Car.blog.br

Pesquisar este blog

Hyundai Lafesta EV mostra como seria um Elantra elétrico

Categorias: , , , , 12 Comentários

A Hyundai mostrou a versão elétrica do Lafesta - sedã médio baseado na plataforma do Elantra, e que, inicialmente, está previsto apenas para o mercado chinês em 2020.

Hyundai Lafesta EV mostra como seria um Elantra elétrico

O Lafesta elétrico traz exterior revisado com novas rodas dianteiras e traseiras de 17 polegadas, interior repleto de recursos como um painel de instrumentos de 7 polegadas, sistema de entretenimento de 10,25 polegadas e um teto solar panorâmico controlado por voz.


Hyundai Lafesta EV mostra como seria um Elantra elétrico

O motor elétrico produz 203 cv / 310Nm e alcança 490km de autonomia através de uma bateria de 56,5kWh.

Hyundai Lafesta EV mostra como seria um Elantra elétrico

O Lafesta apresenta uma série de sistemas avançados de assistência ao motorista (ADAS), como o BCA (Ponto Cego), o Avanço de Colisão (FCA), o Aviso de Saída Segura e o Sistema de Assistência ao Tráfego Traseiro ( RCCA). Outro kit de segurança inclui 6 airbags e um alarme contra roubo.

12 comentários:

  1. Que nome horrível, mas particularmente falando achei bonito o carro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perto de tarek, t-cross, nivus, taigun, toareg, Lafesta é até simpático.

      Excluir
  2. La festa é o que Onix Muscle Car Popular Turbo esta fazendo pra cima do HB20 nas vendas kkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkk

      Festa com fogos e tudo!!! Explosão de vendas kkkkkk

      Excluir
    2. Mano 1 Onix Hatch e em Segundo Lugar Onix Plus vendas de Dezembro. Esse kkkkk nao engana ninguem pq depois do Recall carro nenhum teve problema com fogo e a tendência agora é Onix Plus vender cada vez mais.

      Excluir
    3. Na imigrantes debaixo de um túnel um sedan pegou fogo, não diz que carro é... Mas pelo desenho do carro tenho a impressão q é um Onix .

      Excluir
  3. Aqui no Brasil estão querendo taxar energia solar, vamos na contramão dos países desenvolvidos que incentivam os elétricos, talvez aqui seria sucesso carros a carvão, ou igual dos Flinstons

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já tem, o Onix, churrasqueira embutida no capô, e se quiser aumentar o fogo é só acelerar que a gasolina vaza pelo tanque, é só colocar uma bacia em baixo do carro. Kit completo!!

      Excluir
    2. Pra apagar o fogo do Onix, tem o Virtus com a sua caixa d'água de série.

      Excluir
  4. Esse interiorzão de Hb20 é fóda.! KKKKKkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  5. E aqui um review do Up Elétrico, claro, na Europa: https://www.youtube.com/watch?v=PBBdsV4I4cI , onde o modelo 2020 teve sua autonomia aumentada. Como disse o apresentador, é um carro de uso diário em deslocamentos domésticos e não viagens.
    A onda de transição entre carros movidos a combustível fóssil para elétricos é gradativamente aumentada. As regulações dos países desenvolvidos levam as montadoras a grandes esforços no sentido de equilibrarem o consumo dos modelos vendidos com as metas de poluição. Assim, o uso de plásticos reflete economia de peso e custos de construção, possibilitando orçamento maior para o desenvolvimento de motores hibrido e elétricos. Lembrando que as fábricas de carros são montadoras, elas compram o que precisam de seus fornecedores, e dessas vendas é que os sistemistas conseguem lucrar para investir em pesquisa e desenvolvimento. Trata-se de todo um ecossistema.

    Os famosos comentários de que o Up morreu são um reflexo da educação no país. O que está morrendo é a capacidade de compra do brasileiro, vide o portfólio das montadoras em relação aos lançamentos em nosso mercado.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.