Car.blog.br

Pesquisar este blog

Acordo de livre comércio Mercosul e União Europeia tem anexo automotivo: Golf pode ficar mais barato

Categorias: , , , , 46 Comentários

O presidente Jair Bolsonaro assinou hoje um acordo de livre comércio entre o Mercosul e a União Européia, que inclui um anexo inteiro destinado ao setor automotivo.

Acordo de livre comércio Mercosul União Europeia tem anexo automotivo

Os detalhes ainda não foram divulgados, mas já se sabe que as tarifas de importação de carros oriundos da União Europeia, hoje em 35%, poderão cair e inclusive serem zerados ao longo do tempo. Isso beneficiaria a carros como o VW Golf e o Passat, além de Peugeot 3008 e modelos BMW, Audi, Mercedes-Benz e Porsche. Todos teriam expressiva redução de preço.

Acordo de livre comércio Mercosul União Europeia tem anexo automotivo

Além disso, o acordo determina a aceitação mútua de resultados de testes emitidos para avaliação da conformidade, diminuindo custos relacionados a dupla testagem. Ou seja, a homologação de carros europeus no Mercocul seria quase que automática, e vice-versa. Isso reduziria muito os custos de lançamento de carros importados no Brasil.´

Acordo de livre comércio Mercosul União Europeia tem anexo automotivo

Um exemplo disso seriam os indicadores de medição de consumo do INMETRO seriam válidos na Europa, assim como os testes de colisão que são feitos na Europa, e seriam válidos no Brasil.

Acordo de livre comércio Mercosul União Europeia tem anexo automotivo

O acordo não tem vigência imediata, já que antes terá que ser aprovado no Congresso Nacional do Brasil e demais países do Mercosul, e também nos respectivos países da União Europeia.

46 comentários:

  1. Acredito que não vai ter redução de preço.
    Porque as montadoras vêm amargando prejuízos nos últimos anos aqui no Brasil, logo, a redução de impostos seria absorvida pelas empresas para que possam se reembolsar dos resultados negativos anteriores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei donde que elas amargam prejuizos o máximo que tiveram foi menos lucro.

      Excluir
    2. Duvido muito que incluam carros no acordo.

      Indústria brasileira acabaria !

      Excluir
  2. Parece doença mesmo, poderiam citar que veículos europeus terão reduções de preços e só colocaram na manchete que o Golf pode ficar mais barato. Depois tem uns trouxas que acreditam que o blog é neutro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Duvido a VW fazer um DeltaP<0, ainda mais no Golf...

      Excluir
    2. Haroldo, todos sabemos qual a bandeira do blog e tudo bem...
      A vida segue e vamos rir das piadas e personagens que são criações da equipe do www.vwcar.blog.br

      Excluir
    3. Vai ler a matéria antes de reclamar pelo menos.

      Excluir
  3. agora faz sentido o lance da vw parar de fabricar o golf highline e comfortline no Brasil. Eles já sabiam que as tarifas da Europa seriam reduzidas, e é óbvio que fica mais barato importar.
    Golf VIII vem aí com tudo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rumo as 6000 unidades..bummmmmm hecatombe

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Faz sentido pela pequena quantidade que era vendida...

      Excluir
    4. kkkkkkkkkkkk que merda que esse carlos fala..

      Excluir
    5. Não tomou seu gardenal hj não?

      Excluir
    6. Globalização: baixar os juros internos aqui também reflete no lucro das empresas multinacionais (aplicações financeiras). Tem que negociar sempre. O Brasil tem que ser barato para empresas montarem fábricas aqui e gerar produtos para exportação e de quebra para o mercado interno.

      Acordos para aceitação de homologação de veículos mercosul-europa, por exemplo, baixam custos e permitem ampliação de mercados. Obvio que certos modelos nacionais não seriam importados para europa nem como objeto de estudo, porem sempre existe uma roda velha para um pneu careca.

      Excluir
    7. So você mesmo, Carlos ! Só você...

      Todo mundo sabe pq o GOLF nacional se foi... Vendeu nada !

      Excluir
  4. Acredito que os carros como Golf, Passat e 3008 virão somente importados da Europa e o Brasil vai apenas fabricar carros compactos como Gol, Polo e Argo. Ja que hoje em dia os carros mais caros hoje estão muito caros de produzir aqui e os compactos são a especialidade do Brasil.

    ResponderExcluir
  5. Pode ate cair o preço mais o consumidor não vai ser o beneficiário desse acordo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O consumidor vai continuar pagando caro por carro, duvido que aconteça sequer um desconto...

      Excluir
  6. Na verdade ainda está tudo muito nebuloso, os detalhes do acordo ainda não foram revelados, por exemplo questão de cotas que só devem atingir níveis significativos em vários anos, sem contar que o acordo precisará ser aprovado pelos respectivos parlamentos,então qualquer especulação a respeito de redução de preços dos carros é só isso mesmo, especulação

    ResponderExcluir
  7. Prevejo o congresso boicotando.... Pra variar

    ResponderExcluir
  8. agora faz sentido o lance da ford parar de fabricar o novo focus e novo fiesta no Brasil. Eles já sabiam que as tarifas da Europa seriam reduzidas, e é óbvio que fica mais barato importar.
    Novo ford focus vem aí com tudo!

    ResponderExcluir
  9. interessante mesmo seria o Brasil poder importar carros usados da Europa, isso sim beneficiária a população, mas ai ja é pedir demais

    ResponderExcluir
  10. FINALMENTE! Parabéns ao Presidente e aos Ministérios da Economia e das Relações Exteriores. Em 2020, o Golf 8 será para quem trabalha e confia. Ao resto da malta petista/quadrúpede/semianalfabetizada, só restarão as lamúrias e 'mimimi's. Segue o baile!

    ResponderExcluir
  11. Agora sim.
    Ou essas montadoras fabricam carros que prestam ou vão fechar as portas.

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  13. Não esqueça que tem que passar ao parlamento,seguirá através de cotas, tem seguir novas normas estipulados pelo tratado que muitos desconhecem, importante o acordo? Óbvio, mas tem ser adaptar às novas regras que ainda será analisadas, 20 anos para assinar o acordo, que seja tomada decisões contundente trazendo benefícios a população e empresários. Esperamos que seja logo o início para livre comércio e não demore + 20 anos a serem analisados pelos parlamentos. Que bom seria e a globalização chegando numa igualdade em todos sentidos do que se refere a bem estar da humanidade.

    ResponderExcluir
  14. Agora FIAT e GM terão que melhorar suas carroças se quiserem ter alguma chance no mercado Europeu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A GM já fez melhorias na sua fabrica no RS para exportar o tracker para os EUA e México. A Fiat vai fabricar um SUV de luxo aos moldes de X6 com motor turbo em pernambuco possivelmente para exportar para os EUA e UE. O problema do Brasil é que os carros mais vendidos são populares aí é muito dificil exportar esses carros para a europa.

      Excluir
  15. Só trouxa pra acreditar que vai baratear algo...basta lembrar dos importados que foram nacionalizados...ficaram foi mais caro.

    ResponderExcluir
  16. Mais fácil isso ser aprovado do que o Golf ficar mais barato. Alguém vê chance de um Golf Confort por 80 mil por exemplo? Ou um GTI por 120? A VW nunca faria isso. Os preços praticados hoje são relativos ao mercado e não a custos. O carro ficaria mais barato só pra montadora mesmo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente isso! Ainda mais que brasileiro aceita toda porcaria que lhe é empurrada achando que é máximo!

      Excluir
    2. Esse negócio do preço do golf já se tornou muito confuso para muitas pessoas. No lançamento do golf que vinha da Alemanha cujo preço era em torno de 75000, as pessoas não se ligam que o dólar não estava custando quase 4,00 como agora.

      Excluir
    3. Mas depois ele foi nacionalizado e subiu de preço.

      Excluir
  17. Não baixará um centavo no preço. eles vão é aumentar a margem de lucro como sempre fizeram. Brasileiro paga, entao eles pedem caro

    ResponderExcluir
  18. Um presidente que vai contra o próprio país, um idiota completo, vai destruir os empregos no Brasil, as fábricas vão parar de investir aqui.
    Esse cretino precisa sofrer impedimento urgente, caso contrário, seremos escravos em breve.
    Ele está entregando tudo de mão beijada aos estrangeiros.
    Não haverá Brasil soberano daqui a 3 anos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Brasil soberano em q ? Na corrupção?

      Excluir
    2. Uma coisa é fato, que a visão que os países estrangeiros devem ter atualmente do Brasil é que o país que voltar a ser colônia, uma vez que vem fazendo de tudo para vender empresas estatais para grupos estrangeiros e demonstrando uma submissão, principalmente aos Estados Unidos, sem precedentes...

      Excluir
  19. Se o congresso nacional corrupto brasileiro aprovar a medida, vai melhorar muito em questão a quantidade dos veículos, mais os preços continuam caro, pois os ladrões são os mesmos.!

    ResponderExcluir
  20. Hoje um Golf Highline na Alemanha custa com todos os opcionais €30k ou seja $132 mil reais quando saiu de linha no Brasil custava um pouco mais que isso, o desconto é bem pequeno

    ResponderExcluir
  21. Europeus e americanos são tão honestos...

    ResponderExcluir
  22. Hahahahahahaha... vão baixar 10 centarros desses carrinhos aí, que nem vai "baixar" o gasálcool-solvente.

    ResponderExcluir
  23. Imagina Fiesta, focus , Puma Kuga europeus aqui com tarifa 0 daqui 4 anos
    Será que a ford já sabia do acordo e por isso tirou o fiesta e o focus ?

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.