Car.blog.br

Pesquisar este blog

Chery e Volkswagen são as que mais cresceram em 2018

Categorias: 15 Comentários

A montadora brasileira Caoa Chery e a alemã Volkswagen foram as campeãs de crescimento de vendas no mercado de automóveis no Brasil em 2018.

Caoa Chery Tiggo 2

Em termos relativos - percentuais, o crescimento mais expressivo foi da Chery, que avançou mais de 130%, o que fez suas vendas anuais passarem de cerca de 3,7 mil unidades em 2017, para mais de 8,6 mil veículos em 2018. O resultado é atribuído ao fato de a operação brasileira da Chery ter sido assumida pela brasileira Caoa, que produz também SUV´s da Hyundaim como o New Tucson e o ix35.

Caoa Chery Tiggo 5X

Desde que assumiu a Chery, a Caoa investiu pesado em marketing, e lançou com sucesso o Tiggo 2 - SUV compacto nacional fabricado em Jacareí (SP), e chegou a emplacar mais de 1.000 unidades mensais.

Volkswagen - vendas disparam 35% em 2018

No ranking de aumento absoluto de crescimento, o grande destaque é da alemã Volkswagen, cujas vendas em 2018 superaram as de 2017 em mais de 95 mil unidades, crescimento de 35%, muito acima do avanço médio de 14,5% do mercado automotivo em 2018.

Volkswagen Virtus 2019

Além da Volkswagen, outras cinco montadoras cresceram em 2018, mas com indicadores mais modestos. A GM vendeu 433,9 mil unidades, crescimento de 10% sobre 2017, mantendo-se líder.

Renault Kwid 2019

A Renault avançou 28,7% sobre 2017, com volume total atingindo 214,9 mil unidades, ficando com a quinta posição geral.

Jeep Compass 2019

A Jeep cresceu 21,3%, enquanto a Nissan avançou 23,7%, enquanto a Fiat ficou em terceiro lugar, com 325,7 mil unidades, alta de 11,8%.

Ford Ka 2019

A Ford fechou o top 4, vendeu 226,4 mil unidades, representando crescimento de 9,5%).

Hyundai Creta 2019

A Hyundai cresceu 2,3%, fechou na sexta colocação, com 206,5 mil veículos vendidos.

15 comentários:

  1. Com o tcross e a tarok em 2019 a tendência é a VW assumir a liderança. Isso se a GM e faça não se mexerem e lancarem novos produtos.

    ResponderExcluir
  2. A fca vai ter que lançar alguma coisa se não quiser ficar para trás.
    Um SUV na plataforma do argo e a nova Strada também poderiam ser lançados esse ano. Além dos novos motores 1.3 turbo.

    ResponderExcluir
  3. VW acordou e resolveu fazer o serviço de casa. Méritos pra ela. Fiat e Ford com pãoduragem de investir e atualizar seus produtos, e caem pelas tabelas. CAOA propagandeando pato por cisne, fazendo a Cherry seguir o caminho da Hyundai. PSA apagada, apagada. Se não ficar esperta sai fora do mercado.

    ResponderExcluir
  4. Parcialidade total citando mais modestos a Renault cresceu quase 29% e com 1/3 de css,e sequer citou a qtde total de vendas da queridinha uau.Por acaso a Chery pertence ao grupo VW,porque crescimento de nada significa nada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bravinha!!!
      Que relevância tem concessionárias se a Renault só vende Kwid e Sandero para locadora? Se liga...

      Excluir
    2. com 1/3 de css

      Além de brava, é burra. Não sabe fazer conta. A VW tem 540 concessionárias, e a Renualt 300. Ou seja, o número de concessionárias Renault é mais que 55% do número da VW, quase o dobro do 1/3 relinchado acima.

      Excluir
    3. Kwid só vende para particular.

      Excluir
    4. Kwid só vende para particular.

      Excluir
  5. Esqueceram a volvo que avançou muito no ano de 2018.

    ResponderExcluir
  6. Vender muito não quer dizer qualidade, se fosse assim o Onix seria o melhor carro do Brasil, e na verdade é um dos piores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se fosse um dos piores não reinaria na categoria durante anos... Se vende tanto é pq tem seus méritos. Não significa que seja o melhor, mas o pior pode ter certeza que tá bem longe.

      Excluir
  7. Esqueceram da volvo, que viu as vendas crescerem no mercado brasileiro 96% se comparado a 2017. Atuando no seguimento de luxo, que cresceu no geral apenas 13,4% em 2018, temos a queda de vendas da Audi, com 12,4% de retração, e crescimento modesto da BMW (+9,8%) e Land Rover (+5%). Por fim, a Mercedes vendeu praticamente a mesma quantidade do ano passado.

    ResponderExcluir
  8. Renault, sem nenhum lançamento esse ano cresceu quase 30%.
    A meta e 10% do mercado em 2019 e a terceira posição no ranking em 2020.
    Um crescimento constante e sólido, nos ultimos 10 anos.

    ResponderExcluir
  9. Tomara que a Caoa seja o que a Gurgel tentou ser, mas sem a trapaça do governo

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.