Car.blog.br

Pesquisar este blog

Renault e Nissan vão anunciar corte de custos nesta semana

Categorias: , , , 22 Comentários

A Renault e a Nissan devem anunciar ainda nesta semana um agressivo programa de redução de custos para fazer frente aos desafios impostos pela pandemia da COVID-19. As duas montadoras previam vender 14 milhões de carros em 2025, e a meta agora deverá ser de 10 milhões.

Renault e Nissan vão anunciar corte de custos esta semana

A Nissan deve reduzir sua produção anual para 5,5 milhões de veículos, retração de 1 milhão de unidades a menos que o previsto inicialmente.

Os anúncios das medidas devem ocorrer até sexta-feira e espera-se um corte de custos de US$ 3 bilhões adicional aos US$ 3 bilhões já anunciados em julho de 2019. Esse corte da Nissan gerou demissão de 15 mil empregos e agora devem ocorrer dispensas adicionais.

Renault e Nissan vão anunciar corte de custos esta semana

Já a Renault tende a reduzir custos de ao menos 2 bilhões de euros nos próximos 3 anos, e avalia fechar uma série de fábricas na Europa.

A montadora negocia um empréstimo de 5 bilhões de euros com o governo francês para sobreviver à pandemia.

Fonte: Valor

22 comentários:

  1. Renault está no bico do corvo! Esse é um fato incontestável.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Renault ano que vem custando 50% menos vai sair de graça para o maior grupo do planeta.

      Excluir
    2. O Grupo Renault Nissan foi o primeiro em vendas no mundo nos últimos dois anos. A crise da Covid está afetando a todos, VW inclusive.

      Excluir
    3. O que a Renault-Nissan devem fazer será uma reestruturação de negócios. Ou seja, uma racionalização de plataformas, motores e fábricas no mundo inteiro.
      A Aliança tem mais de dez anos de existência e, até hoje, não faz um compartilhamento decente de suas estruturas e tecnologias. Por isso, tem diversos motores, plataformas, fábricas, centros de desenvolvimento, etc. Um tremendo desperdício de tempo, gente e dinheiro.
      O efeito COVID será benéfico para o Grupo R-N-M. Apenas irá acelerar as mudanças urgentes que esse Grupo demanda, e que foram paralisadas com a prisão de Ghosn. Certamente, os resultados virão rapidamente. Não duvido que antes de 2021, o Grupo já voltará a ter lucros.

      Excluir
  2. Renault e mais um porção devem quebrar, culpa da turminha desvairada do FICA EM CASA.
    A economia mundial beira o caos e infelizmente a miséria num futuro próximo batera na porta de muitas famílias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A turminha desvairada está viva, seu bolsominion alienado.

      Excluir
    2. É Mustang, asno4patas, TSI, MyBalls e outros fakes q são a mesma pessoa... difícil ficar só com os 1500 reais por mês e sem comissão pelas vendas na css VW de Brasília... eu entendo a dor de vcs... mas o "Vem para a Rua" só seria vantagem se vc vendesse caixões...

      Excluir
    3. Aí gato, só vc tá certo e o mundo todo errado né? Vai pastar

      Excluir
    4. Bolsominion, isso explica muita coisa, burro igual ao líder supremo dele.

      Excluir
    5. Bolsominion Alienado é pleonasmo. É redundância. Para o bem do Brasil, o país precisa urgentemente Desbolsonarizar-se.

      Excluir
    6. Primeira vez que concordo com você MyBalls, tem que prender toda a quadrilha dos irmãos metralha e o papai chefe da milícia.

      Excluir
  3. Mas um bosta... A favor do desgoverno.

    ResponderExcluir
  4. Todos seguimentos vão passar por dias difíceis. Mesmo que haja demanda. Tem impactos na cadeia de distribuição ou produtiva. Não adianta fabricar, se mercado passa por retração. Vemos uma texto totalmente tendencioso. E é muito importante ressaltar que empréstimo, é cunho nacionalista. O governo da França quer ter muito mais poder na Renault. Quando coloca imposições de adequação para mercado interno, moldando ao que francês que da montadora.

    ResponderExcluir
  5. Vende o Kwid por 15 mil reais, Sandero a 18Mil reais, duster por 20Mil reais que logo saem do buraco e ainda vão lucrar muito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saem do buraco e leva o comprador entusiasta pra dentro do mesmo. Pq compra por 15, precisa vender uma semana depois, vale 10.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  6. Tem idiota nesmo,um smartphone custa 10 mil e tem uns otários que compram e querer um carro por 15 ou 20 mil só um imbecil mesmo.sai pobrete.

    ResponderExcluir
  7. Enquanto algumas noticiam corte de custos, outras tentam desovar estoque de 2018.

    https://mundodoautomovelparapcd.com.br/vw-jetta-tem-ate-r-21-mil-de-desconto/

    "Para o Jetta Rline, as condições são para veículos 18/18, o modelo está disponível apenas na cor branca, o total de carros disponíveis são 15. O Jetta Rline está sendo comercializado de R$ 119.990 por R$ 98.990. Para o Jetta Trend, as condições são para veículos 18/19 e 19/19, o modelo está disponível nas cores Branco, Preto e Cinza, o total de carros disponíveis são 99. O Jetta Trend está sendo comercializado de R$ 99.990 por R$ 78.990, o cliente que optar por pintura metálica, será cobrado um acréscimo de R$ 1.400."

    Quero ver agora apzete dizer que não tem Jetta 2018 0km ainda a venda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, agora as apzetes vão à loucura...

      Excluir
  8. Nissan, produzindo 5,5 milhões de carros por ano, não sei de onde sai esses números,

    ResponderExcluir
  9. Temo que a medida reflita na qualidade dos veículos da fabricante.

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.