Car.blog.br

Pesquisar este blog

VW reduz 30% na jornada dos empregados, mantém empregos e salários - COVID-19

Categorias: , 14 Comentários

Em razão dos impactos da COVID-19 no mercado, a Volkswagen do Brasil informou que em Assembleias Virtuais, realizadas nos dias 20 e 21 de abril, empregados de suas quatro fábricas (São Bernardo do Campo, Taubaté, São Carlos em São Paulo, e São José dos Pinhais no Paraná), Centro de Peças e Acessórios de Vinhedo/SP e Escritórios Regionais aprovaram proposta de redução de 30% da jornada de trabalho sem impacto no valor líquido dos salários. Também foi aprovada a postergação para dezembro de 2020 de 20% da primeira parcela de PLR. Todos os empregados das categorias horistas e mensalistas são impactados com esta medida pelos próximos 90 dias.

VW reduz 30% na jornada dos empregados, mantém empregos e salários - COVID-19

"Os efeitos provocados pela pandemia do novo Coronavírus levaram a VW a aplicar novas medidas de flexibilidade previstas em Acordo Coletivo de trabalho, negociadas em parceria com os sindicatos de todas as nossas operações no país. Temos o compromisso de proteger o emprego e evitar demissões, além de garantir a sustentabilidade do nosso negócio", reforça Pablo Di Si, presidente e CEO da Volkswagen para a América Latina.

A proposta aprovada pelos empregados permite desconto de 30% no valor do salário bruto do empregado e o mesmo percentual de redução em jornada de trabalho. Serão aplicados os critérios da MP 936 e, desta forma, será possível obter o complemento de renda, parte paga pelo governo e parte pela VW.

14 comentários:

  1. Graças a Deus pelo menos não acontecera demissões em masssa !!!!!! Parabéns ao governo Bolsonaro e fora Rodrigo Maia!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bolsonaro ? Esse cara não faz nada certo! Parabéns a cada empresário brasileiro que investem, geram lucro e riqueza no Brasil, estes sim são dignos de ser parabenizados.

      Excluir
    2. Se dependesse do Bozo o Brasil estaria pior que a Venezuela.

      Excluir
    3. Parabéns à VW que conseguiu manter sua equipe e não contribuiu por aumentar o desemprego, problema crônico do Brasil e que irá aumentar devido à crise.

      O que o governo ou Câmara dos deputados tem a ver com isso? Nada. Afinal, não estão oferecendo nada de ajuda as grandes empresas, tais como as montadoras de automóveis, responsáveis por manterem milhares de brasileiros empregados.

      Excluir
  2. Respostas
    1. Por enquanto "ainda"... Aguardem os próximos capítulos...

      Excluir
  3. Então o Carlos continua com o emprego garantido?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E quem falou que a VW quer ele como empregado???
      AHAHAHAHAHA

      Excluir
    2. Se eu fosse presidente da VW demitiria ele por justa causa, o que ele faz é contra produtivo, faz as pessoas pegarem raiva da marca.

      Excluir
    3. Carlos é empregado de concessionária, não da VW em si. Ainda corre risco.

      Excluir
  4. "parabéns a cada empresário brasileiro", não nesse caso.

    ResponderExcluir
  5. Engraçado vc não vê nenhuma montadora abaixar os preços de seus carros para aumentar as vendas,tem gente que acredita que montadoras não tiveram lucros,ficam falando que vai fechar por falta de lucro,vc já viu alguma empresa trabalhando sem ganhar muito dinheiro,montadoras vão enganar outro trouxa.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.