Car.blog.br

Pesquisar este blog

Renault Fluence reestilizado é apresentado na Índia

Categorias: , , 15 Comentários

A Renault apresenta no Salão do Automóvel de Nova Delhi, Índia, a versão reformulada do sedã médio Fluence.;

Novo Renault Fluence 2015

Na Índia o carro é oferecido em versões E2 e E4 - em ambos os casos com nova grade dianteira, novos faróis de neblina e agora com sistema de iluminação diurna em LED.


Novo Renault Fluence 2015

Outro diferencial estético são novas rodas de 16 polegadas para as versões de entrada.

Novo Renault Fluence 2015

O interior ostenta revestimentos de melhor qualidade, novo sistema de sim, e um novo pacote de assistência à condução que inclui sensores de estacionamento frontais e traseiros.

Novo Renault Fluence 2015

O motor do Fluence na Índia é um diesel 1.5 com 110 cv a 4.000 rpm de potência e torque máximo de 24,4 mkgf @ 1.850 rpm, associado com uma transmissão manual de seis marchas.

Postagens relacionadas:

15 comentários:

  1. O antigo era mais bonito na minha opinião.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já eu acho que essas mudanças agregaram mais beleza. Esse novo para-choque com os LEDs diurnos casaram muito bem com o carro.

      Excluir
  2. Eu achei que ficou mais bacana.

    Fui ver um Fluence semana passada... R$ 59K a versão 2.0 manual de entrada, incluindo pintura metálica. Pior que as condições de pagamento estavam muito boas também... 60% de entrada, mais 36x de 720,00 sem juros.

    Fiz o test-drive no automático e no manual... Preferi mil vezes o manual, muito mais gostoso de dirigir. Achei um bom carro no geral...

    Massss, uma pena que sofre do mal dos carros franceses. Elevada desvalorização e algumas agências sequer aceitam o carro como forma de pagamento, pelo que andei pesquisando por aqui...

    Civic é mais caro, mas também está com condições boas de pagamento... 50% de entrada, mais 24x de 1440,00 sem juros.

    Pelos test-drives que já andei fazendo, é quase certeza de que o Civic será meu próximo carro...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Onde você mora? Aqui na minha cidade o CVT Dynamique sai por 73 mil. E a manual só por encomenda, que chega em 45 dias, por 68 mil.

      Excluir
    2. Então, Anônimo:

      Moro aqui em MT. O Fluence custa R$ 62K manual, na versão de entrada, segundo o site da Renault... Consegui um descontinho de R$ 3K no preço ao negociar.

      E tem Fluence manual à pronta entrega por aqui... Vi uns 3 no pátio da concessionária.

      Excluir
  3. Tive um Fluence Dynamique com CVT desde 2011 aaté ontem, nenhum problema e muita ssatisfação com o carro. Vendi em sete dias pela Internet por 46.800, 00. NUNCA COMPRAREI um Civic ou Corolla pelados a preço de ouro. Os carros franceses usados são sempre mais baratos quando comparados aos japoneses do mesmo ano, mas nao poderia ser diferente porque quando zero KM custam em média 10.000, 00 reais a menos e sempre oferem mais. Para mim o Fluence continua sendo o melhor da categoria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, sobre esse lance de desvalorização, andei pesquisando.

      Sabe qual desvaloriza mais no segmento? O Linea... Custa à partir de R$ 54K, mas encontrei vários 2013 seminovos sendo vendidos por... R$ 37K.

      Olha, sei que carro desvaloriza, de que não é investimento... Mas perder quase R$ 20K em 1 ano eu acho demais da conta.

      Excluir
    2. Levando em conta que Linea não é médio de verdade, está quase com seu preço justo após 1 ano de uso mesmo...

      Excluir
  4. Da penúltima vez que comprei um carro 0km, só não fechei o negócio com um Fluence Privilége CVT, porque na última hora o avaliador do carro que estava dando como entrada, voltou atrás e quis pagar menos no meu carro, mas havia feito o test drive no Fluence e fiquei muito bem impressionado. Tenho muita simpatia pelos autos da Renault e não vejo a questão da dificuldade de revenda (se é que existe), como um fator impeditivo. Acho que temos que adquirir um veículo que nos agrade e que dê algum prazer em dirigir e não ficar pensando numa hipotética desvalorização quando for vendê-lo, afinal, a intenção é ficar um tempo razoável com ele, para depois preocupar-se com isso. Acho o Fluence uma ótima opção, pena que essa reestilização chegará um pouco tarde, pois acabei de trocar um Cruze por um Golf, que pretendo ficar um bom tempo.

    ResponderExcluir
  5. Perdeu a principal característica do carro: A CARA DE SAPO.
    Mas está menos feio, ainda preferia com a frente do Mégane "antigo", que também foi estragado com uma reestilização onde todos os carros tem frentes iguais, é a Renault se "volksvaguizando". Daqui a uns dois anos chega aqui, a Renault Argentina só gosta de fabricar velharias mesmo, tem tudo a ver com aquele país lixoso sucateado e fora de moda.

    ResponderExcluir
  6. Tive um Fluence Dynamique CVT até novembro passado e só posso elogiar o carro. Muito confortável, econômico, completíssimo, seguro relativamente barato. Excelente custo-benefício entre os sedãs médios. A versão reestilizada vai trazer o modelo de volta à briga pela liderança do 2º pelotão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em 2014, o segundo pelotão dos sedãs médios no Brasil está sendo liderado pelo Novo Sentra, seguido pelo Fluence, C4L e finalmente Jetta.

      VENDAS SEDÃS MÉDIOS EM JAN/14 FENABRAVE

      PRIMEIRO PELOTÃO
      1) Civic - 3.983 unidades vendidas;
      2) Corolla - 2.853;
      3) Cruze - 2.501;

      SEGUNDO PELOTÃO
      4) Novo Sentra - 1.086;
      5) Fluence - 897;
      6) C4L - 835;
      7) Jetta - 809.

      Também acho que essa nova geração do Fluence, se vier com preços competitivos, terá potencial para brigar pela liderança do segundo pelotão, como o colega Karl afirma.

      Atualmente, a pior relação custo x benefício entre os sedãs médios no Brasil parece mesmo ser a do Jetta, pelo menos é isso que estão dizendo os consumidores que compararam e compraram esses carros em jan/14.

      Excluir
    2. Não sou igual a todo mundo, compro carros exclusivos... então minha lista inicia na parte de baixo.

      Excluir
  7. Esse Jetta no segundo pelotão e na sétima colocação, só se for o modelo Confortline 2.0.

    ResponderExcluir
  8. Tenho um civic lxr 2.0 e posso fala q o carro eh um prazer em dirigir só saio dele se daki 2 anos ela continua com esse motor(nao que o motor seja ruim)mas a moda agora eh turbo,entao partirei pra outro segmento audi ou bmw se caso o civic 1.5 turbo vier pro brasil pra meados de 2016 ctz continuarei na honda pq nao é só o carro o pós vendas conta e muito,só quando vc precisa q vc ve esse fator essencial!!

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.