficar com um veículo por menos de 5 anos, e isso fará também com que uma maior desvalorização do manual não pese tanto no final.

    Já em relação aos casos de retenção em ruas de paralelepípedos, são comentários postados por vários compradores em fóruns na internet. Outros falam que não tem. Então, pode ser questão de sorte ou azar. Os 5 casos que falei de problemas no câmbio também foram de proprietários que divulgaram na internet, lembrando que nem todos fazem isso. É uma quantidade pequena sim, mas considerável levando-se em conta a quilometragem com que isso ocorreu. E quanto mais tempo se fica com o carro, maior o risco.

    Bom, apenas quis explicar isso, que um comprador pode ter vários motivos que a compra do manual valha a pena, embora, repito, o Golf DSG seja a melhor compra em carros automáticos de sua categoria.

    Abraços e parabéns pelo carro!

    ResponderExcluir
  16. Algum de vcs sabe me dizer se existe possibilidade de a VW vir a trazer o GTI com câmbio manual? Eu sou do tipo que prefere largamente o manual, pelo prazer do domínio do motor e pelo processo da troca de marchas, especialmente em um esportivo - já dirigi o DSG e para mim perdeu a graça. Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O DSG é outro nível filho, o manual é bom, o DSG é ótimo, por isso n vem o DSG.

      Excluir
    2. Me informei na concessionária VW Acelera em Alphaville, e caso o cliente queira um Golf GTI com o câmbio manual o carro é encomendado, sendo possível sim aqui no Brasil, ter um Golf GTI com o câmbio manual... Na verdade, a desculpa das concessionárias é que falam que o manual não tem tanta saída como o automático, por isso não o trazem para o Brasil, bom não sei até que ponto isso é verdade, eu acredito que é mais um lance de empurroterapia, te deixando condicionado a optar pelo DSG, até por não ter escolha disponível a pronta entrega. Mas enfim, eu acho que deveríamos sempre, sempre, sempre ter as duas opções disponíveis, pois há gosto para ambos os modelos (automático vs manual), por isso acho injusto ficarmos condicionados ao automático apenas, sendo que no resto do mundo, ambas as versões estão sempre disponíveis...

      Excluir
    3. Obaaaaa !! Amém, Rodrigo Raymundini !

      Viva o poder de escolha. Cada um tem um gosto pessoal e tambem tem mil fatores a considerar antes de optar :
      - se fica agarrado no transito ...
      - ou se dirige 150km por dia em rodovia semi-deserta...
      - ruas esburacadas ?
      - ou muita ladeira ?
      - o carro vai ser meio de transporte ou lazer ?

      Pra me dar bem em todas essas ocasiões tenho um jipão diesel, automatico, importado, confortavel + um Golf 2.0, manual, velhinho, super veloz e DELICIOSO de dirigir.

      Excluir
  17. Na ccs hoje fui informado de tudo o que eu já li aqui no site, sempre achava besteira qnd lia q o teto precisava, mas dps q o revendedor falou isso, eu dei até mais valor ao site, fora q o teto qnd aberto lhe da uma sensação ótima dentro daquele carro, carrão, q é o Golf.

    ResponderExcluir
  18. DSG ou Manual? Depois de tantas incidências de problemas com o DSG que assim como o Powershift da Ford, a melhor opção é a manual, que nunca te trará chateações, dores de cabeça e amargar uma manutenção absurda fora de garantia... Manual sempre e diferente do que diz a matéria, quem terá mais desvalorização de revenda será o DSG sem dúvida nenhuma. Eu escolhi o manual e não me arrependo de absolutamente nada, perfeito o Golf com câmbio manual... :-)

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.