O primeiro modelo elétrico de alta performance da Volkswagen, o ID.4 GTX, está chegando às ruas europeias agora e vem se mostrando um modelo promissor, ofertando rápida acleração e dirigbilidade esportiva.
Volkswagen ID.4 GTX - teste
Os preços no ID.4 GTX começam, na maior parte dos países europeus, em cerca de € 50 mil. Na Espanha, por exemplo, custa € 50.705 euros (sem descontos governamentais), o que corresponde a R$ 304 mil.
Volkswagen ID.4 GTX - teste
Não é um modelo acessível mesmo para os padrões europeus. Mas o GTX representa no segmento elétrico o que a sigla GTI é para os modelos térmicos da marca: performance, associada com praticidade e refinamento.
Volkswagen ID.4 GTX - teste
O ID.4 GTX é o primeiro carro elétrico da Volkswagen com proposta de alta performance. Baseado na plataforma MEB, ele usa o mesmo layout básico - incluindo um motor elétrico de 201 cv no eixo traseiro.
Volkswagen ID.4 GTX - teste
No entanto, ele também recebe um motor de 108 cv nas rodas dianteiras para um total de 295 cv e tração nas quatro rodas. Ambos os motores são alimentados por uma bateria de 77 kWh e, com a tração e a potência extras, é o suficiente para dar à GTX ímpeto verdadeiramente esportivo. Ele vai de 0 a 100 km/h em 6,2 segundos, enquanto a velocidade máxima do GTX sobe para 111 mph (178 km/h).
Volkswagen ID.4 GTX - teste
Com motores nos dois eixos, o ID.4 GTX tem tração nas quatro rodas, mas não há ligação mecânica entre os eixos dianteiro e traseiro, o que significa que a configuração da tração nas quatro rodas não tem impacto perceptível no interior em relação ao ID.4 convencional - um grande benefício de ser um carro elétrico.
Volkswagen ID.4 GTX - teste
Na maioria das vezes, o GTX opera com tração traseira, com o motor dianteiro somente entrando em operação se o sistema ESC detectar uma perda de tração ou uma demanda por desempenho extra. Há também um Dynamics Manager que conecta os motores e o ESC, semelhante à tecnologia dos Hot Golfs da VW, ajudando na estabilidade e agilidade. Dado que o GTX pesa mais de 2,2 toneladas, os testes europeus apontam que ele se comporta surpreendentemente bem, graças em parte ao fato de que a maior a maior proporção da massa do carro - a bateria - é centralizada na parte baixa no chassi. Com isso, o o centro de gravidade é mais baixo do que você poderia esperar.
Volkswagen ID.4 GTX - teste
Segundo testes, o GTX faz curvas de forma mais competente que o ID.4 padrão, com mais aderência e mudanças de direção decentes para uma máquina pesada. É considerado um carro divertido dirigir. Quando operado no modo Sport, o motor dianteiro passa a operar, aprimorando o que o GTX tem a oferecer.
Volkswagen ID.4 GTX - teste
Claro, se for usar toda a performance do ID.4 GTX disponível, o consumo de energia aumenta e a autonomia fica abaixo dos 298 milhas indicados. Em testes na Europa, com o carro sendo constantemente exigido, a autonomia cai para cerca de 225 milhas (360 km) com carga completa. Com capacidade de carregamento rápido de 125kW DC, os proprietários serão capazes de adicionar 186 milhas de alcance (300 km) em apenas 30 minutos - aumentando a flexibilidade do GTX. Caso se use uma wallbox doméstica, uma recarga completa levará cerca de sete horas e meia, o que significa que as recargas durante a noite serão fáceis.
Volkswagen ID.4 GTX - teste
O que diferencia o GTX, junto com a mecânica sob a pele, é o visual um pouco mais esportivo. Um difusor traseiro mais moderno e um spoiler um pouco maior, rodas de liga leve de 20 polegadas e um kit de carroceria sutilmente aprimorado - incluindo alguma malha de favo de mel na frente - separam o GTX de ID.4s menores, enquanto o chassi apresenta molas mais rígidas, amortecedores mais firmes e ajustados barras anti-roll.
Volkswagen ID.4 GTX - teste
Ele dirige relativamente bem, ajudado por aquele peso extra suavizando as respostas do chassi, então o conforto é adequado. Combinado com o funcionamento quase silencioso totalmente elétrico, é também um SUV de alta performance refinado.
Volkswagen ID.4 GTX - teste
No interior, encontram-se os habituais ajustes dos modelos de alta performance Grupo Volkswagen, como pedais de aço inoxidável, bancos esportivos com costuras vermelhas e volante esportivo.
Volkswagen ID.4 GTX - teste
Há também um sistema de iluminação ambiente de 30 cores, um painel de instrumentos digitais de 5,3 polegadas à frente do motorista e um sistema de infoentretenimento de 10 polegadas com controle de voz.

17 Comentários

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.

  1. No caso dos elétricos, a VW chegou depois e está sentando na janelinha. A Tesla vai flopar, pq a VW está avançando muito rápido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Engraçado, o próprio CEO da VW, Herbert Diess, dirigiu o Model Y e disse em setembro do ano passado que ele é a referência do mercado

      https://insideevs.uol.com.br/news/443257/ceo-volkswagen-dirige-tesla-model-y/


      Acreditar no CEO da VW ou em um jumento que só relincha aqui no blog? Eu fico com o chefão da VW

      Excluir
    2. É impressionante o nível de fanatismo dessa galera vei.

      Defendem mais do que os próprios funcionários da marca. Qual o problema de aceitar que uma montadora faz um produto melhor que o seu?

      O próprio CEO da VW admitiu, cabe à VW correr atrás e fazer algo melhor.

      Mas não, os animais aqui do blog não aceitam, precisam INVENTAR fatos e relinchos pra tentar argumentar...

      Excluir
    3. Ta aqui o CEO da Audi dizendo que a Tesla está anos a frente do mercado tmb. Qual o argumento agora?

      https://olhardigital.com.br/2020/07/28/carros-e-tecnologia/ceo-da-audi-admite-que-tesla-esta-dois-anos-a-frente-da-industria/



      Aceitem a enrabada, Carlota e demais fanzetes.

      Excluir
    4. 1. quando o Herbert Diess disse isso, nem o ID.4 tinha sido apresentado, e muito menos o ID.4 GTX.

      2. O Herbert Diess disse claramente que a vantagem da Tesla era apenas no drivetrain, e naquele momento. Mas que em construção, acabamento e etc, a VW era superior.

      3. Agora, com o drivetrain da VW chegando no nível da Tesla, e mantendo a superioridade em acabamento e construção, claro que os EV VW serão superiores ao Tesla.

      Excluir
    5. Não foi só o powertrain, seu jumento, vc nem leu a matéria

      ele falou da:
      experiência de usuário,
      atualizações de software,
      desempenho,
      comportamento na estrada,
      infraestrutura de carregamento e
      autonomia.



      Aprende a ler antes de relinchar. Jumento do c*******

      Excluir
    6. Vai nada, isso só existe no seu mundinho em um universo paralelo...
      Tesla tá pelo menos 10 anos a frente de todo mundo...

      Excluir
    7. experiência de usuário

      >> VW com muito mais concessionárias, VW superior.

      atualizações de software,
      >> VW já implantou OTA desde então.

      desempenho,
      ID4 GTX que chama, 300 cv, 0 a 100 km/h em 6.2 segundos.

      comportamento na estrada,

      >> ID4 GTX superior até Golf GTI.

      infraestrutura de carregamento e
      >> VW com Eletrify America e Ionity na Europa



      autonomia.
      >> VW chegando a mais de 570 km de automomia.

      Fatos, apenas fatos.

      Excluir
  2. Carro elétrico é um placebo ecológico, felizmente ainda há tempo de reverter essa imagem de salvador do planeta, aliás, não existe meio de transporte sustentável, apenas aquele que impacta menos.

    ResponderExcluir
  3. Modelo Y é um rascunho perto desse ID4 GTX.

    https://1.bp.blogspot.com/-Po1_vTK957Y/Xwxq3ZKMn9I/AAAAAAAAgCs/3bPL6HOZOqY6TuMie0sAayzJ0NVpeG0iwCLcBGAsYHQ/s1600/Tesla-Model-Y%2B%25281%2529.jpg

    O interior do Modelo Y esqueceram de terminar.

    https://1.bp.blogspot.com/-6WnEk37XNNw/Xwxq8VaxgJI/AAAAAAAAgCw/4aXIHvwYsyo9dIXGA7WV7uvwDiADJQPXgCLcBGAsYHQ/s640/Tesla-Model-Y%2B%25283%2529.jpg

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Engraçado, o próprio CEO da VW, Herbert Diess, dirigiu o Model Y e disse em setembro do ano passado que ele é a referência do mercado

      https://insideevs.uol.com.br/news/443257/ceo-volkswagen-dirige-tesla-model-y/


      Acreditar no CEO da VW ou em um jumento que só relincha aqui no blog? Eu fico com o chefão da VW

      Excluir
    2. 1. quando o Herbert Diess disse isso, nem o ID.4 tinha sido apresentado, e muito menos o ID.4 GTX.

      2. O Herbert Diess disse claramente que a vantagem da Tesla era apenas no drivetrain, e naquele momento. Mas que em construção, acabamento e etc, a VW era superior.

      3. Agora, com o drivetrain da VW chegando no nível da Tesla, e mantendo a superioridade em acabamento e construção, claro que os EV VW serão superiores ao Tesla.

      Excluir
  4. ID4 vendeu no 474 unidades no 1o semestre no EUA, NO SEMESTRE!!!
    🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vendendo igual biquini no Alasca, ou seja NADA KKKKKKKKKKKKKKKKKK
      Fora os carros que a própria Jacswagen deve ter comprado e emplacado pra fingir vendas exorbitantes, escândalo esse denunciado pelo Greenpeace.

      Excluir
  5. Esse carro é muito top, mas Tesla é melhor, um dia a VW vai chegar lá? sim, com certeza, assim como as outras também vão evoluir com o passar dos anos, tecnologia vai sendo aprimorada pela concorrência fato, não se cria tudo se copia, fato

    ResponderExcluir
  6. Esse carro é muito top, mas Tesla é melhor, um dia a VW vai chegar lá? sim, com certeza, assim como as outras também vão evoluir com o passar dos anos, tecnologia vai sendo aprimorada pela concorrência fato, não se cria tudo se copia, fato

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.

Postagem Anterior Próxima Postagem