Car.blog.br

Pesquisar este blog

VW Golf GTE Plug-in de 245 cv: sucessor do GTI no Brasil?

Categorias: 34 Comentários

O Golf GTI é um carro amado pelos seus donos, e conta com uma legião de fãs no Brasil e no mundo, mas o novo Golf GTE, com 245 cv, pode se tornar o sucessor ideal no Brasil, por razões de esportividade e preço.

VW Golf GTE Plug-in de 245 cv: sucessor do GTI no Brasil?

O Golf GTI vendido atualmente no Brasil tem um motor 2.0 TSI de 230 cv, enquanto que o Golf GTE, que será lançado no mercado nacional em novembro oferta 204 cv com o seu sistema híbrido. Entretanto, o novo Golf GTE (Mk8) vem com um sistema híbrido evoluído com 245 cv. Para efeito de comparação, esse nível de potência o nivela com o Golf GTI Performance, também de 245 cv, e que não foi vendido no Brasil.


VW Golf GTE Plug-in de 245 cv: sucessor do GTI no Brasil?

Dessa forma, o Golf GTE Híbrido Plug-in é mais potente que o Golf GTI mk7 vendido no Brasil atualmente, de modo que esse nível de performance teria tudo para não decepcionar os atuais proprietários de Golf GTI.

VW Golf GTE Plug-in de 245 cv: sucessor do GTI no Brasil?

Entretanto, além da questão de performance, outro aspecto fundamental tende a tornar o Golf GTE uma opção bem mais racional que o GTI: preço.

VW Golf GTE Plug-in de 245 cv: sucessor do GTI no Brasil?

Sabe-se que a oitava geração do Golf será produzida exclusivamente na Wolfsburg, Alemanha. As linhas no México e Brasil não fabricarão o Golf 8. Com isso, essa nova geração do Golf só poderá chegar ao mercado brasileiro importado da Alemanha.

VW Golf GTE Plug-in de 245 cv: sucessor do GTI no Brasil?

E há, atualmente, a incidência de um imposto de importação de 35% - que torna o modelos importados da Europa pouco competitivos. Caso viesse o Golf GTI, seu preço certamente superaria os R$ 200 mil por conta da carga de impostos.

VW Golf GTE Plug-in de 245 cv: sucessor do GTI no Brasil?

E aí que entra do Golf GTE. O governo brasileiro zerou o imposto de importação para carros híbridos e elétricos em 2018. Dessa forma, o Golf GTE, apensar de ser mais caro que o GTI na Europa, chegaria ao Brasil com preço abaixo do GTI, por conta da isenção de II.


Em um carro de R$ 150 mil reais, estamos falando de uma diferença de preços na casa de R$ 52 mil reais a mais para o Golf GTI, apenas por conta dos impostos.

VW Golf GTE Plug-in de 245 cv: sucessor do GTI no Brasil?

Nesse contexto, é evidente que a Volkswagen tende a optar por trazer ao Brasil apenas as versões híbridas no novo Golf, como o eHybrid, de 204 cv, e o GTE, de 245 cv.

VW Golf GTE Plug-in de 245 cv: sucessor do GTI no Brasil?

Resta saber, também, como seriam enquadrados na legislação os modelos eTSI, que são os mild-Hybrid, com motores 1.0 TSI e 1.5 TSI, com o sistema híbridos deles. Caso esses modelos também sejam enquadrados como híbridos, poderiam também usufruir de uma carga tributária menor, e, portanto, preços mais competitivos.

VW Golf GTE Plug-in de 245 cv: sucessor do GTI no Brasil?

Em relação ao GTE, o novo modelo vem com uma bateria de 13,3 Kwh (50% maior que o GTE anterior), o que permite uma autonomia elétrica de 60 km.

Conclusão

VW Golf GTE Plug-in de 245 cv: sucessor do GTI no Brasil?

O Golf GTE Mk8 seria a opção ideal para suceder o Golf GTI no Brasil. Ele não deve nada para o atua GTI em termos de performance, tem uma aura high-tech por conta do sistema híbrido, e a ausência de imposto de importação o tornaria competivo.

34 comentários:

  1. Sim, é o sucessor...

    ... vai continuar não vendendo nada.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Legal, mas vai vender bem menos que Corolla e Rav4 Híbridos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O hybrido da Toyota tem muito pouco ou nada a ver com o GTE. O GTE, além do "hibridismo" é um carro elétrico puro, na eletricidade apenas. Outro projeto comparado com Corolla, mais inteligente e muito econômico, muito mais carro que os híbridos de prateleira. Só um detalhe, tem que ser bacana pra ter GTE, além da conta bancária, precisa ter garagem fechada em casa/trabalho ou contador no condomínio.

      Excluir
  4. Esses difusor laterais de ar do painel, parece as bocas de bueiro da minha cidade... Totalmente desalinhado com o vínculo do painel, sem falar na altura em que foram colocados...

    ResponderExcluir
  5. É uma baita ironia o mk8 não ser vendido no Brasil sendo que o "design" dele é HUEHUE BR com interior Fumanchu da Periquita Imperial.

    ResponderExcluir
  6. Vende pouco pq e qualidade pra poucos. Golf e soberbo, suprassumo da engenharia alemã.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SW4 de 250k mandou abraços...vendendo 20x mais que o golf aqui no Brasil...senta e chora.

      Excluir
    2. Comentario de fanboy chevette

      Excluir
    3. Esse povo preocupado com volume de vendas são acionistas de fabricas de automóveis ???

      Excluir
    4. Se a SW4 tiver 40% da qualidade de um golf ta de parabens

      Excluir
    5. SW4 é atual referência mundial dentre os SUV-raiz de porte médio.
      Na senda dos crossovers, RAV4 é a referência e atual líder mundial.

      Cada um segundo a respectiva proposta, amigo...

      Excluir
    6. SW4 e RAV4 comprovadamente são carro perigosos, tombadores. De referencia mundial não tem nada, ao contrário, são referencia do que é inseguro e inapropriado para o uso diário.

      Excluir
  7. Tenho que concordar com você! Eu sempre me prometo nunca mais descer pros comentários... nunca cumpro essa promessa e me arrependo no ato! Ainda tô procurando o "vínculo" do parachoque dianteiro... :|

    ResponderExcluir
  8. Simplicidade não há mais lindo, imponente, admirável. Mas isso só para países do primeiro mundo. Ou seja, para pessoas maduras, inteligentes, de bom gosto e endinheiradas. E o Brasil? kakakaka. Esse país merece ônix, gol, Argo e hb20.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É pensando assim que a VW não consegue chegar à liderança... empurrando tranqueiras pros brasileiros vão ficar em 2o... 3o... carro de 2a mesmo.

      Excluir
    2. Pessoas inteligentes, de bom gosto e endinheiradas compram Mercedes, não a marca do povo.

      Excluir
  9. Esse novo golf 8 se vir p Brasil vai ser um carro p mercado europeu e outro p mercados emergentes tipo o Brasil, carro capado porém a preços p lá de 100mil

    ResponderExcluir
  10. Se vier custando o mesmo do gti, no máximo uns 170k com teto solar, troco meu albino alemão por ele, mesmo achando mais feio. Gosto do carro, mas infelizmente conhecendo a vwbr, vai pra lá de 200 bolsos, aí será caixa e vela preta para ele.

    ResponderExcluir
  11. Cheio de jacu que não anda nem de biz desdenhando do carro, os fanboys GM tão demais!!! O choro é livre!!! Comprem um um Onix boqueta e deixem esse tipo de carro para quem pode.

    ResponderExcluir
  12. O MELHOR.
    O RESTO SÓ CHORADEIRA , PURA INVEJA E DOR TE COTOVELO.
    ESTE NÃO HÁ O QUE FALAR CONTRA ATÉ A CONCORRÊNCIA SABE DISSO.

    ResponderExcluir
  13. Golf 8 importado da Alemanha, com 5 anos de garantia, sem capada brasuca de freio e suspensão, por menos de 100 mil. É a única chance do melhor carro da VW emplacar com dignidade no Brasil. E é a única chance da VW Brasil ter um carro incontestável.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. DDG 7 seco nao funciona no huehue br

      Excluir
    2. Sim sim legal a opinião de quem teve o carro e não fica apenas replicando (mal) bobeiras que lê por aí... Eu estou falando de mim, claro! Depois de ter o carro por 5 anos, com melhor desempenho e consumo do que qualquer outro com conversor de torque ou cvt, sem um problema sequer, ao ver esses comentários, não tem como não ter pena do cidadão...

      Excluir
  14. Se o golf gte mk7 nem foi lançado no Brasil ainda, imagina esse novo gte!
    Quem sabe em 2027 quando tiver lançado o mk9 na Europa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O GTE 7 é ponta de estoque com apenas 50 a 100 carros importados. Depois como informa o artigo só GTE G8. Muito bom.

      Excluir
  15. Peta. Nunca irá substituir o GTI. Gasolina na veia.

    ResponderExcluir
  16. Pra carros do dia a dia, com objetivo de transporte puro e simples, híbridos e elétricos são ótimos. Pra diversão, pra quem ama dirigir, pro prazer ao volante, eles são peta. Tem que tem cheiro de gasolina, ronco de motor, sensações sem anestesia. Acelerar carrinho de tromba-tromba é bom em parque de diversões.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.